A Múmia – Tumba do Imperador Dragão

agosto 4, 2008 at 9:43 pm 36 comentários

Os filmes da série “Indiana Jones” ficaram conhecidos pela união de uma excelente qualidade técnica com um roteiro que misturava elementos de humor com aventura. Os longas da franquia “A Múmia” tentam seguir esta cartilha. A terceira aventura da família O’Connell, “A Múmia – Tumba do Imperador Dragão”, estréia nos cinemas desfalcada de dois membros importantes. Saem o diretor e idealizador da série Stephen Sommers e a atriz Rachel Weisz e entram Rob Cohen (conhecido por filmes como “xxx – Triplo X” e “Velozes e Furiosos”) e Maria Bello.

 

Teve uma época em que a China foi um lugar marcado por uma ferrenha disputa de poder. Han (Jet Li) tinha o objetivo de se transformar no governante máximo do lugar e não mediria esforços para alcançar isto. A fim de evitar que sua terra se tornasse um lugar marcado pelo sofrimento, a bruxa Zijuan (Michelle Yeoh) amaldiçoa Han e, se um dia, tal maldição for revertida, este seria alguém possuidor de um poder infinito, capaz de transformar todo o mundo num verdadeiro abismo.

 

O filho de Rick (Brendan Fraser) e Evelyn O’Connell (Maria Bello) já está bem crescidinho. Alex (Luke Ford) também escolheu como profissão explorar lugares em busca de aventuras. Os objetos de interesse dele são justamente os restos de Han e seu exército. No entanto, um outro grupo está interessado em usar a descoberta de Alex para despertar Han de sua maldição e é justamente contra eles (e contra a figura esperta – e poderosa – de Han) que toda a família O’Connell – agora com a companhia do irmão de Evelyn, Jonathan (John Hannah) – entrará em uma verdadeira batalha.

 

É inegável que o diretor Rob Cohen é um profissional de mais recursos que Stephen Sommers. O que Cohen traz para “A Múmia – Tumba do Imperador Dragão” é a melhor elaboração e execução das cenas de luta e perseguição. É importante também mencionar a excelente qualidade técnica do filme, com destaque para a direção de arte, os figurinos e os efeitos visuais e sonoros. Além disso, os roteiristas Alfred Gough e Miles Millar (responsáveis pelo seriado “Smallville”) criaram um roteiro que nunca deixa esfriar o ritmo do longa, fazendo com que “A Múmia – Tumba do Imperador Dragão” seja uma aventura totalmente satisfatória.

 

Cotação: 7,5

 

A Múmia – Tumba do Imperador Dragão (The Mummy – Tomb of the Dark Emperor, 2008 )

Diretor: Rob Cohen

Roteiro: Alfred Gough e Miles Millar (com base nos roteiros de John L. Balderston e Stephen Sommers)

Elenco: Brendan Fraser, Jet Li, Maria Bello, John Hannah, Michelle Yeoh, Luke Ford

Entry filed under: Cinema.

Cena da Semana Estômago

36 Comentários Add your own

  • 1. Alex Gonçalves  |  agosto 4, 2008 às 9:57 pm

    Kamila, estou assustado com a enxurrada de comentários negativos que o filme está recebendo, com rara exceção a este texto. Adoro muito as duas aventuras anteriores e esta com toda a certeza não perderei este filme na tela grande – acho que vejo na quinta-feira. E que mancada essa da Rachel Weisz, hein! Até parece que cuspiu no próprio prato que comeu. Ainda bem que ela foi substituída pela Maria Bello, que é, na minha opinião, muito mais atriz que a Weisz.

    Beijos!

    Responder
  • 2. Marfil  |  agosto 4, 2008 às 10:37 pm

    Para mim, faltou algo… Acho que a franquia envelheceu e esse terceiro espisodio é uma cópia descarada do primeiro…

    Responder
  • 3. Kamila  |  agosto 4, 2008 às 10:48 pm

    Alex, eu vou ser minoria, tenho certeza! Adorei esse filme. Não sei se por quê não conheço as outras obras da série. Não sei por quê a Rachel não quis voltar ao filme. Mas, vou discordar de você num ponto: a Maria Bello não é mais atriz que Rachel! Beijos!

    Marfil, bom, como não assisti ao primeiro filme, vou me eximir de concordar ou discordar de você!

    Responder
  • 4. Vinícius P.  |  agosto 4, 2008 às 11:25 pm

    Acho que sua opinião é uma das poucas positivas que li em relação a esse “Tumba do Imperador Dragão”, o que de certa me anima para vê-lo antes de chegar em DVD. Gosto muito do primeiro filme da série e nem tanto do segundo, portanto minhas expectativas para esse novo capítulo são mínimas. Abraço!

    Responder
  • 5. Kau  |  agosto 4, 2008 às 11:41 pm

    Kami, eu gosto muito dos filmes anteriores. A química entre Brendan e Rachel é absurda. Ele, aqui, é inegavelmente muito simpático. As cenas de ação são ótimas, a trilha… mas achei o roteiro muito ruim! E os efeitos visuais piores… rs. Bjos.

    Responder
  • 6. Kamila  |  agosto 4, 2008 às 11:42 pm

    Vinícius, acho que vou ser minoria em relação a este filme. Eu fui assistir a este filme sem expectativa alguma e me surpreendi. Quem sabe, este não será seu caso? Abraço!

    Responder
  • 7. Rafael Moreira  |  agosto 5, 2008 às 12:19 am

    Não gostei muito do filme… Para mim só o fato de trocarem o Egito pela China enfraqueceu um pouco a história (até que aidéia é boa, pois é uma continuação e se ficasse ainda no Egito, talvez seria apenas mais do mesmo – Hollywood às vezes surpreende, com produções comerciais!). Mas enfim, até que é bonzinho, esperava menos, as cenas de ação são sem dúvida empolgantes, o filme puxa mais para lado da qualidade técnica. “Assistível”

    Abraço!

    Responder
  • 8. Kamila  |  agosto 5, 2008 às 12:26 am

    Kau, mas o roteiro é implausível e não tem vergonha de se assumir assim. Por isso, o filme merece meu respeito. Beijos!

    Rafael, acho um exagero dizer que este filme é ruim, já que ele tem elementos interessantes. Como disse em outro blog, o filme assume ter roteiro implausível e quer ser uma aventura desmiolada. Por isso, merece meu respeito! Abraço!

    Responder
  • 9. Rafael Carvalho  |  agosto 5, 2008 às 12:30 am

    Nossa Kamila, com uma nota alta dessas deu até mais vontade de ver o filme já que a maioria dos comentários são sempre negativos quanto ao filme. Sobre a franquia, gosto imansamente do primeiro e detesto o segundo. Vou ver se as mudanças nesse terceiro valeram a pena.

    Responder
  • 10. louisvidovix  |  agosto 5, 2008 às 12:38 am

    Ka, recomendo imensamente que vc assista aos dois primeiros. Duas aventuras muito divertidas e bem feitas. Achei o terceiro bem inferior, então se você curtiu, tenho certeza que vai gostar muito das outras partes.

    Responder
  • 11. Arthur  |  agosto 5, 2008 às 3:40 am

    Tbm achei uma aventura satisfatória, nada excepcional, mas tbm não é a bomba que muitos tem comentado.

    PS: Maria Bello não lembra muito Rachel Weisz, e escolheram um ator muito velho para o filho dos O’Connell.

    Responder
  • 12. Kamila  |  agosto 5, 2008 às 11:13 am

    Rafael, acredito que minha avaliação positiva do filme veio, em grande parte, do fato de que não assisti aos dois filmes anteriores.

    Louis, vou assistir, sim, aos dois primeiros filmes da série. O problema é que, com o início das Olimpíadas, vou ficar totalmente imersa nas competições – então, vou deixar para o final de Agosto para colocar os filmes em dia. 🙂

    Arthur, exatamente! Concordo com tudo.

    Responder
  • 13. João Paulo  |  agosto 5, 2008 às 11:59 am

    Milla, desculpe em dizer isso mas …

    you’re alone in this journey …

    Infelizmente não vi um que gostou além de você …
    Mas quem sabe em uma telinha Zenith de 20 polegadas com bombril e um dvd CEE de 2003 …

    Responder
  • 14. Ramon  |  agosto 5, 2008 às 12:02 pm

    Legal Kamila, já ouvi falar bem desse filme diversas vezes. Acredito que é um entretenimento que cumpre sua premissa básica.
    Fique contente em saber que a qualidade técnica do filme também é boa. É sempre um prazer conferir blockbusters que não pecam nesse sentido.

    Abs!

    Responder
  • 15. Roberto Queiroz  |  agosto 5, 2008 às 12:32 pm

    Achei oportunista demais (em plena época olímpica usar o filão Pequim e coisa e tal pra ganhar dinheiro). Se nem a Rachel Weisz aguenta mais a franquia, que direi eu? Totalmente dispensável.

    Mídia e cultura:
    http://robertoqueiroz.wordpress.com

    Responder
  • 16. Hélio  |  agosto 5, 2008 às 1:39 pm

    Assim como o pessoal que comentou, adoro o primeiro A Mumia (vi 3 vezes no cinema!) e nem terminei de ver o segundo, de tão ruim. Nao sei qual é a do Rob Cohen, porque nao tive coragem de ver Velozes e Furiosos ou XXX. Mas se eu tiver com tempo e paciencia, vou conferir no cinema. Porque em dvd, nao vejo mesmo…

    Abraços!

    Responder
  • 17. Vulgo Dudu  |  agosto 5, 2008 às 1:40 pm

    Nossa, eu repudio com todo o meu asco os dois primeiros filmes desta múmia. São duas fitas comerciais que esvaziam de sentido o que o cinema deveria ser. Nossa, quanto ódio no meu coração… hahahaha… Portanto, nunca vou nem pensar em assistir a essa continuação, por mais diferente que seja. Aí já virou questão pessoal mesmo, de mexer com o brio.

    Bjs!

    Responder
  • 18. Cassiano Sairaf  |  agosto 5, 2008 às 2:04 pm

    Nossa, não assisti nem o primeiro Múmia, nem achei que tivesse tido sucesso para aparecerem com o terceiro!

    Responder
  • 19. Otavio Almeida  |  agosto 5, 2008 às 2:32 pm

    Então…………………….. Eu acho que a série INDIANA JONES também não tem vergonha de ser uma bobagem. Mas o que eu acho é que o Spielberg, ainda assim, não esquece de fazer um bom cinema. Pq um filme assim não pode ter uma bela montagem ou uma bela trilha? Ou belos movimentos de câmera ou enquadramentos? Bom, é o que eu acho.

    Estás perdoada! Como sempre!

    Bjs!

    Responder
  • 20. Victor Nassar  |  agosto 5, 2008 às 2:57 pm

    Nooossa, acho que foi a primeira que gostou!
    Esse novo filme da série eu ainda não vi, mas não espero lá muita coisa. O primeiro eu até achei divertido, e me valeu como entretenimento num domingo, o segundo nem tanto, acho que daí vem essa “insegurança” em relação ao terceiro, não sei se a franquia se esgotou já, se perdeu o “elemento surpresa” (talvez até por isso tu tenhas gostado, já que não viu os anteriores).
    Fato é que a crítica até me anima a tentar a sorte. hehe

    Beju Kamila!

    Responder
  • 21. Victor Nassar  |  agosto 5, 2008 às 2:58 pm

    Ahh, só um parênteses, Gostou de “Estômago”??

    Responder
  • 22. Pedro Henrique  |  agosto 5, 2008 às 4:54 pm

    O curioso em relação a essa franquia é que todo mundo sabe que o filme, analisado criticamente, não é bom, mas que, no final, todos acabam vendo e alguns até se divertem, como no seu caso, Kamila. Espero ser feliz como você quando ver o filme.

    Abraço!

    Responder
  • 23. Kau  |  agosto 5, 2008 às 5:09 pm

    Com certeza. Por pior que seja o filme, ele merece respeito. =D
    Se você gostou deste, irá adorar A Múmia (o primeiro). Bjos.

    Responder
  • 24. Kamila  |  agosto 5, 2008 às 6:54 pm

    João, já sei que estou sozinha nessa onda de gostar de “A Múmia 3″….

    Ramon, acho que a gente já vai assistir a um filme deste tipo esperando algumas coisas. O filme, para mim, cumpriu todos seus objetivos, já que entretém. Abraços!

    Roberto, e o filme ainda estreou num timing perfeito: nas vésperas do início das Olimpíadas de Pequim!

    Hélio, gosto muito do que Rob Cohen faz em filmes de ação. Ele tem jeito para esta coisa. Em “A Múmia 3”, ele faz algo diferente do que está acostumado, mas, na minha opinião, não fez feio. Abraços!

    Dudu, eu não assisti os dois primeiros filmes da série “A Múmia”, e só assisti a esta terceira parte porque ganhei convites para uma sessão fechada…. Beijos!

    Cassiano, já estão planejando o quarto filme dessa série….

    Otavio, eu concordo que filmes de entretenimento podem ser cinema de qualidade, como o que Spielberg fez nos três primeiros filmes da série “Indiana Jones”, mas, guardadas as devidas proporções, este “A Múmia 3” tem seu charme. Pelo jeito, só vou achar que este filme é ruim quando assistir aos longas anteriores… Beijos!

    Victor, a minha opinião sobre “A Múmia 3” é solitária. Assista a este filme por sua própria conta e risco. O meu texto sobre “Estômago” acaba de ser publicado. Beijos!

    Pedro, se você encarar o filme com este espírito, é bem capaz de gostar! Abraço!

    Kau, estou começando a achar que vou adorar os outros filmes desta série. Beijos!

    Responder
  • 25. João Paulo  |  agosto 5, 2008 às 8:44 pm

    Nâo fique triste …
    Tem coisas piores …

    Responder
  • 26. fabiana  |  agosto 5, 2008 às 8:54 pm

    Me divertiu na entresafra de Indiana Jones, porém, o segundo filme já mostrou que o filme já deu tudo que tinha que dar. Parte 3 é pretensão demais, e ainda sem a Rachel Weisz.

    Responder
  • 27. Kamila  |  agosto 5, 2008 às 9:06 pm

    João, o pior é que eu sei disso… 🙂

    Fabiana, o filme é divertido e, se prepare, que vem aí a quarta parte de “A Múmia”.

    Responder
  • 28. Otavio Almeida  |  agosto 5, 2008 às 10:27 pm

    Hmm… E no quarto Indy também… Bjs!

    Responder
  • 29. Wally  |  agosto 6, 2008 às 3:04 am

    Sua crítica é animadora. Só tenho lido respostas bem negativas. Esse Domingo revi os dois primeiros da série e pretendo ver este no próximo fim de semana. Não irei esperar muito…quem saiba eu me divirta como você?

    Responder
  • 30. Kamila  |  agosto 6, 2008 às 5:38 pm

    Otavio, você vai querer distância de mim depois desta, mas eu me diverti mais neste “A Múmia” que no “Indy 4”. Beijos!

    Wally, vá assistir ao filme sem expectativa alguma, mas sabendo que a terceira parte não se leva a sério.

    Responder
  • 31. Francisco  |  agosto 6, 2008 às 8:06 pm

    Acho os filmes da mumia horriveis, e tenho a certeza que este não me vai fazer mudar de opinião. Abraço 😉

    Responder
  • 32. Kamila  |  agosto 7, 2008 às 1:34 pm

    Francisco, se não gosta dos filmes da série, com certeza, vai odiar esta terceira parte. Abraço!

    Responder
  • 33. Alex Sandro Alves  |  agosto 12, 2008 às 3:01 pm

    É engraçado como as coisas são. Você até o presente momento é a única pessoa que leio falando bem de ‘Tumba do Imperador…’. Achei (assim como os outros) o filme muito ruim! O roteiro é horroroso! Personagens muito mal desenvolvidos (e olha que já estamos no terceiro exemplar), diálogos sofríveis, e efeitos visuais (que tanto me despertaram a curiosidade pelo trailer) nada impressionantes ou surpreendentes! Eles não trazem nada de novo.

    Mas o que mais me chamou na sua crítica (e pelos seus comentários) é que você se divertiu com o filme!!! Achei extremamente sem graça! O roteiro tenta a todo custo fazer o espectador dar risadas, mas de forma infantil e enfadonha! Puro pastelão! Não faz meu gênero!

    Mas se você gostou e se divertiu pelo menos não ficou com a sensação que eu fiquei: “puxa vida, joguei meu dinheiro fora”!

    Abraço!

    Responder
  • 34. Kamila  |  agosto 12, 2008 às 7:51 pm

    Alex, eu tenho plena consciência de que fui a única a gostar de “Tumba do Imperador Dragão” porque não conheço os dois filmes anteriores da série. Abraço!

    Responder
  • 35. Alex Sandro Alves  |  agosto 13, 2008 às 11:41 am

    Só para constar: eu detestei o segundo!
    Gostei do primeiro, e só!

    Abraço!

    Responder
  • 36. Kamila  |  agosto 13, 2008 às 10:10 pm

    Alex, eu ainda quero conferir os dois filmes da série. Quem sabe, mudo de opinião sobre esta terceira parte. Abraço!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,214 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: