As Aventuras de Agamenon, o Repórter

janeiro 25, 2012 at 11:53 pm 26 comentários

Em 21 de dezembro de 2010, após 18 temporadas, saiu do ar, na Rede Globo, o programa “Casseta e Planeta Urgente!”. No comunicado oficial divulgado pela emissora carioca, as razões para o cancelamento definitivo do humorístico foram: o enfraquecimento do programa perante os concorrentes, a vontade dos integrantes de se dedicarem a projetos pessoais e a necessidade de dar uma parada para renovar e repaginar o programa, visando uma possível volta ao ar.

A verdade é que, na conjuntura atual do humor brasileiro, o tipo de comédia que os Cassetas fazem é muito ultrapassado – para não dizer sem graça. Sim, eles são excelentes na sátira política, mas falta a eles um tipo de linguagem mais moderna, que tenha um apelo não só entre o público jovem, como também com o público em geral. Essa falha de comunicação está muito bem notada no filme “As Aventuras de Agamenon, o Repórter”, do diretor Victor Lopes.

A obra é baseada no personagem Agamenon Mendes Pedreira, jornalista criado por Marcelo Madureira e Hubert, que, desde 1989, mantém uma coluna no Segundo Caderno do jornal O Globo. O personagem também pode ser visto em um quadro no programa “Fantástico”, que vai ao ar todos os domingos pela Rede Globo. No roteiro escrito por Marcelo Madureira e Hubert Aranha, as histórias dos feitos jornalísticos de Agamenon (Marcelo Adnet, quando mais jovem; e Hubert, quando mais velho) nos é contada por meio de um falso documentário recheado de participações ilustres, como as de Caetano Veloso, Ruy Castro, Suzana Vieira, Nelson Motta, Paulo Coelho e Pedro Bial – que tem um papel bem importante para esta trama, diga-se de passagem.

Por este falso documentário, também passaremos por momentos fundamentais e personalidades importantes da idade moderna – todos vistos, é importante frisar, com o olhar peculiar de Agamenon. O grande problema desta trama toda é que não existe coerência entre os fatos observados na grande tela. Além disso, é triste ver os mesmos estereótipos de sempre se repetindo, como, por exemplo, Luana Piovani (uma parceira antiga dos Cassetas) interpretando a gostosona pela milésima vez em sua carreira. Porém, o pior de tudo é ver os Cassetas ultrapassando aquela tênue linha entre o que é considerado mau gosto e o que é, simplesmente, ridículo. Não parecia ser possível, mas eles conseguiram superar a pérola que foi “A Taça do Mundo é Nossa”.

Cotação: 0,0

As Aventuras de Agamenon, o Repórter (2011)
Direção: Victor Lopes
Roteiro: Marcelo Madureira e Hubert Aranha
Elenco: Marcelo Adnet, Luana Piovani, Pedro Bial, Marcelo Madureira, Ruy Castro, Caetano Veloso, Paulo Coelho, Nelson Motta, Zeca Pagodinho, Suzana Vieira, Fernando Henrique Cardoso, Hubert Aranha

Entry filed under: Cinema.

Comentando as Indicações ao Oscar 2012 Previsões para os Vencedores do Screen Actors Guild Awards 2012

26 Comentários Add your own

  • 1. João Paulo Rodrigues  |  janeiro 25, 2012 às 11:55 pm

    Eu li que superou a ruindade de A Taça do Mundo é Nossa …

    … Ainda bem que isso não passa por aqui.

    Responder
    • 2. Kamila  |  janeiro 26, 2012 às 12:00 am

      João, ainda bem mesmo! rsrsrs

      Responder
  • 3. alan raspante  |  janeiro 26, 2012 às 12:50 am

    Eu já não ia ver, agora… Bem, agora, nem depois de morto!

    Responder
    • 4. Kamila  |  janeiro 26, 2012 às 12:51 am

      Raspante, eu não recomendo, mas, se você quiser assistir, fique à vontade.

      Responder
  • 5. Linderval Souza  |  janeiro 26, 2012 às 12:56 am

    Kamila, vou ver de curiosidade,nunca vi um filme ganhar uma nota 0. Como dizem aqui em MG deve ser ruim de doer!

    Responder
  • 6. Paulo Ricardo  |  janeiro 26, 2012 às 1:24 am

    Quando eu vi o trailer eu pensei que poderia ser um “Borat Brasileiro” devido ao talento de Marcelo Adnet(que esta muito vaidoso e com o ego inchado.Contracena com si mesmo na MTV).Definitivamente estou com medo de ver esse filme.O fato de Pedro Bial ter um papel importante já me assusta e o elenco é no minimo exotico(de Paulo Coelho passando pelo ex presidente FHC até a anfetaminada Suzana Vieira???).Kamila não vou ver esse filme.Nunca vi você dar um 0,0 para uma obra.Me responde uma pergunta:eu adoro a Fernanda Montenegro,não é porque amo “Central do Brasil),mas pela carreira dela no teatro,na televisão,no cinema,pela nomeação ao Globo de Ouro e Oscar(que deveria ser dela!) e pelo Urso de Prata.Pra mim ela é a maior atriz desse país.Eu li na critica do Pablo Vilaça que ela esta nesse filme.Me diz que é mentira…POR FAVOR! 😦

    Responder
    • 7. Pedro Paulo  |  janeiro 27, 2012 às 7:38 pm

      Eu também sou DOENTE pela Fernanda Montenegro, Paulo. Disparada a melhor atriz brasileira. Aquele Oscar era dela e PONTO!

      Responder
  • 8. Cristiano Contreiras  |  janeiro 26, 2012 às 2:17 am

    Medo deste filme! Passarei longe, viu? Rs! Cruuuuuuuuuuzes!

    Responder
    • 9. Kamila  |  janeiro 26, 2012 às 3:16 pm

      Linderval, é ruim, mas tenho certeza de que tem alguém por aí que gosta desse tipo de filme.

      Paulo, nada a ver com “Borat”, até porque Marcelo Adnet aqui nem participou da concepção do produto. É tudo obra da mente do Hubert e do Marcelo Madureira. O Pedro Bial aqui, pra falar a verdade, tira onda com ele mesmo. Acho que o Agamenon foi levemente baseado nele. rrrrsrsrs A Fernanda é a narradora do filme. E qual o problema dela estar aqui?? Todo mundo comete equívocos na vida…

      Cristiano, eu assisti de teimosa que sou e por pura falta de opção melhor mesmo! rsrsrs

      Responder
  • 10. Ailton Monteiro  |  janeiro 26, 2012 às 3:01 am

    A Fernanda Montenegro é a narradora do filme. hehehe. Muito bom o seu post, Kamila. Não conhecia o seu blog. Primeira vez que visito e já gostei.

    Responder
  • 11. Babi Ferreira  |  janeiro 26, 2012 às 3:34 am

    Parece que é uma alternativa (e justificativa) a Globo usar humoristas como esses em produções tão sem sal. O Adnet só não foi contratado pela Globo porque não há espaço para fazer um programa nos moldes dele. É uma pena que alguns talentos escorram pelo ralo.

    Fernanda Montenegro… estou sem palavras.

    Adorei o blog, Kamila.

    Responder
  • 12. bruno knott  |  janeiro 26, 2012 às 12:13 pm

    Existem filmes que são tão mal falados que me bate uma curiosidade mórbida para assistir… não é o caso deste! Pelo jeito o filme É TÃO BIZARRO que acho que só vou desperdiçar tempo e dinheiro.

    Responder
    • 13. Kamila  |  janeiro 26, 2012 às 3:18 pm

      Ailton, obrigada. Volte quando quiser. 🙂

      Babi, obrigada pelo comentário!! A Fernanda não aparece no filme. Ela é a narradora. E acho que o Adnet na Globo não teria a mesma liberdade que tem numa emissora menor, com a MTV.

      Bruno, é mais ou menos isso aí mesmo! rsrsrs

      Responder
  • 14. Museu do Cinema  |  janeiro 26, 2012 às 1:56 pm

    É sua primeira nota 0? Esse eu não me arriscaria.

    Responder
  • 15. Gabriel Monteiro  |  janeiro 26, 2012 às 2:18 pm

    eu gostei um pouco do filme, e sinceramente não concordo com tudo o que falou.
    Mas excelente crítica e excelente blog! Parabéns.

    Responder
  • 16. cleber  |  janeiro 26, 2012 às 2:50 pm

    Como já era de se esperar, LIXO!

    Responder
    • 17. Kamila  |  janeiro 26, 2012 às 3:19 pm

      Cassiano, não. Já dei outras notas zero por aqui antes.

      Gabriel, discordou de mim em quais pontos? Adoraria saber o que você gostou nesse filme. Obrigada!

      Cleber, como já era de se esperar…

      Responder
  • 18. Gabriel Monteiro  |  janeiro 26, 2012 às 3:34 pm

    hehehe, eu vi umas críticas em outro site, absolutamente NINGUÉM gostou do filme! eheh Acho que muitos não entenderam o sentido do filme , pois utiliza a história do Brasil e principalmente a Geral muito bem fazendo um sátira desta … Realmente pra quem esperava apenas mais um besterol sem ter noção de história boiou ao ver o filme.
    Mas não discordo com vocês não, o filme poderia ser melhor, mas fazer o q? heheh

    Responder
  • 19. João Linno  |  janeiro 26, 2012 às 3:46 pm

    A presença de Adnet no elenco até me deu um ânimo para assistir, mas a equipe do Casseta realmente já perdeu a graça há muito tempo. Passarei longe.

    Responder
  • 20. Weiner  |  janeiro 26, 2012 às 11:03 pm

    Que terrível coincidência! Ambos publicamos críticas desse filme horrendo no mesmo dia! E as coincidências não param por aí: concordei com tudo, especialmente a nota. 🙂
    Beijos!

    Responder
    • 21. Kamila  |  janeiro 27, 2012 às 12:45 pm

      Gabriel, pois é. Eu também ainda não encontrei ninguém que tenha gostado dessa obra. Realmente, o filme faz uma sátira da história do Brasil e do mundo, mas o roteiro poderia ter muito mais coerência…

      João Linno, perderam mesmo a graça há muito tempo…

      Weiner, depois, leio seu texto sobre esta “pérola” do cinema nacional. Beijos!

      Responder
  • 22. Otavio Almeida  |  janeiro 27, 2012 às 3:04 pm

    ZERO!!! Hahahahahahahahahaha… Fez justiça, Kamilinha!!!!!

    Bjs!

    Responder
    • 23. Kamila  |  janeiro 27, 2012 às 4:08 pm

      Otavio, acho que, dessa nota, para esse filme, ninguém irá reclamar. rsssrsrs Beijos!

      Responder
  • 24. Marina  |  janeiro 27, 2012 às 5:56 pm

    Putz! O trailler já parecia lamentável…
    Mas como vc comentou não é de hoje que os cassetas perderam o prumo…

    Responder
    • 25. Kamila  |  janeiro 27, 2012 às 7:14 pm

      Marina, se eu tivesse assistido ao trailer desse filme, provavelmente, nem teria conferido a obra nos cinemas…

      Responder
  • 26. Flávio  |  janeiro 27, 2012 às 11:21 pm

    Kamila, acho que se este filme superar Seus Problemas Acabaram será um feito. Este 2º dos Cassetas , feito na década passada , é péssimamente péssimo (rs). Bem, este Agamenon não deve fugir disso né, e olha que tem até aquela atriz de quem nunca se deve falar o nome (rsrs)

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,283 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: