Comentando as Indicações ao Oscar 2012

janeiro 24, 2012 at 9:40 pm 43 comentários

Momentos antes do anúncio dos indicados ao 84th Annual Academy Awards, no final da manhã de hoje, o amigo Hélio Flores postou o seguinte tweet: “Pena que o Oscar não é como o Emmy que tem bem mais surpresas. Queria ver choques hoje”. No decorrer da divulgação dos indicados, que foi feita pela atriz Jennifer Lawrence e pelo presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, Tom Sherak, ao contrário do que muitos esperavam, tivemos a menção para vários nomes que, se não são considerados grandes surpresas, com certeza causaram a reação positiva ou negativa de muita gente.

Vejamos:

Actor in a Leading Role: Leonardo di Caprio, que já era considerado uma indicação certa por “J. Edgar”, filme de Clint Eastwood, foi esquecido junto com o longa, que não obteve nenhuma indicação. Gary Oldman (“O Espião que Sabia Demais”) ocupou a vaga que ele próprio disputava com Michael Fassbender (“Shame”) e Michael Shannon (“Take Shelter”). A surpresa mesmo veio com a indicação de Démian Bichir (“A Better Life”), que já tinha recebido uma menção no SAG Awards desse ano, mas pouca gente estava citando para o Oscar.

Actor in a Supporting Role: Max Von Sydow (“Extremely Loud and Incredibly Close”), que estava sendo citado para uma possível indicação ao Golden Globes, SAG e ficou de fora, entra na lista do Oscar no lugar de Albert Brooks (“Drive”) que, nesta temporada de premiações, conseguiu o que Sydow deveria ter feito e ainda foi um dos favoritos dos prêmios da crítica. Ou seja, nadou, nadou e morreu na praia.

Actress in a Leading Role: Tilda Swinton (“We Need to Talk About Kevin”) teve uma das atuações mais celebradas de 2011. Indicada ao Golden Globes e ao SAG, fica de fora do Oscar para dar vez à indicação mais importante conquistada por “The Girl With the Dragon Tattoo”. A menção de Rooney Mara ainda é uma continuação da tradição da AMPAS de indicar alguém jovem, que se destacou no ano, como aconteceu com a própria Jennifer Lawrence.

Actress in a Supporting Role: Quem também nadou, nadou e morreu na praia, com suas indicações ao Golden Globes e ao SAG Awards, além de um notável desempenho nas premiações dos críticos foi a jovem Shailene Woodley, que se destacou ao lado de George Clooney, em “The Descendants”. Ela fica de fora para dar vez àquela que é a indicação mais contestada do Oscar 2012: Melissa McCarthy (“Missão Madrinha de Casamento”). Culpem o Emmy por essa…

Animated Feature Film: Só porque a Pixar fez um filme abaixo da média (“Carros 2”), todo mundo fala que este foi um ano fraco para o gênero. Pura mentira! Se a AMPAS pode indicar o mediano “Gato de Botas” por quê deixou de fora filmes como “Operação Presente” e “Rio”, que são dois dos melhores longas do gênero em 2011? Outra: de onde veio “Chico & Rita”?

Directing: Quando saíram as indicações do DGA, todos esperavam ver a AMPAS também corrigindo o equívoco do ano passado, quando David Fincher foi preterido por Tom Hooper. Mas, olha: a AMPAS não só não o indicou, como também deixou “The Girl With the Dragon Tattoo” de fora da categoria principal. A alegria vem da merecidíssima indicação de Terrence Malick, que todos esperavam ser esquecido devido à queda no buzz do seu belo “A Árvore da Vida” – que, olha só, também foi indicado para Melhor Filme. Alegria dupla!

Picture: O diretor Stephen Daldry pode ter ficado de fora da sua categoria, mas ele prova sua força ao ver seu filme “Extremely Loud and Incredibly Close” indicado na categoria mais importante da noite do Oscar. Ao todo, o diretor inglês fez quatro longas em sua carreira e todos receberam a indicação máxima ao Oscar. O cara tem o Toque de Midas!

Writing (Adapted and Original Screenplay): Dos 10 filmes mencionados nas categorias de roteiro, a grande surpresa foi a indicação de “A Separation”, longa iraniano favoritíssimo para o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. As citações a “Margin Call” e “Tinker Tailor Soldier Spy” são o merecido reconhecimento a duas obras favoritas da crítica em 2011. E “Bridesmaids” de novo? Kristen Wiig conquista, ao lado da parceira Annie Mumolo, a indicação que já deveria ter vindo para Tina Fey, por “Meninas Malvadas”.

Demais Considerações: – Antes do anúncio dos indicados, na manhã de hoje, muita gente esperava que “The Help” fosse um dos maiores concorrentes ao Oscar 2012. O filme pode até ter conquistado 5 indicações ao Oscar – todas, é importante, frisar, nas categorias principais. Porém, “The Help” perdeu indicações que eram consideradas certas nas categorias de Art Direction, Costume Design, Writing (Adapted Screenplay) e Original Song. Por falar nesta categoria, o que dizer dela? Só teve duas canções indicadas (uma para os brasileiros Carlinhos Brown e Sergio Mendes e a outra, como esperado, para uma das músicas de “Os Muppets”), quando tínhamos potencial para 5. Ou seja, a categoria de Original Song continua o samba do criolo doido… A AMPAS não consegue se acertar aqui.
– Indicações que vieram do NADA? “Anonymous”, em Costume Design; “Tinker Tailor Soldier Spy’, em Original Score e “Gigantes de Aço”, em Visual Effects.
– Muitos – inclusive a blogueira que vos fala – esperavam que a grande briga do Oscar 2012 fosse entre “The Artist” e “The Descendants”. Estávamos errados, mais uma vez. Com 11 indicações conquistadas (o maior número do Oscar desse ano), o grande rival do filme de Michel Hazanavicius é “Hugo”, do diretor Martin Scorsese.
– Adoramos a ideia da mudança de votos da AMPAS na categoria principal da noite: a de Melhor Filme. Entretanto, é muito estranho ver 9 filmes, um número quebrado, nos indicados desse ano. Se indicam 9 filmes, por quê não logo mencionar 10 longas? “Drive”, “The Girl With the Dragon Tattoo” poderiam ter ocupado essa vaga. Agora, se os 9 filmes significam que a AMPAS teve que fazer isso para “impedir” que “Missão Madrinha de Casamento” recebesse uma indicação, então, tá apoiado!

O 84th Annual Academy Awards acontece no dia 26 de fevereiro, com produção de Brian Grazer e a apresentação de Billy Crystal. Estamos ansiosos!

Entry filed under: Prêmios.

Previsões para os Indicados ao Oscar 2012 As Aventuras de Agamenon, o Repórter

43 Comentários Add your own

  • 1. João Paulo Rodrigues  |  janeiro 24, 2012 às 10:05 pm

    Mas Wiig e MacCarthy foram indicada … haters gonna hate (sorriso troll)

    Mas tirando isso, a esnobada CRIMINAL de Fincher e mais uma sua op foi de matar. Fora que Stephen Daldry teve mais um filme indicado ao Oscar … antes poderia dar midas, outras uma jogada dura e até incoerente para não indicar TWGT …

    Bem … de resto não adianta quantas trollagens pode acontecer, o fundamental já aconteceu O Artista ganha … A Separação ganha … Streep ganha levando o seu tri (no que pelo menos pode ser A VERDADEIRA BATALHA DO OSCAR desse ano) e rezar para que Hugo trolle o O Artista …

    Beijos …

    Responder
  • 2. Guilherme  |  janeiro 24, 2012 às 10:09 pm

    A trilha de Tinker Tailor Soldier Spy é um dos maiores destaques do filme, definitivamente digna de indicação, e não digo de premiação por ainda não ter visto os outros indicados.

    Agora sobre Gigantes de Aço concordo, efeito Transformers.

    Responder
  • 3. Mayara Bastos  |  janeiro 24, 2012 às 10:10 pm

    Seus comentários foram mais coesos do que os meus, mas concordo com eles. Muito estranho nove filmes indicados (acho que deveria voltar aos cinco). E o que dizer da categoria canção? Não foi um ano ruim para elas… mas já faz um tempo que a AMPAS despreza essa categoria. Torcendo para ‘Real in Rio’ vencer, já que dos Muppets, ‘Life is a Happy Song’ teria mais chances…

    Juntamente com “Rio”, fico muito feliz pelas indicações a “Meia-Noite em Paris”.

    Beijos! 😉

    Responder
    • 4. Kamila  |  janeiro 25, 2012 às 1:24 am

      João, a ausência de Fincher é uma coisa que eu ainda não consigo entender nessa lista… Especialmente porque o buzz em torno de “The Girl With the Dragon Tattoo” crescia tanto. E acho que “Hugo” entra na corrida ao Oscar com status de favorito, especialmente por liderar as indicações. Beijos!

      Guilherme, eu ainda não assisti “Tinker Tailor Soldier Spy”, então, vou ficar de fora dos comentários sobre a trilha.

      Mayara, eu vou torcer pela canção de “Os Muppets” mesmo, que acho ser melhor que a de “Rio”. E sei que você está felicíssima por “Meia-Noite em Paris”. Beijos!

      Responder
  • 5. Pedro Paulo  |  janeiro 24, 2012 às 11:54 pm

    Vamos lá minha amiga Ka:

    – Que ódio repentino é esse pelo divertido “Bridesmaids”? Você viu e elogiou tanto… torci muito pelo filme por causa do elenco “desconhecido” de Hollywood, basicamente de TV e juro pra vc que ao ver as indicações de Melissa (sempre vou te provocar com essa, rs) e da dupla Mumolo-Wiig para roteiro, achei seriamente que iria ser indicado a Melhor Filme.

    – ATOR: Fiquei de cara com as indicações do Bichir (merecidíssima) e Oldman (dei um berro tão grande, Ka, que minha mãe que estava acompanhando comigo se extressou. Fiz quase um apelo pra ele ser finalmente reconhecido, no melhor estilo “deixa eu ficar idoso pa ser lembrado”, como o Plummer. E até agora tô tentando entender porque não indicaram o Fassbender (sério, o cara deve ter ficado PUTO, era um nome praticamente certo na categoria), será que é pela ousadia e polêmica do filme? Aquele filme não é pra qualquer um conservador (como a AMPAS) não…

    – ATOR COADJ.: Minha reação na hora que ouvi o nome do Max Von Sydow: “O cara de Hawaii ainda está vivo?”, sério, abri um grande sorriso ao ver um grande ator, desse calibre, ser lembrado. É bom demais. Você deve estar comemoando a ausência do superestimado Brooks (como eu), né, Ka? Tava sendo festejado meio exageradamente. Deixou mais fácil o caminho pro grande Plummer (e ele merece). Nick Nolte… depois de 14 anos, volta! vamos ver se não fica com aquela cara de m**** que ele fica em todo Oscar que participa… aliás, o que você acha de Guerreiro? No YT, o pessoal tá falando que deveria ser melhor reconhecido… eu não sei, não assisti.

    – ATRIZ: Não entendi também o sumiço da Tilda (se bem que era o nome mais volúvel das apostas), mas valeu pala Rooney, grande transformação da atriz… e sou team Close ou Viola ate o fim, mesmo com a Meryl maravilhosa de ferro.

    – ATRIZ COADJ.: Acho que deixei minha mãe surda com o grito que dei ao ouvir o nome da Melissa… e essa era a única vaga em aberto, as outras já estavam fechadas, ficou entre Melissa, Shailene, Washlowska, Bullock, Cotillard e outras. E só eu reparei que a foto da Chastain é de TTOL? Achei até que escutei errado…

    – DESENHO: Chico e Rita (nunca ouvi falar)? Gato de Botas? Ah tah, e Rio ficou de fora? Fiquei PUTO com essa.

    – DIREÇÃO: Eu hein! O Fincher voltou a ganhar força pelo DGA, e com a indicação da Rooney Mara já revelada, não entendi esquecerem o Fincher. Achei que a rooney foi lembrada por causa dele… Malick renasceu das cinzas como a fênix (tinha perdido força), Allen volta com tudo depois de 18 anos, que me deixou MUITO feliz (espero que vá à cerimônia), MUITO FELIZ mesmo. Faltou o Daldry só pra ele continuar com “sou indicado por todos os longas que dirigi”, gosto muito dele (ele fez AS HORAS, meu Deus…)

    – FILME: Achei 9 indicados estranho (faltou até espaço pro último), colocasse 8 ou 10, né? Quando vi os 4 primeiros, fiquei feliz que acertei, depois morri na praia. Achei erro indicarem Tâo Longe e Tão Perto e Moneyball, para tirarem Drive (estranhamente esnobado), Missão: Madrinha (eu achei que merecia) e Millenium – OHQAAM… EEEEEEEU hein…

    – CONSIDERAÇÕES: Lawrence parecia tímida, não brincou, riu pouco, parecia uma estátua… duas músicas (num ano tão bom) na categoria Original? Entendi nada, parece a categoria maluca de desenho, ora 3, ora 5…

    E aqui, será que a Luiza assistiu “Monsieur Lazhar”, quando estava no Canadá? rsrsrsrs…

    Responder
  • 6. Andinhu S. de Souza  |  janeiro 25, 2012 às 12:02 am

    Achei essa edição a mais estranha de todas…muitas surpresa…em praticamente toda categoria. Já nao sei se posso dizer se acho bom ou ruim. DiCaprio e Fassbender ficaram de fora, Tão forte e tao perto entrou..Assim como Arvore da vida…entao.

    Pelo menos uma coisa é certa:
    teremos uma batalha história. Hugo em 3D X O Artista preto e branco mudo rs

    Responder
    • 7. Pedro Paulo  |  janeiro 25, 2012 às 12:56 pm

      Que contraste! Vai ser uma grande briga, sem dúvidas… ironias do destino… o pioneirismo e o futuro… engraçado que todos (eu inclusive) achavam que o maior rival de O Artista seria Os Descendentes, mas Hugo fez uma limpa de indicações e se tornou a maior pedra no sapato do filme…

      Responder
  • 8. Paulo Ricardo  |  janeiro 25, 2012 às 12:59 am

    Adorei seus comentários 🙂 Fica dificil até de discordar de alguma coisa.Vou fazer que nem você.Vamos por categorias:

    Melhor Filme:GOL!!! da ACADEMIA.Oscar é uma premiação de filmes de arte e a indicação do filme “À Arvore da Vida” foi uma surpresa agradavel.Fiquei muito feliz.O amor por Steven Spielberg não acabou com a nomeação a “Cavalo de Guerra”(um filme muito conestado pelos criticos,segundo Rubens Ewald Filho no jornal da Record o filme é Babaca!) e “A Separação” poderia ter entrado.Os americanos não aceitam filmes estrangeiros na categoria principal,foi em 2002 com “Fale Com Ela”,2003 “Cidade de Deus” e o filme iraniano poderia ter entrado nessa categoria.Do resto nenhuma surpresa.Stephen Daldry e o Oscar é um amor antigo Kamila.

    Diretor:Só craque.Gênios(não acho que estou exagerando) como Martin Scorsese,Woody Allen e Terrence Malick.Alexander Payne(se tivesse um fã clube dele no Brasil eu seria sócio.Ele não sabe como os filmes dele me faz bem) e Michael Hazanivicius que deveria pedir benção aos quatro.Por mim Alexander Payne ganharia(divida por “Sideways”).Há proposito:será que Woody Allen e Terrence Malick irão comparecer?

    Ator:A categoria que foi a maior surpresa.Cade Ryan Gosling,Michael Fassbender e Leonardo Dicpario(mas nesse caso me parece merecido.O filme de Clint não foi bem recebido pela critica);

    Atriz:Concordo contigo,Tilda Swinton foi celebrada pelo filme e ficou de fora.Mas do que importa Kamila? a vencedora sera Meryl Streep.

    Ator Coadjuvante:Eu gosto do Max Von Sydon,a nossa geração esta tendo a oportunidade de ver um veterano que trabalhou com Ingmar Bergman e me lembro dele em vários papéis:”Ilha do Medo”,um filme muito bom chamado “Aritmetica Emocional”,”Robin Hood” de Ridley Scott e outros que estou esquecendo.Como eu já te disse o Christopher Plummer está ótimo em “Toda Forma de Amor”(Acho que vc vai gostar).Eu queria ver o Albert Brookes nomeado,gosto dele em “Taxi Driver” como assesor do Palantine.

    Atriz Coadjuvante:O que é o papel da Melisa McCarthy? ela peida,arrota,defeca em uma pia…QUE NOJO! . Já assisti “Vidas Cruzadas” e Octavia Spencer e Jessica Chastain estão ótimas.Qualquer uma das duas mereceria o Oscar.

    Roteiro Original:senti a ausencia de J.J Abrams.Mas ontem eu te alertei(e queria estar errado) do amor por “Missão Madrinha de Casamento”.Adorei a nomeação do iraniano “A Separação”.

    Roteiro Adaptado:entrega esse Oscar para o Alexander Payne.Esse cara é muito subestimado.Paparicam(diga-se de passagem com toda justiça) Fincher,Aronofsky,Soderbergh,Tarantino e PTA e esquecem que esse cara fez parte da geração dos grandes cineastas revelados nos anos 90 com “Ruth em Questão” de 97 e “Eleição” em 99.Não é porque sou fã de Payne,mas sinto que ele é injustiçado.Mesmo com um Oscar por “Sideways”.

    Ausencias sentindas:”X-Men:Primeira Classe”,”Melancolia”,”Tropa de Elite 2″(eu sei que não estava na pré lista dos 9,mas o filme de José Padilha é muito bom!),”A Pele que Habito”(roteiro para Almodovar?) e “Senna”.A academia leva o pé da letra a expressão “prêmio de arte” ao lembrar de “À Arvore de Vida”,reconhecendo o iraniano “A Separação” na categoria roteiro original” e lembrando do ótimo Max Von Sydon.Fiquei satisfeito.

    Kamila ontem você postou que uma nomeação ao Oscar pode mudar a vida de um artista para melhor ou pior.Carlinhos Brown vai carregar para o resto da vida o fardo de ser um “Academy Award Nominee”,mas eis um fardo que todos queria carregar.Estou torcendo para ele ser o primeiro brasileiro a colocar a mão no Oscar.

    Beijos

    Responder
    • 9. Kamila  |  janeiro 25, 2012 às 1:31 am

      Pedro, sim, eu gostei de “Bridesmaids”, mas não acho que é o tipo de filme que merecia reconhecimento aqui. Em relação à Melissa McCarthy, acho a performance dela no filme mediana. Sou muito mais a Rose Byrne e a própria Kristen Wiig. Imagino sua felicidade ao ver o nome do Oldman indicado. Ainda não assisti “Warrior”. Também não entendi a situação do Fincher. Concordo com você em relação às categorias de Melhor Canção Original e Melhor Filme. E também notei que a AMPAS usou a foto de “The Tree of Life” para Jessica Chastain. Equívoco total!

      Andinhu, realmente, tivemos surpresas em quase todas as categorias. Isso, às vezes, é bom, mostra uma movimentação diferente, mas também pode causar o efeito contrário. Veremos como será o Oscar desse ano…

      Paulo, acho que Allen e Malick não irão comparecer ao Oscar. Não sei se Payne é tão favorito assim ao Oscar de Roteiro Adaptado. Concordo em relação às suas ausências. Eu fiquei feliz mesmo foi por “A Árvore da Vida”. Eu também queria carregar o fardo de ser uma Academy Award Nominee. Quem sabe um dia! rsrsrs Beijos!

      Responder
      • 10. Pedro Paulo  |  janeiro 25, 2012 às 1:15 pm

        Por isso que adoro esse blog. Me sinto tão à vontade… como diz o Paulo, “cinéfilo é cinéfilo”: você também percebeu que a foto da Jessica estava errada (toda foto de TTOL dela era aquela, meio de lado, e em HC ela está loiríssima, por isso estranhei)… uma lenda viva como Max Von Sydow ser lembrado na geração crepúsculo é excelente: Oldman no melhor estilo Alan Arkin e Plummer (“serei lembrado só quando envelhecer”), me fez dar realmente um pulão de alegria, não acreditei.

        Paulo, também sou um grande fã do Payne desde Sideways, depois vi os outros filmes dele, “About Schmidt” é sublime, encaro quele filme como uma homenagem pessoal dele ao grande Nicholson (na minha opinião, é a melhor atuação da extensa carreira dele), tenho que conferir Os Descendentes ainda, e também o considero subestimado.

        Ka, também gosto da Rose Byrne em Bridesmaids, ela poderia considerar melhor Hollywood, tem futuro, ela já ganhou vários festivais por aí há tempos atrás.

        “Acho que Allen e Malick não irão comparecer ao Oscar.” – Deus não te ouça… rs, seria mágico pra mim ver esse grande realizador lá, de certa forma comemorando a quebra de um jejum de 18 anos (eu acho que ele merecia ser indicado por Match Point, o elenco é que é pouco conhecido) e Vicky CB. Ver o diretor que deu dois Oscars pra minha amada Dianne Wiest na cerimônia seria um alegria indescritível.

  • 11. Matheus Pannebecker  |  janeiro 25, 2012 às 1:02 am

    Kamila, boas ou não, as surpresas deram um novo gás para a Academia, que estava precisando sair daquele marasmo de previsibilidade que apresentava todo ano. Gostei dessa renovação, especialmente no que se refere aos prêmios que “A Árvore da Vida” está concorrendo. Não gosto muito do filme, mas é surpreendente ver um longa tão fora dos padrões do Oscar estar indicado. O que mais me incomoda, por outro lado, é a ausência de Tilda Swinton e, claro, a absurda indicação de Melissa McCarthy. Até hoje tento entender o que ela fez no filme para ser tão adorada…

    Responder
    • 12. Kamila  |  janeiro 25, 2012 às 1:33 am

      Matheus, sim, as surpresas dão um novo gás para a AMPAS e mostram que a corrida ao Oscar não estava assim tão previsível quanto a gente esperava. A renovação sempre é boa, desde que feita da forma correta. Fiquei muito feliz por “A Árvore da Vida” – a obra merecia muito as indicações. Imaginei seu descontentamento com a ausência da Tilda Swinton e eu também acho um absurdo a indicação da Melissa McCarthy. Até sua “amada” Rose Byrne está melhor que ela no filme.

      Responder
      • 13. Pedro Paulo  |  janeiro 25, 2012 às 1:19 pm

        Eu admito que a indicação da Melissa não foi a mais justa, mas eu fiquei muito feliz porque mostra que eles valorizam performances de comédia (ainda mais escrachada como esta), por isso fiquei feliz, Comédia é um gênero que sofre muitos preconceitos em premiações (eles devem achar que é mais fácil fazer rir do que tirar lágrimas), por isso vibrei tanto com a indicação da Melissa, dá uma certa esperança pro gênero. Eu encarei a indicação dela dessa forma. Ainda mais que lembrei agora que essa última e disputadíssima vaga tava sendo disputada pela Carey Mulligan, um arraso em “Shame”.

        Essa quinta vaga de supporting actress foi mais disputada que vestibular da USP, UFMG e UFRJ, tá doido.

  • 14. João Paulo Rodrigues  |  janeiro 25, 2012 às 1:37 am

    Milla, compreendendo a indicação de Melissa, a cena da vida. mas preferia que a Wiig fosse indicada, por que ela está melhor …
    Mas talvez a indicação a roteiro original (e se ganhar assim é tapa na cara) é maior mérito …

    E de animação, vai ser a pior vitória do Oscar … anote … só se o Pandinha reagir …

    Responder
    • 15. Pedro Paulo  |  janeiro 25, 2012 às 1:20 pm

      João Paulo (xará do meu irmão, rs), encarei a indicação da Melissa como um recado claro que também se lembram de performances em comédia (que são sempre bastante subestimados), por isso comemorei tanto.

      Responder
  • 16. Amanda Aouad  |  janeiro 25, 2012 às 1:42 am

    Depois de ver Os Homens que não amavam as mulheres hoje na cabine, digo que David Fincher foi o injustiçado da vez, o filme e o trabalho dele são muito bons. Agora, a maior surpresa para mim foi mesmo a categoria de Animação, primeiro Tintim ficar de fora, depois Um gato em Paris entrar, que é uma boa animação, mas não é para tanto, tanto lamento a saída de Rio e Operação Presente. Agora Chico e Rita, ouvi bons comentários.

    Responder
  • 17. João Paulo Rodrigues  |  janeiro 25, 2012 às 2:09 am

    http://www.rottentomatoes.com/m/chico_and_rita/ … Isso te deixa mais tranquila Amanda … Talvez o Um Gato em Paris é O Segredo de Kells de 2012 no qual só entrou para valorizar o tradicional … mas se Rango ganhar … é do tipo … vai ser duro aguentar.

    Responder
    • 18. Kamila  |  janeiro 25, 2012 às 11:14 am

      João, mas a Wiig não é coadjuvante, é principal. E nunca seria indicada aqui. Se tivesse uma coadjuvante que merecesse a indicação, em “Bridesmaids”, essa seria Rose Byrne. A indicação a Roteiro Original está de bom tamanho e é totalmente compreensível. “Rango” deve vencer em Animação… Uma pena… Tantos filmes melhores no gênero, esse ano…

      Amanda, pois é. Não entendi porque Fincher e o filme ficaram de for a dessa lista. “Tintin” de fora de Animação, não dá. Antes de ontem, nunca tinha ouvido falar em “Chico e Rita”.

      João, tendo em vista os indicados, quase não tenho dúvida de que “Rango” deve vencer…

      Responder
      • 19. João Paulo Rodrigues  |  janeiro 25, 2012 às 5:15 pm

        Os únicos que davam para bater peito era tanto Operação Presente, quanto Tintin e O Ursinho Pooh (as notas no Rotten são um reflexo) … Agora é rezar para Po fazer a diferença …

  • 20. Luís  |  janeiro 25, 2012 às 2:27 am

    Pertinentes as suas considerações. Me surpreendi mesmo com a lista dos atores e com a presença de Brides Maides – imaginei que of ilme seria esquecido. E é evidente que lamento muitíssimo pela ausência de Tilda Swinton, que, a meu ver, facilmente poderia ganhar um segundo Oscar.

    Responder
  • 21. Paulo Ricardo  |  janeiro 25, 2012 às 3:26 am

    Matheus e Kamila,

    pelo que eu li acima não sou o único que achou uma loucura a indicação de Mellisa McCarthy.Eu entendo a nomeação a roteiro,mas atriz coadjuvante?com todo respeito a Melissa,não faz sentido.Mas alguem pode perguntar,quem no lugar dela?Charlotte Gainsbourg por “Melancolia”(colocaria o filme na vitrine.Todos sabem que após uma indicação ao Oscar o filme ganha um novo público).Sinceramente,gostaria de entender essa nomeação.Estou lendo todos os comentários.

    Responder
    • 22. Kamila  |  janeiro 25, 2012 às 11:19 am

      Luís, a lista de Melhor Ator foi repleta de surpresas, e das mais agradáveis. Tendo em vista as premiações anteriores, imaginei que “Bridesmaids” seria lembrado, mas NUNCA que eu imaginava que iriam indicar a Melissa McCarthy… Tem muita gente que considera a atuação da Tilda Swinton uma das melhores de 2011. Foi uma ausência também incompreensível nesta lista.

      Paulo, eu não acho a indicação da Melissa uma loucura. A indicação dela é injusta, porque não é merecida. Não só a atuação da Charlotte Gainsbourg era melhor, como temos várias outras atrizes que poderiam estar no lugar dela (Shailene Woodley, Keira Knightley, Carey Mulligan são somente três exemplos). A questão é que, desde o lançamento de “Bridesmaids”, as críticas excelentes foram todas dela. O filme deu a ela a atenção necessária para, não só ela conquistar uma indicação ao Emmy, como também vencê-lo. E Oscar é um prêmio de mercado. É indicado e vence, quem está na crista da onda. Fora que indicar alguém por um filme como “Bridesmaids”, que atinge grande parcela do público, é uma forma de atrair uma maior audiência para a premiação e de mostrar que o Oscar, de certa forma, não tem preconceito com os filmes direcionados a um gosto mais popular, sem preocupações estéticas e artísticas…

      Responder
      • 23. Pedro Paulo  |  janeiro 25, 2012 às 1:26 pm

        A última vaga na categoria supporting actress foi mais concorrida que vestibular de Universidade Federal… pelo menos 6 bons nomes disputaram essa vaga. Você citou alguns, mas também apostavam em Bullock, Cotillard, Washlowska, Gaisbourg, etc.

        Pra mim as ausências imperdoáveis são Fassbender e Swinton. Di Caprio achei bom, tá praticamente idêntico a The Aviator, sem tirar nem pôr. E achei ótimo terem tirado o Brooks também, muito superestimado, pena que o grande filme foi SUBestimado.

  • 24. Linderval Souza  |  janeiro 25, 2012 às 11:39 am

    Eu nem havia pensado nisso mas o amigo ANDINHU foi muto feliz ao dizer que sera uma batalha historica Hugo em 3D X O Artista preto e branco mudo.

    Responder
  • 25. Alyson  |  janeiro 25, 2012 às 12:06 pm

    Ufa! Achei que era somente eu quem havia me incomodado com o número quebrado de indicados que colocaram na categoria principal. Creio que não colocaram mais um por torcer o nariz para alguns filmes e também para não somar mais derrotas a alguns diretores (como Fincher, no caso), mas, ao contrário de você, queria muito ver “Bridesmaids” entre os principais. Me simpatizo muito com o filme! Concordo plenamente com o que disse sobre as animações e em canção original. E creio que quando vermos HUGO, muita coisa irá mudar em nossas opções. Beijão!

    Responder
    • 26. Pedro Paulo  |  janeiro 25, 2012 às 1:29 pm

      Alyson, pode ser exagero e até superestimação, mas torci demais por Bridesmaids ser indicado a Melhor Filme, ia ser um grande prêmio à Wiig, que chamou um elenco basicamente de TV (quando um fime de Hollywood é atuado por gente da TV, não tem grande retorno em bilheteria), começou de fininho e virou um grande sucesso. As duas indicações já são um grande prêmio pro filme, mais a indicação ao SAG de melhor elenco (essa foi minha maior alegria, esse elenco “desconhecido” ser lembrado nessa categoria. Tina Fey não teve a mesma sorte.

      Responder
    • 27. Kamila  |  janeiro 25, 2012 às 4:59 pm

      Pedro, Gainsbourg tem a melhor atuação coadjuvante feminina que vi em 2011, até agora. Infelizmente, ela nunca teve chance de indicação ao Oscar. Swinton que parece ter sido a ausência imperdoável da vez. O Fassbender poderia – e deveria – ter sido indicado também.

      Linderval, pois é. Além disso, temos o fato de “O Artista” ser um filme estrangeiro competindo contra as produções norte-americanas. Será uma bela disputa.

      Alyson, exatamente. Também creio na mesma razão que a sua para a presença dos 9 indicados a Melhor Filme. Eu gosto de “Bridesmaids”, mas acho essa recpeção toda um exagero. Eu quero muito assistir “Hugo”. Beijo!

      Responder
      • 28. Kamila  |  janeiro 25, 2012 às 5:00 pm

        Pedro, Tina Fey deveria ter a mesma sorte. “Meninas Malvadas” é tão bom quanto “Bridesmaids”. O problema é que, naquela época, as coisas eram bem diferentes de hoje.

  • 29. José Francisco  |  janeiro 25, 2012 às 5:37 pm

    PUxa, suas observações e comentários foram direto ao ponto. Parabéns.

    Responder
  • 30. Luiz  |  janeiro 25, 2012 às 7:07 pm

    Ainda não engoli a a não indicação de Tilda Swinton. Sempre achei suas atuações impecáveis, e ela está mto bem em Precisamos falar sobre Kevin. No que falar também de Ryan Gosling, duas ótimas atuações em Drive e Tudo pelo Poder…
    Também achei revoltante a não indicação de Tintim, de longe muito melhor que Gato de Botas…
    A academia vai acabar premiando o Artista, e o oscar vai ser igualmente sem sal como o do ano passado…

    Responder
    • 31. Kamila  |  janeiro 25, 2012 às 7:48 pm

      José Francisco, obrigada!

      Luiz, muita gente não engoliu isso… Ainda não assisti “Precisamos Falar Sobre Kevin”, mas os comentários elogiosos à atuação dela são uma constante. O Ryan Gosling também é um ator super sólido e regular em seus trabalhos. A ausência de “Tintin” é incompreensível mesmo. Pois é. Em termos de vencedores, a corrida já está praticamente definida. Só os indicados que nos deram alguma emoção…

      Responder
      • 32. Pedro Paulo  |  janeiro 26, 2012 às 11:08 pm

        Ah! E Kamila, posso entender essa esnobada épica das Academias em “Melancholia” pelo Lars Von Trier?

        Dogville e Dançando no Escuro também foram excelentes e as academias americanas não deram a mínima.

    • 33. Pedro Paulo  |  janeiro 26, 2012 às 11:04 pm

      Luiz e Kamila, Tilda também dá um show em “I AM… LOVE” (2010), que ela atua em ITALIANO! Fiquei chateado de terem esquecido dela ano passado por este também… tirar ela e Fassbender não dá pra engolir. Mas o Brooks eu achei BEM FEITO!

      Responder
  • 34. Paulo Ricardo  |  janeiro 25, 2012 às 9:09 pm

    Mas eu gosto de “Missão Madrinha de Casamento”.Acho louvavel a academia prestigiar os filmes que tiveram sucesso de bilheteria.”Bridesmaids” é a minha comédia favorito do ano.Mereceu ser nomeado a melhor roteiro original e eu sei que vc não concorda comigo,mas acredito que Melissa McCarthy não teve potencial nem para ser nomeada ao Oscar.Que fique claro,não é porque um papel é comico que não merece nomeação.Exemplo?Robert Downey Jr. em “Trovão Tropical”,ele estava hilário como Kirk Lazarus e mereceu ser indicado.Mas respeito quem defende a nomeação dela.E continuo achando um absurdo.Pra mim não faz sentido.Kristin Wing,Rose Byrne e até Maya Rudolph estão melhor que ela.Mas ela foi nomeada e não posso fazer nada.Mas respeito sua opinião e de quem é fã da Melissa.Coloco um ponto final nesse debate rss.Beijos Kamila.

    Responder
    • 35. Kamila  |  janeiro 25, 2012 às 9:42 pm

      Paulo, é louvável, sim, a AMPAS reconhecer os filmes que foram sucesso de público, porque isso o aproxima deles. A minha comédia favorita do ano é “Amor a Toda Prova”. Eu concordo com você que a Melissa McCarthy NÃO teve potencial para ser indicada ao Oscar de Coadjuvante. Tenho dito isso direto. A Rose Byrne foi minha atuação favorita do filme inteiro. Beijos!

      Responder
  • 36. Reinaldo Glioche  |  janeiro 26, 2012 às 12:16 am

    Pois é, acho que os membros da academia ainda não digeriram a contento essa nova regra do Oscar. Acabou gerando alguns “monstrinhos” como por exemplo Tão forte e tão perto que concorre a melhor filme só tendo duas indicações. Não acho justas as indicações de filme e direção para A árvore da vida, mas louco a iniciativa de reconhecer um filme dessa estirpe.
    No geral, achei meio frustante a lista do Oscar 2012.
    Bjs

    Responder
  • 37. Eri Jr.  |  janeiro 26, 2012 às 7:20 pm

    Kamila… Algumas exclusões não gostei, tipo Tilda Swinton e Albert Brooks, mas no geral gostei dos indicados. Será que fui o único que gostei das surpresas da lista??? Há anos sonho com um Oscar menos previsível e finalmente esse dia chegou!!! Gostei demais do que eles fizeram com o Oscar dessa ano! Tá gerando um bafafa, mas deixou a disputa bem mais emocionante!

    Só discordo de você quanto a indicação para Anônimo por figurino e O espião que sabia demais por trilha terem vindo por nada. Iglesias que compôs a trilha de o espião… era o compositor mais cotado do início da temporada, inclusive o com mais chances de vitória. Mas seu desempenho na crítica acabou amornado as suas chances. Acho muito bom que tenham reconhecido um compositor de grande talento! E muita gente estava contando com a indicação de Anônimo para figurino, eu inclusive, e não me surpreenderia se a academia premiasse o fime! É bem o estilo deles!!!

    Beijos

    Responder
    • 38. Kamila  |  janeiro 27, 2012 às 12:56 pm

      Reinaldo, exatamente. Acho que os próprios votantes da AMPAS se perderam nessa regra… Eu acho as duas indicações principais de “A Árvore da Vida” muito justas. E não diria que a lista como um todo é frustrante. Ela tem muitas surpresas desagradáveis, mas louvo o fato da AMPAS querer movimentar um pouco um jogo que já está um tanto previsível. Beijos!

      Eri, tiveram outras pessoas que gostaram das surpresas dessa lista. Mas, olha, o Oscar não está menos previsível e com uma disputa mais emocionante, não! Muita coisa já está definida. Claro que as duas indicações que citei de “Anônimo” e “O Espião que Sabia Demais” vieram do nada. Ambos os filmes, nas respectivas categorias, não foram lembrados nem nas premiações do sindicato, quanto mais nas dos críticos ou outros precursores do Oscar. Beijos!

      Responder
  • 39. BbbHawk  |  janeiro 28, 2012 às 10:45 am

    Apesar do toque de Midas de Daldry, BILLY ELLIOT não foi indicado a melhor filme, apenas diretor.

    Responder
    • 40. Kamila  |  janeiro 29, 2012 às 3:54 am

      BbbHawk, obrigada pela correção!

      Responder
  • 41. Cena da Semana « Cinéfila por Natureza  |  janeiro 29, 2012 às 8:51 pm

    […] Segredo de Licorne”, ficaram de fora. Mas, sobre isso já falamos muito no nosso post com os comentários dos indicados ao 84th Annual Academy Awards, publicado na terça feira, dia 24 de […]

    Responder
  • 42. rodrigo melo  |  fevereiro 1, 2012 às 1:54 am

    Sobre o A Cerimonia do Oscar 2012:
    – Acho quem deve ganhar de Melhor Filme é: Cavalo de Guerra
    -acho quem deve ganhar de Melhor Diretor é: – Terrence Malick por A Árvore da Vida
    -acho quem deve ganhar de Melhor Ator é: – George Clooney por Os Descendentes
    -acho quem deve ganhar de melhor Atriz é: – Michelle Williams por Sete Dias com Marilyn
    -acho quem deve ganhar de melhor ator coadjuvante é: – Christopher Plummer por Toda Forma de Amor
    -acho quem deve ganhar de melhor atriz coadjuvante é: – – Bérénice Bejo por O Artista
    – acho quem deve ganhar de Melhor Filme da Animação é: O Gato de Botas
    – acho quem deve ganhar de melhor filme de língua estrangeira é: – Bullhead
    – acho quem deve ganhar de melhor roteiro original é: — Woody Allen por Meia-Noite em Paris
    – acho quem deve ganhar de melhor roteiro adaptado é: – – Steven Zaillian, Aaron Sorkin, Stan Chervin por O Homem que Mudou o Jogo
    -acho quem deve ganhar de melhor figurino é: — A Invenção de Hugo Cabret
    -acho quem deve ganhar de melhor maquiagem é: – – Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte II
    -acho quem deve ganhar de melhor Montagem é: – – A Invenção de Hugo Cabret
    -acho quem deve ganhar de melhor efeitos visuais é: — – Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte II
    -acho quem deve ganhar de melhor fotografia é: — A Árvore da Vida
    -acho quem deve ganhar de melhor Edição de som é: – Transformers: O Lado Oculto da Lua
    -acho quem deve ganhar de melhor canção original é: — Rio (pela canção Real in Rio)
    acho quem deve ganhar de melhor Direção de arte é: — – Cavalo de Guerra
    -acho quem deve ganhar de melhor ducuméntário é: — – If a Tree Falls: A Story of the Earth Liberation Front
    -acho quem deve ganhar de melhor Trilha Sonora original é: – As Aventuras de Tintim – O Segredo do Licorne
    -acho quem deve ganhar de Melhor Curta-metragem de Animação é: – Fantastic Flying Books of Mr. Morris Lessmore, The
    -acho quem deve ganhar de melhor mixagem de som é: – Millennium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres
    – Espero que o filme Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2 vai ganhar 1 Oscar de Melhores Efeitos Visuais ou de Melhor Maquiagem ,porque a saga Harry potter nunca ganhou o oscar. Se o filme Harry Potter não ganhar só 1 oscar,vou ficar muito decepcionado.
    – Espero que o Filme o Rio vai ganhar oscar de melhor canção original,porque se ele não ganhar,vou ficar decepcionado.
    -Talvez quem vai ganhar de melhor atriz é Michelle williams ou meryl Streep
    -só espero quem vai ganhar de Melhor Filme da Animação é o Gato de Botas ou Rango.
    -mas quem acha que vai ganhar de Melhor maquiagem–Harry potter 7.2 ,albert nobbs ou a dama de ferro?
    -E de melhores efeitos visuais,quem vai ganhar–Harry Potter 7.2, A Invenção de Hugo Cabret,Gigantes de Aço,Transformers: O Lado Oculto da Lua ou Planeta dos Macacos: A Origem?

    Responder
    • 43. Kamila  |  fevereiro 1, 2012 às 11:58 pm

      Rodrigo, bons palpites. Só acho MUITO difícil “Cavalo de Guerra” ganhar o Oscar de Melhor Filme.

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,057 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: