Previsões para os Vencedores do Globo de Ouro 2012

janeiro 13, 2012 at 10:33 pm 30 comentários

Acontece neste domingo, dia 15 de janeiro, em cerimônia a ser apresentada pelo polêmico comediante inglês Ricky Gervais, a 69ª edição do Golden Globes Awards, prêmio outorgado pela Hollywood Foreign Press Association (HFPA), organização que reúne os jornalistas estrangeiros que trabalham na cobertura da área do entretenimento na capital do cinema norte-americano.

A cerimônia de premiação tem por característica seu caráter completamente informal, o que é garantia de momentos inusitados durante a noite. Em relação à entrega dos prêmios, é importante notar que os votantes da HFPA perderam muito o contato com o Oscar (muito em parte por causa de escolhas completamente equivocadas de vencedores e que refletem bem a bajulação que é uma característica forte de boa parte dos membros desse grupo) e, especialmente, aquele prestígio que uma vez possuíram de serem os grandes precursores da noite mais importante do cinema.

Veremos se será na cerimônia deste ano que eles começam a recuperar um pouco desse mesmo prestígio.

Por ora, fiquem com as nossas previsões para os vencedores da noite:

Best Motion Picture – Drama
The Descendants

Best Performance by an Actress in a Motion Picture – Drama
Meryl Streep, The Iron Lady

Best Performance by an Actor in a Motion Picture – Drama
George Clooney, The Descendants

Best Motion Picture – Comedy or Musical
The Artist

Best Performance by an Actress in a Motion Picture – Comedy or Musical
Michelle Williams, My Week With Marilyn

Best Performance by an Actor in a Motion Picture – Comedy or Musical
Jean DuJardin, The Artist

Best Animated Feature Film
The Adventures of Tintin

Best Foreign Language Film
A Separation, Iran

Best Performance by an Actress in a  Supporting Role in a Motion Picture
Jessica Chastain, The Help

Best Performance by an Actor in a Supporting Role in a Motion Picture
Christopher Plummer, Beginners

Best Diretor – Motion Picture
Michel Hazanavicius, The Artist

Best Screenplay – Motion Picture
Alexander Payne, Nat Faxon e Jim Rash, The Descendants

Best Original Score
Ludovic Bource, The Artist

Best Original Song – Motion Picture
“Hello Hello”, Gnomeo & Juliet

Best Television Series – Drama
Boardwalk Empire

Best Performance by an Actress in a Television Series – Drama
Claire Danes, Homeland

Best Performance by an Actor in a Television Series – Drama
Bryan Cranston, Breaking Bad

Best Television Series – Comedy or Musical
Modern Family

Best Performance by an Actress in a Television Series – Comedy or Musical
Laura Dern, Enlightened

Best Performance by an Actor in a Television Series – Comedy or Musical
Alec Baldwin, 30 Rock

Best Mini-Series or Motion Picture Made for Television
Downton Abbey (Masterpiece)

Best Performance by an Actress in a Mini-Series or Motion Picture Made for Television
Kate Winslet, Mildred Pierce

Best Performance by an Actor in a Mini-Series or Motion Picture Made for Television
Bill Nighy, Page Eight (Masterpiece)

Best Performance by an Actress in a Supporting Role in a Series, Mini-Series or Motion Picture Made for Television
Maggie Smith, Downton Abbey (Masterpiece)

Best Performance by an Actor in a Supporting Role in a Series, Mini-Series or Motion Picture Made for Television
Peter Dinklage, Game of Thrones

Lembrando que o ator Morgan Freeman será o homenageado da noite com o Cecil B. De Mille Award, prêmio que celebra toda a sua carreira como ator.

A 69ª edição do Golden Globes Awards será transmitida pelo TNT, a partir das 21h.

Entry filed under: Prêmios.

A Volta de Edward Norton Cena da Semana*

30 Comentários Add your own

  • 1. totalmentecinefilos  |  janeiro 13, 2012 às 10:49 pm

    Adorei o post! 🙂 Viva as premiações! Viva o cinema! 🙂

    Responder
  • 2. Paulo Ricardo  |  janeiro 13, 2012 às 10:53 pm

    Parece que “The Artist” vai ganhar.Com os “Brothers Weinstein” por trás o filme ta ganhando força e começa surgir como favorito ao Oscar.Kamila o HFPA ama Pedro Almodovar(desde de “Tudo Sobre Minha Mãe” todos os filmes dele são nomeados ao Golden Globe”) e ele pode levar melhor produção estrangeira.Torcendo para Alexander Payne levar o terceiro Globo de Ouro(pq sou fã de carteirinha dele!).Não vai fazer q nem ano passado e postar os nomeados também?Beijos

    Responder
  • 3. Matheus Pannebecker  |  janeiro 13, 2012 às 10:59 pm

    Kamila, concordamos em MUITA coisa nas categorias de cinema. Só acho que roteiro deve ficar com “Tudo Pelo Poder” ou “Meia-Noite em Paris”. E também acredito que o filme da Madonna deve levar pelo menos um dos prêmios em que concorre. Também acredito que a Chastain possa levar o prêmio – e vou ficar contente com isso, já que sua atuação é melhor do que a de Octavia Spencer…

    Responder
    • 4. Kamila  |  janeiro 14, 2012 às 1:19 am

      totalmentecinefilos, obrigada! Viva!!! 🙂

      Paulo, sim, “The Artist” é o favorite ao prêmio principal da noite. Duvido que Almodóvar supere o favoritismo incontestável de “A Separação”. Não precisa postar os nomeados, de novo. Fiz post, já, comentando os indicados. Beijos!

      Matheus, eu pensei em colocar “Meia Noite em Paris” para roteiro, mas decidi manter meu palpite em “The Descendants”. Não acho que “W.E.” irá levar alguma coisa. E concordo sobre a Jessica. Ela é meu palpite pra vencer.

      Responder
  • 5. Pedro Paulo  |  janeiro 13, 2012 às 11:58 pm

    Só sei de uma coisa: se Glenn Close (5 mãos abanando) não levar o Oscar esse ano espanco cada um dos membros da Academia.

    Responder
  • 6. Amanda Aouad  |  janeiro 13, 2012 às 11:58 pm

    Boas escolhas, Kamila. Apesar de achar que Tintim tá com força, ainda sonho com Rango e que Tudo Pelo Poder, leve alguma coisa.

    Responder
  • 7. Clóvis Tayllon  |  janeiro 14, 2012 às 12:03 am

    Na categoria cinema, eu espero que suas previsões de realizem (concordo com quase todas), embora ainda ache que o de melhor roteiro pode ir para “Midnight in Paris”. “Tudo Pelo Poder” vou assistir antes de domingo para conferir se essa babação em cima do filme é justificada, mesmo o tema principal não sendo o meu favorito. E verdade seja dita: a atuação da Jessica é a melhor de “The Help” e ela merece ser premiada. A dúvida fica na categoria “Melhor Atriz-Drama”: Viola ou Meryl? Eu torço pela última, até porque a Viola não é a protagonista de “The Help”; não faz sentido sua presença na categoria ‘lead’.

    Na categoria TV, finalmente eu não vejo sinal de “Mad Men”, que depois de tanto ganhar o Emmy, já tá me irritando. Na categoria série de drama, eu torço por “Game of Thrones” ou “Boardwalk Empire”, se que bem que o mais provável vencedor seja “Homeland”. Na categoria comédia vai dar “Modern Family”, mas tbm não descarto “Glee”. E o prêmio garantido da noite é o de “Melhor Ator Coadjuvante” que merecidamente vai para “Peter Dinklage por seu ótimo trabalho em “Game”. Todo o elenco é incrível (meu favorito da TV americana atualmente), e ainda assim, ele consegue se sobressair. Talento de sobra esse cara tem.

    Abraços! E até domingo.

    Responder
  • 8. Clóvis Tayllon  |  janeiro 14, 2012 às 12:07 am

    E baseando minha opinião na recepção da crítica e no Critic’s choice, acho que Rango vai levar de Tintin o prêmio de animação.

    Responder
    • 9. Kamila  |  janeiro 14, 2012 às 1:22 am

      Pedro, pelo jeito, você vai espancar cada um dos membros da AMPAS. A Glenn Close está muito longe do Oscar. Muito longe mesmo!

      Amanda, justamente os dois palpites em que divergimos, como comentei em seu post dos palpites ao GG. 🙂

      Clóvis, como disse ao Matheus, pensei em mudar meu palpite de roteiro para “Meia Noite em Paris”, mas preferi insistir com meu palpite em “The Descendants”. Acho que dá Meryl em Melhor Atriz-Drama. Acho que “Homeland” não ganha na categoria principal dramática. E espero que “Tintin” vença. Não gosto de “Rango”. rsrsrsrs Abraços e até domingo!

      Responder
  • 10. Eri Jr.  |  janeiro 14, 2012 às 12:43 am

    Não sei nada quanto a TV, mas em cinema concordo com tudo, somente duas categorias: Roteiro acho que O Homem que mudou o jogo leva, e em Animação minha opção é Rango. Mas, sou fã de Oscar e acompanho as previsões para ele, então minhas escolhas podem ser furadas no Globo de Ouro!! rsrs

    Responder
    • 11. Kamila  |  janeiro 14, 2012 às 1:23 am

      Eri, duas discordâncias que podem muito bem ser vencedores domingo! 🙂

      Responder
  • 12. bruno knott  |  janeiro 14, 2012 às 5:43 am

    Assim como o Eri Jr. acredito que O Homem que Mudou o Jogo ganha roteiro… e animação RANGO tb.

    E The Descendants vem com tudo pelo jeito! Quero muito assistir.

    Responder
  • 13. Pedro Paulo  |  janeiro 14, 2012 às 11:18 am

    Ka, mesmo que ela não mereça, tá na hora de corrigirem os 5 erros do passado (principalmente em 1987). Afinal, já fizeram isso tantas vezes, né? Geraldine Page e John Wayne são exemplos.

    Tomara que seja finalmente o ano de reconhecimento de outro grande ator: Christopher Plummer. Acompanho com atenção ele desde “The Insider” e ele é fantástico. Vi o trailer de “Beginners”, e o filme parece carismático e ele está ótimo!

    Em coadjuvante estou torcendo pra Octavia Spencer (mas nada me tira da cabeça que se esse papel fosse dado pra Mo’Nique, faria ainda melhor), mas Berènice Bèjo pode roubar a cena. The Artist tá vido com tudo.

    Meryl ganhará o Golden Globe (como sempre), mas ela não voltará a ganhar o Oscar tão cedo (a não ser que seja num filme dos Weinstein), a Academia tem isso de não premiar novamente uma pessoa depois de dois Oscars (minha diva Kate foi exceção) e o filme dela não tem muito buzz. Adoro a Viola, mas é suicídio submeterem ela de lead.

    Não gosto da categoria (e nem de atuações) masculina, mas tô torcendo pelo Dujardin.

    Responder
  • 14. Reinaldo Glioche  |  janeiro 14, 2012 às 4:37 pm

    Não acho que Meryl Streep ganhe e acho que Meia-noite em Paris leva ou roteiro ou filme em comédia. Temos mais algumas divergências, mas acho que seu pacotão de apostas está afiado.
    Bjs

    Responder
    • 15. Kamila  |  janeiro 14, 2012 às 7:20 pm

      Bruno, como eu disse ao Eri, são duas discordâncias de palpites que são totalmente possíveis de se transformarem em realidade amanhã. Também quero ver “The Descendants”.

      Pedro, pode ser com quem for, sou totalmente contra a AMPAS dar um prêmio a quem não merece naquele ano porque já é overdue. Acho que os prêmios têm que ser justos e reconhecerem aquela que é a melhor performance. Sei que é uma visão ingênua, mas é nisso que eu acredito. Acho que o Christopher Plummer deve vencer, até porque a categoria dele está muito fraca… Não tem ninguém, assim, que despontou como favorito. Em coadjuvante, torço por Jessica Chastain, mas isso pode mudar quando eu assistir aos filmes das indicadas. Meryl vai vencer o GG, não tenho dúvida. E acho que ela tem chance de vencer o Oscar, sim. Especialmente porque a última estatueta dela faz 29 anos… Já passou tempo demais e, além disso, ela é recordista de indicações na premiação. E já submeteram a Viola de lead e isso não foi suicídio, tendo em vista a recente vitória dela no Critics Choice Awards. Em atuação masculina, não torço por ninguém no momento e acho que dá Clooney.

      Reinaldo, eu tenho certeza que a Meryl Streep irá vencer. A vitória da Viola Davis no Critics Choice não terá influência aqui, porque a votação já foi encerrada. A briga entre elas começa no SAG e no Oscar, caso as duas sejam indicadas. E acho que “Meia Noite em Paris” pode levar roteiro, sim. Beijos!

      Responder
  • 16. Otavio Almeida  |  janeiro 14, 2012 às 6:49 pm

    Best Motion Picture – Drama
    The Descendants

    Best Performance by an Actress in a Motion Picture – Drama
    Viola Davis, The Help

    Best Performance by an Actor in a Motion Picture – Drama
    George Clooney, The Descendants

    Best Motion Picture – Comedy or Musical
    The Artist

    Best Performance by an Actress in a Motion Picture – Comedy or Musical
    Michelle Williams, My Week With Marilyn

    Best Performance by an Actor in a Motion Picture – Comedy or Musical
    Jean DuJardin, The Artist

    Best Animated Feature Film
    Rango

    Best Foreign Language Film
    A Separation, Iran

    Best Performance by an Actress in a Supporting Role in a Motion Picture
    Octavia Spencer, The Help

    Best Performance by an Actor in a Supporting Role in a Motion Picture
    Christopher Plummer, Beginners

    Best Diretor – Motion Picture
    Michel Hazanavicius, The Artist

    Best Screenplay – Motion Picture
    Alexander Payne, Nat Faxon e Jim Rash, The Descendants

    Best Original Score
    Ludovic Bource, The Artist

    Best Original Song – Motion Picture
    The Living Proof, The Help

    Bjs!

    Responder
    • 17. Kamila  |  janeiro 14, 2012 às 7:21 pm

      Otavio, discordamos em três categorias, somente, mas tá tudo bem! Só acho que não existe chance da canção de “The Help” vencer. Voto em “Hello, Hello” por causa de Lady Gaga e Elton John, e a gente sabe como os votantes da HFPA adoram babar os famosos. No Oscar, acho que vence alguma de “The Muppets”. Beijos!

      Responder
  • 18. Fernando  |  janeiro 14, 2012 às 9:47 pm

    Oi, Kamila. Você sabe se o VH1 transmitiu mesmo o Critics Choice
    Awards? E se vai ter alguma reprise?

    Nunca vou me perdoar por ter perdido. Mas Globo de Ouro,
    Oscar e SAG, pra mim são sagrados. Não perco nem pra ir ao
    casamento da minha irmã!!

    Beijos!!

    Responder
  • 19. Pedro Paulo  |  janeiro 14, 2012 às 10:52 pm

    Ka, também não gosto de prêmios de consolação, mas se for pra reparar as injustiças que fez com Glenn Close, Annette Bening, Julianne Moore, Michelle Pfeifer e Sigourn Weaver, fingiria de besta.

    Me irrita mais mesmo é premiar “namoradinhas” (tipo Bullock e Robets) e potenciais estrelas (que nem sempre se tornam, como Sorvino e agora sim Tomei).

    Responder
  • 20. Mayara Bastos  |  janeiro 15, 2012 às 1:13 am

    Muitas apostas em comum, exceto em atriz drama, que apostei na Viola, canção na Madonna, roteiro no Woody, direção no Scorsese e animação no “Rango”.

    Beijos e um ótimo Golden Globe para você, amiga! 🙂

    Responder
    • 21. Kamila  |  janeiro 15, 2012 às 2:27 pm

      Fernando, o VH1 não transmitiu o Critics Choice Awards para o Brasil. Essa premiação não é transmitida aqui no país, infelizmente. Beijos!

      Pedro, se for para dar um prêmio de consolação que seja por uma performance que realmente mereça ganhar. Até para fazer jus à pessoa que está ganhando. Eu discordo mesmo de você nesse ponto. Os prêmios para as “namoradinhas” da América também me incomodam muito, especialmente porque eles são de consolação, premiam uma carreira inteira. Eu me incomodo com isso também. Se elas merecessem ganhar, não me incomodaria.

      Mayara, das suas discordâncias, não acho que a Madonna tenha chances de vencer. Beijos e ótimo Globo de Ouro para você também!

      Responder
  • 22. cleber eldridge  |  janeiro 15, 2012 às 8:41 pm

    Apostei no DiCaprio e no Trent Reznor e Atticus para trilha – e espero uma surpresa em ator coadjuvante, quem sabe o Albert não leva essa, também apostei nele 🙂

    Responder
  • 23. Pedro Paulo  |  janeiro 15, 2012 às 10:51 pm

    Você táfalando que a categoria “Ator Coadjuvante” tá fraca, Ka, mas o Albert Brooks anda meio festejado por aí, não?

    Vou de Glenn ou Viola até o fim! Minhas torcidas… não aguento mais essa história de toda interpretação da Meryl indicada merece vencer – ouço isso desde “Adaptação”, e ela não era a melhor das cinco, idem em 2006, muita gente queria que ela vencesse a performance magistral da Helen Mirren… hã-rã.

    Responder
    • 24. Kamila  |  janeiro 16, 2012 às 4:45 pm

      Cleber, errou nas suas três apostas…

      Pedro, a categoria tá tão fraca que a prova disso é essa festa toda em torno do Albert Brooks! rsrsrs E eu vou de Meryl até o fim. Sou fã dela, mas não acho que ela tinha que vencer por todas as suas indicações, mas é fato que o terceiro Oscar dela está ficando mais maduro desde a sua indicação por “Dúvida”, quando ela só não ganhou por causa da category fraud da Kate Winslet….

      Responder
      • 25. Pedro Paulo  |  janeiro 16, 2012 às 10:12 pm

        Ou seja: a “mais festejada atuação” da categoria não tem nada de especial, é isso? Tô torcendo por Christopher porque é um injustiçado, merecia a indicação em “The Insider”.

        Ah, Ka, referente a 2008, eu perdôo porque foi o ano que a Kate Winslet foi a melhor do sim, mas submeteram o filme errado! Foi a melhor do ano por “Foi Apenas Um Sonho”! E se não desse ela, acho que eles iam premiar a Melissa Leo, que foi muito festejada naquele ano (mesmo eu achando clichê). Não acho a performance da Meryl lá essas coisas em Dúvida, pra mim, depois de 1982, a chance mais madura dela foi com “Um Grito no Escuro” (aliás, que ano na categoria, hein?), “As Pontes de Madison” (outro puta ano) e “Julie & Julia” (ela que realmente merecia, mas eu era team Gabourey Sidibe total).

        Aliás, Ka, porque a Academia resolveu colocar a performance de “The Reader” em lead, sendo que nas demais foi supporting? Para facilitar pra Penélope? O filme foi mais aclamado que “Revolutionary Road”?

  • 26. Kamila  |  janeiro 16, 2012 às 10:48 pm

    Pedro, não sei se a mais festejada atuação da categoria não tem nada de especial, porque eu ainda não assisti ao filme do Plummer. Não gosto da atuação da Kate Winslet, em “Foi Apenas um Sonho”. Acho extremamente exagerada e fora de tom em vários momentos. Se não fosse ela, com certeza, daria Meryl, que vinha de uma vitória no SAG.

    Sempre exista a dúvida em relação à atuação da Kate Winslet. O estúdio decidiu colocá-la, acertadamente, como coadjuvante. A AMPAS que mudou as regras do jogo e, com isso, só facilitou a vida para a vitória da Penélope… Se isso foi um jogo de cartas marcadas, não faço a mínima ideia, mas é fato que “O Leitor” foi bem melhor recebido pela crítica do que “Foi Apenas um Sonho”.

    Responder
    • 27. Pedro Paulo  |  janeiro 18, 2012 às 1:05 pm

      Deve ter tido treta, pra premiar ambas. Mas a verdade nunca saberemos. Engraçado que foi um filme totalmente esquecido mas lembraram de Michael Shannon, numa das atitudes mais surpreendentes da Academia nos últimos anos.

      Responder
  • 28. Kamila  |  janeiro 19, 2012 às 12:50 am

    Pedro, não achei a indicação de Michael Shannon surpreendente, até porque ele teve um ótimo desempenho naquela temporada de premiações. Foi uma indicação mais que merecida.

    Responder
    • 29. Pedro Paulo  |  janeiro 19, 2012 às 1:26 pm

      O desempenho dele é fenomenal, mas esnobaram ele em várias premiações antes do Oscar (no GG, A categoria foi completamente diferente do Oscar, acho que só sobrou o Heath e o Downey) e muitos consideraram uma surpresa lembrarem dele, sendo que o filme foi tão esquecido.

      Responder
  • 30. Kamila  |  janeiro 20, 2012 às 1:26 am

    Pedro, eu discordo que tenha sido surpresa.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,283 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: