Cena da Semana*

setembro 12, 2011 at 12:58 am 16 comentários

*Atenção aos spoilers.

(O final de “A Última Noite” [2002] – diretor: Spike Lee)

“Then you ask them if they know how lucky they are to be there. It all came so close to never happening. This life came so close to never happening.”

Hoje, se completa o 10º aniversário dos atentados terroristas ao World Trade Center, em Nova York. Muito se fala sobre os filmes que foram produzidos em Hollywood sobre os Estados Unidos pós-11 de setembro. Entretanto, poucos são aqueles que se lembram daquela que consideramos ser a melhor obra sobre o tema: “A Última Noite”, do diretor Spike Lee.

Este longa não fala sobre a paranoia norte-americana ou sobre os conflitos que se seguiram aos atentados. O filme fala sobre a cidade de Nova York, sobre os efeitos dos atentados na cidade e, principalmente, em seus habitantes. Isso está refletido em muitos dos diálogos do roteiro, bem como na forma como Montgomery Brogan (a última grande atuação de Edward Norton como ator) coloca em termos a sua relação com sua namorada (Rosario Dawson), seu pai (Brian Cox) e seus dois melhores amigos (Barry Pepper e Philip Seymour Hoffman). Um filme belíssimo, que encontra seu cerne no contato entre as pessoas e na forma como os relacionamentos entre todos nós são construídos. Uma obra que, aliás, é uma das mais subestimadas da filmografia do Spike Lee.

Entry filed under: Cena da Semana.

O Mágico Lanterna Verde

16 Comentários Add your own

  • 1. Mayara Bastos  |  setembro 12, 2011 às 1:03 am

    Filme subestimado mesmo. Além desse, em se tratando do Edward, coloco “O Despertar de uma Paixão” também como última grande atuação dele.

    Beijos e tenha uma ótima semana! 😉

    Responder
  • 2. Wally  |  setembro 12, 2011 às 1:05 am

    Maravilhosa lembrança, Kamila. Às vezes me esqueço deste filme e certamente não deveria. Tão urgente quanto em 2002.

    Responder
    • 3. Kamila  |  setembro 12, 2011 às 1:19 am

      Mayara, verdade. Bem lembrado. Ele está tão bem em “O Despertar de uma Paixão”, um filme que é LINDO! Beijos e ótima semana!

      Wally, eu sou apaixonada por esse filme. Acho belo!

      Responder
  • 4. Amanda Aouad  |  setembro 12, 2011 às 2:21 am

    Confesso que ainda não assisti, vou anotar para corrigir isso.

    Responder
  • 5. Rafael Oliveira  |  setembro 12, 2011 às 2:29 am

    Adoro A Última Noite, é meu favorito do Spike Lee.

    http://cinelupinha.blogspot.com/

    Responder
    • 6. Kamila  |  setembro 12, 2011 às 2:43 am

      Amanda, assista, sim! É um filme muito bonito.

      Rafael, é um dos meus favoritos dele também!

      Responder
  • 7. wallace3110  |  setembro 12, 2011 às 4:34 am

    Belíssimo filme mesmo, entra na lista dos melhores do velho Spike (apesar de eu ainda achar FAÇA A COISA CERTA imbatível). Legal você ter lembrado dele, num momento em que todos lembram de obras que remetem diretamente ao 11 de setembro de 2001 ou a suas consequências. Pensei em fazer um post sobre a data também, e confesso que imediatamente pensei em VÔO UNITED 93, GUERRA AO TERROR e FAHRENHEIT 9/11… falha minha ter esquecido, como quase todos fazem, de A ÚLTIMA NOITE. E ver esse seu post serviu também para me dar conta de que preciso rever essa pequena pérola.

    Responder
  • 8. Paulo Ricardo  |  setembro 12, 2011 às 5:03 am

    Engraçado Kamila,já falamos muito desse filme aqui no blog e realmente ele é muito bom.Concordo contigo é uma obra subestimada e retrata muito bem a cidade de nova york.Gosto muito da abertura do filme(a forma que trilha é utilizada me lembra “Táxi Driver”) e da fotografia do mexicano Rodrigo Prieto(tem uma cena no inicio que um cão é atropelado e o tom granulado da fotografia me lembra “Amores Brutos”).Nesse filme Kamila comecei a dar uma atenção especial a Philip Seymour Hoffman(gostei dele 3 anos antes em “Magnólia”,mas PTA escreveu tantos personagens que não fiquei tão impressionado quanto nesse filme).Um ótimo filme completamente esquecido das premiações e o meu favorito de Spike Lee(que ficou com a imagem manchada com aquela grosseria que ele cometeu com Clint Eastwood).E você tem razão,estou tentando lembrar outro filme que abordou tão bem as feridas do 11/9 nos nova yorkinos,mas nenhum foi tão bem quanto “A última Noite”.Talvez Spike Lee acertou pq não fez um filme sobre o tema e abordou os efeitos do atentando em alguns personagens.Beijos.

    Responder
  • 9. Flávio Junio  |  setembro 12, 2011 às 10:46 am

    Oi Kamila, há muito tempo não vejo nenhuma produção do Spike Lee. Neste 11 de Setembro de 2011 , só se falava sobre este assunto na TV, e quando queria fugir um pouco disso – num canal de filmes me deparava com As Torres Gêmeas e no outro Voo United 93 …

    Responder
    • 10. Kamila  |  setembro 14, 2011 às 1:58 am

      Wallace, a maioria, realmente, se esquece de “A Última Noite”, que é um belíssimo filme.

      Paulo, a fotografia e a trilha sonora são dois dois pontos altos desse filme. Das atuações coadjuvantes, a minha favorita é a do Barry Pepper. Se dependesse de mim, teria sido muito lembrado na época das premiações. Beijos!

      Flávio, pois é, o Spike Lee anda meio sumido…

      Responder
  • 11. Reinaldo Matheus Glioche  |  setembro 12, 2011 às 7:22 pm

    Bem, não preciso dizer que está aí uma boa lembrança. Só acho que Norton já teve outras grandes atuações depois dessa…
    bjs

    Responder
  • 12. Otavio Almeida  |  setembro 12, 2011 às 9:48 pm

    Meu favorito do Spike Lee.
    Bjs!

    Responder
  • 13. victornassar  |  setembro 13, 2011 às 1:00 pm

    Sabia que nunca vi esse? Realmente é muito subestimado, mal se ouve falar na verdade. Preciso ver se acho na locadora. Dos que remetem a 11/9, o Voo 93 ainda mexe muito comigo. E o Fahrenheit 9/11 também me marcou em termos de documentário, já que na época não dava a devida importância ao gênero.

    Mas esse “A última noite” eu verei em breve sim!

    Responder
    • 14. Kamila  |  setembro 14, 2011 às 1:59 am

      Reinaldo, acho que a única grande atuação do Norton depois dessa aí foi em “O Despertar de uma Paixão”. Beijos!

      Otavio, idem! Beijos!

      Victor, assista, que esse é um belíssimo filme. Uma pena que ele não seja tão lembrado assim pelas pessoas.

      Responder
  • 15. cleber eldridge  |  setembro 13, 2011 às 1:38 pm

    Acho o filme sensacional, subestimado e uma excelente atuação do Norton e do todo o elenco, a cena do FUCK em especial é muito marcante 😉

    Responder
    • 16. Kamila  |  setembro 14, 2011 às 2:00 am

      Cleber, pra ser bem sincera, acho a cena do discurso em que o Montgomery manda todo mundo se foder muito caricatural…

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,059 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: