Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas

junho 1, 2011 at 11:49 pm 14 comentários

Participar da série de filmes “Piratas do Caribe” marcou o início da virada na carreira de Johnny Depp, a qual foi observada no início da década passada, e que resultou na primeira das três indicações do ator ao Oscar da categoria. O Capitão Jack Sparrow virou logo um dos seus personagens mais icônicos, graças à excelente caracterização de Depp. Entretanto, especialmente no último filme da franquia, “Piratas do Caribe: No Fim do Mundo”, a série começava a dar os seus primeiros sinais de cansaço e de caricaturização. Mudanças eram necessárias, se um novo filme da franquia fosse feito.

Com “Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas”, as tais mudanças vieram. Do elenco principal original, permanecem Johnny Depp, Geoffrey Rush e Kevin McNally. Volta a dupla de roteiristas originais, Ted Elliott e Terry Rossio, e, com isso, a sensação que temos é a de que o produtor Jerry Bruckheimer quis recriar a franquia, de uma certa maneira. Principalmente porque insere Jack Sparrow numa aventura nova com uma gama de personagens que aparecem pela primeira vez por aqui, colocando o personagem, de certa forma, no centro das atenções, como tem que ser (já que Sparrow é uma presença tão magnética) sem dividir espaço com mais ninguém (apesar de ele compartilhar a tela com uma estrela do porte de Penélope Cruz).

Após salvar seu grande companheiro Gibbs (Kevin McNally) da prisão, o Capitão Jack Sparrow (Depp) começa a mexer os pauzinhos para embarcar na sua mais nova jornada como capitão de um navio. Sendo que a forte personalidade de Sparrow será completamente dominada por Angélica (Penélope Cruz), uma figura do seu passado, que o convence a embarcar no navio do temido pirada Barba Negra (Ian McShane, outro estreante na série) com o objetivo de encontrarem a tão sonhada Fonte da Juventude – esse também será o mesmo objeto de busca do Capitão Barbossa (Geoffrey Rush), que, agora, trabalha do lado da Coroa inglesa; bem como do rei da Espanha (Óscar Jaenada).

O grande trunfo de “Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas”, como já dissemos, é o fato de que ele coloca todos os holofotes em cima do carisma e das tiradas espirituosas de Jack Sparrow (Johnny Depp está melhor do que nunca na pele do personagem). O diretor Rob Marshall, que, talvez, ninguém pensava ser uma boa opção para dirigir este longa, surpreende ao criar uma aventura bastante consistente e que entretém o público com louvor. Os outros elementos consistentes dessa franquia, notadamente a parte técnica, continuam excelentes. O resultado é um filme que recupera toda a euforia e o clima que foram vistos em “Piratas do Caribe: A Maldição do Pérola Negra”. Missão cumprida, Jerry Bruckheimer!

Cotação: 8,0

Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas (Pirates of the Caribbean: On Stranger Tides, 2011)
Direção: Rob Marshall
Roteiro: Ted Elliott e Terry Rossio (com base na história deles e nos personagens criados por Ted Elliott, Terry Rossio, Stuart Beattie e Jay Wolpert)
Elenco: Johnny Depp, Penélope Cruz, Geoffrey Rush, Ian McShane, Kevin McNally, Keith Richards, Judi Dench

Entry filed under: Cinema.

As Doze Estrelas Inverno da Alma

14 Comentários Add your own

  • 1. João Paulo  |  junho 1, 2011 às 11:57 pm

    Mais todavia o trunfo continua sendo de Johnny Depp …
    Muitos verão por causa dele, e sem duvida, quem espera por ele não irá ficar triste, e sim satisfeitos … O mito voltou.

    Beijos.

    Resposta
    • 2. Kamila  |  junho 2, 2011 às 12:35 am

      João, o triunfo, nessa franquia, acaba sendo sempre dele. Beijos!

      Resposta
  • 3. Amanda Aouad  |  junho 2, 2011 às 1:42 pm

    Johnny Depp com seu Jack Sparrow é mesmo o motivo do filme. Mas, não fiquei tão empolgada quanto você nessa quarta parte. Achei que a aventura ficou cansativa, longa, com momentos interessantes, é verdade, mas poderia ser melhor.

    Um bom filme, mas sem empolgação. 🙂

    Resposta
  • 4. Paulo Ricardo  |  junho 2, 2011 às 1:46 pm

    Quando “Piratas do Caribe-No Fim do Mundo” não foi bem recebido por critica e público,Johnny Depp afirmou que seria o fim da série.Eu duvidei desde da primeira vez que li essa noticia.Quando uma franquia é muito bem sucedida é dificil os produtores(que só visam dinheiro)cancelar filmes que dão retorno garantido na bilheteria.3 anos depois o “tempo é o sr. da razão” e Johnny Depp voltou a se vestir de Jack Sparrow e Jerry Bruckheimer consegui convencer o astro mais “Cool” do cinema a interpretar seu personagem ícone.Lá se vai o “Depp ator sério”o Ótimo John Dilinger de Inimigos Públicos de Michael Mann,e o fraquissimo O Turista com o talentoso Florian Henckel von Donnersmarck(da obra prima alemã A Vida dos Outros).Eu estava reticente em relação a esse filme e quando anunciaram Rob Marshall na direção eu fiquei com medo.Piratas dançando como em Chicago e Nine não combina né rss,brincadeiras a parte gostei da escalação de Penelope Cruz(ela vem entregando otimos papéis desde de Volver,indico Fatal com Ben Kingsley q é mt bom).Vou no cinema sabado conferir “Piratas do Caribe:Navegando em Águas Misteriosas”.

    *Essa semana eu vi 2 filmes em DVD que estiveram nos holofotes dos prêmios:

    Burlesque:O que é aquilo,que roteiro era aquela?Christina Aguilera como uma pobre garota q se torna uma estrela da música.Meu pai,será que esse povo não lê roteiro? um dos piores filmes que eu vi em 2011.E foi indicado ao Globo de Ouro???

    Um Lugar Qualquer:a cada filme Sofia Coppola reafirma a sua excelencia como cineasta.Uma história delicada e contada com a sensibilidade de sempre.A temática é parecida com Encontros e Desencontros(q eu amo de paixão).Merecido vencedor do Leão de Ouro em Veneza é um dos melhores filmes q eu vi esse ano.Gostei demais e Stephen Dorff e Elle Faning(talentosa como a irmã Dakota)tem uma quimica mt boa.Kamila,Um Lugar Qualquer é um filme de nunces e de pequenos gestos.Eu vi na segunda feira e estou com o filme na cabeça até agora.Sublime,puro cinema de autor.

    Beijos

    Resposta
  • 5. Victor Nassar  |  junho 2, 2011 às 3:10 pm

    Me diverti bastante, como é o intuito do filme!
    O único problema mesmo, foi que resolvi assistir em 3D. E nesse quesito decepciona, e MUITO! Projetar a espada na platéia é legal, mas cansa, principalmente se esse for o único efeito.

    No mais, engraçado como eu prefiro o Piratas 3, do que o 2 por exemplo.

    E um parênteses ao Paulo Ricardo. Como eu odeio “Um Lugar Qualquer”. haha Um grande elogio ao ócio, é poético, é autoral, mas achei um grande porre. Definitivamente não é pra mim, ficar numa cena de 5 minutos mostrando o nada. Fazer pensar é diferente de fazer dormir. Achei que Coppolinha vacilou ao tentar imprimir uma marca própria e tentar mostrar ao mundo que pensa. Prefiro Maria Antonieta, ou mesmo Encontros e Desencontros, mas Um Lugar Qualquer não, por favor, não.

    Resposta
    • 6. Kamila  |  junho 3, 2011 às 2:04 am

      Amanda, eu comparei este filme com os dois longas anteriores, por isso achei que ele recuperou a franquia. Mas, concordo contigo que Johnny Depp e seu Jack Sparrow continuam sendo a atração principal da franquia.

      Paulo, ao contrário de você, achava que o terceiro filme marcaria o final da série. Eu ainda não assisti “Em Qualquer Lugar”, mas concordo com seu comentário sobre “Burlesque”. Beijos!

      Victor, eu me diverti também. E não o assisti em 3D. Então, acho que fiz a escolha certa, nesse sentido! 🙂

      Resposta
  • 7. Reinaldo Matheus Glioche  |  junho 2, 2011 às 6:55 pm

    … e missão cumprida Rob Marshall né?! rsrs. Esse reajuste de foco era o que a franquia estava precisando… Desce mais uma dose de rum capitão Jack!

    Bjs

    Resposta
  • 8. Otavio Almeida  |  junho 2, 2011 às 10:25 pm

    Gosto da série, mas vejo o novo filme só neste fim de semana. Junto com “X-Men”.

    Bjs!

    Resposta
    • 9. Kamila  |  junho 3, 2011 às 2:06 am

      Reinaldo, pois é. Perfeito seu comentário. A franquia precisava mesmo desse reajuste de foco. Beijos!

      Otavio, bons filmes! 🙂 Beijos!

      Resposta
  • 10. Kahlil  |  junho 3, 2011 às 4:15 pm

    Me diverti horrores! Adorei! Mas certamente não é o melhor da série.

    http://filme-do-dia.blogspot.com/

    Resposta
  • 11. Otavio Almeida  |  junho 3, 2011 às 7:54 pm

    Ah, vi ontem. E não me empolgou não. Tirando a parte das sereias, que é a melhor.

    Bjs!

    Resposta
    • 12. Kamila  |  junho 3, 2011 às 9:16 pm

      Kahlil, eu também me diverti muito e considero o segundo melhor da série, atrás somente do primeiro filme.

      Otavio, poxa, não empolgou??? Beijos!

      Resposta
  • 13. Clóvis Tayllon  |  novembro 20, 2011 às 2:11 pm

    Mais uma vez você está excelente, parabéns! Eu ouvi muitas críticas negativas a esse filme então achei que seria mesmo o fim da franquia. Gostei muito do primeiro, o segundo é bonzinho e o terceiro só se salva no final. E acho que navegando em “Águas Perigosas” retoma um pouco do vigor e da diversão que eu vi em “A Maldição do Pérola Negra”. A parte técnica continua excelente, o elenco é incrível e o filme cumpre muito bem o seu papel de entreter os fãs da série. No mais, concordo com cada vírgula da tua resenha.

    Nota: 8,5

    Abraços!

    Resposta
    • 14. Kamila  |  novembro 20, 2011 às 9:52 pm

      Clóvis, obrigada!!! Eu gostei bastante da retomada da história, da inserção de novos personagens. Deu novo fôlego à franquia. Abraços!

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 452,946 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: