Será que é dessa vez, Meryl?

abril 26, 2011 at 12:00 am 39 comentários


Apesar de muitos afirmarem que Katharine Hepburn é a melhor atriz de cinema de todos os tempos, para a blogueira que vos fala, este título deveria ser ostentado por Meryl Streep. No cinema atual, ou em qualquer tempo, acho que não deve ter existido uma atriz com a capacidade de transformação dela, a ponto de ela ostentar, em sua carreira, uma vasta gama de papeis. Se você acha que Meryl Streep não é capaz de fazer algo, ela vai lá e faz. Se você acha que não existe mais personagem que ela possa interpretar, ela vai lá e nos surpreende.

Se as primeiras fotos liberadas para a imprensa forem um indicativo do que virá pela frente, a persona que Meryl Streep encarnará em “The Iron Lady”, filme da diretora Phyllida Lloyd (que trabalhou com Streep no musical “Mamma Mia!“), será mais uma daquelas performances arrebatadoras da sua carreira – é só prestar atenção na caracterização física da atriz, que deve ser somente o princípio de um daqueles trabalhos completos e que englobam até mesmo o domínio perfeito do sotaque inglês. No longa, ela dará vida à toda poderosa ex-Primeira-Ministra da Inglaterra Margaret Thatcher, num roteiro que lembra um pouco a abordagem de obras como “A Rainha”, uma vez que falará sobre o exercício de poder e o preço que ele cobra através do retrato de uma mulher complexa e cheia de nuances.

E, sim, sei que todo ano vem a mesma ladainha, mas, depois de 16 indicações ao Oscar e duas vitórias (uma em Atriz Coadjuvante, a outra em Atriz), os comentários vão todos começar novamente: será que é dessa vez que a Meryl conquista seu terceiro – e tão esperado – Oscar? Ela vem batendo na trave há 27 anos! Neste sentido, é importante mencionar que uma de suas fortes concorrentes, em 2011, será uma outra atriz bastante overdue: Glenn Close, por “Albert Nobbs”, de Rodrigo Garcia, filme no qual Close também tem uma transformação física grande. O outro adversário mais forte de Streep na busca pelo terceiro Oscar é ela mesma. As pessoas esperam tanto dela que acham que ela só vai vencer se apresentar uma faceta completamente diferente como atriz. Mas, como exigir isso de uma atriz que já demonstrou ser completa??? Acho que os votantes da AMPAS precisam começar a enxergar a Meryl Streep como ela merece ser vista: como alguém igual a Kate Winslet, que tem uma vontade de vencer enorme sempre que é indicada. Ela quer tanto mais uma estatueta dourada que  a maior prova disso é ela continuar nos brindando com performances sensacionais, até mesmo quando ela está nos filmes mais leves. Só que, para isso, a briga vai ser grande! E a luta continua, Meryl!

Entry filed under: Diversos.

Cena da Semana Scott Pilgrim Contra o Mundo

39 Comentários Add your own

  • 1. João Paulo  |  abril 26, 2011 às 12:08 am

    Lembrando aquela vinheta do Pânico …

    … SERÁ? …

    A esperança nunca morre … mas pelo que estou vendo esse ano … a unica que disparou na frente foi Michelle Williams em Meek’s Cutoff … mas sem duvida quando a Streep tá no pareo … é por que estamos prevendo que acontecerá mais uma batalha ÉPICA para melhor atriz e a esperança de menos obviedade e mais chuva de talentos … ME GUSTA awww yeeeea!

    Beijos Milla!

    Responder
    • 2. Kamila  |  abril 26, 2011 às 12:18 am

      João Paulo, e a Michelle ainda tem o filme da Marilyn Monroe, que deve levá-la a uma indicação ao Oscar. Mas, esperamos menos obviedade. Chega de corridas previsíveis ao Oscar! Mais chuva de talentos também me gusta muito! rsrsrsr Beijos!

      Responder
    • 3. Julia Albuquerque  |  abril 26, 2011 às 10:56 am

      Não vejo Meek’s Cutoff como um possível concorrente ao Oscar, a release date foi muito cedo no ano, e a crítica não foi boa o suficiente para dar uma da O Silêncio dos Inocentes.

      Responder
  • 4. Mayara Bastos  |  abril 26, 2011 às 12:18 am

    Briga de monstras na temporada que virá, que dilema. Meryl e Glenn merecem há muito tempo e o trabalho de maquiagem de “The Iron Lady” está perfeito pelas fotos. Tem que ser dessa vez, sou Team Meryl! rsrsrs.

    Beijos! 😉

    Responder
  • 5. Amanda Aouad  |  abril 26, 2011 às 12:39 am

    Pois é, isso me lembra o Oscar de 2010, quando Alec Baldwin e Steve Martin brincaram que Meryl Streep era recordista de perder um Oscar. A academia tem disso, acha que já premiou o suficiente e não dá mais, não importa a interpretação. Tomara que Margaret Thatcher ajude a quebrar esse tabu.

    Responder
    • 6. Kamila  |  abril 26, 2011 às 12:54 am

      Mayara, eu sou Team Meryl e acho que o texto mostrou isso! rsrsrs Beijos!

      Amanda, exatamente. Estamos na torcida!

      Responder
  • 7. João Paulo  |  abril 26, 2011 às 1:14 am

    Mas também Amanda e Milla que não devemos esquecer que o Oscar premia a obviedade e o elo mais fraco da situação … mas esperamos que na categoria de melhor atriz não aconteça uma obviedade triste …

    Mas vai ser dificil para mim tirar Michelle por Meek’s Cutoff que é por enquanto é o melhor filme do ano …

    Responder
  • 8. Pedro Paulo  |  abril 26, 2011 às 1:29 am

    Katharine é simplesmente insuperável. O que ela fez em Long Day’s Journey e Lion In winter é de quebrar o queixo de qualquer um.

    Mas esse ano tem que dar Glenn Close de qualquer maneira… diva, diava, diva, e com eu troci que ela voltasse com tudo pro cinema… ela está MAGISTRAL em Damages e era uma pena não ser chamada mais para grandes papéis no cinema. Acho que esse ano é dela e ponto.

    Responder
  • 9. Mateus Selle Denardin  |  abril 26, 2011 às 2:03 am

    Numa disputa com Close, e se ela estiver a nível de merecer vitória, espero que a Academia a premie, e não a Streep (que, embora não vença a décadas, ao menos tem duas estatuetas). Há ainda um detalhe interessante: sempre que interpretou personagens relacionados à política, Streep não foi indicada. Mas ninguém parece duvidar que dessa vez essa regra será quebrada. Não acredito que o fato de sempre entregar excelentes performances seja o motivo por que a atriz queira vencer nas premiações. Streep, ela já declarou, é muito mais que isso: ela ama o que faz e o meio em que trabalha; seus objetivos não são os prêmios (embora, claro, qualquer um gosta de ser reconhecido). A vergonha maior nesse sentido cabe às premiações, que a preterem por performances que estão, normalmente, muito a frente das das concorrentes (em JULIE E JULIA, ai, ai, nem se fala…).

    Responder
    • 10. Kamila  |  abril 26, 2011 às 2:14 am

      João, li seus comentários sobre a Michelle e acho que ela deve ser indicada ao Oscar, mas pelo filme da Marilyn Monroe.

      Pedro, a Katharine é uma grande atriz, mas eu sou mais a Meryl. Veremos se o ano será de Close.

      Mateus, excelente comentário, que oferece um contraponto interessante ao meu texto. Eu não sei se deixei entender isso, mas não acho que ela deve vencer pelo fato de ser uma grande atriz e nos entregar excelentes performances. Acho que ela ama mesmo o que faz e deve vencer porque as atuações dela, especialmente nos últimos anos em que foi indicada (por “Dúvida” e “Julie & Julia”) eram as melhores.

      Responder
      • 11. Mateus Selle Denardin  |  abril 26, 2011 às 2:35 am

        Concordamos, então! Outro detalhe interessante quanto à sua carreira recente é nunca participar (e, consequentemente, ser indicada por) filmes nitidamente aclamados e que recebam maior reconhecimento em outras categorias. Então vejamos: ela já venceu por KRAMER VS. KRAMER, que também foi o grande vencedor do Oscar aquele ano; o mesmo vale, mas agora apenas indicada, por ENTRE DOIS AMORES e O FRANCO ATIRADOR. Nessa sua “segunda fase”, digamos assim, o mais próximo disso foi DÚVIDA… Isso é apenas um detalhe, mas será que num filme amplamente aclamado ela não terá mais chance? O tempo dirá, rsrs. Abraço e obrigado pelo comentário e elogio no Observatório.

  • 12. Alan Raspante  |  abril 26, 2011 às 3:13 am

    Com certeza ela terá uma indicação. Meryl Streep sempre consegue se superar. Mas prefiro ver o filme antes de chegar em uma conclusão. Não sei explicar, mas tenho um certo receio de apenas Streep ser algo funcional dentro do filme entende? Espero que o roteiro e a direção façam jus ao talento de Streep. Enfim, assim como você… sou Team Streep o/

    Go, Streep, go!!

    Responder
  • 13. Otavio Almeida  |  abril 26, 2011 às 4:51 am

    Acho que Meryl vem forte pro Oscar. Mas Katherine… Hmm, ela é insuperável nessa comparação.

    Bjs!

    Responder
    • 14. Kamila  |  abril 26, 2011 às 9:41 pm

      Mateus, mas eu não espero que “The Iron Lady” receba atenção em outras categorias, pra ser bem sincera, até porque duvido da capacidade da Phyllida Lloyd como diretora. Acho que a indicação da Meryl será solitária, digamos. Talvez, num filme amplamente aclamado ela terá mais chances de ganhar. O tempo dirá, mesmo! rsrsrsrs De nada!

      Raspante, esperamos que ela tenha uma indicação, mas quero ver antes o filme, ou os comentários sobre ele para tomar os devidos julgamentos.

      Otavio, eu discordo em relação à Katharine, como bem mostrei em meu texto. Beijos!

      Responder
  • 15. João Linno  |  abril 26, 2011 às 12:03 pm

    Pelas fotos, parece que vem algo surpreendente por aí. Se bem que vindo de Meryl Streep, tudo pode acontecer. Torço por ela nessa disputa;

    Responder
  • 16. Cassiano  |  abril 26, 2011 às 1:27 pm

    Bom, se a Meryl vai ou não vai só dá pra falar depois de ver o filme, mas pela foto já percebe que a maquiagem é forte candidata.

    Responder
  • 17. Elton Telles  |  abril 26, 2011 às 1:32 pm

    Com Oscar ou sem Oscar, é das melhores atrizes que o cinema já teve. Torço por um terceiro, nada lhe tira as chances de conquistar com esse “The Iron Lady”, mas o que eu implico um pouco é a indicação da atriz por atuações bem esquecíveis e q acabam preterindo outras mais destacáveis.

    mas tudo bem. Se for pra ser esnobada, q seja por Meryl Streep =p
    essa mulher merece muito ouro!

    torcemos os dedos, Kamila.

    bjs.

    Responder
    • 18. Kamila  |  abril 26, 2011 às 9:42 pm

      João Linno, esperamos que venha algo surpreendente.

      Cassiano, a maquiagem entra no páreo forte, certeza! 🙂

      Elton, concordo contigo. Uma das melhores atrizes que o cinema já teve. Também torço pelo terceiro Oscar dela. Cruzemos os dedos, sim! Beijos!

      Responder
  • 19. Flávio  |  abril 26, 2011 às 2:20 pm

    Oi Kamila, Glen Close X Meryl seria muito interessante de se ver. Duas grandes atrizes em papéis fortes. De certo que fico na dúvida para qual delas o cursor de premiações vai caminhar. Pode ser uma das duas ou nenhuma, mas que elas vêm forte isso sem dúvida.

    Responder
  • 20. Reinaldo Matheus Glioche  |  abril 26, 2011 às 2:43 pm

    Ótimo texto em que nos brinda com divagações muito bem embasadas. Me atrevo a responder sua pergunta. Não será dessa vez. Primeiro porque acho que esse filme não honrará as expectativas suscitadas em certas hordas cinéfilas. Segundo porque a academia já sinalizou que só premiará Meryl novamente em um ano com candidatas bem fracas e sem nenhuma star carente de consagração. São restrições consideráveis…
    Beijos

    Responder
  • 21. IvanN  |  abril 26, 2011 às 3:10 pm

    Oscar é mesmo um grande negócio, né? Meryl está merecendo um Oscar há anos, só que é mais lucrativo pra indústria premiarem atrizes jovens e assim carimbar o nome delas e levar credibilidade e atrair o público. Uma pena que algumas acabam vencendo e depois fazem escolhas infelizes e desperdiçam o prêmio que devia ter parado em mãos certas – que realmente mereciam.

    Responder
    • 22. Kamila  |  abril 26, 2011 às 9:44 pm

      Flávio, acho que essa disputa, nós veremos.

      Reinaldo, obrigada! Por quê você acha que a Academia só premiará a Meryl quando ela tiver concorrência fraca?? Beijos!

      Ivan, um excelente negócio. Mas, o Oscar é um prêmio de indústria e vencerá quem for mais adequado para a indústria naquele momento em particular.

      Responder
  • 23. Matheus Pannebecker  |  abril 26, 2011 às 3:49 pm

    Excelente post, Kamila! Como você sabe, sou fã de carteirinha da Meryl e, pelas minhas contas, ela já teria umas cinco estatuetas em casa se eu fosse votante hahaha É sério! Mas é bem isso mesmo que você disse: ela já fez de tudo, interpretou os mais variados tipos de papéis e atuou nos mais diferentes estilos de filmes. Não entendo o porquê da AMPAS ter tanta resistência em premiá-la novamente, principalmente quando perde essa oportunidade de ouro para consagrar desnecessariamente estrelas como Sandra Bullock, por exemplo… Veja só: Meryl já perdeu pra Bullock, Cher, Gwyneth Paltrow… Absurdo! TODOS desejam uma vitória de Meryl e TODOS pulariam de alegria ao vê-la ganhando novamente. Não sei como a Academia ainda não se deu conta disso. No dia que ela vencer novamente, os aplausos serão intermináveis… Será um momento histórico na cerimônia… Pena que os votantes adiam tanto esse dia! “The Iron Lady” deve corrigir tudo isso, até porque é uma biografia política, coisa que eles adoram! Mas vale lembrar que ainda tem o impasse com “August: Osange County”…

    ps: quanto a Glenn Close… Adoro a atriz, mas Rodrigo Garcia não é sinônimo de sucesso no cinema. Ele é ótimo, mas os filmes nunca decolam… E acho que a Glenn não vai surgir do nada e ganhar tudo que é prêmio. Talvez, “Albert Nobbs” seja o início do retorno de uma grande atriz que será celebrada em breve, na medida em que for, de fato, recuperando aquela era de ouro que um dia teve…

    Responder
  • 24. Victor Nassar  |  abril 26, 2011 às 4:32 pm

    Go Meryl, go!!!

    Já tá na hora de pararem com a história de premiar uma atriz com ‘potencial’ pra indústria.

    Responder
  • 25. Leandro  |  abril 26, 2011 às 6:37 pm

    Oi Kamila
    Acredito que você saiba que aprecio tanto a competência absurda de Meryl Streep quanto você e sobre o Oscar em que a atriz pode vencer,torço mas não acredito,não sou o maior fã de Mamma Mia e não confio no trabalho de Phyllida Lloyd,sim posso me surpreender,mas inicialmente fico com o pé atrás,mas de Meryl nunca duvido e ainda tem o GRANDE FATOR X,ainda na mesma categoria existe um grande buzz entre a possível indicação de Glenn Close (outra atriz que admiro tanto quanto Meryl) e como fã das duas,a que vencer merece,enfim,na minha opinião torço horrorores por Meryl e também por Glenn,ótimo texto,como é normal por aqui.
    abraços Kamila.

    Responder
    • 26. Kamila  |  abril 26, 2011 às 9:46 pm

      Matheus, assino embaixo de todo seu comentário. E digo mais: espero que lidem bem com a possível concorrência de Meryl Streep com ela mesma em “August: Osage County”. Que a indústria não faça besteira! 🙂

      Victor, concordo!

      Leandro, eu também não confio no trabalho de Phyllida Lloyd, mas espero que ela quebre a minha cara! rsrsrsrs Obrigada! Abraços!

      Responder
  • 27. Jonathan Nunes  |  abril 26, 2011 às 8:17 pm

    Kamila, é um ótimo ponto a se levantar, a muito tempo que a Meryl está merecendo o seu terceiro Oscar e só a academia não vê isso, tbm sou Team Meryl mas a academia já deixou claro que gosta de premiar trabalho corretos de atrizes que ainda não ganharam mas estão fazendo trabalhos regulares o que nesse ano seria a Michelle Williams, mas vamos ficar na torcida.

    Responder
  • 28. Paulo Ricardo  |  abril 26, 2011 às 8:59 pm

    Meryl Streep já tem 2 Oscars,não sei se a necessidade é tão grande assim.Mas concordo que ela caminha pra ser a maior do cinema.Bjs.

    Responder
    • 29. Kamila  |  abril 26, 2011 às 9:47 pm

      Jonathan, exatamente. Mas, não sei se a Michelle Williams entra forte na disputa, por enquanto.

      Paulo, claro que é grande, especialmente porque ela tem perdido para performances mais fracas que a dela. E ela já é a maior do cinema! Beijos!

      Responder
  • 30. Wallace  |  abril 27, 2011 às 1:17 am

    Eu acho que é dessa vez sim…

    Responder
  • 31. Luis Galvão  |  abril 27, 2011 às 1:48 am

    AMO Meryl. Ela merece um Oscar desdde muuuuuito tempo. Mas Patty Hewes é Patty Hewes e tenho um carinho muito especial pela Close. Ai ai ai. Dúvida cruel.

    Responder
  • 32. Jéssica Trisch  |  abril 27, 2011 às 9:35 am

    vejo o blog a pelo menos um ano e nunca comentei, mas meryl streep merece. concordo plenamente com o texto, ela é a melhor e mais completa atriz e merecia ter ganho a maioria dos oscar que concorreu.

    Responder
    • 33. Kamila  |  abril 28, 2011 às 12:41 am

      Wallace, tomara que seja mesmo dessa vez!

      Luís, eu nem tenho dúvida… Sou mais Meryl!

      Jéssica, obrigada pelo comentário! 🙂

      Responder
  • 34. Reinaldo Matheus Glioche  |  abril 27, 2011 às 2:38 pm

    Existem uma série de indícios disso Ka, mas para não me alongar, vou ficar com a intuição.
    Bks

    Responder
  • 35. CinemaIndiscreto  |  abril 28, 2011 às 12:36 am

    Maryl é a melhor atriz de todos os tempos.
    Cá entre nós…o Oscar ano passado era pra ser dela!

    Espero ansiosamente pelo filme e por mais um vez ver ela sendo indicada e na torcida para ver um dos momentos mais emocionantes da minha vida. Ver alguém dizer: And the Oscar goes to: Meryl Streep!

    Abraços

    Responder
    • 36. Kamila  |  abril 28, 2011 às 12:41 am

      Reinaldo, ok! Então, fica a sugestão pra você alongar esse tema no seu blog! 🙂 Beijos!

      CinemaIndiscreto, eu concordo que a Bullock deveria ter perdido para a Meryl. Abraços!

      Responder
  • 37. Reinaldo Matheus Glioche  |  abril 28, 2011 às 2:26 pm

    Assim o farei!
    Beijão

    Responder
    • 38. Kamila  |  maio 3, 2011 às 12:14 am

      Reinaldo, aê! 🙂 Beijão!!!

      Responder
  • […] é muito cedo para dizer se isso se transformará em realidade (até porque, como já comentamos aqui antes, Streep, em 2012, terá uma concorrente fortíssima – e overdue – como ela nesta categoria: […]

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,214 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: