O Trabalho de Joan Rivers

fevereiro 1, 2011 at 9:36 pm 10 comentários

A comediante norte-americana Joan Rivers é conhecida pela nova geração como aquela senhora cheia de plásticas na cara e que faz a cobertura dos tapetes vermelhos dos shows de premiação. Entretanto, como bem prova o documentário “O Trabalho de Joan Rivers”, das diretoras Ricki Stern e Annie Sundberg, é muito errado resumir a trajetória profissional de Joan somente a este tipo de trabalho. A verdade é que, ao longo de mais de 40 anos de carreira, Joan Rivers acumula um currículo com passagens na televisão, no teatro, no cinema, nos palcos de stand-up comedy, bem como ao ser a autora de 10 livros.

O documentário começou a ser filmado em 2008, para celebrar o 75º aniversário da comediante e acompanhou um ano de sua vida pessoal e profissional. O enfoque principal das diretoras foi tentar explicar para nós o por quê de Joan Rivers, mesmo alternando altos e baixos, períodos bons e ruins em sua carreira, continua a perdurar como uma das comediantes mais ácidas, ousadas e desbocadas dos Estados Unidos – uma profissional que é quase uma lenda e abriu as portas para muitas das comediantes da atualidade que possuem um estilo similar ao dela, como Katthy Griffin e Chelsea Handler.

A chave para isso encontra-se, claro, no talento e na dedicação de Joan Rivers (uma workaholic incansável, como o filme nos mostra); mas também no fato de que Joan teve muita sorte e soube se reinventar ao longo de sua carreira. Desde seu encontro com o descobridor Johnny Carson (lendário apresentador do “The Tonight Show”), passando pelas experiências frustradas como apresentadora de um “Late Show” na Fox, até chegar ao sucesso como uma personalidade de TV (no decorrer do documentário, ela está participando do “Celebrity Apprentice”, programa apresentado pelo multimilionário Donald Trump e do qual ela saiu vencedora), está provado que Joan soube criar as oportunidades para manter seu nome em evidência. Mais do que isso, Joan sabe rir de si mesma e do lado bom e do lado ruim da vida, por isso mesmo ela perdura como comediante – e não pensa em parar tão cedo.

Com uma figura rara como Joan Rivers como estrela de seu filme, as diretoras Ricki Stern e Annie Sundberg não precisam correr muito atrás de cenas e frases interessantes sobre o seu objeto de estudo. Chama a atenção o fato de que o filme quase não tem censura de temas (o problema dela com a NBC e Johnny Carson, assim como o suicídio do marido estão lá) e, nele, a gente vê a própria Joan Rivers fazendo uma auto-análise sobre si mesma, sobre sua vida, sobre a relação com a filha Melissa (que também seguiu carreira no show business) e com os profissionais que trabalham com ela diariamente. O documentário é um reality show filmado. Estamos vendo a vida de Joan ali, na tela, como ela é.

Cotação: 6,0

O Trabalho de Joan Rivers (Joan Rivers: A Piece of Work, 2010)
Direção: Ricki Stern e Annie Sundberg
Com: Joan Rivers, Phyllis Diller, Annie Duke, Katthy Griffin, Jocelyn Pickett, Don Rickles, Melissa Rivers, Bill Sammeth, Larry A. Thompson, Donald Trump

Entry filed under: TV.

“O Discurso do Rei” vs “A Rede Social” Além da Vida

10 Comentários Add your own

  • 1. Mayara Bastos  |  fevereiro 1, 2011 às 10:13 pm

    Estava passando na HBO, mas nunca me despertou o interesse. Talvez, dou uma chance quando passar.

    Beijos! 😉

    Responder
    • 2. Kamila  |  fevereiro 1, 2011 às 10:28 pm

      Mayara, assista, se puder. É interessante. Beijos!

      Responder
  • 3. Amanda Aouad  |  fevereiro 2, 2011 às 2:32 am

    Parece interessante mesmo, se tiver oportunidade, vou conferir.

    Responder
  • 4. Cristiano Contreiras  |  fevereiro 2, 2011 às 2:39 am

    Nossa, nunca tinha ouvido falar! Seu texto aguçou meu interesse, já abri aqui o “google” pra baixar, rs.

    Beijo!

    PS: Traga mais filmes clássicos e materiais diferentes pra cá, é super válido!

    Responder
  • 5. Weiner  |  fevereiro 2, 2011 às 2:47 pm

    Não conhecia este documentário, mas claro, Joan Rivers sim! E como você diz, por ser tão realista, não abrindo mão de nenhum detalhe (feliz ou trágico) de sua vida, me interessou bastante. Acho que vou procurar.
    Beijos!

    Responder
    • 6. Kamila  |  fevereiro 2, 2011 às 10:31 pm

      Amanda, confira, sim, se puder.

      Cristiano, espero que goste. Beijo! Obrigada pelas sugestões de sempre! 😉

      Weiner, procure, sim! Se tiver HBO, está passando no canal. Foi lá que eu o assisti. Beijos!

      Responder
  • 7. Rodrigo  |  fevereiro 2, 2011 às 6:24 pm

    Não conheço muito da vida de Joan Rivers, mas algumas críticas já haviam me deixado curioso sobre esse filme, e a sua só aumentou mais ainda. Espero ver em breve.

    Responder
  • 8. Flávio  |  fevereiro 2, 2011 às 7:32 pm

    Kamila, acho a Joan muito talentosa – ainda não vi o documentário dela, mas acredito essa mulher tem história pra contar.

    PS: Não gosto da Chelsea Handler. Pra mim ela é meio forçada.
    Abs!

    Responder
  • 9. Otavio Almeida  |  fevereiro 2, 2011 às 8:02 pm

    Que diabos? Não conhecia isso… Mas confesso que não curto muito essa senhora…

    Bjs!

    Responder
    • 10. Kamila  |  fevereiro 2, 2011 às 10:33 pm

      Rodrigo, se assistir, espero que goste.

      Flávio, eu também acho a Joan uma talentosa comediante. Eu adoro a Chelsea Handler. ADORO! rsrsrs Abraços!

      Otavio, esse documentário foi super elogiado pela crítica e poderia estar na short list do Oscar 2011, mas, infelizmente, ficou de fora. Beijos!

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,057 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: