Comentando as Indicações ao Oscar 2011

janeiro 26, 2011 at 10:46 pm 27 comentários

Ao que tudo indica, as indicações que foram anunciadas na manhã de ontem pela atriz Mo’Nique e pelo presidente da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas (AMPAS), Tom Sherak, foram a grande surpresa do 83rd Annual Academy Awards, prêmio máximo da indústria do cinema. Com uma temporada de premiação que caminhava para a previsibilidade, uma vez que o status de favoritismo de “A Rede Social”, longa de David Fincher, permanece inabalável – mesmo com o drama britânico “O Discurso do Rei” tendo sido o líder de indicações tanto no Globo de Ouro quanto aqui –; é até muito reconfortante ler algumas das lembranças da Academia para o Oscar 2011.

Exemplos:

– Javier Bardem, por “Biutiful”, em Melhor Ator. Na véspera da indicação ao Oscar, falei para um amigo meu, o também blogueiro Louis Vidovix, que ele estava arriscando demais ao colocá-lo na sua lista de palpites e que eu achava que, infelizmente, ele estaria de fora. Ledo engano. Me parece que Julia Roberts ainda tem poder em Hollywood, uma vez que ela, de acordo com meu amigo Louis, organizou screenings particulares ao lado de vários amigos poderosos para divulgar a performance de Bardem no longa dirigido por Alejandro Gonzalez-Inarritu, que conquistou também a esperada indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro;

– O caso Hailee Steinfeld: bem que ela poderia ter repetido o percurso de Keisha Castle Hughes, que, em 2004, apesar de estar sendo promovida em Atriz Coadjuvante, por “A Encantadora de Baleias”, acabou surpreendendo meio mundo de gente com uma indicação ao Oscar de Melhor Atriz. Isso não ocorreu, mas, como esperado pelos críticos, Hailee abocanhou a vaga de Mila Kunis que, apesar das indicações conquistadas ao Golden Globes e ao SAG, ficou a ver navios…;

– Outro que deve ter ficado com a sensação de ter nadado, nadado e morrido na praia é o ator inglês Andrew Garfield. Indicado ao Globo de Ouro, apesar da esnobada do SAG, a indicação dele era dada como certa pelos críticos. Mas, eis que John Hawkes, de “Winter’s Bone”, deu uma de Jackie Earle Haley, ator de “Pecados Íntimos” que catapultou-se para uma indicação ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, em 2007, após ser lembrado pelos colegas atores;

– A categoria de Animação: por mais que seja maravilhoso ver “Como Treinar Seu Dragão” sendo recordado, afinal esse foi um dos filmes mais lindos e surpreendentes de 2010, não dá para esconder a frustração por uma obra como “Enrolados” ter ficado de fora. Acho que é hora da AMPAS pensar em expandir o número de indicados, nesta categoria, para cinco longas, já que este é um gênero que tem mantido a excelência ano após ano. Com cinco indicados nesta categoria, este ano, poderíamos ter um lineup respeitável do tipo: “Enrolados”, “Como Treinar Seu Dragão”, “Toy Story 3”, “The Illusionist” e “Megamente”. Nada mal, hein?;

– Christopher Nolan: a indicação para Melhor Roteiro Original me soa como prêmio de consolação… Isso é muito pouco para o realizador daquele que é o melhor filme do ano. Ficou faltando a indicação para Melhor Diretor, mas os irmãos Joel e Ethan Coen são queridinhos da Academia (e falo isso sem desmerecer o trabalho deles em “True Grit”)…; e

– No mais, “Winter’s Bone” conquistando a vaga que lhe era de direito na categoria de Melhor Filme e que “The Town” havia “roubado” no PGA; as típicas indicações aos filmes de ação, como “Incontrolável”, “Salt” e “Homem de Ferro 2” nas categorias de efeitos sonoros e visuais. Agora, a lamentar, a inexplicável ausência de “Tron: Legacy” na categoria de Melhores Efeitos Visuais. Um absurdo!

O Oscar 2011 acontece no dia 27 de fevereiro, no Kodak Theatre, em Los Angeles, com apresentação do indicado ao Oscar de Melhor Ator James Franco e da talentosa e multifacetada atriz Anne Hathaway.

Entry filed under: Diversos, Prêmios.

Previsões para os Indicados ao Oscar 2011 Incontrolável

27 Comentários Add your own

  • 1. João Paulo  |  janeiro 26, 2011 às 11:17 pm

    Ausencia de TRON …
    Lembranças de um deastre (Alice) …
    O esquecimento de um Gênio (Nolan) …
    E a consagração da simplicidade (Fincher e a Rede Social) …

    Isso é Oscar …
    Premiações que podem consagrar filmes com premios e outros com a eternindade. E todo ano será assim …

    Beijos e abraços Milla.

    Responder
  • 2. Wallace  |  janeiro 26, 2011 às 11:26 pm

    Pois é, Kamila, gosto muito do Nolan e do seu A ORIGEM, mas não reclamo da sua ausência não, por conta da lembrança dos Coen. Mesmo sem ter visto TRUE GRIT, sou fã dos irmãos, e sempre confio no grande cinema que eles produzem.
    Quanto ao Bardem, eu cantei essa pedra no twitter algumas horas antes da indicação. O cara é muito bom, e parece, pelo que já andei lendo, que seu desempenho em BIUTIFUL é mesmo extraordinário.
    Também fiquei triste pela ausência do Garfield, gosto muito do seu desempenho em A REDE SOCIAL. Mas, de qualquer forma, ao menos seu filme sairá com os prêmios principais da noite – a não ser que um desastre ocorra.
    Também deixei no meu blog minhas impressões sobre os indicados. Depois dê uma olhada lá.
    Abraço.

    Responder
    • 3. Kamila  |  janeiro 27, 2011 às 12:27 am

      João, teu comentário tá perfeito! Beijos!

      Wallace, pois é. Fica esse conflito, mas eu não assisti “True Grit”, então… O meu amigo cantou o Bardem desde o dia anterior à indicação. E eu tirei onda com a cara dele! rsrsrsrsrsrrss Vou ler tuas impressões! Abraço!

      Responder
  • 4. Rodrigo  |  janeiro 27, 2011 às 12:10 am

    Falei o mesmo no meu blog, é injustificável a não indicação de Christopher Nolan por melhor diretor. Além disso, outro absurdo: montagem. E olha que surpreendente: como na maioria das vezes o ganhador do Oscar de melhor filme abocanha, também, a vaga para melhor montagem, A Origem virou a sétima opção para ganhar melhor filme (de acordo com estatísticas). E a quinta, ficou para 127 Horas, e não Bravura Indômita, que está em sétimo. É a Academia, nunca entenderemos. Javier Bardem foi uma grata surpresa. E Tron de fora de efeitos é deplorável. Aliás, também concordo com a sua posição na catgoria de animação, principalmente num ano tão bom quanto o de 2010.

    Responder
    • 5. Kamila  |  janeiro 27, 2011 às 12:28 am

      Rodrigo, muita gente está indignada com a falta do Nolan em Direção. E eu entendo isso. Além da montagem, é claro! Inexplicável isso! Eu desisti de entender a AMPAS há muito tempo!

      Responder
  • 6. Pedro Paulo  |  janeiro 27, 2011 às 12:49 am

    Pra mim a maior surpresa positiva foi a indicação de Jacki Weaver na categoria de atriz coadjuvante (ainda mais considerando um filme tão “distante”). Não vi ainda “Reino Animal”, mas as caras dela no trailer tão me traumatizando até agora.

    Fiquei muito triste pela saída da Mila Kunis na categoria, achei que foi pela entrada da Jacki, mas como vocês estão dizendo que foi por causa de Hailee…

    Um filminho que não me desce de jeito nenhum é esse tal de “The Fighter”. (Nem três anos depois de um filme de luta concorrendo ao Oscar e me fazem outro?)
    Acho que o único que merece algo ali é o Bale e ponto. E tem gente questionando a não entrada do Walberg em Melhor Ator. ele só faz esse tipo de papel, ué! E canastrão!
    Achei um absurdo terem indicado esse filme para direção e terem esnobado o Nolan. Pecado imperdoável!!

    E essa puxação-de-saco da academia com os Coen já tá irritando. Aquele filme deles no ano passado não era nunca pra estar ali, filme completamente passado em branco, e a vitória de “Onde os Fracos Não Tem Vez” é discutível.
    ADORO Fargo (merecedor de melhor filme de 1996, McDormand divina), mas só. Eles se acham de mais.

    Responder
  • 7. Alyson  |  janeiro 27, 2011 às 1:00 am

    Gostei das observações, muito bem fragmentadas.
    Tenho que ver a atuação do Bardem para definir qual das
    atuações DiCaprio mereceria entrar no lugar, ja que teve
    dois excelente trabalhos em Ilha do Medo e A Origem.

    Fiquei felicissimo pela Hailee na categoria e até torço por ela.
    Me simpatizei bastante com ela.

    O de ator coadjuvante foi o que mais me decepcionou com a presença do
    Hawkes e do Renner que foram atuações bem razoáveis, sem mto o que admirar.

    Digo o mesmo quanto as animações.

    Beijos e tbm fiz umas observações no blog!

    Responder
  • 8. Cristiano Contreiras  |  janeiro 27, 2011 às 1:02 am

    Não vou mais dizer o quanto fiquei desapontado, mas…que adianta minha indignação? rs! Os “velhinhos-da-Academia” não mudam…

    Um absurdo Christopher Nolan ter sido esquecido na categoria de Diretor mesmo; DiCaprio merecia SIM alguma indicação, seu trabalho em ‘Ilha do Medo’ é memorável desde já…; Julianne Moore também poderia ter sido mencionada, fez bem no ‘Minhas mães e meu pai’.

    Sou mais Andrew Garfield que Jeremy Renner ou Mark Ruffalo na categoria coadjuvante.

    ‘Inverno da Alma’ como melhor filme me soou exagerado, é apenas um filme de atuações.

    beijo!

    Responder
    • 9. Kamila  |  janeiro 27, 2011 às 2:10 am

      Pedro Paulo, eu não sou a maior fã dos Coen, mas reconheço o valor do cinema dele. Concordo plenamente com o que você disse do Wahlberg! Até adorei que ele não fosse indicado, já que considero a primeira indicação dele ao Oscar um grande erro! Obrigada pela visita e pelo comentário!

      Alyson, lerei suas observações. E nunca achei, sinceramente, que DiCaprio fosse indicado. Beijos!

      Cristiano, eu não me desaponto mais com a AMPAS. Aprendi que eles são desse mesmo jeito. Como a gente tinha conversado, não acho que DiCaprio merecia a indicação. A Julianne Moore, tadinha, será overdue para sempre. Beijo!

      Responder
  • 10. Cassiano  |  janeiro 27, 2011 às 1:45 am

    Ahh Kamila, A Origem é um filmão, mas Bravura Indômita é sacanagem! Filmazasso!

    Além do que o Nolan é muito menos diretor que os irmãos hein!

    Responder
  • 11. Amanda Aouad  |  janeiro 27, 2011 às 1:57 am

    Verdade, Kamila, disse bem todas as ponderações. Quanto a animação, também não entendo o retrocesso, já que ano passado tivemos cinco filmes. Dez filmes principais indicados e só três animações é desproporcional demais.

    Responder
    • 12. Kamila  |  janeiro 27, 2011 às 2:12 am

      Cassiano, eu ainda tenho que ver “Bravura Indômita”. 🙂 E já disse: você é suspeito para falar dos irmãos Coen!

      Amanda, obrigada! Exatamente, três indicados é desproporcional demais. Uma coisa que eu não entendi também foram porque somente 4 indicados na categoria de Melhor Canção!

      Responder
  • 13. Reinaldo Matheus Glioche  |  janeiro 27, 2011 às 12:26 pm

    Gostei da lista. Apesar de algumas omissões, foi das mais satisfatórias e criteriosas que a academia divulgou nos últimos tempos. Não acho que Garfield e Mila Kunis perderam as vagas para Hawkes e Steinfield assim como vc colocou, mas entendo o seu raciocínio.
    Beijos

    Responder
  • 14. IvanN  |  janeiro 27, 2011 às 12:37 pm

    Eu acho que Megamente não seria a próxima escolha em animação não, Meu Malvado Favorito e Encantada sairiam na frente sem dúvidas.

    Vou achar um certo absurdo se a Academia querer ousar tanto e tirar o prêmio das mãos de ‘A Rede Social’! Apesar de que não vi ‘O Discurso do Rei’ ainda, mas pelas temáticas…

    Responder
  • 15. Weiner  |  janeiro 27, 2011 às 4:44 pm

    Ver ou não ver? Eis a questão. Gostaria de tomar raiva do Oscar pra sempre, mas não consigo – estou sempre lá, indicando o Nolan ou não. Mas precisava mesmo esquecer o cara na direção? E será que vão ter peito pra dar-lhe o premio de roteiro? Ou King’s Speech já levou? Ó, mundo cruel.
    Estão conseguindo me fazer tomar raiva da cara do Jeff Bridges (ano passado ele já roubou o Oscar do firth, esse ano roubou a vaga que Dicaprioe Gosling mereciam disputar). Pior que a Swank, esse velho. xD
    Sobre Coens, prefiro nem falar.
    Enfim… ainda acho que a Rede Social vai levar tudo o que presta. Damn it!
    Beijos!

    Responder
    • 16. Kamila  |  janeiro 27, 2011 às 10:37 pm

      Reinaldo, que bom que entendeu o raciocínio! 🙂 Beijos!

      Ivan, eu acho que “Megamente” seria uma escolha natural, sim. É melhor filme que “Meu Malvado Favorito”….. “Encantada”?? Não seria “Enrolados”???

      Weiner, assista, sim! As raivas são naturais. A gente só tem que aprender a não levar estas listas tão a sério! Acho que o prêmio de Melhor Roteiro é bem capaz de ir pro Nolan como uma consolação. Beijos!

      Responder
      • 17. IvanN  |  janeiro 28, 2011 às 2:33 pm

        Sim!! Enrolados, eu SEMPRE confundo kkkk

        Ahh eu gosto muito mais de Meu Malvado Favorito!!! Acho diferente e me agrada mais, inclusive a história daquelas menininhas, é comovente e engraçado ao mesmo tempo!

        Não sei, pelo que vi, Meu Malvado Favorito teve críticas melhores por ter mais ou menos aparecido do nada, é um filme surpresa. Megamente estava com promoção um ano antes da estreia e era esperado ser o que foi. Bom, eles deviam é ter colocado cinco indicados e feito justiça. Mas ainda tem Enrolados que é muito bem feito… Enfim, Toy Story vai ganhar mesmo!

    • 18. Pedro Paulo  |  janeiro 28, 2011 às 2:01 am

      Achei que só eu achava um saco o Jeff Bridges! Ele é tão mais-do-mesmo… talvez daria um Oscar pra ele em 2000, em The Contender, mas ano passado definitivamente era do Firfh. Vai ganhar esse ano, mas em “A Single Man” ele estava melhor, num papel mais complexo. (Conclusão: merecia dar uma de Tom Hanks e abocanhar dois anos seguidos).

      Responder
  • 19. Paulo Ricardo  |  janeiro 27, 2011 às 5:00 pm

    Kamila a ausencia mais sentida foi de Christopher Nolan por A Origem.Leonardo Dicaprio tambem teve um ano maravilhoso com 2 sucesso no filme de Nolan e Ilha Do Medo(maior bilheteria da carreira de Scorsese),e merecia uma lembrança.Feliz pela indicação nacional de Lixo Estraordinário(Fernando Meirelles deve estar rindo a toa,afinal o documentário é da 02 filmes produtora dele).Gosto muito dos brother Coen mas se tem uma caracteristica nos filmes deles é que são academicos.Isso não é um demerito é sim uma constatação,mas pelo trailer Bravura indomita parece ser um filmaço.E gostei muito de A Rede Social que juntamente com Tropa de Elite e O Escritor Fantasma são os melhores filmes do ano,na minha modesta opinião.Beijos e vamos falar muito de cinema nas proximas semana.E Domingão tem SAG.

    Responder
  • 20. cleber eldridge  |  janeiro 27, 2011 às 5:05 pm

    Eu fiquei besta! Besta! Esnobarem o Nolan! Pra que? E o que ocorreu com o Garfield? Aaaah!

    Responder
  • 21. Mayara Bastos  |  janeiro 27, 2011 às 7:01 pm

    A minha maior felicidade foram as canções de “Toy Story 3″ e “Enrolados” (não vi o filme, mas gosto da música, rsrsrs.) indicadas e também a trilha de “Como Treinar o Seu Dragão”. O cúmulo mesmo é a ausência do Nolan em direção, Andrew Garfield e “A Origem” em montagem.

    Beijos! 😉

    Responder
    • 22. Kamila  |  janeiro 27, 2011 às 10:38 pm

      Paulo, concordo sobre a ausência mais sentida da lista. Para mim, o Leonardo não merecia indicação neste ano. E vamos pro SAG, no domingo! Beijos!

      Cleber, pois é…

      Mayara, exatamente! Beijos!

      Responder
  • 23. Otavio Almeida  |  janeiro 27, 2011 às 9:13 pm

    Se Nolan não é reconhecido como diretor pela Academia, azar do Oscar! Bjs!

    Responder
    • 24. Kamila  |  janeiro 27, 2011 às 10:39 pm

      Otavio, azar total e completo deles. Beijos!

      Responder
  • 25. Louis Vidovix  |  janeiro 28, 2011 às 1:20 pm

    Ka, que menção linda a minha pessoa hahaha ! Nós, como predictors, sempre temos alguns desencontros de opinião e alguns palpites que, por acaso, podem se provar certos (lembra quando eu previ Jaimee Pressly pra atriz coadjuvante num Emmy remoto? E lembra quando você acertou Penelope Cruz indicada por Nine enquanto eu viajava com Cotillard ou Samantha Morton?). Premiações não são apenas divertidas, mas uma forma de me aproximar de vários amigos (virtuais ou não) que compartilham dos mesmos interesses. E você é, certamente, uma das mais especiais desse grupo !

    Beijos 🙂

    Responder
    • 26. Kamila  |  janeiro 28, 2011 às 10:43 pm

      Louis, mas eu tinha que fazer uma menção a você! 🙂 Lembro, sim, das duas ocasiões. Obrigada pelas palavras! Você sabe que digo o mesmo a você. Beijos!

      Responder
  • […] hoje, em Los Angeles, o famoso Academy Awards Nominees Luncheon, que reuniu todos os indicados ao 83rd Annual Academy Awards em um grande momento de confraternização em torno das indicações conquistadas por eles. […]

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,283 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: