Comentando as Indicações ao SAG Awards 2011

dezembro 17, 2010 at 1:26 am 11 comentários

Ontem, no meu post contendo as previsões para os indicados à 17ª edição do Screen Actors Guild Awards, foi feito o alerta: por se tratar de uma premiação de atores para atores, eles valorizam muito aqueles nomes que são prestigiados, queridos e respeitados na indústria cinematográfica. Tirando os suspeitos de sempre nesta temporada de premiações, podemos colocar nesta conta as indicações de Jeff Bridges e Robert Duvall, veteranos que sacramentam praticamente suas presenças no próximo Oscar com as indicações conquistadas hoje pela manhã – mas, calma, Ryan Gosling ainda pode manter suas esperanças e entrar no lugar de algum dos dois.

Ao mesmo tempo, o SAG tem o histórico de reconhecer jovens talentos da indústria cinematográfica – Dakota Fanning por “I Am Sam” e Abigail Breslin por “Pequena Miss Sunshine” são exemplos disso. Nesta conta, podemos colocar a indicação de Hailee Stenfield, companheira de tela de Bridges em “True Grit”, filme dos irmãos Coen. Uma outra marca do SAG é o reconhecimento à atores cujos rostos conhecemos, mas não lembramos de seus nomes (os chamados character actors). Neste caso, encontramos John Hawkes, de “Winter’s Bone” – ator de vasto currículo no cinema e na televisão norte-americana.

Na lista anunciada durante a manhã de hoje pela dupla Rosario Dawson e Angie Harmon, o grande destaque foram os longas “The Fighter” e “The King’s Speech”, que, com isso, confirmam a boa fase iniciada na terça feira, onde foram os grandes beneficiados com as indicações ao Golden Globe Awards 2011. O favorito ao Oscar 2011, o longa “A Rede Social”, teve que se contentar com duas indicações e com a ausência surpresa de Andrew Garfield, ator coadjuvante que vinha caminhando bem nesta temporada de indicações – mesmo assim, acreditamos que, no Oscar, será dele a vaga que hoje foi ocupada por John Hawkes.

Na parte de televisão, o grande nome da lista foi a comédia “Modern Family”, que obteve 4 indicações – uma das quais, diga-se de passagem, foi a merecida citação ao nome de Ed O’Neill, que foi o único do elenco principal do programa a não ter sido lembrado pelo Emmy 2010. “30 Rock” mantém seu status de queridinho dos atores, com suas três indicações de sempre (Melhor Elenco de Série de Comédia, Melhor Ator de Série de Comédia para Alec Baldwin e Melhor Atriz de Série de Comédia para Tina Fey). A surpresa, no entanto, ficou com a indicação dupla para o novo show “Hot in Cleveland”, de Betty White (o que a coloca também, para citar algo que falamos no início de nosso texto, na conta das indicações a atores veteranos, queridos e respeitados pela indústria).

Voltando a falar da parte de cinema da lista do 17th Annual SAG Awards, as indicações confirmam um caminho que já vinha sendo traçado desde o anúncio dos indicados ao Globo de Ouro. As diferenças: Hilary Swank ganha uma sobrevida com a indicação por “Conviction” e passa a brigar diretamente com Michelle Williams pela quinta vaga na categoria de Melhor Atriz (podemos agora descartar Lesley Manville desta disputa); Hailee Steinfeld ganha também fôlego na disputa pela indicação ao Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante, passando a brigar diretamente com Jacki Weaver, que conta a seu favor com os prêmios da crítica conquistados e as indicações recebidas ao BFCA Awards e Golden Globe Awards. No mais, as cartas estão praticamente consolidadas e as respostas às dúvidas restantes nos serão respondidas em 25 de janeiro de 2011, data em que serão anunciadas as indicações ao 83rd Annual Academy Awards, o prêmio no qual todos estamos de olho e todos os profissionais da indústria cinematográfica cobiçam.

Entry filed under: Prêmios.

Previsões para os Indicados ao SAG Awards 2011 Megamente

11 Comentários Add your own

  • 1. Paulo Ricardo  |  dezembro 17, 2010 às 1:42 am

    O SAG talvez seja o melhor termometro para as categorias de atuação.E nos ultimos anos o vencedor da categoria elenco é indicado a melhor filme(Pequena Miss Sunshine,Crash,Bastardos…).Por tudo que eu leio vejo Colin Firth com muitas chances de levar o Oscar.E as 2 categorias de coadjuvantes estão em aberto.

    Responder
  • 2. Matheus  |  dezembro 17, 2010 às 1:47 am

    Em cinema, só fiquei surpreso com a ausência de Andrew Garfield. Agora, o que mais me apavorou nessa lista foi o ABSURDO esquecimento de Laura Linney e Toni Collette. A ausência delas é inadmissível!

    Responder
    • 3. Kamila  |  dezembro 17, 2010 às 2:03 am

      Paulo Ricardo, concordo que o SAG é um ótimo termômetro para as categorias de atuação. Concordo sobre Firth e as duas categorias de coadjuvantes.

      Matheus, também não entendi as ausências de Collette e Linney dessa lista….

      Responder
  • 4. bruno knott  |  dezembro 17, 2010 às 3:50 am

    Realmente Kamila, foi uma surpresa a ausência do Andrew Garfield…

    Responder
  • 5. Reinaldo Matheus Glioche  |  dezembro 17, 2010 às 12:22 pm

    A ausência de Andrew Garfield foi uma omissão grande, mas compreensível. Acho que termos diferenças entre as listas do SAG, Globo de ouro e Oscar. Mas assim que é bom mesmo.
    Bjs

    Responder
  • 6. Pedro Tavares  |  dezembro 17, 2010 às 12:25 pm

    Parece que o rei vai derrubar o facebook!

    Responder
    • 7. Kamila  |  dezembro 17, 2010 às 9:18 pm

      Bruno, sim, uma surpresa!

      Reinaldo, concordo. Diferenças sempre são boas! Ainda mais quando a corrida está previsível… Beijos!

      Pedro, acho que não, viu???

      Responder
  • 8. Kahlil  |  dezembro 17, 2010 às 3:29 pm

    ainda bem que o superestimado andrew garfield ficou de fora!

    http://filme-do-dia.blogspot.com/

    Responder
  • 9. Amanda Aouad  |  dezembro 17, 2010 às 9:11 pm

    Eu continuo lamentando a não indicação de DiCaprio. Um detalhe interessante, A Origem só foi indicada em melhor elenco de dublês…

    Responder
    • 10. Kamila  |  dezembro 17, 2010 às 9:18 pm

      Kahlil, discordo! Sou fã da atuação de Garfield, em “A Rede Social”.

      Amanda, pois é! Quem diria que “Inception” iria cair tanto nesta temporada de premiações.

      Responder
  • 11. Wally  |  dezembro 19, 2010 às 6:26 am

    Nem tem como não ser redundante aqui: cadê “A Origem”? =(

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,283 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: