Red – Aposentados e Perigosos

dezembro 8, 2010 at 10:33 pm 19 comentários

O diretor alemão Robert Schwentke tem provado ser um profissional bastante versátil. Ele estreou na indústria cinematográfica norte-americana com o drama claustrofóbico “Plano de Voo”, depois fez o drama romântico “Te Amarei Para Sempre” e, agora, entra no novo filão da indústria: a comédia de ação, com “Red – Aposentados e Perigosos”. Este filme tem uma linguagem cinematográfica bem moderna e ágil, com cortes de edição bem rápidos. A trama se passa em vários estados norte-americanos e conta com uma história que prende a atenção da plateia.

O roteiro de “Red – Aposentados e Perigosos” é bem estruturado. Seu primeiro ato tem o objetivo de nos apresentar o personagem principal e qual a storyline principal na qual a obra se apoiará. Nos dois atos subsequentes, entramos em contato com os personagens de apoio, os antagonistas e somos confrontados com os vários pontos de transição da trama, alguns dos quais representam aquelas reviravoltas que são comuns em filmes deste tipo, que se apóiam numa espécie de quebra-cabeça a ser desvendado pelo personagem principal e pelo público, ao mesmo tempo.

Um elemento que chama a atenção em “Red – Aposentados e Perigosos” foi o excelente elenco que Robert Schwentke conseguiu reunir para a sua obra. Bruce Willis, Morgan Freeman, John Malkovich e Helen Mirren interpretam um grupo de ex-agentes da CIA que passam a ser perseguidos após a morte deles ser encomendada para encobrir um caso antigo deles que pode vir à tona novamente. Mary-Louise Parker faz a potencial namorada do personagem de Willis. Richard Dreyfuss faz uma participação especial como o todo-poderoso intocável que guarda a chave de todo o mistério da trama. O canastrão Julian McMahon não compromete como um figurão da política norte-americana. Brian Cox diverte como o interesse amoroso de Helen Mirren. A única peça destoante do elenco é o fraco Karl Urban, que possui o papel de destaque como o antagonista do grupo de ex-agentes da CIA aposentados e extremamente perigosos.

“Red – Aposentados e Perigosos” ganhou certa notoriedade recentemente por causa de uma matéria do jornalista Tom O’Neil, especialista em shows de premiações. De acordo com ele, os membros da Hollywood Foreign Press Association (HFPA) “absolutamente amaram” a obra, o que faria deste filme um possível concorrente nas categorias de Comedy/Musical do Golden Globe Awards. Apesar de “Red – Aposentados e Perigosos” ser uma diversão descompromissada e bem satisfatória, não acredito que este seja o tipo de filme que angarie indicações, mesmo em um show tão diverso quanto o Golden Globe Awards. Mas, é esperar para ver…

Cotação: 6,5

Red – Aposentados e Perigosos (Red, 2010)
Direção: Robert Schwentke
Roteiro: Jon Hoeber e Eric Hoeber (com base na graphic novel de Warren Ellis e Cully Hammer)
Elenco:
Bruce Willis, Mary-Louise Parker, John Malkovich, Helen Mirren, Karl Urban, Morgan Freeman, Rebecca Pidgeon, Brian Cox

Entry filed under: Cinema.

Como Esquecer Muita Calma Nessa Hora

19 Comentários Add your own

  • 1. cleber eldridge  |  dezembro 8, 2010 às 10:53 pm

    Pelo pouco que vi e li sobre o filme, ele me parece só divertido, confiro quando chegar nas locadoras!

    Resposta
    • 2. Kamila  |  dezembro 8, 2010 às 10:59 pm

      Cleber, mas é isso aí. Ele é somente divertido!

      Resposta
  • 3. Amanda Aouad  |  dezembro 8, 2010 às 11:00 pm

    É, também não acredito que ele vá levar prêmios, mas é bem divertido, sim. Adoro a cena de John Malkovich e Helen Mirren metralhando o prédio.

    Resposta
    • 4. Kamila  |  dezembro 8, 2010 às 11:25 pm

      Amanda, acho que é até difícil escolher somente uma cena deste filme.

      Resposta
  • 5. Cristiano Contreiras  |  dezembro 9, 2010 às 3:14 am

    Eu ainda não vi, mas em breve confiro. Sem grande ansiedade, mas verei mais pelo elenco e tal. Beijo!

    Resposta
  • 6. Reinaldo Matheus Glioche  |  dezembro 9, 2010 às 12:30 pm

    Eu tb acho que o filme vai receber uma indicação para comédia/musical no Globo de ouro. E oxalá Malkovich não arranca uma indicaçãozinha tb. Apesar de achar o filme divertidíssimo, concordo com vc que não é material para indicações. Contudo, tivemos um ano fraco para comédias e os critérios da HFPA tab nunca estiveram tão baixos…
    Enfim, mas não deixa de ser um estímulo para paródias bem sacadas e fluídas como essa.
    Beijos

    Resposta
  • 7. Paulo Ricardo  |  dezembro 9, 2010 às 1:57 pm

    Kamila esse filme foi uma grata surpresa pra mim.E uma palavra resume o motivo:descompromisso.Que legal ver uma atriz notável como Helen Mirren com uma arma na mão,um ator consagrado como Morgan Freeman se despindo de qualquer vaidade em um filme totalmente pop e John Malkovich que nesse filme é cada vez mais John Malkovich(e quando isso acontece é otimo,exemplo,A Mente que Mente e Queime Depois de Ler).Bruce Willis e Mary Louise Parker com dialogos pop dentro do carro ao melhor estilo “Tarantino”.Isso que é legal no filme,tantos atores famosos interpretando matadores aposentados?? que diferente(e talvez isso torne o filme interessante!).Concordo contigo quanto ao roteiro que é muito bom e vale os elogios a montagem do filme que é muito boa.Essa transição de um personagem e a narrativa do filme torna tudo melhor.Não é uma obra prima,mas me divertiu bastante.Como a Isabela Boscov costuma dizer “uma bobagem quando diverte,vale a pena” e Red entra nessa linha,foi uma bobagem que me divertiu muito.Beijos.

    Resposta
    • 8. Kamila  |  dezembro 9, 2010 às 9:30 pm

      Cristiano, o elenco e a diversão foram o ponto alto da obra para mim. Beijos!

      Reinaldo, os critérios da HFPA sempre foram muito baixos! rsrsrsrs Beijos!

      Paulo, concordo inteiramente com seu comentário! Beijos!

      Resposta
  • 9. Otavio Almeida  |  dezembro 9, 2010 às 8:55 pm

    Interessante essa história do Globo de Ouro… Bom, mas o problema do filme é que os atores se divertem mais que a gente. A sensação é essa. E parece um filme meio datado. O tipo de humor utilizado funcionaria muito mais nos anos 80, talvez.

    Bjs!

    Resposta
    • 10. Kamila  |  dezembro 9, 2010 às 9:31 pm

      Otavio, ah, eu também me diverti muito vendo o filme e gostei do senso de humor da obra. Beijos!

      Resposta
  • 11. Kahlil  |  dezembro 10, 2010 às 8:34 am

    achei divertido… mas só.

    http://filme-do-dia.blogspot.com/

    Resposta
    • 12. Kamila  |  dezembro 10, 2010 às 10:00 am

      Kahlil, mas é justamente isso que o filme é.

      Resposta
      • 13. bruno knott  |  dezembro 10, 2010 às 12:46 pm

        Sendo divertido já vale o ingresso… não dá pra esperar uma obra-prima a cada final de semana! 😉

  • 14. bruno knott  |  dezembro 10, 2010 às 12:45 pm

    Bom saber que não é uma bomba!!!

    Com teu texto e assistindo ao trailer me deu vontade de ver sim!!

    Resposta
  • 15. Elton Telles  |  dezembro 10, 2010 às 3:49 pm

    Olá Kamila.
    ainda que Schwentke tenha se provado “versátil”, na minha avaliação, ele escorregou e deu um tombo feio nos 3 filmes que dirigiu. “Red” é o melhorzinho, mas ainda o grande atrativo do filme reside no elenco de craques, não no trabalho óbvio de direção do alemão, muito menos no roteiro.

    “Red” é bacana, mas o material poderia render um filme muito melhor. E aposto em uma indicação ao GG tbm. A cara do HFPA colocar um filme de sucesso entre os indicados. Vamos aguardar até depois dia 14 =)

    bjs

    Resposta
    • 16. Kamila  |  dezembro 10, 2010 às 4:41 pm

      Bruno, não é, definitivamente, uma bomba. O filme acaba sendo uma ótima diversão, até.

      Elton, depois de ter sido lembrado pelo Golden Satellite Awards, acho até que as chances do filme de indicação no GG são boas. Beijos!

      Resposta
  • 17. Mateus Souza  |  dezembro 10, 2010 às 6:48 pm

    O clima do filme é bem esse mesmo: “uma diversão descompromissada”, nada mais que isso (prêmios? omg). Nem as cenas de ação impressionam muito – mas gostei da de Willis saindo do carro.

    Vale pra divertir e ver a Helen Mirren atirando nas pessoas, hehe.

    Resposta
  • 18. Jonathan Nunes  |  dezembro 10, 2010 às 7:42 pm

    Curti bastante o filme, ver Helen Mirren metralhando os badidos pagou o ingresso, o filme é realmente legal, mas assim como não engulo o Michael Douglas sendo empurrado para as premiações, vejo outros filmes que melhor preencheriam essa vaga no Globo de Ouro que RED, como O’Neil está querendo. Abs Kamila.

    Resposta
    • 19. Kamila  |  dezembro 11, 2010 às 12:17 am

      Mateus, com certeza. Helen Mirren surpreende ao fazer um filme assim.

      Jonathan, mas o problema é que o ano está fraco pros filmes de comédia. É bem capaz desse aqui conseguir uma vaguinha mesmo. Abraços!

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 452,946 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: