Como Esquecer

dezembro 7, 2010 at 11:36 pm 16 comentários

O título de “Como Esquecer”, filme dirigido por Malu de Martino, já é bem autoexplicativo. Nesta obra, acompanharemos uma professora universitária chamada Júlia (Ana Paula Arósio) vivenciando a dor da perda de um grande amor. Nos decorrer dos 100 minutos da obra, não chegaremos a ver Antônia, com quem Júlia viveu um relacionamento por 10 anos, mas a presença dela permeia tudo aquilo que a professora faz, como se ela fosse uma grande sombra neste momento em particular da vida de Júlia.

Um dos detalhes mais curiosos do roteiro escrito por Sabrina Anzuategui, José de Carvalho, Douglas Dwight, Daniel Guimarães, Luiza Leite e Silvia Lourenço é que, neste período de tentativa de reconstrução de sua vida, ela acaba indo dividir uma casa, numa região remota do Rio de Janeiro, com duas pessoas que estão, praticamente, na mesma situação em que ela: Hugo (Murilo Rosa) é o melhor amigo dela, cara que está se recuperando da morte de seu parceiro de longos anos; e Lisa (Natália Lage) é uma advogada que foi abandonada pelo namorado no momento em que ela estava mais precisando dele.

Ou seja, “Como Esquecer” nos coloca diante de três pessoas, seres comuns, que vão ter que enfrentar tudo aquilo que os machucou no passado de forma a poderem se dar uma chance de tentar reencontrar as suas próprias felicidades. Neste sentido, o tom adotado pela diretora Malu de Martino é bem particular. O estilo dela de filmar lembra muito o do diretor australiano Murali K. Thalluri na obra “2h37” – uma vez que o que a câmera capta parece ser um reflexo direto do cotidiano destes personagens e de tudo aquilo que eles evocam.

Apesar de, em vários momentos, “Como Esquecer” dar a sensação de que seria uma bela peça teatral (especialmente se a ação da trama se confinasse à casa que estes três personagens dividem), o filme acaba funcionando muito bem como um retrato singular do momento de fossa mesmo que é aquele que se segue ao término de um relacionamento. Tem gente que escreve música sobre isso, tem gente que escreve livro sobre isso (este próprio filme foi baseado em um) e Malu de Martino decidiu fazer um filme que tem uma mensagem deveras otimista. “Como Esquecer” nos mostra que a nossa felicidade é algo que depende somente de nós mesmos, dos nossos passos, das nossas decisões e, principalmente, da nossa abertura diante da vida. De nada adianta fugir dos problemas, eles devem ser enfrentados, até mesmo porque só fechando definitivamente uma porta é que a gente tem a chance de abrir outras.

Cotação: 9,0

Como Esquecer (2010)
Direção: Malu de Martino
Roteiro: Sabrina Anzuategui, José de Carvalho, Douglas Dwight, Daniel Guimarães, Luiza Leite e Silvia Lourenço
Elenco: Ana Paula Arósio, Murilo Rosa, Natália Lage, Bianca Comparato, Arieta Corrêa

Entry filed under: Cinema.

Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 Red – Aposentados e Perigosos

16 Comentários Add your own

  • 1. Robson Saldanha  |  dezembro 7, 2010 às 11:44 pm

    Fiquei de ir conferir e acabei deixando passar. =/

    Adorei o novo visual! =)

    Responder
    • 2. Kamila  |  dezembro 8, 2010 às 12:03 am

      Robson, você ainda não tinha visto o novo visual??? Que bom que gostou!

      Responder
  • 3. cleber eldridge  |  dezembro 8, 2010 às 12:34 am

    Uhum -, não conhecia, mas, pelo seu ótimo texto, despertei um interesse, vou procurar.

    Responder
    • 4. Kamila  |  dezembro 8, 2010 às 1:10 am

      Cleber, se conseguir encontrar o filme, espero que goste.

      Responder
  • 5. nilo  |  dezembro 8, 2010 às 2:35 am

    filmaço…
    está entre os melhores que eu vi esse ano

    :p

    Responder
  • 6. Cristiano Contreiras  |  dezembro 8, 2010 às 5:53 am

    Estou desesperado pra ver este filme, rsrs

    Responder
  • 7. Pedro Henrique  |  dezembro 8, 2010 às 10:27 am

    Eu tive o prazer de assistir este filme com a lindinha da Ana Paula Arósio sentada ao meu lado. Isso não fez eu gostar do filme, mas fez eu me apaixonar por ela, hehehe.

    Responder
    • 8. Kamila  |  dezembro 8, 2010 às 11:30 am

      Nilo, concordo!

      Cristiano, acho que você vai gostar. O filme tem a cara do Apimentário!

      Pedro Henrique, olha que curioso! rsrsrsrsrrs

      Responder
  • 9. Reinaldo Matheus Glioche  |  dezembro 8, 2010 às 12:13 pm

    Aqui eu discordo totalmente de vc Ka.rsrs. Acho que é um filme de algumas qualidades ( o uso da música e a performance de Ana Paula Arósio são duas delas), mas creio que é um filme que sucumbe a sua própria arrogância. Apesar desses aspectos (como os trÊs personagens principais estarem as voltas com angústias e a necessidade de superá-las), creio que Malu De Martino não é bem sucedida em trabalhar esses elementos em uma narrativa fluída. Ela não acredita na imagem que constrói. O off incomoda no filme. Enfim, não é um bom trabalho de direção.
    Beijos

    Responder
  • 10. Amanda Aouad  |  dezembro 8, 2010 às 1:26 pm

    O filme também me conquistou, achei sensível, belo.

    Responder
  • 11. Elton Telles  |  dezembro 8, 2010 às 3:23 pm

    Uau! Nota alta o/

    Vi poucas pessoas falando tão bem deste filme, mas quero assistir do mesmo jeito. Acho um desafio para o cinema nacional quebrar esses tabus e preconceitos. Tomara que não repitam os mesmos erros de “Do Começo ao Fim”, mas pelo seu texto, parecem que não o fizeram. Só falta esperar chegar nas locadoras…

    Bjs, Ká.

    Responder
    • 12. Kamila  |  dezembro 8, 2010 às 4:42 pm

      Reinaldo, entendo teu comentário e acho que você levanta pontos bem interessantes. Porém, confesso que não senti arrogância ou pretensão demais no retrato desta história. Pelo contrário, o filme é repleto de simplicidade.

      Amanda, faço minhas as suas palavras.

      Elton, ainda não assisti “Do Começo ao Fim”, então nem posso responder direito ao seu comentário. Só posso dizer mesmo que gostei bastante de “Como Esquecer”. Beijos!

      Responder
  • 13. Otavio Almeida  |  dezembro 8, 2010 às 5:16 pm

    Ah, é tudo isso? Tô indo ver então! Valeu! Bjs!

    Responder
    • 14. Kamila  |  dezembro 8, 2010 às 7:50 pm

      Otavio, se assistir, espero que goste! Beijos!

      Responder
  • 15. Roberto Queiroz  |  dezembro 8, 2010 às 8:06 pm

    Por que só eu ainda não consegui ver esse filme? Estou super curioso, principalmente pelo que ando lendo sobre a atuação da Ana Paula Arósio.

    Responder
    • 16. Kamila  |  dezembro 8, 2010 às 10:40 pm

      Roberto, não foi somente você. Acho que este filme está tendo uma distribuição bem discreta pelo Brasil.

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,127 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: