Um Parto de Viagem

novembro 25, 2010 at 2:40 am 21 comentários

De alguma forma, a comédia “Um Parto de Viagem”, de Todd Phillips, lembra a comédia romântica “Forças do Destino”, de Brownen Hughes. Em ambos os filmes, temos como personagens principais dois homens que estão prestes a viver dois momentos significativos em suas vidas e que embarcam em uma viagem com pessoas que lhe são completamente desconhecidas. Nesta jornada, eles viverão situações inéditas em suas vidas, mas, particularmente, vão ter reforçadas aquela ideia do destino final deles. Ou seja, nada vai mudar aquilo que está prestes a acontecer, independente das mudanças pelas quais eles irão passar nesta viagem que farão.

Em “Um Parto de Viagem”, Robert Downey Jr. interpreta Peter Highman. Ele é arquiteto e, aparentemente, passa boa parte de seus dias a bordo de aviões e em hotéis. Sua esposa (Michelle Monaghan) está prestes a ter um nenê (o primeiro filho do casal) e ambos estão ansiosos por isso. Quando está para retornar para casa, Peter conhece o aspirante a ator Ethan Tremblay (Zach Galifianakis, que foi revelado em outro filme de Phillips, a comédia “Se Beber, Não Case!”) e esse encontro será o acontecimento mais importante deste longa.

Por uma série de mal entendidos (forçados ou não), Peter e Ethan são obrigados a viajar juntos, em um carro, fazendo uma travessia da cidade de Atlanta até Los Angeles. O curioso nesta situação é que as características distintas destes personagens fazem com que a viagem seja uma experiência torturante para Peter, mas excelente para Ethan (que é aquela pessoa que se contenta com o pouco que recebe e fica felicíssimo por isso). Como aconteceu em “Se Beber, Não Case!”, a jornada vivida por esses dois amigos improváveis, tem um potencial altamente destrutivo – seja de carros, quartos de hoteis, de amizades, de relacionamentos e também da paciência que vai ser necessária para que os dois terminem esta viagem de bem.

Como “Se Beber, Não Case!” foi um estrondoso sucesso, muito se era esperado deste “Um Parto de Viagem”. O filme começou bem a sua trajetória nos cinemas norte-americanos, ainda mais depois de ter conquistado um Hollywood Awards de Melhor Ator Cômico para Zach Galifianakis. Após assistirmos o filme, ficam duas sensações: a primeira é de que esta é uma obra inferior ao maior sucesso de Todd Phillips; a segunda é a de que Galifianakis é merecedor de qualquer elogio que receba. Ele ofusca totalmente a figura de Robert Downey Jr. O filme é todo dele!

Cotação: 7,0

Um Parto de Viagem (Due Date, 2010)
Direção: Todd Phillips
Roteiro: Alan R. Cohen, Alan Freedland, Adam Styzkiel, Todd Phillips (com base na história de Alan R. Cohen e Alan Freedland)
Elenco: Robert Downey Jr., Zach Galifianakis, Michelle Monaghan, Jamie Foxx, Juliette Lewis, Danny McBride

Entry filed under: Cinema.

SBBC – Os 20 Melhores Filmes da Década – Parte 2 Tudo Pode Dar Certo

21 Comentários Add your own

  • 1. João Paulo  |  novembro 25, 2010 às 2:43 am

    Quero ver … não penso se o filme seja superior ao The Hangover … espero que seja um bom filme. Pelo menos me confirmasse que o Zack mereceu com letras gigantescas que ele mereceu o prêmio de melhor comediante.

    Kisses y abrazos Milla!

    Responder
    • 2. Kamila  |  novembro 25, 2010 às 2:45 am

      João Paulo, é um bom filme, sim. E Zach está excelente. Beijos!

      Responder
  • 3. Paulo Ricardo  |  novembro 25, 2010 às 3:23 am

    Não gostei muito do filme não.O roteiro é fraco e a história se desenvolve através de piadas.A parte que mais ri foi a do cachorrinho se masturbando(eu sei que é horrivel,mas confesso que chorei de rir).Gosto também da sequencia em que o personagem de Jamie Foxx prepara um café com as cinzas do pai de Ethan Tremblay(Zach Galifianakis).Robert Downey jr. com seu jeito cinico não compromete e como vc já disse Zach Galifianakis é o melhor do filme e sem dúvida e um dos comediantes mais promissores do cinema.O filme não é horrivel,mas também não é muito bom.Cotação 5 dou 3 estrelas e nota 7 para cotação 10 tá de bom tamanho.Agora é esperar Se Beber,Não Case 2.Beijos.

    Responder
  • […] This post was mentioned on Twitter by tudodocinema, Blogueiros Cinéfilos. Blogueiros Cinéfilos said: CinéfilaporNatureza Um Parto de Viagem http://bit.ly/dGEzKC […]

    Responder
  • 5. sebo  |  novembro 25, 2010 às 8:59 am

    Tenho um certo receio de comédias, enjoei, ando vendo muitas e talvez por isso não estou tão animado em conferir esta. Quem sabe um dia, até porque, teu texto me deu uma convencida …

    Responder
    • 6. Kamila  |  novembro 25, 2010 às 11:16 am

      Paulo, realmente, a cena que você citou é horrível, mas eu também ri muito. Beijos.

      Sebo, eu gosto de comédias, apesar de achar o gênero um tanto repetitivo.

      Responder
  • 7. cleber eldridge  |  novembro 25, 2010 às 11:43 am

    Vou aguardar esse chegar nas locadoras, espero que seja um bom filme, ou que ao menos provoque alguns risos!

    Responder
  • 8. Reinaldo Matheus Glioche  |  novembro 25, 2010 às 12:18 pm

    Concordo com tudo que vc disse Ka. Menos que Galifianakis ofusca Downey Jr. aqui. Eu até esperava por isso,mas me surpreendi. É Downey Jr., na minha leitura, quem dá perspectiva a encenação cômica do filme.
    Bjs

    Responder
    • 9. Kamila  |  novembro 25, 2010 às 2:51 pm

      Cleber, provoca risos, sim.

      Reinaldo, obrigada! Eu gosto da comédia irônica do Downey, mas, no final, me agradou mais a comédia clássica do Galifianakis. Ele é aquele tipo de pessoa que você olha e já começa a rir. 🙂 Beijos!

      Responder
  • 10. Otavio Almeida  |  novembro 25, 2010 às 7:00 pm

    É o mínimo que deveríamos esperar dessa Hollywood viciada em remakes e reinvenções. É o “Antes Só do que Mal Acompanhado” do século XXI. É praticamente o mesmo filme, seguindo a estrutura do roteiro criado por John Hughes, com Robert Downey Jr. no lugar de Steve Martin e Zach Galifianakis dando uma de John Candy. Embora não esteja no nível do filmaço de John Hughes, “Um Parto de Viagem” deveria servir de exemplo para os estúdios que só se repetem.

    Bjs!

    Responder
  • 11. Leandro  |  novembro 25, 2010 às 7:46 pm

    Eu gosto bastante de Se Beber,Não Case e concerteza a melhor coisa do filme é Zach Galifianakis.Já esse como o próprio Zach ofusca Downey Jr. (que gosto bastante) a única coisa que estou curioso sobre o filme é a atuação de Zach mesmo.
    Abraços

    Responder
  • 12. Amanda Aouad  |  novembro 25, 2010 às 8:11 pm

    O filme é de se esperar mais mesmo, principalmente por Se beber não case. Zach Galifianakis é ótimo e rimos só de olhar pra cara dele, mas acaba que fica o mesmo personagem, não sei. Por isso, acho que ele não chega a ofuscar Robert Downey Jr. Gosto do jeito cínico dele.

    Otavio tem razão quanto a semelhança de Antes só do que mal acompanhando, só acho que a união dos dois no filme original é menos forçada.

    Responder
    • 13. Kamila  |  novembro 25, 2010 às 8:47 pm

      Otavio, me lembro bem do seu texto sobre “Um Parto de Viagem”. Me lembro também que comentei que não tinha assistido “Antes Só do que Mal Acompanhado”. Beijos!

      Leandro, Zach ofusca Downey mesmo. Abraços!

      Amanda, eu também gosto muito do jeito cínico e irônico do Downey!

      Responder
  • 14. Weiner  |  novembro 25, 2010 às 10:13 pm

    O que mais chamou minha atenção em relaçao a “Parto de Viagem” foi exatamente os elogios quanto à performance de Zach Galifianakis. É tão difícil encontrar atuações dignas de nota no ramo da comédia. Vou conferir assim que possível.
    Beijos!

    Responder
    • 15. Kamila  |  novembro 25, 2010 às 10:43 pm

      Weiner, verdade. Mas, ele está bem mesmo! Beijos!

      Responder
  • 16. Mayara Bastos  |  novembro 27, 2010 às 2:29 am

    Concordo! Zach roubou mais uma vez a cena. Ele e aquele cachorro, tadinho! rsrsrsrs.

    Beijos! 😉

    Responder
  • 17. Wally  |  novembro 27, 2010 às 4:16 am

    Quando se fala que alguém ofusca o grande Downey Jr., sabe que está falando de alguém REALMENTE talentoso. E eu já adoro Zach, de “Se Beber, Não Case” ao programa dele. Verei o filme por ambos.

    Responder
    • 18. Kamila  |  novembro 27, 2010 às 1:14 pm

      Mayara, o cachorro, tadinho mesmo! rsrsrsrsrs Beijos!

      Wally, veja mesmo! Acho que você vai gostar dos dois!

      Responder
  • 19. Thyago  |  novembro 27, 2010 às 2:20 pm

    Assisti este filme faz um tempo e realmente concordo com a nota. Apesar deste filme ter me dado convulsões de tantas risadas, ainda não me causou o mesmo aneurisma de “Se beber não case”.

    Seria interessante a gente ver o Galifianakis num filme com Jim Carrey XD

    Responder
    • 20. Kamila  |  novembro 27, 2010 às 7:15 pm

      Thyago, não! Galifianakis deveria fazer um filme sozinho!!!

      Responder
  • 21. Clóvis Tayllon  |  novembro 9, 2011 às 1:51 am

    Comprei o DVD desse filme no início do ano e só agora resolvi assisti-lo com a minha família. O que eu aprendi com “Um Parto de Viagem” foi que eu sou a pessoa mais errada para julgar comédia. Enquanto todo mundo rolava de rir, eu tava morrendo de vontade de enterrar a minha cara no buraco mais próximo. De vez em quando surge alguma comédia que consegue me fazer rir como “Pequena Miss Sunshine”, mas toda vez que eu assisto algum filme do gênero, fico com a impressão que tudo soou forçado e de que acabei desperdiçando meu tempo. E foi justamente isso que eu senti assistindo um “Parto de Viagem”. Piadas sem graça e um roteiro muito, muito fraco e mal desenvolvido. Junto com “Os Vampiros que se mordam”, esse é um dos piores de 2010, e também o vencedor do prêmio “Vergonha Alheia 2011”.

    Nota: 1,0

    Abraços!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,057 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: