Par Perfeito

setembro 23, 2010 at 10:19 pm 25 comentários

O diretor Robert Luketic é mais um dos profissionais acostumados ao terreno das comédias românticas que embarca na tendência recente das comédias românticas misturadas com ação e aventura – assim como Shawn Levy e Andy Tennant também fizeram neste ano com “Uma Noite Fora de Série” e “Caçador de Recompensas”. A obra de Luketic, “Par Perfeito”, aliás, lembra muito o estilo do longa dirigido por Andy Tennant, que, por sua vez, lembra “Sr. e Sra. Smith”, de Doug Liman. 

Ou seja, já dá para perceber que originalidade não é o forte de “Par Perfeito”. O filme é totalmente clichê no desenvolvimento de sua narrativa. Ashton Kutcher (também produtor da obra) e Katherine Heigl interpretam Spencer Aimes e Jen Kornfeldt, que iniciam uma história de amor arrebatadora na paradisíaca cidade de Nice (França). Já de volta aos Estados Unidos e, após três anos de casados, o romance perfeito deles ameaça ruir diante da descoberta de que Spencer, na verdade, é um ex-agente da CIA e está sendo vítima de um golpe que pode colocar não só a sua vida, como a de Jen em risco. 

A partir deste ponto de transição, a trama de “Par Perfeito” passa a alternar entre as correrias resultantes de perseguições, tiros e lutas; e as discussões entre o nosso casal central, uma vez que, especialmente a mocinha, vê a sua história de amor digna de um conto de fadas ser transformada numa mentira. Entretanto, como eu já disse antes, originalidade não é o forte de “Par Perfeito”, então, como a obra segue fielmente o livro de clichês dá para a gente perceber como tudo vai terminar. 

Assim como o visto com a parceria entre Angelina Jolie e Brad Pitt e Jennifer Aniston e Gerard Butler nos filmes similares a este “Par Perfeito”, a obra dirigida por Robert Luketic conta com um par central que tem uma ótima química. Ashton Kutcher está aqui para fazer aquilo que sabe de melhor: ficar exibindo sua beleza. Enquanto Katherine Heigl está no filme para, também, fazer aquilo que sabe fazer de melhor: explorar seu carisma e talento. Sendo que, aqui, temos uma grande diferença em relação ao último trabalho da atriz, em “A Verdade Nua e Crua”: Heigl não está nada irritante. Pelo contrário, está charmosa e engraçada, como vimos em “Vestida Para Casar” e, principalmente, “Ligeiramente Grávidos”. 

Cotação: 6,0

Par Perfeito (Killers, 2010)
Direção: Robert Luketic
Roteiro: Bob de Rosa e Ted Griffin (com base na história de Bob de Rosa)
Elenco: Ashton Kutcher, Katherine Heigl, Tom Selleck, Catherine O’Hara, Kevin Sussman, Casey Wilson, Usher Raymond

Entry filed under: Cinema.

O Último Mestre do Ar Amor à Distância

25 Comentários Add your own

  • 1. Roberto Queiroz  |  setembro 23, 2010 às 11:00 pm

    Eu quase fui ver esse por causa da Katherine (que nem fiz com Verdade nua e crua), mas acabei no dia optando por Solomon Kane. De repente ainda dá tempo de conferir (ou, quem sabe, baixar pela internet).

    Resposta
    • 2. Kamila  |  setembro 23, 2010 às 11:30 pm

      Roberto, eu nunca que iria assistir ‘Solomon Kane’.

      Resposta
  • 3. Candy Pop  |  setembro 24, 2010 às 12:17 am

    Eu irei Assistir Kamila, pra ver oque acho, mas Tambem, muitas pessoas falaram, que o diretor não inovou em quase nada,e deixou aquela coisa previsivel, de quase todas comédias romanticas (:

    Resposta
  • 4. cleber eldridge  |  setembro 24, 2010 às 12:28 am

    È o tipo de filme que deixou passar em branco (tenho birra com o Kutcher) -, apesar de saber que serve para um divertimento básico, verei quando não estiver fazendo nada.

    Resposta
    • 5. Kamila  |  setembro 24, 2010 às 12:35 am

      Candy Pop, exatamente, mas o filme funciona, mesmo sendo previsível.

      Cleber, é um ótimo divertimento básico, esse filme!

      Resposta
  • 6. Amanda Aouad  |  setembro 24, 2010 às 12:38 am

    Eu confesso que tô meio de má vontade com esse filme. Mas, talvez acabe vendo já que não parece tão ruim e se Katherine Heigl não está irritante.

    Resposta
  • 7. Reinaldo Matheus Glioche  |  setembro 24, 2010 às 12:39 am

    Concordo em gênero, número e grau. Bjs

    Resposta
  • 8. alan raspante.  |  setembro 24, 2010 às 1:12 am

    É. Esperando seu lançamento em DVD. Cinema, só se bater um tédio enorme, rs.

    Resposta
    • 9. Kamila  |  setembro 24, 2010 às 11:25 am

      Amanda, não é tão ruim assim, não! 🙂

      Reinaldo, 🙂 Beijos!

      Raspante, ah, eu vejo tudo que é filme no cinema.

      Resposta
  • 10. Robson Saldanha  |  setembro 24, 2010 às 1:40 am

    Vi por simpatia a Katherine e me arrependi amargamente. Ainda bem que não paguei um ingresso. hehehe

    Resposta
  • 11. Paulo Ricardo  |  setembro 24, 2010 às 4:12 am

    Katherine Heigl esta tentando enveredar pelos caminhos de Sandra Bullock e Meg Ryan e até o momento não obteve sucesso.Parece que sob a direção de um grande cineasta(como Judd Apatow por exemplo)seu desempenho melhora.Mas ainda confio nela.Bjs.

    Resposta
    • 12. Kamila  |  setembro 24, 2010 às 11:28 am

      Robson, pois eu não me arrependi de ter visto o filme. Me diverti.

      Paulo, mas ela está certa em tentar enveredar por este caminho, uma vez que este é um nicho que sente falta de um nome forte como Sandra Bullock e Meg Ryan o foram, em seus áureos dias (rsrsrsrsrsrs). Eu confio demais nela. Ela tem talento e carisma. O problema é que muita gente acha ela intragável e isso pode ser um obstáculo ao fato de ela se transformar em uma estrela. Beijos!

      Resposta
  • 13. Otavio Almeida  |  setembro 24, 2010 às 3:22 pm

    Então, sobre discordância no post das atrizes, ainda não estou seguro de apostar em Hilary Swank. Tem certeza que não tem nada da Meryl Streep na manga? Hehe…

    Bom, sei que a Katherine Heigl não fará parte dessa lista tão cedo fazendo filminhos imbecis como esse. E olha que ela é ótima atriz. É só rever seus melhores momentos em “Grey’s Anatomy”.

    Bjs! Bom final de semana!

    Resposta
  • 14. Candy Pop  |  setembro 24, 2010 às 9:34 pm

    Ola, Kamila, voltei aqui, pra te dizer, que vi o Filme… É Um Filme Bom, uma comédia Romantica, meio Light… Sim é Previsivel, mas não torna o Filme Ruim… Bjs (:

    Resposta
  • 15. Alex Gonçalves  |  setembro 24, 2010 às 10:13 pm

    Kamila, eu gosto muito das comédias românticas dirigidas por Robert Luketic. “Legalmente Loira” e “A Sogra” são filmes que conseguem se sobressair dentro de suas narrativas aparentemente batidas. No entanto, vi “A Verdade Nua e Crua” e não gostei nada do resultado. Talvez seja o pior filme lançado nos cinemas ano passado, com piadas totalmente desagradáveis. Sem dizer a presença de Katherine Heigl, que para mim não passa de uma loura platinada sem talento ou carisma algum. É por ela que estou evitando este filme.

    Resposta
    • 16. Kamila  |  setembro 24, 2010 às 10:33 pm

      Otavio, a Meryl não tem nenhum filme em 2010, infelizmente. 🙂 Concordo plenamente em relação à Katherine Heigl. Beijos e bom final de semana!

      Candy Pop, exatamente. Beijos!

      Alex, eu também gosto das comédias românticas do Luketic. Eu não tenho nada contra “A Verdade Nua e Crua”, sinceramente…. Mas, não evite “Par Perfeito” por causa da Heigl. Ela está ótima aqui!

      Resposta
  • […] This post was mentioned on Twitter by tudodocinema, Blogueiros Cinéfilos. Blogueiros Cinéfilos said: CinéfilaporNatureza Par Perfeito http://bit.ly/agxnvW […]

    Resposta
  • 18. Matheus Pannebecker  |  setembro 26, 2010 às 3:16 am

    Não entendo a implicância do povo com “Par Perfeito”. O filme tem lá seus defeitos e é totalmente previsível, mas é eficiente e divertido!

    Resposta
    • 19. Kamila  |  setembro 26, 2010 às 12:48 pm

      Matheus, nem eu entendo! Faço minhas as suas palavras.

      Resposta
  • 20. Mayara Bastos  |  setembro 26, 2010 às 5:21 pm

    A Katherine Heigl está chatinha em “A Verdade Nua e Crua”. rsrs. Sobre esse, parece ser bom para um sábado a tarde em casa.

    Beijos! 😉

    Resposta
  • 21. Wally  |  setembro 27, 2010 às 11:53 pm

    Depois do Matt, agora você. É, o filme não parece ser tão ruim quanto tantos acusam. Eu só queria que Heigl se encontrasse no cinema, ela é excelente na televisão e depois de “Ligeiramente Grávidos” não fez mais nada memorável.

    Resposta
  • 22. Cristiano Contreiras  |  setembro 28, 2010 às 5:19 am

    Vi e achei muito, mas muuuuito intragável! rs
    E, ao meu ver, Ashton nem é tão bonito assim! rá!

    beijos!

    Resposta
    • 23. Kamila  |  setembro 28, 2010 às 11:55 pm

      Mayara, exatamente perfeito para esse tipo de programa. Beijos!

      Wally, não é mesmo tão ruim assim. E eu também queria que a Heigl se encontrasse no cinema.

      Cristiano, discordo! E o Ashton é bonito, sim! Beijos!

      Resposta
  • 24. Vulgo Dudu  |  setembro 28, 2010 às 3:14 pm

    Kamila, você foi muito boazinha na nota para o filme. Tinha que ser nota vermelha, reprovado! rs… É muito ruim! Não tem charme algum, não empolga, não convence…

    Bjs!

    Resposta
    • 25. Kamila  |  setembro 28, 2010 às 11:56 pm

      Dudu, ah, eu me diverti vendo esse filme. Por isso a nota. rsrsrsrsrsrs Beijos!

      Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 452,950 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: