As Melhores Coisas do Mundo

setembro 7, 2010 at 10:08 pm 21 comentários

O ponto de virada na trama de “As Melhores Coisas do Mundo”, filme dirigido por Laís Bodanzky e escrito por seu marido Luiz Bolognesi (com base nos livros de Gilberto Dimenstein e Heloisa Prieto), acontece no momento em que o último ato deste longa se inicia, quando Marcelo (Paulo Vilhena) olha para Mano (Francisco Miguez) e diz: “para acertar, é preciso saber onde se está errando” – e é justamente a partir do instante em que ele aceita isso que ele verá que as coisas não tendem a ficar mais difíceis, somente mais complicadas, mas assim é a vida. 

No decorrer de “As Melhores Coisas do Mundo”, assistiremos a uma jornada pessoal de Mano em busca daquilo que chamamos de maturidade. Como plateia do filme, seremos aqueles que presenciaremos os maiores medos, as maiores angústias, as maiores dúvidas e a ansiedade dele diante dos ritos de passagem da vida. Tudo isso na complicada fase da adolescência, com o convívio com outros jovens que pensam diferente dele, que agem de forma distinta e que podem ser um tanto crueis uns com os outros. 

Neste sentido, se revela acertada a escolha de Laís Bodanzky pelo ator Francisco Miguez, que fez a sua estréia como ator neste longa metragem. Miguez possui uma certa vulnerabilidade e carrega em seu olhar o misto de curiosidade e de “arrogância” que são típicos da fase da adolescência, quando a gente acha que sabe tudo, que viu tudo e que tudo que a gente vive tem caráter definitivo. 

“As Melhores Coisas do Mundo” é um filme diferenciado, especialmente pelo fato de que sabe captar bem os anseios, a linguagem e as complicações de uma fase que é muito chata. Só sabe mesmo quem já esteve na pele da maioria dos personagens jovens que vemos em tela e acredito que muitos de nós irão se identificar com os conflitos que eles vivem. Seria interessante, aliás, que os jovens brasileiros assistissem a uma obra dessas, ao invés de se ligarem em algo do tipo “Malhação”. É este filme aqui que vai mostrá-los uma forma digna de se passar por esta etapa da vida. 

Cotação: 9,3

As Melhores Coisas do Mundo (2010)
Direção: Laís Bodanzky
Roteiro: Luiz Bolognesi (com base nos livros de Gilberto Dimenstein e Heloisa Prieto)
Elenco: Caio Blat, Paulo Vilhena, Denise Fraga, Fiuk, Júlia Barros, Gustavo Machado, Francisco Miguez, Gabriel Illanes, Gabriela Rocha, José Carlos Machado, Matheus Marchetti

Entry filed under: Cinema.

Lendo – Audrey Hepburn: Uma Biografia Temple Grandin

21 Comentários Add your own

  • 1. Robson Saldanha  |  setembro 7, 2010 às 10:13 pm

    “Seria interessante, aliás, que os jovens brasileiros assistissem a uma obra dessas, ao invés de se ligarem em algo do tipo ‘Malhação'”

    Brilhante essa passagem do seu texto e resume claramente do que se trata do filme e qual seu principal objetivo além de ser somente mais um filme. Ele tem uma história envolvente e que traz um objetivo central. Realmente, um excelente filme.

    Resposta
    • 2. Kamila  |  setembro 7, 2010 às 10:17 pm

      Robson, concordo contigo e obrigada!

      Resposta
  • 3. Leandro  |  setembro 7, 2010 às 11:48 pm

    Ainda não tive a oportunidade de assistir infelizmente,leio várias críticas positivas,sem contar que gosto muito de Denise Fraga e não lembro de ter assistido a algum filme abaixo da média de Laís Bodanzki.
    Abraços

    Resposta
  • 4. Vinicius Silva  |  setembro 8, 2010 às 12:41 am

    Lindo filme!

    Resposta
    • 5. Kamila  |  setembro 8, 2010 às 12:43 am

      Leandro, eu adoro a Denise Fraga, mas aqui ela está quase figurante. O elenco jovem que comanda! Abraços!

      Vinícius, concordo!

      Resposta
  • 6. Fael Moreira  |  setembro 8, 2010 às 1:43 am

    Cinema nacional da melhor qualidade. Gostei muito de As Melhores Coisas do Mundo. Assistimos o resuldado de ótimos atores que se dão muito bem com o excelente roteiro. Adorei seu texto Kamila, concordo com tudo que você escreveu. Inclusive a cotação. Bjos!

    Resposta
  • 7. Amanda Aouad  |  setembro 8, 2010 às 2:34 am

    Realmente, belo filme, verdadeiro.

    Resposta
  • 8. Reinaldo Matheus Glioche  |  setembro 8, 2010 às 1:17 pm

    Gostei do ponto de partida da sua crítica Ka. um dos melhores filmes que já vi sobre o universo adolescente, sem ser moralista, piegas ou oco.
    Bjs

    Resposta
    • 9. Kamila  |  setembro 8, 2010 às 5:23 pm

      Fael Moreira, obrigada!!! Beijos!

      Amanda, verdadeiro é uma palavra perfeita para definir esta obra.

      Reinaldo, eu concordo perfeitamente com a segunda parte de seu comentário e obrigada! Beijos!

      Resposta
  • 10. Roberto Queiroz  |  setembro 8, 2010 às 5:58 pm

    Concordo com a opinião do Robson. Não sei o que os adolescentes de hoje vêem em Malhação. As melhores coisas do mundo deveria ser divulgado nas escolas. É desse tipo de cinema que o país anda precisando. Não dessa moral favela!

    Resposta
    • 11. Kamila  |  setembro 8, 2010 às 10:25 pm

      Roberto, exatamente!!! Concordo com seu comentário!

      Resposta
  • 12. Rafael Carvalho  |  setembro 9, 2010 às 12:25 pm

    Nossa, cada vez eu fico com mais vontade de ver esse filme, sempre leio coisas positivas a respeito. E é um dos que concorrem a uma vaga ao Oscar de Filme Estrangeiro. Por tantos comentários positivos, não duvido que seja nosso escolhido.

    Resposta
  • 13. Pedro Henrique  |  setembro 9, 2010 às 2:25 pm

    Nessa leva toda de filmes sobre o crescer e amadurecer, sobre a adolescencia, afinal, As Melhores Coisas do Mundo garante seu lugar entre os melhores, junto de Os Famosos e os Duendes da Morte e Antes Que o Mundo Acabe.

    Resposta
    • 14. Kamila  |  setembro 9, 2010 às 3:28 pm

      Rafael, eu torço para que este seja o filme escolhido para nos representar no Oscar, mas tenho medo da Comissão que seleciona o escolhido!

      Pedro, não assisti ainda “Antes que o Mundo Acabe”. Eu gosto de “Os Famoso e os Duendes da Morte”, mas acho um filme experimental demais. Preciso revê-lo.

      Resposta
  • 15. Mayara Bastos  |  setembro 9, 2010 às 10:47 pm

    Curiosíssima, mas já torço para o filme ser selecionado para representar o Brasil no Oscar. Acho que irei me identificar fácil com ele. rsrs.

    Beijos! 😉

    Resposta
  • 16. Pedro Tavares  |  setembro 10, 2010 às 6:45 pm

    Um respiro daqueles bem profundos. Um filme delicioso.

    Resposta
    • 17. Kamila  |  setembro 10, 2010 às 10:15 pm

      Mayara, eu também estou nesta torcida. Beijos!

      Pedro, concordo!

      Resposta
  • 18. Wally  |  setembro 11, 2010 às 3:37 am

    Uma maravilha esse filme. Gostei muito mesmo.

    Resposta
    • 19. Kamila  |  setembro 12, 2010 às 6:46 pm

      Wally, eu também adorei!

      Resposta
  • 20. » Top 10 – Filmes de 2010 « Portal Cine  |  janeiro 3, 2011 às 7:00 pm

    […] “’As Melhores Coisas do Mundo’ é um filme diferenciado, especialmente pelo fato de que sabe captar bem os anseios, a linguagem e as complicações de uma fase que é muito chata. Só sabe mesmo quem já esteve na pele da maioria dos personagens jovens que vemos em tela e acredito que muitos de nós irão se identificar com os conflitos que eles vivem. Seria interessante, aliás, que os jovens brasileiros assistissem a uma obra dessas, ao invés de se ligarem em algo do tipo ‘Malhação’”. (Kamila Azevedo – Cinéfila por Natureza) […]

    Resposta
  • 21. Desenrola « Cinéfila por Natureza  |  fevereiro 11, 2011 às 12:41 am

    […] ano passado, a diretora e roteirista Laís Bodansky provou, com “As Melhores Coisas do Mundo”, que é possível o cinema nacional fazer um filme sobre o universo adolescente apresentando um […]

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 452,946 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: