You Don’t Know Jack

agosto 14, 2010 at 3:09 am 25 comentários

O telefilme “You Don’t Know Jack”, de Barry Levinson, tem como tema principal um assunto que foi considerado um verdadeiro tabu: o suicídio assistido ou a chamada eutanásia – a prática médica que leva o profissional a atenuar e/ou acabar com o sofrimento de seu paciente. Atualmente, com a difusão de uma medicina mais humanizada, os chamados cuidados paliativos, que dão conforto aos portadores de doenças terminais nas suas horas finais de vida, ganharam cada vez mais visibilidade. 

Baseado em uma história real, “You Don’t Know Jack” faz um retrato da vida do médico Jack Kevorkian (Al Pacino), que assistiu 130 pacientes terminais a cometerem suicídio – e, por isso, recebeu o apelido de Dr. Morte. Sem uma lei que regulamentasse a prática da eutanásia, toda a existência de Jack foi uma eterna batalha para que fossem respeitados os direitos daqueles que queriam terminar uma vida pautada por sofrimentos e sacrifícios. É importante notar o paralelo que é feito com o próprio Kevorkian, que estava disposto a sacrificar a sua liberdade para fazer valer aquilo que ele achava ser o melhor para os pacientes que ele atendia. 

Há que se aplaudir o trabalho feito pelo diretor Barry Levinson neste telefilme. Em nenhum momento, “You Don’t Know Jack” adota um tom panfletário, querendo defender um determinado ponto de vista. O roteiro escrito por Adam Mazer quer estabelecer uma plataforma para um debate sobre um tema que é altamente delicado, respeitando a essência da jornada vivida pelo Dr. Jack Kevorkian. No seu desenvolvimento, o telefilme tenta responder às seguintes perguntas: o ser humano tem o direito a decidir entre a vida e a morte? Se sim, ele pode ser assistido por um especialista nesta sua vontade? 

Com a alcunha de Dr. Morte, era de se esperar que Kevorkian fosse uma figura um tanto exótica. Graças, em parte, ao excelente trabalho de Al Pacino, o personagem principal de “You Don’t Know Jack” é alguém que iremos respeitar e iremos escutar, sem fazer julgamentos. Por falar no ator norte-americano, é curioso perceber como gente como ele e Susan Sarandon, só para citar dois nomes envolvidos neste projeto, têm encontrado um novo caminho para as suas carreiras na televisão. Impressionante também é tentar compreender como uma história poderosa como essa não conseguiu um espaço para ser feita por um estúdio cinematográfico. O debate que o telefilme propõe merecia esta amplitude. 

Cotação: 9,5

You Don’t Know Jack (You Don’t Know Jack, 2010)
Direção: Barry Levinson
Roteiro: Adam Mazer
Elenco: Al Pacino, Brenda Vaccaro, John Goodman, Susan Sarandon, Danny Huston

Entry filed under: TV.

Emmy 2010 – Supporting Actress in a Comedy Series* Cena da Semana

25 Comentários Add your own

  • […] This post was mentioned on Twitter by Blogueiros Cinéfilos, tudodocinema. tudodocinema said: CinefilaporNatureza: You Don’t Know Jack http://migre.me/14Gjr #blog #cinema […]

    Responder
  • 2. @Raspante  |  agosto 14, 2010 às 1:56 pm

    Fiquei curioso em conferir este filme, bastante curioso!
    Gosto de Al Pacino..!

    Responder
  • 3. Alyson  |  agosto 14, 2010 às 3:27 pm

    Nossa, Ka! Me deu agua na boca enquanto lia seu texto (que está muito bom!). Gosto muito desse tipo de filme e toda a sua polêmica, além de ter bons profissionais por trás da obra. Vou ver o quanto antes. Abraço!

    Responder
  • 4. Mayara Bastos  |  agosto 14, 2010 às 7:01 pm

    Faz um tempinho que Al Pacino não entregava belas atuações, fico feliz em saber que ele está ótimo nesse telefilme. A premissa é interessantíssima e concordo que se fosse no cinema mesmo, poderia ampliar as discurssões sobre o tema, além de ter potencial para isso. Curiosa!

    Beijos e tenha um ótimo fim de semana! 😉

    Responder
    • 5. Kamila  |  agosto 14, 2010 às 7:32 pm

      Raspante, e Pacino está excelente nele!

      Alyson, obrigada! Assista mesmo! Abraço!

      Mayara, ele está muito bem mesmo neste telefilme. Beijos e ótimo final de semana!

      Responder
  • 6. cleber eldridge  |  agosto 14, 2010 às 11:12 pm

    Só ouvi elogios a respeito do filme, vou procurar pra baixar antes do EMMY.

    Responder
  • 7. Vinícius P.  |  agosto 15, 2010 às 2:10 am

    Exato. Quando vejo telefilmes como esse, fico imaginando como esse tipo de história não chega aos cinemas, acho até que poderia ser indicado ao Oscar e ter uma maior visibilidade. “You Don’t Know Jack” é outra bela produção da HBO e merece ser reconhecida no Emmy.

    Responder
    • 8. Kamila  |  agosto 15, 2010 às 2:28 am

      Cleber, procure mesmo. É muito bom!

      Vinícius, concordo contigo. E espero que a produção seja reconhecida no próximo Emmy.

      Responder
  • 9. Reinaldo Matheus Glioche  |  agosto 15, 2010 às 12:27 pm

    Afinal, it´s not tv. It´s HBO! Concordo plenamente com sua crítica Ka.
    bjs

    Responder
  • 10. Paulo Ricardo  |  agosto 15, 2010 às 3:51 pm

    Nossa o Al Pacino tá muito diferente,até assustei rss.”You Don’t Know Jack” deve aparecer no Emmy,e fico feliz de saber que Al Pacino entregou uma bela atuação.Bjs Kamila,e bom domingão pra ti ;*

    Responder
  • 11. bruno knott  |  agosto 15, 2010 às 4:14 pm

    Wow… pela nota e pelos seu review estou automaticamente interessado no filme!

    Al Pacino ainda por cima!

    Responder
    • 12. Kamila  |  agosto 15, 2010 às 10:59 pm

      Reinaldo, esse slogan é perfeito. Beijos!

      Paulo Ricardo, ele tá mais velho. 🙂 O telefilme já apareceu no Emmy 2010 e Al Pacino é o favorito na categoria dele. Beijos e bom domingo!

      Bruno, assista!

      Responder
  • 13. vivi ferreira  |  agosto 15, 2010 às 5:21 pm

    tenho certeza que se esse filme fosse feito pro cinema o oscar de melhor ator já era do pacino.
    bjussss
    vivi

    p.s: lá no blog tem sorteio de brindes, dá uma passadinha lá…bjusssss

    Responder
  • 14. Wallace  |  agosto 15, 2010 às 7:47 pm

    O último trabalho do Pacino na TV que pude conferir foi ANGELS IN AMERICA e, bem, ele estava impressionante. Me interessei automaticamente por esse YOU DON’T KNOW JACK ao ler seu texto, e a ver a imagem do ator (provavelmente) explodindo em cena. Será que tem previsão de lançamento em dvd?

    Responder
    • 15. Kamila  |  agosto 15, 2010 às 11:00 pm

      Vivi, não sei se ele ganharia, mas, com certeza, ele seria indicado! Beijos! E vou passar no blog.

      Wallace, ele está excelente, tanto em “Angels in America”, quanto neste telefilme. Acho que ainda não tem previsão de lançamento deste telefilme em DVD, infelizmente.

      Responder
  • 16. Mateus Souza  |  agosto 15, 2010 às 11:46 pm

    Sou a favor da eutanásia, sem dúvidas. Mas acho que se o filme tivesse um tom de propaganda, defendendo essa ideia parcialmente, não seria legal – e como você disse, não é isso o que ocorre (ainda bem).

    Não o vi, mas logo espero ver, ainda deve tá passando por aqui, nos canais HBO, né?

    Responder
    • 17. Kamila  |  agosto 16, 2010 às 1:41 am

      Mateus, não tem propaganda. O filme só expõe um ponto de vista e estimula o debate. E continua passando na HBO!

      Responder
  • 18. Matheus  |  agosto 16, 2010 às 3:16 pm

    Kamila, não gostei tanto assim de “You Don’t Know Jack”, mas concordo contigo em vários pontos, principalmente no que se refere ao fato de um filme desses não conseguiu espaço nos cinemas… Certamente, seria celebrado, até porque tem, ao meu ver, um formato bem esquemático (mas que não prejudica o filme). O debate que ele provoca é muito interessante, também… E acho que o Pacino e a Sarandon sairão da festa com o Emmy em mãos, né?

    Responder
    • 19. Kamila  |  agosto 16, 2010 às 7:27 pm

      Matheus, Pacino é favorito. Por mim, a Sarandon também seria favorita, mas não sei se a Brenda Vaccaro, que foi bem elogiada, pode ganhar também o prêmio. Veremos no dia 29 de agosto! 🙂

      Responder
  • 20. Wally  |  agosto 17, 2010 às 6:55 am

    Esse quero ver mesmo pelo Al Pacino – mas parece que o filme em si seja muito bom.

    Responder
    • 21. Kamila  |  agosto 17, 2010 às 1:05 pm

      Wally, tanto Al Pacino quanto o filme são ótimos. Recomendo!

      Responder
  • 22. Luis Galvão  |  agosto 17, 2010 às 4:21 pm

    Parece que é mesmo unanime que esse filme é sem dúvidas genial. Espero poder vê assim que puder e tentar me decidi entre esse e Tample Grandin, rsrs

    Responder
    • 23. Kamila  |  agosto 17, 2010 às 10:13 pm

      Luís, eu ainda não consegui pegar “Temple Grandin” na HBO!

      Responder
  • 24. Temple Grandin « Cinéfila por Natureza  |  setembro 8, 2010 às 10:33 pm

    […] entender o por quê do triunfo de “Temple Grandin” diante de seu mais forte concorrente: “You Don’t Know Jack”. Ao contrário do telefilme dirigido por Barry Levinson, esta obra conta uma história nada […]

    Responder
  • 25. Lydia  |  novembro 8, 2010 às 10:28 pm

    o filme ja esta nas locadoras?

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,290 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: