Eu Te Amo, Cara

julho 26, 2010 at 11:17 pm 20 comentários

Existe uma expressão na língua inglesa chamada “bromance”, que caracteriza a amizade desenvolvida entre dois homens, quando eles não têm aquele medo de assumir o amor, a afeição e o carinho que os une. É como se os homens chegassem e dissessem claramente que não querem ter vergonha de dizer que amam seus amigos e que isto não deve ser motivo de piadinhas sobre a sexualidade deles. 

O corretor de imóveis Peter Klaven (Paul Rudd) só se deu conta de que não tinha amigos de verdade quando ficou noivo de Zooey (Rashida Jones, conhecida pelos papeis nos seriados “The Office” e “Parks and Recreation”). Sem ter opções de padrinhos para escolher, Peter embarca numa busca pela amizade verdadeira – e, neste sentido, vale tudo: desde encontros às cegas arrumados por parentes, até responder anúncios postados na Internet e, aquilo que seria mais convencional, Peter se abrindo e entrando de cabeça numa vida social mais agitada, de forma a encontrar alguém que possua os mesmos interesses que ele. 

O filme chega no ponto em que queria quando Peter conhece o investidor Sydney Fife (Jason Segel, do seriado “How I Met Your Mother”). Podemos dizer que ele se revela a alma gêmea do corretor de imóveis. Os dois, consequentemente, logo vão estabelecer uma conexão forte, instantânea e natural, já que possuem tantas coisas em comum. Legal é perceber a forma como o roteiro é estruturado: vemos a amizade entre Peter e Sydney se desenvolver como uma trama de comédia romântica – ou seja, os dois se conhecem, se envolvem e enfrentam problemas até chegarem à chamada reconciliação final (e definitiva). Apesar da repetição dos clichês, é justamente esta característica que faz com que “Eu Te Amo, Cara” se destaque como uma obra bem original. 

É muito bom ver obras como “Eu Te Amo, Cara”. Elas são muito bem vindas, afinal nos mostram que os homens têm muito em comum com nós, mulheres. Eles também precisam de momentos para eles mesmos, com os garotos; eles também querem ficar sem fazer nada, falando sobre besteiras; eles também querem desabafar sobre seus problemas profissionais e amorosos; eles também querem apoio. Então, garotas, não vamos reclamar quando os nossos rapazes quiserem passar mais tempo com os seus amigos. Eles também precisam disso! 

Cotação: 7,0

Eu Te Amo, Cara (I Love You, Man, 2009)
Direção: John Hamburg
Roteiro: John Hamburg e Larry Levin
Elenco: Paul Rudd, Jason Segel, Rashida Jones, Jaime Pressly, Andy Samberg, Jon Favreau, J.K. Simmons

Entry filed under: TV.

Cena da Semana MEME – Charles Bronson e os Domingos Maiores

20 Comentários Add your own

  • 1. Yuri  |  julho 26, 2010 às 11:20 pm

    Acho “Eu Te Amo, Cara” excelente, mostra bem uma relação de amizade, do jeito que você disse, um verdadeiro “bromance”, engraçado, com ótimas cenas, diálogos interessantes e apesar de alguns clichês, funciona muito bem!

    Responder
    • 2. Kamila  |  julho 26, 2010 às 11:23 pm

      Yuri, eu concordo com teu comentário!

      Responder
  • 3. Otavio Almeida  |  julho 27, 2010 às 2:39 am

    É bacana mesmo! E o Paul Rudd é ótimo! Espero que ele ainda ganhe um Oscar…

    Bjs!

    Responder
  • 4. Amanda Aouad  |  julho 27, 2010 às 3:01 am

    Ainda está na minha lista… Mas, gosto do argumento, da questão da amizade, enfim do “bromance”. E claro, todos precisamos de momentos só com os amigos. Homens e mulheres…

    Responder
  • 5. Marilia Costa  |  julho 27, 2010 às 4:03 am

    Eu vou ter de começar a aumentar muito minha lista para incluir esses filmes. Na verdade, eu deveria alugar para poder comentar aqui! =P
    Gosto das suas análises.

    Responder
    • 6. Kamila  |  julho 27, 2010 às 11:00 am

      Otavio, eu, particularmente, adoro o Paul Rudd! E ele está excelente neste filme. Beijos!

      Amanda, com certeza! Todos nós precisamos de nossos momentos a sós com os amigos.

      Marília, e eu teria que aumentar minha frequência de leitura somente para poder comentar no seu blog. Mas, é bom fazer a leitura justamente porque ficamos com dicas de filmes ou livros legais, dependendo do caso. Obrigada!

      Responder
  • 7. Leandro  |  julho 27, 2010 às 10:48 am

    Excelente filme e Paul Rudd mostrando que é um ótimo ator.

    Responder
    • 8. Kamila  |  julho 27, 2010 às 11:01 am

      Leandro, eu sempre achei que Paul Rudd fosse um excelente ator e ele funciona tão bem nesses filmes de comédia. Ele tem um charme todo peculiar que combina com este tipo de personagem que ele interpreta.

      Responder
  • 9. Marconi  |  julho 27, 2010 às 12:21 pm

    Achei super divertido.
    A amizade tem que ser cultivada independente de sexo, religião, cor, etc…
    mto bom!

    Responder
  • 10. Reinaldo Matheus Glioche  |  julho 27, 2010 às 1:32 pm

    Boa crítica Ka. Eu gostei bastante desse filme que é a cara da nova comédia americana capitaneada por Judd Apatow. Referências pop a perder de vista, com humor que alterna doçura e grosserias…

    bjs

    Responder
  • 11. Paulo Ricardo  |  julho 27, 2010 às 3:53 pm

    Um dos meus filmes favoritos da ultima temporada.Tem cara de filme do Judd Apatow(o melhor escritor de comédias,se não se perder como os irmãos Farrelly será um futuro Woody Allen).Paul Rudd e Jason Seggell estão muito bem em cena.Esse é o tipo de filme que não tinha espaço no Oscar,mas podia ter sido indicado ao Globo de Ouro.7,0 foi uma nota baixa ein Kamila,talvez uns 8,5? Beijo querida.

    Responder
    • 12. Kamila  |  julho 27, 2010 às 8:48 pm

      Marconi, exatamente!

      Reinaldo, bem lembrado. O filme tem esse quê da nova comédia norte-americana, a qual é liderada pelo estilo Judd Apatow. Beijos!

      Paulo Ricardo, acho que o Judd Apatow não se perde como os irmãos Farrelly. Pelo menos, espero que isto não aconteça. 7,0 foi uma boa nota. Beijo!

      Responder
  • 13. Vinícius P.  |  julho 27, 2010 às 7:36 pm

    Mesmo que faça parte de um estilo de comédia que já não tem o mesmo fôlego para mim, gostei muito de “Eu Te Amo, Cara”, um filme que mostra de uma ótima maneira como nós precisamos da companhia de outros homens.

    Responder
    • 14. Kamila  |  julho 27, 2010 às 8:48 pm

      Vinícius, você já está cansado desse tipo de comédia? Poxa, elas ainda funcionam comigo!

      Responder
  • 15. Luis Galvão  |  julho 27, 2010 às 9:48 pm

    Pois é Kamila, era bom que minha namorada visse isso (rsrs, alías, vou mandar ela vê). Já o filme, eu até gostei também por me senti um pouco como o Peter, não pela buscar de amigos, mas pela relação que nasce no acaso e nos acompanha para vida inteira.

    Responder
  • 16. Mayara Bastos  |  julho 27, 2010 às 10:08 pm

    Esse filme é demais, me identifiquei com o personagem do Paul Rudd exatamente pela questão da dificuldade de fazer amizade e encontra uma pessoa em comum com ele e mostra um lado da vida dele que sentia falta, sem chegar em conotações drásticas. Gostei da química entre Paul e Jason Segel.

    Beijos! 😉

    Responder
    • 17. Kamila  |  julho 27, 2010 às 11:23 pm

      Luís, exatamente. Que comentário legal! rsrsrsrs

      Mayara, também gostei dessa química. Beijos!

      Responder
  • 18. Matheus  |  julho 29, 2010 às 2:26 am

    Kamila, “Eu Te Amo, Cara” não chega a ser grande coisa, mas é um filme bem divertido. O Paul Rudd está ótimo!

    Responder
    • 19. Kamila  |  julho 29, 2010 às 1:19 pm

      Matheus, eu também adorei o Paul Rudd neste filme!

      Responder
  • […] o roteiro escrito por John Hamburg (diretor de comédias como “Quero Ficar com Polly” e “Eu Te Amo, Cara”) e Larry Stuckey coloca uma peça bem interessante em “Entrando Numa Fria Maior Ainda com a […]

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,118 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: