Encontro Explosivo

julho 23, 2010 at 1:53 am 24 comentários

A primeira cena de “Encontro Explosivo”, filme dirigido por James Mangold, lembra muito a cena que abre “Encontro Marcado”, de Martin Brest. Em ambos momentos, assistimos ao retrato de um primeiro encontro entre um homem e uma mulher. Um encontro em que uma primeira conexão será feita, em que as coisas parecem combinar demais, em que os dois personagens ficam com aquele pensamento fixo de colocar isto para a frente. A diferença é que, no caso do filme de Brest, o encontro foi um puro acaso do destino, já no filme de Mangold o encontro foi totalmente proposital. 

June Havens (Cameron Diaz) não sabe ainda, mas ela foi escolhida por Roy Miller (Tom Cruise). Ele se decidiu por ela, porque June tem aquela qualidade de discrição, de passar despercebida, de ser alguém que não seria facilmente notada no meio da multidão. É justamente na construção do relacionamento – marcado por uma atração que é mesmo explosiva, para citar a tradução que o longa recebeu no Brasil –  que se estabelece entre estes dois personagens que se apoia o roteiro escrito por Patrick O’Neill. 

O relacionamento entre Roy e June se estabelecerá em uma realidade bem diferente da do normal. Ele é um agente secreto que está de posse de um equipamento que muito interessa ao governo norte-americano. Ela foi a pessoa que ele usou para transportar o equipamento com segurança num aeroporto de uma cidade dos Estados Unidos. Ao viverem em fuga constante das autoridades que vivem em seus encalços, os dois vão chegando à conclusão de que formam um par interessante – na medida em que os segredos caem, em que descobertas são feitas, em que eles ficam mais próximos um do outro. 

Não é segredo para ninguém que, nos últimos anos, o ator Tom Cruise tem tentado reinventar sua imagem perante o público. Muitas vezes, como no caso recente de sua aparição no MTV Movie Awards com Jennifer Lopez, essas tentativas saem forçadas e artificiais. Por isso, há que se elogiar o trabalho que o ator fez em “Encontro Explosivo”. Não sei se isso aconteceu porque ele estava trabalhando com Cameron Diaz, atriz com quem ele já fez par romântico anteriormente e com quem ele possui uma boa química, mas a verdade é que Cruise, em “Encontro Explosivo” está muito bem, carismático e encantador na medida certa. 

Um outro ponto forte, fora a parceria Cruise e Diaz, é a direção de James Mangold. Já falamos aqui, no blog, anteriormente, sobre a versatilidade deste diretor, que sempre entrega obras sólidas nos mais diversos gêneros cinematográficos. Com “Encontro Explosivo” não foi diferente e Mangold realizou um filme que entretém, que tem um ritmo bem ágil e que nos envolve na sua história. Iremos torcer bastante para que tudo termine bem para Roy e June na aventura que eles irão passar. 

Cotação: 7,5

Encontro Explosivo (Knight and Day, 2010)
Direção: James Mangold
Roteiro: Patrick O’Neill
Elenco: Tom Cruise, Cameron Diaz, Viola Davis, Peter Sarsgaard, Jordi Mollà, Paul Dano, Marc Blucas, Maggie Grace

Entry filed under: Cinema.

Lendo – “Clarice na Cabeceira” Shrek Para Sempre

24 Comentários Add your own

  • 1. Vinícius P.  |  julho 23, 2010 às 1:57 am

    É bom ler um comentário positivo a respeito desse filme, já que não vi muitos elogios por aí. Particularmente gosto muito da dupla principal (inclusive espero que o Cruise não sofra mais tantos ataques da imprensa) e sempre vejo algo de positivo nos filmes do diretor.

    Responder
    • 2. Kamila  |  julho 23, 2010 às 2:00 am

      Vinícius, mas é um filme que cumpre seu papel e merece elogios por isso!

      Responder
  • 3. yuritcr  |  julho 23, 2010 às 2:07 am

    Não criei nenhum tipo de expectativa sobre o filme, até porque pela premissa você percebe o estilo de filme que deve ser e sem grandes pretensões, particularmente esperava uma bomba, mas seu comentário dá uma refrescada, darei uma chance 😉

    Responder
  • 4. Paulo Ricardo  |  julho 23, 2010 às 2:22 am

    Kamila,esse filme foi uma surpresa.Todo mundo sabe que a carreira de Cameron Diaz esta ladeira abaixo(ela abusa do carisma em comédias românticas de gosto duvidoso)e Tom Cruise depois que pulou no sofá da Oprah Winfrey também perdeu um pouco da credibilidade.Cruise esteve bem em Trovão Tropical que é o meu filme “cult”,já perdi a conta de quantas vezes vi essa bela comédia,que faz uma deliciosa crítica aos astros de cinema americano e a “máquina de fazer dinheiro em hollywood”e Cruise fazendo um grande chefe de estúdio estava hilário,muitos não gostam de Trovão Tropical,mas eu sempre me divirto com essa comédia.Depois de Trovão Tropical,Tom Cruise recebeu uma indicação ao Globo de Ouro de ator coadjuvante e depois embarcou em Operação Valquiria(não foi nenhum sucesso,mas é um filme digno e com o talentoso Bryan Singer na direção).E as criticas positivas que Encontro explosivo vem recebendo é uma mostra que Cruise pode voltar aos bons tempos em que trabalhava em projetos independetes(como o guru do sexo no excelente Magnolia do mestre Paul Thomas Anderson)e franquias milionarias(Missão Impossivel 1,2 e 3).Vou conferir Encontro Explosivo amanhã,beijos.

    Responder
    • 5. Kamila  |  julho 23, 2010 às 2:27 am

      Yuri, não é uma bomba, nem teria como ser, acho, pelos nomes que estão envolvidos no projeto. É um filme divertido e que funciona.

      Paulo, eu acho que Tom Cruise foi bem tanto em “Operação Valquíria” quanto neste “Encontro Explosivo” e eu gostei de ambos os filmes. Apesar de não ser fã dele, sempre torço para que astros do porte dele consigam se reerguer em Hollywood. Beijos!

      Responder
  • 6. Marilia Costa  |  julho 23, 2010 às 4:32 am

    Bom saber que o Tom está carismático! Sou fã dele e quero muito ver o filme.
    E olha que considero muito sua opinião!
    =D

    Responder
  • 7. Roberto Queiroz  |  julho 23, 2010 às 12:01 pm

    É uma pena que o Tom Cruise não queira entender que os dias de action actor dele acabaram! Ele não tem mais idade nem timing pra isso (os tempos são outros: os asiáticos e suas incríveis performancez estão aí pra provar…Não que eu curta isso, pois não curto, mas é um fato).

    Responder
  • 8. Amanda Aouad  |  julho 23, 2010 às 12:19 pm

    É, me incomoda ver mais do mesmo, ver Tom Cruise de novo em um filme de ação sem grandes pretenções. Mas, o filme realmente cumpre seu papel e consegue ser melhor que muitos no mesmo estilo que surgiram por aí.

    Responder
    • 9. Kamila  |  julho 24, 2010 às 12:09 am

      Marília, obrigada!

      Roberto, pois você está errado. Este filme prova que os dias de action star de Tom Cruise ainda podem se prolongar.

      Amanda, exatamente.

      Responder
  • 10. Reinaldo Matheus Glioche  |  julho 23, 2010 às 1:16 pm

    Concordo em gênero, número e grau com seu comentário.
    bjs

    Responder
  • 11. Leandro  |  julho 23, 2010 às 2:37 pm

    Pra falar a verdade eu to bastante curioso pra assistir esse filme,porque põe tempo que eu não assisto a um novo filme dos dois.
    tem MEME pra você lá no blog,abraços ;D

    Responder
  • 12. Luís  |  julho 23, 2010 às 7:38 pm

    Eu não acho que esses filmes sejam grandes obras, mas eu agora tenho me dedicado a ver filmes legais, sendo eles grandiosos ou não. Para ser sincero, adoro filmes de ação, desses que envolvem perseguições, tiros, explosões – e desde que não tenham no elenco Steven Seagall.

    Desde Vanilla Sky que eu gosto da junção desses atores. Não os vi juntos de novo em cena, mas mesmo assim acredito que eles mantiveram a boa química. E ambos têm um histórico interessante em filmes nesse gênero; só pra citar, ela com As Panteras, ele com Missão Impossível.

    Estou ansioso para ver, acho mesmo que vou me divertir. Mass estou esperando o DVD, não tô a fim de pagar R$6,00 indo ao cinema (se bem que filmes assim deve ser visto naquela tela imensa!).

    Gostei do que escreveu, não hesitarei em conferir.

    Responder
    • 13. Kamila  |  julho 24, 2010 às 12:13 am

      Reinaldo, obrigada! Beijos!

      Leandro, vou lá no seu blog dar uma olhada. Obrigada! Abraços!

      Luís, eu também adoro filmes de ação desse tipo e, sinceramente, tenho ZERO preconceito no que diz respeito ao cinema. Assisto de TUDO! Eles têm uma ótima química mesmo!

      Responder
  • 14. Vulgo Dudu  |  julho 23, 2010 às 10:52 pm

    Tom Cruise encaminha sua carreira para a vala, ao que parece. Mas até que você gostou do filme, né? Olha, eu não tenho apciência para vê-lo em filme nenhum, quanto mais de ação! rs!

    Bjs!

    Responder
    • 15. Kamila  |  julho 24, 2010 às 12:13 am

      Dudu, ele está é querendo salvar a carreira dele de ir para a vala! rsrsrsrsrsrsrs Beijos!

      Responder
  • 16. Luis Galvão  |  julho 24, 2010 às 12:45 am

    Eu nem gostei tanto (e olhe que concordamos sobre o Mangold). Acho que a dupla Cruise e Cameron sempre é bem dinâmica, mas o roteiro do filme não me agradou nem um pouco, ora muito forçado ora com piadas sem graça. Nem como entretenimento eu gostei muito, está mais com cara de Tela Quente e – logo depois – Temperatura Máxima. rsrs

    Responder
    • 17. Kamila  |  julho 24, 2010 às 1:23 am

      Luís, não achei, sinceramente, o filme forçado ou com piadas sem graça. Me diverti mesmo assistindo!

      Responder
  • 18. Cristiano Contreiras  |  julho 24, 2010 às 2:55 am

    Confesso que vou assistir esse filme pela direção de Mangold, eu gosto muito dele e, como você comentou, ele é bem versátil, rs.

    De fato, seu texto resume bem o filme, pelo que já senti dele…mesmo sem ver. E gosto do Cruise em qualquer filme que faz, rs…a Diaz anda mais madura agora que há 10 anos atrás, melhorou bastante.

    Beijo

    Responder
  • 19. Otavio Almeida  |  julho 24, 2010 às 4:56 pm

    Voltando de férias, Kamila… Vou ver esse filme hoje. Depois comento. Bjs!

    Responder
    • 20. Kamila  |  julho 24, 2010 às 10:36 pm

      Cristiano, eu também assisti muito em parte por causa do Mangold. Eu gosto da Diaz, ela tem carisma. Beijo!

      Otavio, seja bem vindo de volta! Aguardando seus comentários! Beijos!

      Responder
  • 21. Mayara Bastos  |  julho 25, 2010 às 7:42 am

    Para relaxar, deve ser perfeito. Quero muito assistir.

    Beijos! 😉

    Responder
  • 22. Wally  |  julho 25, 2010 às 8:18 am

    Quero ver, parece ser entretenimento inofensivo.

    Responder
  • 23. Marconi  |  julho 25, 2010 às 5:35 pm

    Achei o filme bastante divertido e sem compromisso.
    As cenas de ação sao bem dirigidas, mas os efeitos visuais são só corretos.
    Cruise está ótimo de fato.
    http://cinespaco.blogspot.com/

    Responder
    • 24. Kamila  |  julho 25, 2010 às 9:44 pm

      Mayara, para relaxar, esta é uma ótima pedida. Beijos!

      Wally, exatamente. Um entretenimento totalmente inofensivo.

      Marconi, concordo contigo!

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,290 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: