A Saga Crepúsculo: Eclipse

julho 19, 2010 at 11:14 pm 31 comentários

Existe algo de muito curioso em “Eclipse”, terceiro filme da saga “Crepúsculo”. A obra possui o mesmo final que “Lua Nova”, capítulo anterior da franquia, uma vez que assistimos ao casal Edward Cullen (Robert Pattinson) e Bella Swan (Kristen Stewart) discutindo sobre o seu futuro amoroso, mais precisamente definindo o próximo passo do relacionamento deles. A grande diferença entre as duas cenas é que vai ser muito notável para nós, da plateia, o quanto Bella mudou nesse período. 

Baseado naquele que é o melhor livro da série literária escrita por Stephenie Meyer, “Eclipse” fortifica a figura de Bella Swan como protagonista desta saga. A grande jornada de todos os filmes, até agora, é nos revelar o processo de amadurecimento de uma escolha feita por Bella: a de ficar ao lado de Edward por toda a eternidade – mesmo que isto signifique que ela tenha que abdicar do convívio com as pessoas que ama e também da sua mortalidade. É bom frisar que todas as ações de Bella, em todos os longas desta série cinematográfica, buscam o dia em que Edward, finalmente, cumprirá a promessa que fez para Bella de transformá-la em uma vampira. 

“Eclipse” também é revelador em outro aspecto: o crescimento de Jacob Black (Taylor Lautner) na trama. Mais do que o visto em “Lua Nova” (que fundamentou as bases nas quais se apoiam o relacionamento desenvolvido entre Bella e Jacob), é neste filme que ele irá mostrar seu verdadeiro papel nesta saga: Jacob está presente para lembrar para Bella de tudo aquilo que ela está abrindo mão, Jacob está presente para lembrar para Bella o tamanho do sacrifício que ela irá fazer, Jacob está presente para lembrar para Bella que não precisa ser desse jeito – e que ela pode encontrar um amor tão forte quanto o que ela sente por Edward na figura do próprio Jacob. Os suspiros escutados durante a sessão toda vez que Jacob aparece, os murmúrios de aprovação aos momentos bonitos que ele divide com Bella são um tributo ao bom trabalho que está sendo realizado por Lautner – ou seja, mesmo se você for parte do Team Edward, você não conseguirá sentir rancor de Jacob. 

Um outro ponto importante de “Eclipse” é perceber o quanto que, desculpem pelo trocadilho, o personagem de Edward foi eclipsado a partir dos acontecimentos retratados em “Lua Nova”. Hoje, a importância dele para a trama da saga “Crepúsculo” se resume ao fato de ele nos ser apresentado como o namorado compreensivo, o homem respeitador, o macho que irá defender a sua amada das garras da malvada Victoria (Bryce Dallas Howard, assumindo o papel que era de Rachelle Lefevre) e seu exército de vampiros, o jovem que irá “abaixar a cabeça” diante do seu oponente Jacob – muito em parte porque ele sabe que ele é o maior culpado pela aproximação excessiva entre Bella e Jacob (apesar de, bem no fundo, ele saber que Jacob não é uma ameaça para ele, já que Bella é toda de Edward). 

São elementos como estes que mexem com a cabeça da gente, porque entrar em contato com os livros/filmes da saga “Crepúsculo” é estar pronto (a) para ter suas emoções totalmente manipuladas. A maneira como Stephenie Meyer, principalmente (porque Melissa Rosenberg só conseguiu isso em “Crepúsculo”), consegue fazer com que a gente alterne entre um estado de euforia para um estado de decepção ou um estado de nervosismo chega a ser impressionante. Muito boa também a forma como os livros (e o filme, na cena do discurso de formatura proferido por Jessica) retratam a divisão vivida por Bella. Afinal, estamos falando de uma jovem de 18 anos, cujas opiniões irão mudar, cujo caráter ainda está em formação. Bella pode se apaixonar muitas vezes em sua vida, Bella pode vivenciar muitos sentimentos e sensações humanas. Mas, não. Chega a ser irritante (num lado bom!), às vezes, a forma insistente como ela defende todos os seus argumentos para ficar ao lado de Edward por toda a vida. Ela está muito certa de tudo isso – pensando bem, todo jovem parece sempre ter tanta certeza sobre tudo… 

Por ser baseado naquele que é, como já dissemos, o livro mais inspirado da série literária criada por Stephenie Meyer, era de se esperar que “Eclipse” fosse um filme igualmente inspirado. Apesar do diretor David Slade ser um profissional de muito estilo, ele não conseguiu imprimir a cara dele ao longa. Slade também falha por não ter conseguido dar ao seu longa um ritmo mais ágil. A obra é a que menos empolga dos três filmes – as cenas de luta, por exemplo, não possuem o mesmo impacto que temos quando as lemos no livro. No final, “Eclipse” deve ficar como um ponto de transição para a trama que realmente importa, a de “Amanhecer”, uma vez que a transformação de Bella em vampira está cada vez mais iminente. 

Cotação: 7,0

A Saga Crepúsculo: Eclipse (The Twilight Saga: Eclipse, 2010)
Direção: David Slade
Roteiro: Melissa Rosenberg (com base no livro escrito por Stephenie Meyer)
Elenco: Kristen Stewart, Robert Pattinson, Taylor Lautner, Ashley Greene, Peter Facinelli, Elisabeth Reaser, Kellan Lutz, Nikki Reed, Jackson Rathbone, Billy Burke, Bryce Dallas Howard, Jodelle Ferland, Anna Kendrick, Dakota Fanning, Xavier Samuel, Catalina Sandino Moreno

Entry filed under: Cinema.

Cena da Semana Lendo – “Clarice na Cabeceira”

31 Comentários Add your own

  • 1. Cristiano Contreiras  |  julho 19, 2010 às 11:47 pm

    Kamila,

    Talvez, eu seja um dos poucos a achar que Lua Nova é o melhor da saga, até agora. O mais emocional, o MAIS fiel ao livro original e nos aspectos técnicos o que mais é eficiente.

    Sem falar que a narrativa é extremamente semelhante ao livro, inclusive cenas inteiras têm a mesma essência e concordo que David Slade seja o diretor que menos exerceu isso, pelo contrário Chris tinha um tom mais cuidadosos em cenas mais intimas, um diretor MAIS emocional, focando no romance e até nos planos de ação. Sem falar que a trilha sonora de Lua Nova, pontuada por Alexandre Desplat, é realmente um primor – até os não fãs podem perceber isso. O score de Desplat foi melhor que o de Howard Shore, ainda que seja um bonito trabalho pra este terceiro filme da saga.

    mas, de fato, o terceiro filme da saga tem ritmo e é bem interessante…e não acho que Eclipse seja o livro mais inspirado, mas isso é mesmo opinião pessoal – meus prediletos são Lua Nova e Amanhecer (condenado por muitos, mas que eu acho muito bem feito na trama e desenvolvimento e situações de Bella).

    Eu acho que Slade deu um tom mais soturno ao filme, o roteiro conseguiu sim condensar uma das melhores partes do livro e retirou todo aquele forte teor exagerado de amor de Bella por Edward, nota-se que Meyer colocava váaarias falas repetidas que cansava…e, ao contrário de muitos, o que menos me empolgou – no filme também – foi a ‘batalha’…gosto mais do foco mesmo de Bella, sua confusão e indecisão, as partes de Jacob tentando, a todo custo, conquistá-la e a presença de Edward…senti falta, apenas, de uma menção do livro O Morro dos Ventos Uivantes que é tanto citado, ao longo do livro, mas isso é um mero detalhe..o filme, ainda assim, tem uma interpretação melhor do elenco e eu achei os “flashbacks” bastante iguais aos do livro.

    Em suma, eu acho que o filme é bom sim…mas, ainda prefiro Lua Nova. Mas, os “críticos” e blogueiros acham que Eclipse é o melhor, talvez, por ter menos a “parte romântica” que tanto os incomoda…

    Que venha Amanhecer, este sim eu estou mais ansioso.

    Responder
    • 2. Kamila  |  julho 20, 2010 às 12:06 am

      Cristiano, depois de ver “Eclipse”, passei a valorizar muito mais “Lua Nova”, muito em parte por causa dos aspectos que você citou, fora que o trabalho de adaptação feito por Chris foi excelente. “Eclipse” é um filme legal, mas faltou alguma coisa. Eu também gosto do foco na indecisão de Bella, na formação da certeza dela diante da escolha dela. E eu discordo da maioria: “Eclipse” não é mesmo o melhor filme da série. E confesso que não estou nada ansiosa por “Amanhecer”. Tenho sérios problemas com a história desse livro… rsrsrrss

      Responder
  • 3. cleber eldridge  |  julho 20, 2010 às 12:06 am

    Fico com um pouco de receio de comentar o filme, uma vez que sei que você é muito fã -, mas acho os diálogos muito doloridos, muito ruins! Sorry!

    Responder
    • 4. Kamila  |  julho 20, 2010 às 12:07 am

      Cleber, pode comentar o filme à vontade e não me sinto incomodada com os diálogos, desculpe!

      Responder
  • 5. Amanda Aouad  |  julho 20, 2010 às 2:55 am

    Lendo seu texto fico sensibilizada pela paixão com que você descreve a trama, não li os livros, e ainda não vi Eclipse, estou esperando diminuir as filas no cinema. Mas, pelos dois filmes que vi me incomoda um pouco essa escolha de Bella e a forma como tudo é aceito tão facilmente. Mas, enfim.. Depois que assistir a Eclipse volto para comentar.

    Responder
  • […] This post was mentioned on Twitter by tudodocinema, Blogueiros Cinéfilos. Blogueiros Cinéfilos said: CinéfilaporNatureza A Saga Crepúsculo: Eclipse http://bit.ly/cU67vM […]

    Responder
  • 7. Reinaldo Matheus Glioche  |  julho 20, 2010 às 1:30 pm

    Pois é Ka, entendo perfeitamente o seu ponto de vista. Em alguns pontos concordamos e em outros discordamos. Contudo, acho que a sua crítica foi muito apaixonada. Desconfio que vc sentiu que Eclipse não foi o melhor da saga no cinema até aqui pq este é o seu livro favorito da saga. Não sei. Posso estar me precipitando. Mas acho que o lado fã falou mais alto aí.

    bjs

    Responder
    • 8. Kamila  |  julho 21, 2010 às 1:14 am

      Amanda, eu adoro a trama de “Eclipse”, mas acho que a adaptação foi feita de uma forma equivocada, em alguns pontos. Hey, e Edward não aceita bem essa decisão de Bella.

      Reinaldo, sua impressão está totalmente correta. Eu fiquei frustrada com este filme porque eu esperava mais dele. Acho que meu lado fã acabou falando mais alto. E isso pode não ter sido bom pro meu texto. Beijos!

      Responder
  • 9. Vinícius P.  |  julho 20, 2010 às 3:05 pm

    Que pena que não empolga tanto, mas eu mesmo já me decepcionei um bocado com “Lua Nova”, então nem espero grande coisa desse. Como não li a obra, quem sabe posso até curtir mais…

    Responder
  • 10. Luis Galvão  |  julho 20, 2010 às 3:34 pm

    Acho legal as pessoas defenderem os filmes mesmo em meio a tantas críticas negativas,r rsrsr. E você era a pessoa perfeita para falar desse (já que conhece e aprecia toda a Saga). É a primeira que ressalta a importância e o crescimento de alguns personagens e – mesmo com algumas observações – conseguiu senti realmente o que a obra se propõe. Uma pena eu não consegui absorver isso. rsrs

    Responder
  • 11. Soraya  |  julho 20, 2010 às 3:57 pm

    Até que enfim eu vi uma crítica inteligente sobre o livro Eclipse e sobre o filme. Algo que tem começo e fim recheado de uma análise sensata, ao que tudo indica, de uma amante da literatura.
    Você falou sobre o crescimento dos personagens no livro (filme) e isto é de suma importância, já que é um grande diferencial da autora, que assim como J.K.Rowling conseguio criar personagens imaginários muito mais reais que muita gente que eu conheço por ai.
    Concordo com a cotação 7. Eu gostaria de ter visto muito mais do livro no filme.

    Responder
    • 12. Kamila  |  julho 21, 2010 às 1:15 am

      Vinícius, a decepção, para mim, veio com este filme…

      Luís, mas nem eu sei se eu mesma consegui absorver isso! rsrsrsrs

      Soraya, obrigada! Sou uma amante da literatura, sim. Eu também gostaria de ter visto muito mais do livro no filme.

      Responder
  • 13. Cristiano Contreiras  |  julho 20, 2010 às 5:00 pm

    Kamila, não gostou de Amanhecer?

    Responder
  • 14. Cassiano  |  julho 20, 2010 às 7:35 pm

    Engraçado, acabei de escrever sobre outro Eclipse, o de Antonioni.

    Responder
  • 15. Roberto Queiroz  |  julho 21, 2010 às 1:02 am

    Esse Eclipse, do Antonioni, que o Cassiano viu, sim, é um grande filme. Quanto a essa franquia dos vampiros que andam de dia entre outras façanhas, o que dizer? É o veículo perfeito pra quem só quer pipoca e refrigerante dentro da sala de cinema.

    Responder
    • 16. Kamila  |  julho 21, 2010 às 1:16 am

      Cristiano, ODIEI!

      Cassiano, irei ler sua crítica para o outro “Eclipse”. 🙂

      Roberto, esse Eclipse, o qual o Cassiano falou, ainda não tive a chance de ver.

      Responder
  • 17. MadameLumière  |  julho 21, 2010 às 6:16 am

    Oi Kamila,
    Eu entendo o seu ponto de vista sobre Eclipse-o filme não dar conta do conteúdo do livro. Para mim, a maior angústia da saga é esta manipulação dos sentimentos entre o trio (e, de certa forma, isso é favorável porque as pessoas se sensibilizam com isso e entram no jogo amoroso). Em Eclipse, isso atingiu o ponto mais intenso porque Jakob, Edward e Bella ficam mais próximos e há os diálogos baseados nisso, só que o início e o final ‘patinam’, como você mesmo falou no começo do seu texto e isso acaba ‘embromando’ o espectador. Gosto de histórias de amor, mas acho que a saga enrola pra caramba a questão do romance.

    abs!

    Responder
  • 18. Reinaldo Matheus Glioche  |  julho 21, 2010 às 1:03 pm

    Sabe Ka, quero te fazer mais uma deferência, entre tantas que já fiz antes. Muitos partiriam para o insulto ou não fariam a auto crítica isenta e pontual que vc fez após o meu comentário. Queria te louvar pela iniciativa pq, afinal, essa é uma das contingências de se discutir o cinema, não é mesmo?
    Fica aqui o meu reconhecimento pela sua postura nobre. You´re such a lady.
    Beijos

    Responder
  • 19. Matheus  |  julho 22, 2010 às 12:41 am

    Kamila, como você bem sabe, eu detestei “Eclipse”! Não sou tão chato assim com a série, já que eu acho “Lua Nova” até que assistível e achei que as coisas iam mudar a partir dali. Não foi o que aconteceu. Para mim, “Eclipse” é o ponto baixo da série, exatamente por reforçar todos os erros que sempre estiveram tão presentes na saga “Crepúsculo”.

    Responder
    • 20. Kamila  |  julho 22, 2010 às 10:48 pm

      MaDame Lumière, eu acho, sinceramente, que a saga não enrola na questão do romance. O problema de “Eclipse” é o fato de ele não conseguir ter aproveitado o bom material literário que tinha. O filme é apático. Abraços!

      Reinaldo, obrigada! E estamos aqui pra isso mesmo. Expomos a nossa opinião e queremos instigar o debate. Agradeço a você por isso! Beijos!

      Matheus, sei bem disso! 🙂 Concordo com você que este filme mostra o ponto baixo da série.

      Responder
  • 21. Cristiano Contreiras  |  julho 22, 2010 às 11:30 pm

    Kamila, eu acho que o filme conseguiu condensar as principais “situações” do livro. Revi o filme e deu pra atentar mais isso. Inclusive, soube que um fã clube oficial, enviou uma carta à Melissa solicitando “as principais cenas que não poderiam faltar”, pelo que li, ela colocou praticamente todas…e, de fato, há muitas boas cenas do livro ali…

    Eu acho que, na minha opinião claro, o filme consegue satisfazer e é até fiel ao livro – mas, obviamente, para quem acha este o melhor livro da saga (o que não é meu caso, acho o mais fraco de todos, rs) pode se decepcionar mesmo pois espera demais…tem muita expectativa envolvida nisso…talvez, seria bom vê-lo com um olhar mais neutro…pois, o filme flui bastante até (discordo quem diz que o prologo e epilogo são chatos, pelo contrário…) e a parte técnica, inclusive o desempenho do elenco no geral, está mais satisfatório…

    O grande ápice, ao meu ver, é o desenvolvimento de Jasper na trama – assim como no livro..e o filme também deu espaço mais pra Rosalie…e há um desempenho de Taylor mais como o Jacob do livro, mesclando ironia..sarcamos…humor…e fúria, como pede o personagem.

    A trilha de Howard Shore é bem pontual também, notei mais quando revi…e há boas cenas de Pattinson com Stewart.

    Assim, eu confesso a você que o que menos me atraia no livro Eclipse eram as cenas de “ação”…por isso, nem me incomodei que a batalha no filme tenha sido tão rápida…

    Até a personagem Victoria recebeu um pouco mais de espaço no filme, notei isso também.

    Bom, é isso, não sei se você verá o filme de novo…pelo que vejo é firme e rígida nas suas opiniões, mas às vezes uma revisão é necessária, rs.

    Enfim, eu ainda, mesmo assim, continuo preferindo livro e filme Lua Nova.

    E Amanhecer é bom, viu? [:)] rs

    bj

    Responder
    • 22. Kamila  |  julho 23, 2010 às 1:59 am

      Cristiano, de fato há muitas cenas que foram tiradas do livro, ali. Mas, o fato que não dá para negar é que “Eclipse” é um filme apático emocionalmente, que não mexe muito conosco – pelo menos isso aconteceu comigo. Eu achei as cenas do Jasper e da Rosalie bem soltas no filme, ao contrário do que acontece no livro. E as cenas de ação mereciam um melhor tratamento aqui. Eu vou ver o filme de novo, provavelmente o comprarei em DVD e veremos se mudo de opinião. E, me desculpe, continuo achando “Amanhecer” uma porcaria, somente por causa da trama Renesmee e Jacob. Tive NOJO disso. rssrsrsrrsrs Beijos!

      Responder
  • 23. Cristiano Contreiras  |  julho 23, 2010 às 2:20 am

    É, muita gente não curtiu isso que a Stephenie criou pra Jacob – eu adorei! rs…e estou louco pra ver Ness! rs bj

    Responder
  • 24. Paulo Ricardo  |  julho 23, 2010 às 2:29 am

    Este filme é uma mina de ouro,um caça niquel sem tamanho.Duvido que se o ultimo livro adaptado tiver o mesmo sucesso de bilheteria o estúdio não vai produzir outro filme(ou Stephenie Meyer vai escrever outro livro),é provavel que o titulo seja “A Saga Crepusculo:Origens”mostrando Bela e seus 2 vampirs desde do inicio,ainda criancinhas(ao estilo X Men:origens-Wolverine)heheheeh,beijos.

    Responder
  • 25. Mayara Bastos  |  julho 23, 2010 às 4:21 pm

    Uma pena que o melhor livro da série, seja também o filme menos empolgante. Vou conferir, mas sem pressa. E estou para começar a ler “Amanhecer”, deseje-me sorte. rsrsrs.

    Beijos! 😉

    Responder
    • 26. Kamila  |  julho 24, 2010 às 12:05 am

      Cristiano, como as pessoas podem adorar isso??? Renesmee não deu certo na trama com Jacob. Beijo!

      Paulo, não vai ter outro filme. Pode ter outro livro, sim. Beijos!

      Mayara, concordo! Confira sem pressa e boa sorte na leitura de “Amanhecer”. Beijos!

      Responder
  • 27. Nayara  |  agosto 6, 2010 às 11:54 pm

    Não me interessa muito essa saga, até porque não gostei do primeiro e o segundo as críticas são muito negativas, já o terceiro diz os críticos (que é o melhor dos três, o que não é muita coisa) ainda não assisti Lua Nova pretendo ver só no tele cine e esse vou tentar ver no DVD.
    Estou mais ansiosa pelo Harry Potter em 3D.

    Responder
  • 28. Alguém  |  agosto 14, 2010 às 3:42 am

    Discordo que Eclipse seja o melhor entre os 4 livros, prefiro Amanhecer!
    E também discordo que Eclipse seja o mais monótono dos 3 filmes, Crepúsculo é um porre.

    Responder
    • 29. Kamila  |  agosto 15, 2010 às 3:40 am

      Nayara, eu não gosto da série Harry Potter.

      Alguém, eu odeio “Amanhecer”.

      Responder
  • 30. Jéssica  |  outubro 8, 2010 às 3:38 pm

    E outra , se beela ficasse com jacob , edward morreria , e bella poderia ficar 2 anos em amor e amor com Jacok black , mas ele poderia ter aquele sentimento sinistro que descreve no livro , ele poderia conhecer outra pessoa e ter aquele sentimento que é eterno , é que esqueci o nome …
    mas eae ?
    edward morto ! os cullens com ódio dela , e ela sem ninguem !

    essa seria o fim se ela tivesse escoolhido Jacob!

    a minha torcida sempre foi por Jacob , mas depois que tive essa noção .

    BELLA E EDWARD SEMPRE !

    Responder
    • 31. Kamila  |  outubro 8, 2010 às 9:20 pm

      Jéssica, você fala do imprinting! Bella e Edward sempre! Nunca torci pelo Jacob!

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,283 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: