Férias Frustradas de Verão

julho 16, 2010 at 11:47 pm 21 comentários

Não se deixe enganar pelo nome do filme. “Férias Frustradas de Verão”, do diretor Greg Mottola, não é uma comédia bobinha sobre os três meses de férias de jovens norte-americanos em uma cidadezinha do interior dos Estados Unidos. O longa é muito mais do que isto. Mostra que este determinado período de férias é só um ponto de partida rumo a uma trajetória maior que ainda nem se iniciou direito. 

Estamos em 1987. James Brennan (Jesse Eisenberg, um fofo e talentoso ator) acaba de se formar na faculdade e planeja viajar, com seu melhor amigo, para a Europa, antes de começar um curso de pós-graduação na universidade de Columbia, em Nova York. Seus planos vão por água abaixo quando seus pais (Wendie Malick e Jack Gilpin) anunciam que estão passando por uma séria crise financeira. Em conseqüência disso, James terá que passar seu verão inteiro trabalhando na parte de jogos de um parque de diversões – o Adventureland. 

O roteiro escrito pelo diretor Mottola retrata justamente os três meses de trabalho de James no parque de diversões. Ali, ele viverá momentos típicos de sua idade e da juventude. Ali, ele curtirá e ampliará seu leque de amizades. Porém, o que ele viverá de principal lá é que o parque é o local no qual ele irá conhecer Emily (Kristen Stewart), uma garota meio complicada, mas por quem o jovem irá se apaixonar perdidamente – neste sentido, o filme retrata até com muita perfeição o que é você se descobrir apaixonado (a) pela primeira vez. 

É possível enxergar muitos paralelos entre “Férias Frustradas de Verão” e a obra anterior de Greg Mottola, “Superbad – É Hoje!”. Além do fato de ter um elenco principal formado, primordialmente, por jovens, temos como protagonistas dois rapazes virgens que descobrem as suas sensibilidades durante os acontecimentos retratados no longa e que estão prestes a começar novas jornadas em suas vidas. O interessante é que, no rito de passagem que estes jovens irão vivenciar, a lição dos dois filmes é quase a mesma: com amor, quando se tem este sentimento, tudo se torna mais gostoso e ficamos mais fortes – e corajosos – para enfrentar tudo. 

Cotação: 8,5

Férias Frustradas de Verão (Adventureland, 2009)
Direção: Greg Mottola
Roteiro: Greg Mottola
Elenco: Jesse Eisenberg, Jack Gilpin, Wendie Malick, Margarita Levieva, Matt Bush, Kristin Wiig, Bill Hader, Kristen Stewart, Ryan Reynolds

Entry filed under: TV.

Comentando o Trailer de “The Social Network” Cena da Semana

21 Comentários Add your own

  • […] This post was mentioned on Twitter by tudodocinema, Blogueiros Cinéfilos. Blogueiros Cinéfilos said: CinéfilaporNatureza Férias Frustradas de Verão http://bit.ly/a4vGOC […]

    Responder
  • 2. Amanda Aouad  |  julho 17, 2010 às 12:56 am

    Interessante, ainda não vi, mas como já falei, gostei da cena que você postou aqui no domingo. Devo conferir em breve.

    Responder
    • 3. Kamila  |  julho 17, 2010 às 12:58 am

      Amanda, espero que goste bastante do filme.

      Responder
  • 4. Cristiano Contreiras  |  julho 17, 2010 às 1:35 am

    Quero ver este! Ué, não achou a Kirsten fofa e talentosa também? rs

    Responder
    • 5. Kamila  |  julho 17, 2010 às 2:09 am

      Cristiano, ela é talentosa, mas o Jesse é fofo E talentoso! rsrsrsrsrsrsrsrsrsrrs

      Responder
  • 6. Luís  |  julho 17, 2010 às 3:21 am

    Eu devo concordar com você. Quando eu peguei esse filme para ver, fiquei com o pé atrás – o que esperar de um filme com esse título? Mas eu o conferi e vi que valia mesmo a pena. Como você disse, não é um filme bobo. Eu gostei muito de como os personagens se relacionam. Ao mesmo tempo em que o parque representa a alegria, para os personagens pode significar o oposto disso e eu adorei esse contraponto apresentado. Todos ali estão fugindo de um problema. As atuações são muito boas e preciso dizer que quem mais se surpreendeu foi Kristen Stewart: ela é muito mais do que aquela coisa da Saga Crepúsculo. Sua atuação, assim como a dos outros atores, foi bem densa e eu gostei mesmo do que eu vi. Eu também o resenhei no meu blog há algum tempo e minha opinião lá foi parecida com a sua.

    Parabéns pelo texto.
    ;D

    Responder
  • 7. Reinaldo Matheus Glioche  |  julho 17, 2010 às 1:30 pm

    É isso mesmo ka.. Bela crítica. Me orgulho de dizer que eu que te indiquei este filme. rsrs.
    bjs

    Responder
  • 8. Roberto Queiroz  |  julho 17, 2010 às 1:56 pm

    Eu me surpreendi vendo esse. Assisti na HBO numa noite de falta de opções. Esse rapaz, o Jesse Eisenberg, está se saindo uma grata surpresa. Foi meu segundo filme com ele (antes tinha visto Zombieland). Aguardo agora, ansioso, o Rede Social, do David Fincher.

    Responder
    • 9. Kamila  |  julho 17, 2010 às 6:17 pm

      Luís, vale a pena mesmo! Eu fico muito feliz de tê-lo assistido! Kristen Stewart é uma talentosa atriz, muito mais do que mostra em “Crepúsculo”. Vou ler sua crítica depois. Obrigada!

      Reinaldo, obrigada! E que bom que segui sua recomendação! 🙂 Beijos!

      Roberto, também me surpreendi. O assisti também na HBO e AMEI!! O Jesse me conquistou por completo!

      Responder
  • 10. Vinícius P.  |  julho 18, 2010 às 4:00 am

    Um filme muito bonito e até um tanto subestimado nessa temporada. Além do ótimo clima nostálgico, gostei da trilha e do trabalho da dupla principal, em especial da Kristen que me surpreendeu com essa atuação. Gostei do “fofo e talentoso ator”, hehe.

    Responder
  • 11. bruno knott  |  julho 18, 2010 às 8:15 am

    Gosto demais desse filme. Concordo com o Vinícius, foi um filme subestimado.

    Responder
    • 12. Kamila  |  julho 18, 2010 às 1:53 pm

      Vinícius, concordo que foi uma obra totalmente subestimada nesta temporada. O clima nostálgico me conquistou, além do Jesse Eisenberg. Ele é fofo mesmo! Peguei paixonite nele! rsrsrsrsrsr

      Bruno, eu também gosto demais dele.

      Responder
  • 13. João Paulo  |  julho 18, 2010 às 6:38 pm

    Não me canso de dizer … Um filme que deveria ser desgutado no cinema como vinho, já que ele tras os elementos fundamentais de um ótimo filme, desde com uma história que o espectador tenha contato, personagens interessantissimos, uma trilha sonora impecavel e claro, a constatação da maioria do seu elenco demonstrando o seu melhor …

    E Bill Hader, junto com esse filme e Tá Chovendo Hamburger, mostrou que 2009 foi o ano dele e esperamos mais e mais dele, de Eisenberg e Reynolds que cada dia, sobe no meu conceito!

    Xerim Mila!

    Responder
  • 14. Luis Galvão  |  julho 18, 2010 às 10:17 pm

    Perdir ontem na HBO ¬¬ Mas quando eu assistir volto aqui para comentar (mas já sabendo que provavelmente também vou adorar!)

    Responder
  • 15. Cristiano Contreiras  |  julho 19, 2010 às 12:21 am

    Kamila, só uma duvida, voce utiliza aí qual visualizador na internet: IE, Firefox ou Chrome?

    abs

    Responder
    • 16. Kamila  |  julho 19, 2010 às 11:02 pm

      João, concordo com seu comentário! Eu gostaria de ter visto este filme no cinema. Beijo!

      Luís, assista da próxima vez! 😉

      Cristiano, IE! Abraços!

      Responder
  • 17. Alan Raspante  |  julho 19, 2010 às 12:56 am

    Esse filme é mesmo muito bacana, me impressionei com ele ao conferi-lo, pensava um filme completamente o oposto…

    Responder
  • 18. Elton Telles  |  julho 19, 2010 às 5:43 pm

    Olá Kamila, um excelente filme!
    Gosto muito do humor politicamente incorreto do Greg Mottola, que foi mais “radical” em “Superbad”, mas soube levantar a aura dos 80 em “Férias Frustradas…” com precisão, nostálgico e delicioso filme.

    beijo!

    Responder
    • 19. Kamila  |  julho 19, 2010 às 11:03 pm

      Alan, é bacana mesmo! Eu adorei e fui totalmente surpreendida com isso!

      Elton, excelente mesmo! O Greg tem se revelado um ótimo diretor. Beijo!

      Responder
  • 20. Mayara Bastos  |  julho 20, 2010 às 12:08 am

    Gostei bastante do filme, por mostrar essa questão da juventude e do amor nessa época, claro, também com bom humor. E esse Jesse Eisenberg é mesmo um achado e o Greg Mottola vem mostrando um belo diretor de comédias. Dou a mesma nota.

    Beijos! 😉

    Responder
    • 21. Kamila  |  julho 21, 2010 às 1:03 am

      Mayara, o Jesse é fofíssimo e concordo sobre o que você disse do Greg Mottola. Que bom que gostou do filme! Beijos!

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,118 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: