Esquadrão Classe A

junho 29, 2010 at 1:21 am 21 comentários

Baseado em uma série que foi ao ar, nos anos 80, durante cinco temporadas, na rede de televisão norte-americana NBC (no Brasil, a série foi ao ar, por exemplo, no SBT e na Rede Globo), “Esquadrão Classe A”, do diretor Joe Carnahan, fala sobre um grupo de militares do Exército norte-americano, que são adicionados à lista de mais procurados por terem sido considerados criminosos de guerra (aqui temos um clichê, na medida em que o grupo afirma, categoricamente, que não é responsável pelos crimes dos quais são acusados). Em decorrência disso, eles se transformam numa equipe de mercenários e, se forem encontrados, podem solucionar os problemas mais sérios de qualquer pessoa/organização. 

No roteiro escrito por Joe Carnahan, Brian Bloom e Skip Woods, o Coronel John “Hannibal” Smith (Liam Neeson), o Tenente Templeton “Faceman” Peck (Bradley Cooper), Bosco Albert “B.A.” Baracus (Quinton “Rampage” Jackson) e H.M. Murdock (Sharlto Copley) estão destacados na retirada do Exército dos EUA do Iraque quando são convocados para uma missão bastante delicada: recuperar placas matrizes utilizadas para a fabricação de dólares norte-americanos. Tal material, se caísse nas mãos dos destinatários (países como Irã e o próprio Iraque) seriam utilizados para a compra de armamento ou, quem sabe, de material para a fabricação dos mesmos. 

Como um filme desse não pode sobreviver sem a presença de um – de preferência – bom antagonista, somos apresentados às duas figuras que oferecem um contraponto à dos membros do Esquadrão Classe A: o Agente Lynch (Patrick Wilson), que trabalha para a CIA e é quem irá arregimentar o grupo para a missão; e a Capitão Charisa Sosa (Jessica Biel), que é funcionária do Departamento de Estado da Presidência dos Estados Unidos e também tem um interesse especial na recuperação das placas matrizes, assim como nos membros do grupo liderado pelo Coronel Hannibal Smith. 

A favor de “Esquadrão Classe A” o fato de que o filme conta com um diretor como Joe Carnahan, que sempre imprime um ritmo muito ágil às suas obras, com uma linguagem cinematográfica bem moderna e que vai de encontro ao que público alvo de obras assim deseja. Em consequência disso, “Esquadrão Classe A” tem tudo para se destacar nesta temporada de Verão norte-americano com um dos blockbusters que mais irão entreter as plateias globais. A obra segue muito a receita de “Príncipe da Pérsia – As Areias do Tempo” no sentido de nos oferecer de tudo um pouco, sem esquecer, é claro, de priorizar as cenas de ação de tirar o fôlego. Um outro ponto forte deste longa foi a escalação do elenco. Todos se adequaram bem aos seus papeis – apesar do retrato caricato do “vilão” feito por Patrick Wilson. “Esquadrão Classe A” é uma daquelas obras que – acertadamente – não se leva a sério. 

Cotação: 7,3

Esquadrão Classe A (The A-Team, 2010)
Direção: Joe Carnahan
Roteiro: Joe Carnahan, Brian Bloom, Skip Woods (com base no seriado criado por Stephen J. Canell e Frank Lupo)
Elenco: Liam Neeson, Bradley Cooper, Quinton “Rampage” Jackson, Sharlto Copley, Jessica Biel, Patrick Wilson

Entry filed under: Cinema.

Cena da Semana* Comentando o Trailer de “Tropa de Elite 2”

21 Comentários Add your own

  • 1. Johnny Strangelove  |  junho 29, 2010 às 1:28 am

    Se lembra de uma resenha que escrevi sobre O Procurado que o filme tem os principais pontos de um blockbuster padrão para as férias?
    Pois bem, Esquadrão Classe A é o filme padrão pipoca desse ano. Todos os elementos que disse nessa resenha são cumpridos a risca e acima de tudo a serviço da diversão …

    Tó pensando em rever de novo, gostei PACAAAAS!
    Xerim!

    Responder
    • 2. Kamila  |  junho 29, 2010 às 1:29 am

      João, exatamente. Bem dito: é o filme pipoca padrão desse ano! Beijo!

      Responder
  • […] This post was mentioned on Twitter by tudodocinema, Blogueiros Cinéfilos. Blogueiros Cinéfilos said: CinéfilaporNatureza Esquadrão Classe A http://bit.ly/axSx5r […]

    Responder
  • 4. Neo  |  junho 29, 2010 às 3:20 am

    Adorava Esquadrão Classe A na TV!

    Mas o que me prende mais atenção em ver este filme é a atuação de Liam Neeson, o homem está fazendo ótimos papéis, vide “Chloe”.

    Bela resenha, parabéns.

    Responder
  • 5. Vinícius P.  |  junho 29, 2010 às 3:29 am

    Pelo jeito o filme cumpre sua função de entrenter, algo que faltou um pouco nessa última leva de blockbusters do verão americano. Quero ver, especialmente pela presença do Sharlto Copley. Abraços!

    Responder
  • 6. Renan Canuto  |  junho 29, 2010 às 3:50 am

    Kamila, apesar de concordar com seus elogios na resenha, o filme não me pegou. Achei normal, extremamente pipocão, mas não consigo dizer que gostei. Acho que fui ao cinema esperando demais dele – eu, por exemplo, não sabia que era, nos idos de 80, um seriado de tevê.

    Destaco, porém, a atuação de Liam Neeson, que, como disseram ali em cima, vem tendo boas atuações em seus últimos filmes.

    Beijos!

    Responder
    • 7. Kamila  |  junho 29, 2010 às 4:01 am

      Neo, eu nunca tinha assistido a série, mas gostei do filme. Me diverti! Obrigada!

      Vinícius, cumpre, sim, a função de entreter. O Sharlto Copley está ótimo no filme. Abraços!

      Renan, eu fui sem esperar nada, e, talvez, por isso mesmo tenha achado divertido. O Liam dá credibilidade a este filme. Beijos!

      Responder
  • 8. André C.  |  junho 29, 2010 às 11:19 am

    Era fã de carteirinha da série e estou me enrolando para ir ao cinema ver o filme. O tempo anda curto até para ver filme em DVD, mas quero retomar isso o mais rápido que puder!

    Bjo

    Responder
  • 9. Reinaldo Matheus Glioche  |  junho 29, 2010 às 12:51 pm

    Concordo plenamente Ka. O filme entretém que é uma maravilha…
    Para aproveitar o seu gancho, gostei mais desse do que do Príncipe da Pérsia.
    bjs

    Responder
  • 10. Luis Galvão  |  junho 29, 2010 às 2:59 pm

    Então eu sou com certeza um público alvo, porque eu adorei!! rsr. Muito divertido, e como você disse, ágil o suficiente para entreter sem parecer cansativo. Sem dúvidas um blockbuster bem feito e realizado, vamos esperar por uma continuação!

    Responder
    • 11. Kamila  |  junho 29, 2010 às 10:17 pm

      André, mesmo com tempo curto, não deixo de assistir filmes. Espero que você consiga ver este aqui!

      Reinaldo, eu gostei igualmente dos dois! Beijos!

      Luís, eu também gostei! Concordo com teu comentário, só não acho que terá uma continuação.

      Responder
  • 12. Neo  |  junho 29, 2010 às 3:22 pm

    Boa tarde Kamila, Ondine é um filme que está à semanas disponível na rede, basta clicar no poster do filme que você verá o site que se encontra..

    Ou leia aqui para entender melhor:

    http://neoresenhando.blogspot.com/p/onde-baixar-filmes-e-legendas.html

    Obrigado pelo comentário.

    Responder
  • 13. Otavio Almeida  |  junho 29, 2010 às 3:51 pm

    Exatamente, Kamila! O filme não se leva a sério. E nem poderia. Por isso mesmo, honra a série e o cinema de ação dos anos 80. Muito divertido!

    Bjs!

    Responder
  • 14. Amanda Aouad  |  junho 29, 2010 às 6:29 pm

    Bom, pegando o gancho, eu gostei mais de Príncipe da Pérsia. Reconheço que Esquadrão é um filme pipoca padrão, bem feito, para atingir seu público. Mas, a mim não atingiu. Não sei se estava de mal humor, mas não conseguir me envolver completamente. Destaque para as cenas de ação e para Liam Neeson. Mas, o rapaz que fez BA não chega aos pés do original.

    Responder
    • 15. Kamila  |  junho 29, 2010 às 10:18 pm

      Neo, obrigada!

      Otavio, legal que você tenha gostado! Beijos!

      Amanda, eu gostei igualmente dos dois, como eu disse ao Reinaldo. Eu achei este MUITO divertido!

      Responder
  • 16. Thyago  |  junho 29, 2010 às 6:34 pm

    Eu AMEEEEEEEEEEEEEI este filme (que surpresa hein Kamila? XD).
    Ele realmente capta todo aquele espirito de filme massa-véio aventura descerebrada que todos nós amamos. Sim, até você, cinéfilo pseudo-intelectual que só assiste filme iraniano.

    Todos do elenco fizeram um trabalho brilhante, me arrancavam risadas a cada 2 minutos e eu virei fã do Murdock.

    I PITY THE FOOL!

    Responder
  • 17. Leandro  |  junho 29, 2010 às 7:25 pm

    sabe que eu to MUITO curioso por esse filme,por nada mas sim pela participação de Sharlto Copley que muitos dizem ter sido ótima.
    Abraços

    Responder
    • 18. Kamila  |  junho 29, 2010 às 10:20 pm

      Thyago, gostou mesmo do filme, hein??? E eu não sou, cinéfila pseudo-intelectual! ;p

      Leandro, foi ótima mesmo a participação dele. Abraços!

      Responder
  • 19. Vulgo Dudu  |  junho 30, 2010 às 2:38 pm

    Caramba, eu adorava Esquadrão Classe A quando era moleque! Via sempre. Lembro que passava no SBT, sexta-feira à noite. B.A. (Bad Attitude) era ídolo! Mas daí cresci e filmes de ação perderam a graça a mim… Triste… rs!

    Bjs!

    Responder
  • 20. Mayara Bastos  |  junho 30, 2010 às 5:01 pm

    Quero muito assistir, é muito bom conferir produções com essa que cumprem bem o seu objetivo. Á conferir.

    Beijos! 😉

    Responder
    • 21. Kamila  |  julho 1, 2010 às 7:58 pm

      Dudu, eu não assisti a série, mas gostei muito do filme! Beijos!

      Mayara, assista mesmo! Sem expectativas. Beijos!

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,059 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: