Como Treinar Seu Dragão

abril 19, 2010 at 11:06 pm 26 comentários

O primeiro ato de “Como Treinar Seu Dragão”, dos diretores Dean DeBlois e Chris Sanders, nos mostra que não é somente os nossos pais que, às vezes, jogam expectativas na gente e no nosso futuro. Nós mesmos tendemos a escolher caminhos que sabemos que irão agradar aos nossos pais pelo simples desejo de deixá-los com orgulho de nós. O mais legal é que a animação da Dreamworks não frisa que isto é errado, mas deixa a mensagem de que é necessário que nós saibamos quem nós somos de verdade porque é este o verdadeiro caminho para a felicidade. 

Portanto, “Como Treinar Seu Dragão” nos coloca diante de Soluço (dublado por Jay Baruchel), que mora numa terra bem inóspita. O pai dele é um célebre caçador de dragões, mas Soluço, na sua tentativa de seguir os passos do pai, é sempre bem desastroso. Ao participar de um treinamento para a formação de novos guerreiros, Soluço vai encontrar seu próprio estilo, aquilo no qual ele é mesmo excelente e, de quebra, ainda vai mostrar para a sua comunidade que aqueles que eram considerados inimigos podem se tornar importantes aliados – basta que se tenha a disponibilidade e o interesse de conhecê-los a fundo (e isso nos é mostrado através da amizade que se desenvolve entre Soluço e o mais temido dragão entre todos da espécie). 

Antes deste filme, todas as obras de animação da Dreamworks tinham elementos bem definidos, mas, talvez, o mais marcante deles era o fato de que as obras eram protagonizadas por seres fofinhos (tudo bem que Shrek não era tão fofo assim. rsrs) e carismáticos. Em “Como Treinar Seu Dragão”, temos um jovem adolescente como protagonista com o qual todos nós podemos nos identificar. O filme cativa, conquista e emociona, especialmente em seu ato final. Mais uma vez, o gênero de animação acertando! 

Cotação: 8,5

Como Treinar Seu Dragão (How To Train Your Dragon, 2010)
Direção: Dean DeBlois e Chris Sanders
Roteiro: Dean DeBlois e Chris Sanders (com base no livro de Cressida Cowell)
Com as vozes de: Jay Baruchel, Gerard Butler, Craig Ferguson, America Ferrera, Jonah Hill, Christopher Mintz-Plasse, Kristen Wiig  

Entry filed under: Cinema.

Cena da Semana Chico Xavier

26 Comentários Add your own

  • 1. Paulo Ricardo  |  abril 20, 2010 às 2:34 am

    Finalmente uma animação de muita qualidade que não é da Pixar/Disney.E o último filme que vc viu(Frost/Nixon)é simplesmente bárbaro.

    Responder
  • 2. Cristiano Contreiras  |  abril 20, 2010 às 3:30 am

    Assumo que já sou fã! Mil vezes esse que o superestimado chatinho Shrek, rs

    Responder
  • 3. Reinaldo Matheus Glioche  |  abril 20, 2010 às 1:10 pm

    Ainda não vi, mas tenho boas expectativas. E deu para sentir que o filme te cativou. rsrs
    Bjs

    Responder
    • 4. Kamila  |  abril 20, 2010 às 8:35 pm

      Paulo Ricardo, “Frost/Nixon” é um filmaço. Em breve, teremos crítica aqui!

      Cristiano, eu gostei mais de “Shrek”, mas esse filme aí foi uma agradável surpresa.

      Reinaldo, me cativou mesmo!

      Responder
  • 5. Elton Telles  |  abril 20, 2010 às 1:41 pm

    Gostei do filme! Na verdade, não esperava muita coisa e fui assistir com o pé atrás, mas “Como Treinar o seu Dragão” se revelou uma grata surpresa. Aquele abertura é de babar e o filme é realmente emocionante.

    abraço, Kamila!

    Responder
  • 6. Kahlil Affonso  |  abril 20, 2010 às 5:08 pm

    Excelente filme! É, na minha opinião, junto com ‘Kung Fu Panda’, o melhor filme da PDI. Maravilhoso!

    http://www.cinemaemdvd.blogspot.com

    Responder
  • 7. airton  |  abril 20, 2010 às 6:31 pm

    opaa
    esse filme ja me irritou com a propaganda no cinemark hehahahs

    passa no blog dpois

    bjo

    Responder
    • 8. Kamila  |  abril 20, 2010 às 8:35 pm

      Elton, nem eu esperava muita coisa, mas fui assistir tendo como base as boas opiniões que li, e não me arrependi! Abraço!

      Airton, não deixe a propaganda te irritar, até porque o filme é excelente. Beijo!

      Responder
  • 9. Otavio Almeida  |  abril 20, 2010 às 9:19 pm

    TOY STORY 3 vai ter que ralar muito pra superar COMO TREINAR SEU DRAGÃO! Ei, eu não duvido da Pixar! Nem de TOY STORY… Só quero dizer que gostei muito, PELA PRIMEIRA VEZ, de um desenho da DreamWorks!

    Bjs!

    Responder
    • 10. Kamila  |  abril 20, 2010 às 9:55 pm

      Otavio, nossa! Eu também não duvido da Pixar, mas espero que “Toy Story 3” seja tão bom quanto esse filme aqui, o qual eu ADOREI! Beijos!

      Responder
  • 11. Vinícius P.  |  abril 21, 2010 às 12:28 am

    Você sabe que gostou muito do gênero e essa parece ser melhor animação lançada nesse ano até o momento. Sem dúvida verei em breve!

    Responder
  • 12. Luis Galvão  |  abril 21, 2010 às 2:10 pm

    Eu achei que o filme entrete mais do que se revela, talvez a Dream esteja procurando realmente esse caminho para atrair o público e está dando certo. Só acho que os roteiros ainda não são tão explorados quanto deveriam.

    Responder
  • 13. Ana Maria  |  abril 21, 2010 às 7:52 pm

    Esse está na lista dos que mais quero ver!

    Responder
    • 14. Kamila  |  abril 22, 2010 às 4:35 pm

      Vinícius, você, como fã do gênero, tem mesmo que conferir este filme.

      Luís, sim, o filme é uma peça de entretenimento, mas eu confesso que gostei da maneira como o roteiro foi trabalhado aqui.

      Ana Maria, então, espero que consiga assistí-lo.

      Responder
  • 15. Mayara Bastos  |  abril 22, 2010 às 12:27 am

    Melhor da Dreamworks? Preciso conferir o mais depressa possível. Está na lista de prioridades.

    Beijos! 😉

    Responder
    • 16. Kamila  |  abril 22, 2010 às 4:36 pm

      Mayara, não acho que seja a melhor animação produzida pela Dreamworks, é bom frisar isso. Mas, é, sem dúvida, um belo filme de animação produzido pelo estúdio. Beijos!

      Responder
  • 17. Vicente Almeida  |  maio 12, 2010 às 12:46 am

    Realmente o filme é muito bom, mas não observei aqui comentários sobre Como Treinar Seu Dragão em 3D.
    Quem não viu em 3D e gostou, deve assistir novamente neste formato. Digo porque assisti nos dois formatos.
    Outros filmes recentes em 3D pecam por excesso e acabam cansando no meio da projeção. Além do uso deste recurso em detrimento da narrativa. Exemplo Avatar.
    Como Treinar Seu Dragão termina com sabor de quero mais.

    Responder
  • 18. Luíza  |  maio 17, 2010 às 11:37 pm

    Muito bom o filme, é o meu favorito!!! Vc consegue ver o sentimento e a emoção nos olhos dos personagens (como exemplo o Soluço e o Banguela). Muito legal!!! Cinco estrelinhas!!

    Responder
    • 19. Kamila  |  maio 18, 2010 às 1:09 am

      Vicente Almeida, eu assisti em 3D e amei o filme. Não precisa disso, aliás, pra apreciar essa obra.

      Luíza, concordo! O filme é muito bom!

      Responder
  • 20. Nayara  |  julho 12, 2010 às 9:37 pm

    Elogiam muito o filme, pela primeira vez estou super afim de ver um filme da Dreamworks também os diretores desse filme são da Disney, e percebo como a empresa segue os passos da Disney para quem era o desafiante o anti- disney realmente se tornou uma imitação, esse é o preço pago por tentar enfrenta-la.

    Responder
    • 21. Kamila  |  julho 13, 2010 às 1:59 am

      Nayara, eu não acho que a Dreamworks tenta seguir os passos da Disney, sinceramente.

      Responder
  • 22. Nayara  |  julho 17, 2010 às 7:02 pm

    Assisti ontem é filme muito legal, o melhor filme que a Dramworks já fez, adorei o Banguela, dei leves risadas e o filme não puxou pro humor forçado o que virou praticamente uma cortesia da empresa, puxou mais para a boa estória parece um filme da Pixar rsrsrs. Nota 9,5.

    Responder
  • […] Galore” 3 “Meu Malvado Favorito“ 4 “The Dreams of Jinsha” 5 “Como Treinar o Seu Dragão“ 6 “Idiots and Angels” 7 “O Mágico” 8 “A Lenda dos […]

    Responder
  • […] “Como Treinar Seu Dragão”, “Tangled” e “Toy Story 3” devem ser os indicados para o Oscar de Melhor Animação, com […]

    Responder
  • 25. Megamente « Cinéfila por Natureza  |  dezembro 17, 2010 às 9:39 pm

    […] Por ter como personagem principal, um cara malvado que descobre o lado bom dentro de si, podemos dizer que “Megamente” guarda muitos pontos em comum com “Meu Malvado Favorito”, animação de Pierre Coffin e Chris Renaud. O que de mais legal ambos os filmes nos mostram é a capacidade de transformação do ser humano e, neste sentido, a trajetória de Megamente e de Gru é praticamente a mesma. Ambos se transformam em pessoas melhores por causa da afeição que passam a sentir por outras – no caso deste filme, o sentimento vai todo para a repórter Rosane Rocha (dublada por Tina Fey na versão original). E é praticamente impossível não se ligar também a um relato como este. “Megamente” é aquele tipo de filme carismático, que faz rir e chorar, e que vai te deixar com um enorme sorriso no rosto quando terminar. Definitivamente, uma das agradáveis surpresas do gênero de animação, neste ano, ao lado de “Como Treinar seu Dragão”. […]

    Responder
  • […] A categoria de Animação: por mais que seja maravilhoso ver “Como Treinar Seu Dragão” sendo recordado, afinal esse foi um dos filmes mais lindos e surpreendentes de 2010, não dá […]

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,025 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: