Lembranças

março 25, 2010 at 2:32 am 20 comentários

O título original “Remember Me” só vai ganhar sentido lá pro último ato de “Lembranças”, filme dirigido por Allen Coulter. A questão principal do roteiro escrito por Will Fetters é que ele conta uma história sobre o impacto que certas pessoas deixam em nossas vidas, a ponto de os ensinamentos e lições que elas nos deixam serem pontos de influência enorme para que mudanças necessárias em nossas vidas sejam feitas.

O filme se passa no ano de 2001 quando testemunhamos o encontro entre duas pessoas que possuem marcas trágicas em suas vidas. Dez anos atrás, Ally (Emilie de Ravin, da série “Lost”) testemunhou a morte da mãe (Martha Plimpton) em decorrência de um assalto no metrô. Seis anos atrás, Tyler (Robert Pattinson) encontrou o corpo do irmão suicida. A aproximação dos dois, diga-se de passagem, não foi acidental. Foi totalmente proposital e não estava escrita nas estrelas ou designada pelo destino de cada um deles. 

Acontece que Tyler foi preso pelo pai de Ally (Chris Cooper, que andava sumido) e, por sugestão de seu amigo Aidan (Tate Ellington), começou a dar em cima da jovem para se vingar do policial por ele ter surrado Tyler no momento da prisão. Apesar disso, a verdade é que estes dois jovens possuem muita coisa em comum, além das tragédias que vivenciaram. Ambos possuem relações familiares frágeis, ambos possuem aquela vontade de se descobrirem como pessoas e, principalmente, ambos têm aquele ímpeto de acertar e de consertar as coisas que andam erradas. 

“Lembranças” possui alguns acertos. O principal deles foi a escolha do par central: Robert Pattinson e Emilie de Ravin possuem uma química tão boa quanto a do inglês com Kristen Stewart. Outro: a escolha dos atores de papeis secundários, que possuem a segurança que os dois protagonistas ainda não têm. Entretanto, o filme começa a desandar em seu ato final, quando o uso excessivo da trilha sonora composta por Marcelo Zarvos já nos indica que algo importantíssimo irá acontecer. E é nessas horas que você começa a pensar em como a vida tem alguns desígnios que a gente não consegue compreender. Mas, pensando melhor, se não fosse isso, não seria a vida, afinal, como iríamos aprender? 

Cotação: 5,0

Lembranças (Remember Me, 2010)
Direção: Allen Coulter
Roteiro: Will Fetters
Elenco: Robert Pattinson, Emilie de Ravin, Chris Cooper, Lena Olin, Pierce Brosnan, Tate Ellington, Ruby Jerins

Entry filed under: Cinema.

Quanto Dura o Amor? Carey Mulligan é Eliza Doolittle

20 Comentários Add your own

  • 1. Matheus  |  março 25, 2010 às 2:59 am

    Robert Pattinson é um mestre em fazer filme ruim, não? Hoje vi “Poucas Cinzas” com ele, outro péssimo filme. Então, planejo passar bem longe desse “Lembranças”. Pelo menos por enquanto.

    Responder
    • 2. Kamila  |  março 25, 2010 às 3:00 am

      Matheus, esse não é tão ruim assim. O ato final é que é meio forçado!

      Responder
  • 3. Alex Gonçalves  |  março 25, 2010 às 3:33 am

    Kamila, engraçado é que você diz que o terceiro ato é o que prejudica o filme, quando muitos me falaram que a última carta na manga é apresentada exatamente no desfecho, que, dizem, é a oitava maravilha do mundo. Vou assistir quando chegar em DVD, pois eu AMO a Lena Olin.

    Responder
  • 4. Cristiano Contreiras  |  março 25, 2010 às 3:49 am

    Puxa, Kamila, pegou pesado com a nota, hein? Eu achei um filme bom, mais pelo enredo simples e as atuações dos dois. Não achei tão cliche, nem nada, agradou, daria um nota bem maior.

    Nao entendo como acham Poucas Cinzas um filme ruim…prefiro nem comentar.

    Abraço

    Responder
    • 5. Kamila  |  março 25, 2010 às 4:01 am

      Alex, eu achei o terceiro ato forçado. Esperava alguma reviravolta daquele tipo. E a Lena Olin é ótima mesmo. Mas, o papel dela aqui é pequeno!

      Cristiano, não acho que peguei pesado. Eu gostei do filme até o final. E adorei, como disse, Pattinson e De Ravin juntos. Abraço!

      Responder
  • 6. Reinaldo Matheus Glioche  |  março 25, 2010 às 1:50 pm

    Acho um filme razoável. Gostei do filme, mas o considero cheio de problemas. Um deles é a composição desencontrada de Pattinson. Na minha opinião os personagens são profundamente dramáticos, embora o filme nunca alcançe a profundidade pretendida. E o final atesta isso. Drama pelo drama e ainda tenta-se apelar a memória coletiva. Um filme que poderia ser muito melhor.
    bjs

    Responder
  • 7. Vinícius P.  |  março 25, 2010 às 2:48 pm

    Dentre todos os filmes recentes do Robert Pattinson, esse me pareceu ser o mais promissor deles, mas pelo jeito não é tão bom assim. Acho que devo esperar o DVD.

    Responder
  • 8. Mayara Bastos  |  março 25, 2010 às 8:28 pm

    Também acho que do Pattinson é o que ele está menos “insosso”, rsrs.Vejo este “Lembranças” em DVD. Mas, por incrível que pareça, estou curiosa pelos próximos projetos dele, como “Bel Ami” (este que parecerá um filme de época) e “Water for Elephants” (mais por este, que parece muito mais promissor). Pode ser que com estes trabalhos mencionados, pode ser que se torne “um” ator. rsrs.

    Beijos!

    Responder
    • 9. Kamila  |  março 25, 2010 às 10:56 pm

      Reinaldo, concordo plenamente com teu comentário! Beijos!

      Vinícius, espere mesmo pelo DVD!

      Mayara, eu gosto dele em “Crepúsculo”. srsrrsrrssrrs “Bel Ami” parece ser o mais interessante desses novos projetos dele. Beijos!

      Responder
  • 10. Brenno Bezerra  |  março 25, 2010 às 9:48 pm

    Eu confesso que o trailer me chamou, num futuro próximo irei conferir. Eu, sinceramente, não sei o que pensar de Pattison. Se ele merecen continuar sendo esculhambado ou ainda vale uma torcida por uma melhora.

    Beijos

    Responder
  • 11. Jenson J.  |  março 25, 2010 às 10:44 pm

    Esperava algo melhor, eu não!

    Responder
    • 12. Kamila  |  março 25, 2010 às 10:57 pm

      Brenno, eu gosto de Pattinson! Beijos!

      Jenson, não entendi teu comentário! Você esperava algo melhor desse filme, ou não???

      Responder
  • 13. Luis Galvão  |  março 25, 2010 às 11:27 pm

    Também gosto da química de De Ravin e Pattinson, mas o filme em si é bem medíocre mesmo. E aquele final já era previsível.

    Responder
    • 14. Kamila  |  março 26, 2010 às 12:01 am

      Luís, exatamente! Concordo contigo!

      Responder
  • 15. Fael Moreira  |  março 26, 2010 às 9:53 pm

    Acho que não vale o dinheiro do ingresso. E eu odeio as atuações de Robert Pattison. Então…

    Responder
    • 16. Kamila  |  março 26, 2010 às 11:41 pm

      Fael M., então, nem assista ao filme.

      Responder
  • 17. Bárbara :)  |  março 28, 2010 às 1:30 am

    Final tosco ! HAHA

    Responder
    • 18. Kamila  |  março 28, 2010 às 11:03 pm

      Bárbara, o final estragou o filme para mim!

      Responder
  • 19. Fê Trentini  |  fevereiro 27, 2011 às 8:48 pm

    Fui obrigada a ver o filme no meu curso de Ingles, odeio o Robert Pattison(nao acho que ele possa ser classificado como “ator” ). O final chorei mas achei meio fora da casinha…

    Responder
    • 20. Kamila  |  fevereiro 27, 2011 às 9:45 pm

      , o final, para mim, foi totalmente previsível, mas, mesmo assim, achei o filme um tanto legal…

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,349 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: