O Lobisomem

fevereiro 19, 2010 at 12:01 am 26 comentários

Na cidade de Blackmoor, uma representante fiel da Inglaterra Vitoriana, uma série de ataques misteriosos ocasionaram a morte de 3 homens. Todos eles foram vítimas de uma violência brutal, de machucados horríveis e que as pessoas começaram a supor terem sido originados pelas mordidas de algum animal tipo um urso. Com o pânico instalado, a maioria dos habitantes da cidade evitava sair de casa durante as noites, especialmente aquelas de Lua Cheia.

Após muito tempo longe de Blackmoor, o ator Lawrence Talbot (Benicio Del Toro, também produtor do filme) retorna para a sua cidade natal atendendo aos apelos de Gwen Conliffe (Emily Blunt), noiva de seu irmão Ben, que está desaparecido e o qual, mais tarde, descobrirão ser mais uma das vítimas do tal animal. Lawrence acaba fazendo uma promessa para Gwen: só ir embora de Blackmoor após descobrir o que realmente aconteceu com Ben. 

Se a nossa vida é feita de escolhas, então Lawrence vai ter que arcar com o peso da decisão que tomou a partir do momento em que ele mesmo é mordido pela criatura que matou seu irmão. A partir deste instante, o roteiro de “O Lobisomem”, filme do diretor Joe Johnston, passa a enfocar a gradual transformação de Lawrence em um dos seres mais lendários do imaginário popular. Tudo isso sob o olhar público, não só dos habitantes de Blackmoor, como de seu pai (Anthony Hopkins), de Gwen e de Abberline (Hugo Weaving), inspetor da Scotland Yard. 

“O Lobisomem” é um filme que tem uma aura clássica (a qual é reforçada pela técnica do filme, em especial elementos como a direção de arte, a fotografia, a trilha sonora, os figurinos) e que, em sua estrutura narrativa, faz uma mistura de gêneros. Nele, você poderá encontrar suspense, ação e romance – ou seja, tem tudo para agradar a todo tipo de público. Mas, apesar de ter essas qualidades, “O Lobisomem” é um filme que não consegue empolgar, apesar de nos mostrar uma história bem interessante: a jornada de um homem que, afastado de suas origens muito cedo, chega num momento da vida em que tem que encará-las até mesmo para ele descobrir quem ele é de verdade. 

Cotação: 6,5

O Lobisomem (The Wolfman, 2010)
Direção: Joe Johnston
Roteiro: Andrew Kevin Walker e David Self (com base no roteiro escrito por Curt Siodmak)
Elenco: Emily Blunt, Benicio Del Toro, Anthony Hopkins, Geraldine Chaplin, Hugo Weaving

Entry filed under: Cinema.

Tennessee Há Tanto Tempo que Te Amo

26 Comentários Add your own

  • 1. Luis Galvão  |  fevereiro 19, 2010 às 1:21 am

    Eu acho que o filme tem alguns méritos sim, mas meu maior problema foi Hopkins que toda vez que aparecia em cena me dava vontade de vomitar. O cara perdeu a força com idade e parecia deslocado totalmente. Tenho pena da pequena (e descartável) Blunt. E torço contra uma continuação.

    Responder
  • 2. Alyson  |  fevereiro 19, 2010 às 1:49 am

    É. Parece que não tem muita força mesmo, mas ainda apresente algo que nos faz ter vontade de visitá-lo. Verei em breve. Beijos!

    Responder
    • 3. Kamila  |  fevereiro 19, 2010 às 2:01 am

      Luís, o Hopkins não tinha se aposentado??? E tadinha da Emily Blunt mesmo. Ela foi totalmente desperdiçada aqui!

      Alyson, assista e tire suas próprias conclusões. Beijos!

      Responder
  • 4. Otavio Almeida  |  fevereiro 19, 2010 às 3:35 am

    Como diria Marlon Brando em APOCALIPSE NOW, “o horror… o horror…”

    Bjs!

    Responder
  • 5. bruno knott  |  fevereiro 19, 2010 às 4:38 am

    que pena que não empolga… mas não deixa de ser uma diversão razoável!

    Responder
  • 6. Reinaldo Matheus Glioche  |  fevereiro 19, 2010 às 11:14 am

    Acho que vc foi um pouco condescedente com o filme Ka. Tanto a nota, quanto os elogios, penso eu, foram um pouquinho acima do ideal. É um filme que deu errado por muitos motivos.A ironia maior é que deu errado pelos motivos que deveria dar certo.
    Bjs

    Responder
    • 7. Kamila  |  fevereiro 19, 2010 às 11:07 pm

      Otavio, bota horror nisso. Beijos!

      Bruno K., diversão razoável, e olhe lá!!!

      Reinaldo, seu raciocínio tem MUITO fundamento e, talvez, eu tenha sido mesmo condescendente com a obra. Beijos!

      Responder
  • 8. Paulo Ricardo  |  fevereiro 19, 2010 às 2:37 pm

    Oie Kamila(o Camila da minha irmã é com “C”,mas não tira o prazer de dizer esse lindo nome),primeiramente tenho que confessar que Benicio Del Toro é meu ator favorito.Acho ele o ator mais subestimado de Holywood,ele sem dúvida é da escola de Marlon Brando e James Dean(e na época que ganhou o Oscar foi comparado com o primeiro).Em Traffic e 21 Gramas ele foi simplesmente soberbo,e adoro o filme Excesso de Bagagem que é uma grande comédia e ele faz um par belissimo com Alicia Silverstone(inclusive eles namoraram depois do filme).Del Toro é um ator que não cai em exageros(Cuba Coding Jr.),não interpreta à si mesmo(Jack Nicholson),não faz cara de “nada”(Jake Gyllenhal e Ryan Phillipe) e não é canastrão(Nicolas Cage).Mas apesar de ser fã dele,confesso que filmes como Coisas que Perdemos pelo Caminho e Che-Parte 1 e 2 não demonstrou o melhor Benicio Del Toro que conhecemos(pelo menos no primeiro filme da saga de Che Guevara ele ganhou uma merecida Palma de Ouro).E olha Kamila,pela sua critica acho que ele não voltou a antiga forma,em nenhum momento você citou a atuação dele(eu imagino que foi fraca,porque quando você gosta de um filme,sempre valoriza a atuação,o que não foi o caso)e esse filme foi achincalhado pela critica,quase ninguem gostou.Você não gostou do filme e isso representa muito,porque você entende muito de cinema e seu blog é otimo(agora vou virar sócio do cinefila por natureza),e pela primeira vez(que diria que um dia isso ia ocorrer),vou ver um filme de Benicio Del Toro desmotivado e sem esperança de uma grande atuação.Kamila você que viu o filme me tira uma duvida,O Lobisomen foi o pior papel de Benicio Del Toro?Beijos e Bom fim de semana.

    *Para os fãs desse excelente ator uma boa noticia,Benicio Del Toro esta no proximo filme de Martin Scorsese.Quem sabe assim ele volta a pegar papeis decentes.Scorsese,Clint Eastwood,Tarantino e Fernando Meirelles são otimos diretores de atores,sabem tirar o maximo deles,espero que isso ocorra com Del Toro.

    Responder
  • 9. Rogerio  |  fevereiro 19, 2010 às 5:58 pm

    Olha, deve ser legal conferir umahistoria de Lobisomem recente; imagino que os efeitos devam ser bem bacanas.Lembro muito de “Um Lobisomem americano em Londres” – vc lembra desse?

    Responder
  • 10. Cristiano Contreiras  |  fevereiro 19, 2010 às 7:45 pm

    Ainda não pude conferir este, Kamila.

    Mas, acredito que nem a atuação de Del Toro possa fortalecer tanto o filme assim, mas veremos.

    Estive lendo suas criticas sobre Crepúsculo e Lua Nova – muito bom observar uma opinião positiva, com conhecimento, imparcial e psicológica até. Eu acho que o modismo dos livros e, por consequencia, os filmes com toda essa exagerada euforia, acaba por cegar muita gente – falo dos pseudos-intelectuais e criticos que se manifestam contra os livros e aos filmes. Gostei de observar que você avaliou os filmes com neutralidade, pois de fato são bons e bem adaptados. O par central, Pattinson e Stewart também são ótimos e acho um absurdo quando criticam sem fundamento.

    Quando eu publiquei em meu blog um post sobre Crepusculo, as discussoes foram a base de muito ‘odio’ e alfinetada em relação ao filme…(se puder, leia meu post sobre Crepúsculo)

    Queria saber, se possivel, se você gostaria de manter uma troca de links com meu espaço? não é a primeira vez que venho aqui, mas acho que, talvez, vc não tenha gostado do meu blog..pode ser apenas impressão, não sei.

    De qualquer maneira, te linkarei ao meu espaço…

    abraço

    Responder
    • 11. Kamila  |  fevereiro 19, 2010 às 11:11 pm

      Paulo Ricardo, não acho que tenha sido o pior filme feito pelo Benicio del Toro. Você citou obras aí que considero ser piores, como “Excesso de Bagagem”, mas é triste ver um ator do potencial dele desperdiçando seu tempo aqui. E legal que ele está trabalhando com o Martin Scorsese.

      Rogerio, me lembro, sim, desse filme que você citou.

      Cristiano, obrigada pelos elogios às críticas de “Crepúsculo” e “Lua Nova”. Uma pena que as pessoas sempre olham torto para obras como essas, mas a gente tenta ser imparcial aqui, então, analisamos tudo com calma. Claro que poderíamos fazer uma parceria. Se não o linkei da primeira vez, pode ser por puro esquecimento. Não por não ter gostado do seu espaço! Abraço!

      Responder
  • 12. Cassiano  |  fevereiro 19, 2010 às 8:57 pm

    Parece que a crítica tb anda detonando esse filme!

    Gosto da Emily, do Anthony, do Hugo e do Benicio. Como eles foram parar num filme desses que não empolga?

    Responder
    • 13. Kamila  |  fevereiro 19, 2010 às 11:11 pm

      Cassiano, detonando com merecimento. E uma pena que esses nomes tenham parado neste filme que não vai pra lugar nenhuma!

      Responder
  • 14. Reinaldo Matheus Glioche  |  fevereiro 19, 2010 às 11:52 pm

    Ka You are such a lady. Thanks for the kindness.
    Bjs

    Responder
  • 16. Vinícius P.  |  fevereiro 20, 2010 às 3:06 am

    Apostava muito nesse filme e parece que pouca gente realmente gostou dele, mas ainda quero muito ver – por algum motivo, é uma produção que chama bastante minha atenção (talvez pelo lado “dark”).

    Responder
  • 17. Fael Moreira  |  fevereiro 20, 2010 às 12:07 pm

    Parece que nem todo mundo gostou, né?! Antes de ver “O Lobisomen” eu gostaria de ver o original de 1941. Aguardo uma boa pipoca desse filme, daqueles esquecíveis na semana seguinte, mas que cumprem seu objetivo de entreter momentaneamente. Bjos!

    Responder
  • 18. Mandy  |  fevereiro 21, 2010 às 1:19 am

    O próprio trailer não me agradou. Apesar do elenco, não vi potêncial algum…. Esse é um filme que demorarei de assitir, isso é, se eu assistir!

    Acabei hj de ver Jericho, seriado interessante!

    Responder
    • 19. Kamila  |  fevereiro 21, 2010 às 7:10 pm

      Vinícius, eu acho que, mesmo não sendo uma obra empolgante, deve ser vista.

      Fael, o filme tem sido, sim, muito mal criticado. E confesso que este longa aí não me entreteu em nada. Beijos!

      Mandy, nunca assisti “Jericho”.

      Responder
  • 20. Mayara Bastos  |  fevereiro 22, 2010 às 12:10 am

    Estava meio na cara que com muitos problemas e troca-troca na produção, iria sair um filme irregular. Ainda não me despertou o interesse.

    Beijos! 😉

    Responder
  • 21. Rafael Carvalho  |  fevereiro 22, 2010 às 2:00 pm

    Tem muita gente boa falando muito bem desse filme, espero conferir logo, logo.

    Responder
    • 22. Kamila  |  fevereiro 24, 2010 às 2:34 am

      Mayara, deixa para ver no DVD! Beijos!

      Rafael, quero deixar claro que esse filme não me empolgou. Não faço parte do time que gostou da obra.

      Responder
  • 23. The Dude  |  março 8, 2010 às 1:25 am

    gostei desse filme. ele tem lá os seus problemas, é verdade. mas achei uma homenagem válida e benvinda.

    Responder
  • 24. everton  |  junho 22, 2010 às 2:57 pm

    bando de imbecis mentecápitos e ignorantes enfim, brasileiros.

    Responder
    • 25. Kamila  |  junho 23, 2010 às 12:13 am

      The Dude, eu não gostei desse filme, sinceramente!

      Everton, nossa! Quanta grosseria!!!

      Responder
  • 26. Nayara  |  agosto 7, 2010 às 12:01 am

    Concordo com a Kamila que grosseria e falta de patriotismo.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,030 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: