Comentando o Golden Globe Awards 2010

janeiro 18, 2010 at 4:23 am 30 comentários

No nosso post contendo as previsões para a 67ª edição do Golden Globe Awards, falamos a respeito de que a grande história do prêmio, neste ano, seria a presença de Ricky Gervais como apresentador. Para quem estava esperando tanto dele, que sempre aparecia de forma pungente nos outros shows de premiação, vê-lo como mestre de cerimônias foi totalmente decepcionante. Claro que ele teve momentos inspirados, como a piada sobre Mel Gibson e a cerveja e a frase (“One thing that can’t be bought is a Golden Globe… Officially”), mas faltou algo. Faltou deixá-lo mais tempo no palco, até mesmo para quebrar o ritmo da premiação e dar a oportunidade de termos momentos genuínos e engraçados – o que foi raro, neste ano, neste show de premiação. 

No geral, como era esperado pela blogueira que vos fala, a votação dos membros da Hollywood Foreign Press Association foi um tanto conservadora. Mesmo quando a gente vê alguém que não esperávamos vencer, na parte de cinema, especialmente, como Robert Downey Jr., a gente não fica surpreendido com essa vitória porque ela poderia acontecer, até mesmo por causa do enfraquecimento de “Nine” após a sua estreia nos cinemas dos Estados Unidos. Ainda falando da parte de cinema, nenhuma surpresa, porém algumas confirmações: Melhor Filme vai ficar entre “The Hurt Locker” e “Avatar”; Melhor Diretor vai ficar entre Kathryn Bigelow e James Cameron e, principalmente, a briga imprevisível entre Meryl Streep e Sandra Bullock pelo Oscar de Melhor Atriz – neste ano, especialmente, o SAG Awards, que será entregue no dia 23 de janeiro, será o fiel da balança. No resto: Mo’Nique, Christoph Waltz, o roteiro adaptado de “Up in the Air” e Jeff Bridges estão caminhando tranquilamente para conquistar aquele que é o prêmio mais importante do cinema. 

Para não dizer que foi uma noite totalmente monótona, é claro que tivemos algumas grandes surpresas nas categorias de televisão. As vitórias de John Lithgow, Kevin Bacon e Chloe Sevigny vieram do NADA, porém pouco devem fazer pelas intenções deles em premiações futuras (Kevin, inclusive, já havia concorrido ao Emmy 2009 e perdeu para Brendan Gleeson, que foi derrotado por ele agora no Golden Globe Awards, curiosamente). Especialmente no caso de Chloe que, como sempre acontece no caso de “Big Love”, deve ser solenemente ignorada no Emmy Awards 2010 – a nossa torcida, quero deixar bem claro, é para que isto NÃO aconteça, pois somos fã da série da família Henrickson. 

Agora, é ficar de olho no SAG Awards, no DGA Awards e no PGA Awards que devem definir o resto dessa temporada de premiações. Se bem que, com o Oscar acontecendo no final de março, muita água ainda pode rolar por debaixo dessa ponte, surpresas ainda podem acontecer…. 

Para ler a lista de vencedores completa do Golden Globe Awards 2010, clique aqui.

Entry filed under: Prêmios.

Cena da Semana Dalva e Herivelto – Uma Canção de Amor

30 Comentários Add your own

  • 1. Jeniss Walker  |  janeiro 18, 2010 às 4:34 am

    gostei muito das vitórias de ‘Glee’ e ‘Se Beber não case’, Ka. se os votantes da Academia privilegiarem filmes de sucesso de publico e crítica, ‘Guerra ao Terror’ terá pouquissimas chances contra ‘Avatar’. abraço 🙂

    Responder
    • 2. Kamila  |  janeiro 18, 2010 às 4:42 am

      Jeniss, faz sentido teu raciocínio, mas eu, por enquanto, ainda aposto que “The Hurt Locker” vence, apesar de amar “Avatar”. Abraço!

      Responder
  • 3. Louis Vidovix  |  janeiro 18, 2010 às 4:56 am

    Gostei MUITO da distribuição de prêmios! Só fiquei com dó da Carey Mulligan – parece que o Oscar está mesmo entre Bullock e Streep, com vantagem da segunda! Beijo.

    Responder
  • 4. Rodrigo  |  janeiro 18, 2010 às 5:35 am

    Avatar é muito superestimado. Apesar de ser bem feito e dirigido, tem um roteiro fraco demais, tanto que nem foi indicado aqui. Não merecia o prémio. E digo isso, tendo visto os 5 indicados. Ele só é melhor que Precious. Bastardos, Amor sem Escalas e Guerra ao Terror são ótimos filmes. Se Beber, Não Case é outra vergonha. Divertido, mas nada de espetacular. 500 (Dias com Ela) é mil vezes melhor. E tem mais: Sandra Bullock está boa, porém é pior que Carey Mulligan. Pior Globo de Ouro em anos.

    Responder
  • 5. Ramon  |  janeiro 18, 2010 às 10:24 am

    Eu assisti um pouco pela internet, mas depois dessa piadinha que você comentou achei bem sem graça. Aí quando a conexão caiu dessiti.

    Gostei da sua leitura sobre a caminhada ao Oscar. Concordo bastante. Embora acho que a não ser que Up In The Air e Nine me surpreendam será uma das piores premiações desde 1999.

    Responder
    • 6. Kamila  |  janeiro 18, 2010 às 8:28 pm

      Louis, eu também gostei da distribuição de prêmios. Também fiquei com dó da Carey Mulligan, até porque dava para ver que ela estava MUITO nervosa. Beijo!

      Rodrigo, não concordo que “Avatar” seja superestimado. E discordo também que tenha sido o pior Globo de Ouro em anos.

      Ramon, obrigada! E não sei se será a pior premiação desde 1999. Poxa, tantos nomes bons e performances justas sendo lembradas.

      Responder
  • 7. Reinaldo Matheus Glioche  |  janeiro 18, 2010 às 11:25 am

    Não gostei do resultado de cinema. Gostei muito da de tv. Eles mais doq ue conservadores, cederam ao caprichos do público. Adorei Se beber não case a até torcia pelo filme, mas que moral vc tem ao dar o prêmio para de melhor filme para um filme que só tem uma indicação, justamente de melhor filme?
    A única surpresa, surpresa mesmo nas categorias de cinema foi a vitória de Robert Downey Jr como ator de comédia. Adorei.Embora seja mais uma prova irretocável de como a HFPA cedeu ao comercial de maneira escancarada. Meu comentário eu publicarei amanhã lá no meu blog.
    Bjs

    Responder
  • 8. Reinaldo Matheus Glioche  |  janeiro 18, 2010 às 11:26 am

    E estou com Ramon, se Avatar vencer como melhor filme de 2009, deixando obras como Bastardos inglórios e Amor sem escalas na rebarba, será, além de injusto, enfadonho.
    Bjs

    Responder
  • 9. EsKiiloo  |  janeiro 18, 2010 às 11:33 am

    Eu detesto dizer que eu avisei, mas, eu avisei. 😀

    Responder
    • 10. Kamila  |  janeiro 18, 2010 às 8:29 pm

      Reinaldo, mas “Se Beber, Não Case” foi a maior comédia do ano. Não acho contradição dar o prêmio à obra. Vou ficar no aguardo dos seus comentários. E ainda acho que dá “The Hurt Locker” no Oscar. Beijos!

      EsKiloo, vou te escutar da próxima vez, ok? 😉

      Responder
  • 11. Luis Galvão  |  janeiro 18, 2010 às 11:40 am

    Tá, os premios do cinema foram justos e tal (só o roteiro de ‘Up In The Air’ não concordo muito), mas premiarem ‘Hangover’ quando tinha o trabalho de arte magnífico de Nine e toda a graça de 500 Dias. Como assim? Sei que ‘Se Beber Não Case’ é hilário, mas premiá-lo com um GG. Achei demais, e vejo que a bilheteria ainda conta MUITO para a escolha dos votantes.
    Na televisão adorei vê ‘Glee’ levando o maior prêmio, e Drew MERECIDAMENTE sendo premiada (o discurso dela foi o mais verdadeiro da noite), Hall – pelo que todos dizem – merecia a muito tempo, mas não posso falar porque não assisto Dexter.

    Responder
  • 12. João Paulo  |  janeiro 18, 2010 às 12:56 pm

    Só digo uma coisa … The Hangover ganhou o premio … e Robert Downey Jr. também … pelo menos há um frescor para coisas diferentes …

    Espero que o Oscar surpreenda um pouco …

    beijos milla!

    Responder
  • 13. Otavio Almeida  |  janeiro 18, 2010 às 2:21 pm

    Gostei muito do resultado! Só faltou algo para o Tarantino! Bjs!

    Responder
    • 14. Kamila  |  janeiro 18, 2010 às 8:31 pm

      Luís, bom, o filme ganhou Melhor Comédia no Critics Choice Awards, então não é tão incoerente assim vencer aqui também. E sou mais Jessica Lange, você sabe disso!

      João, o Oscar não vai surpreender. Beijos!

      Otavio, eu também gostei do resultado e Tarantino ganhará o dele no Oscar. Beijos!

      Responder
  • 15. Cassiano  |  janeiro 18, 2010 às 2:32 pm

    Kamila, tentei assistir o Globo de Ouro pela primeira vez, não consegui. O pior é que o Oscar tá ficando igualzinho.

    Não gosto de ver premiações onde a maioria dos filmes não vi, me sinto um peixe fora dágua.

    Responder
  • 16. Paloma  |  janeiro 18, 2010 às 3:08 pm

    Adorei a premiação. Acho que todos foram merecidissimos. Claro que eu tinha meus favoritos mas fiquei satisfeita com todos que ganharam.

    beijos

    Responder
  • 17. Rogerio  |  janeiro 18, 2010 às 3:19 pm

    Incrivel Avatar ganhar. Os concorrentes devem ser muito fracos.Vamos ver o SAG.

    Sobre o Gervais, nossa, que constrangedor. Péssima apresentaçao dele.

    Responder
    • 18. Kamila  |  janeiro 18, 2010 às 8:38 pm

      Cassiano, eu não vi a maioria dos filmes indicados, mas meu amor pelo shows de premiação e pelo cinema fala mais alto.

      Paloma, eu também! Beijos!

      Rogerio, o pior que os concorrentes não são fracos. No SAG, “Avatar” não vence. Deve dar “Inglourious Basterds” em Elenco.

      Responder
  • 19. Robson Saldanha  |  janeiro 18, 2010 às 3:55 pm

    Acho que fui o úncio que não gostei nem um pouco de Downey Jr. ter ganho… nem tampouco Se Beber, Não case que é um excelente filme mas não merecia tanto!

    Responder
  • 20. Alexandre  |  janeiro 18, 2010 às 6:03 pm

    Kamila, meu texto entrará ainda hoje com meus comentários … acertei 12 palpites rsrs. Levei um toco com o poder de James Cameron/Avatar e com a ingorada em Tarantino. egal que percebi no que escrevi que meio que apontei alguns vencedores rsrs. Não esperava MESMO por Sandra Bullock (tenho muitas restrições a esse prêmio) nem por Downey Jr. ou mesmo Hangover (achei mesmo que o “Juno de 2009” ia levar). Achei que Tarantino levaria por roteiro, mas nem isso. Síndrome de Scorsese. Quanto a Avatar, eu gostei do filme, mas Bastardos, Invictus, Guerra ao Terror (esses três eu vi) pra mim são melhores, mas bem contados e construídos. Quanto ao prêmio do Cameron é justo, pela construção do mundo que ele fez, meio na linha do Peter Jackson em Senhor dos Anéis, acho que eles mantiveram a linha de pensamento aqui. Os prêmios de tv (que infelizmente pela “linha” do blog não vou comentar mais a fundo) foram mais surpreendentes. Os premios pra Dexter foram “estranhos”. Não sei o quanto do fator doença pesou pra vitória do C.Hall e Lithgow foi uma total surpresa. Sevigny que eu adoro também foi surpresa e ela parecia meio “altinha” rsrs, o discurso da Drew foi muito tocante, mas do que o discurso emocionalmente pensado da Mo’Nique. Enfim, não acho que deva mudar muito a opinião do Oscar, embora agora nas previsões de vencedores vou cravar Avatar/Guerra ao Terror e Cameron/Bigelow rsrs

    Responder
  • 21. bruno knott  |  janeiro 18, 2010 às 7:57 pm

    Prefiro 500 Days of Summer, mas The Hangover é justo.

    Robert Dwney Jr está cada vez melhor, né? Ele sempre teve talento, mas é um pouco insano…

    Bem que Bastardos poderia (e deveria) ter ganho mais coisas.

    E finalmente, Jeff Bridges é um excelente ator e o globo de ouro reconheceu.

    Ah… Mad Men e Glee? Discordo totalmente. 🙂

    abração.

    Responder
    • 22. Kamila  |  janeiro 18, 2010 às 8:44 pm

      Robson, não me incomodei com nenhuma das duas vitórias.

      Alexandre, também acertei somente 12 dos meus palpites. 🙂 O meu discurso favorito foi da Meryl Streep. Acho que ela sempre acerta nessas ocasiões, sempre me parece muito sincera. Não acho que a doença do Hall tenha influenciado, até porque o anúncio dela foi feito após o término da votação pro GG. Adorei a vitória de Sevigny e não achei que ela tava “altinha”. rsrsrsrs O “altinho” da noite, pra mim, foi o Joseph Gordon-Levitt. rsrsrsrsr E não me incomodo com as vitórias de James Cameron e seu “Avatar”. Tarantino receberá o seu no Oscar. E, como eu disse ali em cima, pro Oscar, continuo apostando em Bigelow e “The Hurt Locker”.

      Bruno K., o Downey é totalmente insano. “Bastardos” vai ter sua vez, no Oscar e no SAG. E eu concordo com as vitórias de “Mad Men” e “Glee”. Abraço!

      Responder
  • 23. Mayara Bastos  |  janeiro 18, 2010 às 10:28 pm

    Foi um Globo de Ouro previsível em algumas categorias. E também ainda acho que “The Hurt Locker” leva o careca. E também esperava mais do Gervais, só dei uma risada de sua piada. A única surpresa foi a vitória do Robert Downey Jr., gosto muito dele, mas estar melhor que o Joseph Gordon-Levitt? Vou dar uma chance ao “Sherlock”. E já podemos dizer adeus a “Nine” nas principais categorias?

    Beijos! 😉

    Responder
    • 24. Kamila  |  janeiro 18, 2010 às 11:12 pm

      Mayara, eu não vi ainda “(500) Dias com Ela”, então vou me abster de comentar sobre o Joseph Gordon-Levitt. Não diria dar adeus a “Nine”. Acho que ele ainda é indicado a Melhor Filme. Beijos!

      Responder
  • 25. Rafael Moreira  |  janeiro 19, 2010 às 2:57 am

    Só reclamo de dois vencedores: “Se Beber, Não Case” e Robert Donney Jr. por “Sherlock Holmes”, o resto eu até que gostei. Embora eu ache que “Bastardos Inglórios” tenha merecido mais o prêmio de roteiro do que “Amor se Escalas”. Bjos!

    Responder
  • 26. Vinícius P.  |  janeiro 19, 2010 às 10:04 pm

    Foi uma cerimônia meio cansativa mesmo. No começo até imaginei que o Gervais fosse quebrar um pouco do clima monótomo, mas suas piadas não funcionaram tanto com algumas exceções (a do Gibson mesmo). E concordo com o que disse: faltou tempo para ele. Lá pro final eu me perguntei “espera aí, já faz uma meia-hora que o Gervais não aparece, né?”. Enfim, uma decepção.

    A maior disputa está mesmo nas categorias de filme e direção, pois nas de atuação já não tenho muitas dúvidas.

    Responder
    • 27. Kamila  |  janeiro 19, 2010 às 11:04 pm

      Rafael M., não reclamo dos dois vencedores que você citou, não! Beijos!

      Vinícius, o Gervais foi uma verdadeira decepção! E concordo contigo. As maiores disputas estão mesmo em filme e direção!

      Responder
  • 28. Matheus  |  janeiro 20, 2010 às 12:09 am

    Kamila, eu achei a vitória do John Lightow muito previsível. Eu apostava todas as minhas fichas nele =)

    Responder
    • 29. Kamila  |  janeiro 20, 2010 às 12:30 am

      Matheus, sua opinião é tendenciosa. Você é fã de “Dexter”. 😉

      Responder
  • 30. Cena da Semana* « Cinéfila por Natureza  |  março 28, 2010 às 11:09 pm

    […] cometeram: a virada promovida na personagem de Nicolette Grant. Chloe Sevigny deu SHOW, mereceu o Globo de Ouro conquistado no início deste ano e esperamos vê-la indicada ao Primetime Emmy Awards 2010. E foi […]

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,349 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: