Guerra S.A. – Faturando Alto

setembro 30, 2009 at 12:33 am 24 comentários

Antes de qualquer coisa, a guerra é uma atividade altamente dispendiosa do ponto de vista econômico, especialmente. Por outro lado, traz para aqueles que se envolvem nela um lucro enorme – é só pensar, por exemplo, no quanto a indústria bélica, de construção civil, de automóveis, de aviões, etc. ganham com os países que se encontram em conflito com outros. 

O filme “Guerra S.A. – Faturando Alto”, do diretor Josh Seftel, tem como objeto principal uma empresa chamada Tamerlane, que ganha milhões ao forjar cenários de guerra em países, vislumbrando e atacando alvos, cuidando do assassinato de civis e políticos e trabalhando também o outro lado da batalha: aquele que mostra os benefícios do conflito, a vinda da democracia e da liberdade, a reconstrução moral e ética da localidade, entre outras bobagens ideológicas. 

Estamos no Turaquistão, país fictício que fica na Ásia Ocidental, aonde a Tamerlane prepara o seu congresso anual. As estrelas da empresa estão no evento, jornalistas cobrem a ocasião e vivem experiências surreais. Até um casamento está sendo planejado para representar o recomeço do país. No meio deste furacão, temos Brand Hauser (John Cusack), um funcionário da Tamerlane, que está no Turaquistão para assassinar uma alta figura política do país. Porém, Hauser está em crise consigo mesmo e com o trabalho que faz – e isso será um enorme obstáculo que ele tem que enfrentar, principalmente na medida em que ele aprofunda o relacionamento com as personagens que são interpretadas por Marisa Tomei e por Hilary Duff. 

Na sua essência, “Guerra S.A. – Faturando Alto” é uma dark comedy, com um roteiro altamente irônico e que dispara críticas para todos os lados. Se seguisse fielmente este caminho, o longa seria bem interessante – afinal, ele abraça e assume sua característica nonsense total. Entretanto, o roteiro tem um problema que não consegue ser solucionado: a construção do personagem de John Cusack. Hauser leva a obra para uma conotação mais séria e menos debochada. Sua crise existencial e a solução que é oferecida para ela simplesmente não combina com todo o resto.

Cotação: 1,0

Guerra S.A. – Faturando Alto (War, Inc., 2008)
Diretor: Josh Seftel
Roteiro: Mark Leyner, Jeremy Pilsen e John Cusack
Elenco: John Cusack, Hilary Duff, Marisa Tomei, Joan Cusack, Dan Aykroyd, Ned Bellamy, Montel Williams, Ben Kingsley

Entry filed under: TV.

Falando Grego Divulgado o Trailer de “Glorious 39”

24 Comentários Add your own

  • 1. Bruno Gonçalves  |  setembro 30, 2009 às 1:02 am

    Cada dia que passa eu me espanto mais ainda com a quantidade de filmes ruins que aparecem!

    Onde nós vamos parar?!?!

    😉

    Responder
  • 2. O Cara da Locadora  |  setembro 30, 2009 às 1:35 am

    Sério? UM??? Eu não daria uma nota alta e talz… mas… UM??? rs…

    Responder
  • 3. Ciro  |  setembro 30, 2009 às 1:58 am

    Parece um filme bem ruim mesmo.

    Responder
    • 4. Kamila  |  setembro 30, 2009 às 2:12 am

      Bruno, mas é preciso os filmes ruins para a gente reconhecer os filmes bons!

      O cara da locadora, eu teria dado zero, mas seria crueldade demais…

      Ciro, e é um filme ruim, ou então, eu que não entendi a piada!

      Responder
  • 5. Vinícius P.  |  setembro 30, 2009 às 3:13 am

    Nossa, essa é uma das notas mais baixas que já vi você dar para um filme! Sinto pena de ver um ator tão talentoso como o John Cusack nesse tipo de produção, mas com alguém como a Hilary Duffy no elenco não poderíamos esperar outra coisa…

    Responder
  • 6. Bruno  |  setembro 30, 2009 às 5:01 am

    Eu não veria esse filme só pelo subtítulo ridículo. rsrs

    Responder
  • 7. Romeika  |  setembro 30, 2009 às 12:26 pm

    Nunca ouvi falar nesse filme, alguns nomes do elenco parecem valer a pena, mas com esta nota 1,0, nao arrisco nao hehehe Deve ser uma bomba daquelas!!!

    re:Brigado, Kamila! Mas o cabelo ainda eh aquele corte de uns meses atras, nao cortei de novo, nao. Meu cabelo cresce bem devagar, eh uma tristeza..hehe

    Responder
    • 8. Kamila  |  setembro 30, 2009 às 11:06 pm

      Vinícius, o pior é que a Hilary Duff está ótima no filme! rsrsrsrsrsrsrs

      Bruno, mas o subtítulo ridículo combina com essa história.

      Romeika, bomba total! rsrsrsrsrs Ah, mas a franja está ótima. Parece novinha! 🙂

      Responder
  • 9. Brenno Bezerra  |  setembro 30, 2009 às 12:58 pm

    Guerra S.A.?????? Juro para você que ainda não tinha sequer ouvido falar nesse filme. Que vergonha.

    Beijos

    Responder
  • 10. Carol  |  setembro 30, 2009 às 4:52 pm

    Nossa, Kamila…1,0??? Esse foi o pior dos últimos tempos ou já teve um pior ainda?
    Nunca ouvi falar desse filme e provavelmente, passarei loooonge!
    Beijo!

    Responder
  • 11. Kau Oliveira  |  setembro 30, 2009 às 6:45 pm

    Kmai, não sabia da premissa deste filme. Mesmo com seu texto e sua nota (que massacre, hein?), estou curioso para este show de horrores.

    Peço desculpas por estar ausente nas últimas semanas. Prometo fazer o possível para atualizar o Bit e comentar por aqui!

    Beijos!

    Responder
    • 12. Kamila  |  setembro 30, 2009 às 11:07 pm

      Brenno, foi um filme lançado direto em DVD no Brasil. Beijos!

      Carol, tiveram filmes piores… Beijo!

      Kau, fique tranquilo. Beijos!

      Responder
  • 13. Kau Oliveira  |  setembro 30, 2009 às 6:45 pm

    Ops, é KAMI e não KMAI! 🙂

    Responder
  • 14. Otavio Almeida  |  setembro 30, 2009 às 7:23 pm

    Sinceramente, Kamilinha, eu não compreendo bem as escolhas do John Cusack. Ele é muito bom, mas gosta de se meter em cada roubada…

    Bjs!

    Responder
    • 15. Kamila  |  setembro 30, 2009 às 11:08 pm

      Otavio, ele faz esses filmes bombas para financiar seus projetos pessoais. Ele já disse isso, em entrevistas. Beijos!

      Responder
  • 16. João Paulo  |  outubro 1, 2009 às 3:42 am

    Milla, meu anjo …
    Se você ver um filme começando com o logo da Millennium Films … pode ter a plena certeza … É bosta na certa …

    Só acertou com 16 Quadras e puf …

    Responder
  • 17. Otavio Almeida  |  outubro 1, 2009 às 8:18 pm

    Ah, não sabia disso. Obrigado, Kamila
    Bjs!

    Responder
    • 18. Kamila  |  outubro 1, 2009 às 10:50 pm

      João, vou anotar sua dica! Fora de filmes da Millenium!

      Otavio, de nada! Beijos!

      Responder
  • 19. O Cara da Locadora  |  outubro 2, 2009 às 2:54 am

    Mas sinceramente, entrando no meio de um comentário (rs), eu acho que esse filme não tenha sido uma bomba comercial para poder financiar seus projetos… Acho que esse faz parte do projeto dele, até pq é um filme bastante crítico e talz… Sei lá, vou ver denovo, eu tava com sono e achei legalzinho, to até cm vergonha, hahaa…

    Responder
  • 20. Wally  |  outubro 3, 2009 às 8:57 am

    Não me bate, mas achei este filme legalzinho. Deve ser porque gosto de nonsense. É sim, cheio dos problemas, mas esconde uma certa aura que me agradou levemente.

    Nota 6.0

    Responder
    • 21. Kamila  |  outubro 3, 2009 às 12:44 pm

      O Cara da Locadora, fui eu que disse isso que você comentou. O projeto é crítico mesmo, pode ter sido feito pelo Cusack como parte de seus projetos pessoais (até porque ele é co-roteirista da obra), mas o tiro saiu pela culatra. Pra mim, esse filme não tem nada de legalzinho. Mas, não sinta vergonha por discordar de mim. 🙂

      Wally, eu odeio filmes nonsense, exceto aqueles que se assumem assim… Se esse filme se assumisse dessa forma, teria meu respeito.

      Responder
  • 22. Mayara Bastos  |  outubro 4, 2009 às 11:36 pm

    Kamila, gosto bastante do John Cusack, mas realmente o que está acontecendo com ele. Acho que ele aceita participar destas produções para pagar as contas atrasadas, só pode ser isso! rsrs.

    Beijos! 😉

    Responder
  • 23. Alex Gonçalves  |  outubro 5, 2009 às 1:26 am

    “ele faz esses filmes bombas para financiar seus projetos pessoais”

    Então considere essa porcaria de “Guerra S.A. – Faturando Alto” como um de seus “projetos pessoais”, Kamila, pois aqui ele não só produz como também colabora na construção do roteiro.

    Enfim, achei também o filme terrível, assim como o Cusack, um ator que eu detesto com todas as minhas forças!

    Responder
    • 24. Kamila  |  outubro 5, 2009 às 11:03 pm

      Mayara, não… É pra poder financiar seus projetos pessoais. Ele disse, na SET, uma vez! Beijos!

      Alex, exatamente.. Vi esse pequeno detalhe depois.

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,283 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: