Cena da Semana

setembro 20, 2009 at 1:26 pm 10 comentários

 

(Kim Clijsters Vence o US Open 2009 – 13.09.2009) 

Se alguém olhasse para a belga Kim Clijsters, no ano passado, e dissesse: “daqui a um ano, você estará de volta às quadras e se tornará campeã de um Grand Slam”, ela pensaria que se tratava de uma pegadinha – afinal Kim tinha outras prioridades, naquele momento: a vida familiar com o marido, o jogador de basquete Brian Lynch e a filha Jada. 

Eis que, dois anos após anunciar sua aposentadoria do circuito profissional de tênis, com a filha um pouquinho mais crescida (porém, ainda muito dependente dela), Kim Clijsters (26 anos) decidiu retomar a carreira que tinha deixado de lado. Os passos foram dados de forma cuidadosa para que toda uma nova aclimatação à vida no circuito fosse feita: primeiro, uma exibição na Inglaterra e, depois, a volta propriamente dita em torneios de pouca expressão. E justamente em seu terceiro campeonato, após o retorno, a talentosa tenista belga conquistou o segundo Grand Slam de sua carreira ao vencer o US Open na noite de 13 de setembro, na quadra Arthur Ashe, em Flushing Meadows, New York. 

A jornada de Kim, no US Open 2009, foi fantástica. A segurança que ela demonstrava em quadra não dava pistas de que estávamos diante de uma jogadora que passou dois anos afastada do esporte – ela só sucumbiu ao nervosismo na final, em que tinha horas que a dinamarquesa Caroline Wozniacki (uma tenista que, há tempos, merecia chegar neste ponto de sua carreira) parecia ser a vencedora de um Grand Slam e Clijsters a jogadora que estava perseguindo seu primeiro grande momento. Ao vermos seu enorme talento e suas jogadas de volta ao circuito da WTA, se percebe também que Kim preenche uma lacuna que havia sido deixada após a aposentadoria de outra belga, a brilhante Justine Henin – verdade seja dita: após a saída desta do circuito, os torneios podem até ter ficado mais equilibrados, porém falta a presença daquela jogadora que chama a liderança para si, que tem carisma e que atrai a atenção do público (Kim, por exemplo, como prova a comoção que a volta dela causou, preenche os três requisitos). 

Campeã é a melhor maneira para definirmos Kim Clijsters. Ela é uma verdadeira inspiração e exemplo dentro e fora de quadra. Uma jogadora querida nos vestiários e pela imprensa por distribuir simpatia, um sorriso franco e aberto. Uma tenista admirada pelo público por ter espírito esportivo, respeitar suas oponentes e estar sempre pronta a prover um espetáculo em quadra. Nestas duas semanas, ela provou – com tão pouca idade – para mulheres de todo o mundo que é possível deixar a carreira de lado, se dedicar à construção de uma família e voltar à vida profissional, obtendo igual ou maior sucesso do que antes sem ter que relegar marido ou filhos. É uma história fantástica! 

O que ela conquistou, no último domingo, foi mais do que merecido. E o melhor é que ela não se deslumbra com a vitória. Seria normal que a campeã do US Open quisesse os holofotes, aparecer em jornais e revistas de todo o mundo, porém o desejo de Clijsters é o mais simples de todos: “agora, quero ir para casa e recuperar a rotina de uma família normal”, disse Kim. Pois, então, aproveite bem sua família e volte com tudo, em Janeiro, em Brisbane (Austrália), na prévia do primeiro Grand Slam de 2010. Nos vemos lá!!

Entry filed under: Cena da Semana.

Previsões Para o Primetime Emmy Awards 2009 Comentando o Primetime Emmy Awards 2009

10 Comentários Add your own

  • 1. Luis Galvão  |  setembro 20, 2009 às 1:59 pm

    Realmente, esse US Open foi cheio de surpresas.
    Se nós tivemos, lá no início Melanie Oudin derrubando anfitriãs (Sharapova e Dementieva), mas perdendo para Wozniacki.
    Serena humilhando a juíza de linha (@anakamila@galvaorocha, a Serena é uma BITCH! A juíza de linha é meu ídolo desde criancinha! Colocou a bitch no seu devido lugar!) rsrsrs, e perdendo para Kim. Nooosa, foram grandes emoções que culminou nessa vitória linda. GO KIM! Que próximo ano Oudin, que já tem experiência, caminhe como caminhou esse ano, e que Kim, Wozniacki,Sharapova e o tennis feminino continue dando um show de talentos e revelando muito mais. /)

    Responder
    • 2. Kamila  |  setembro 20, 2009 às 2:22 pm

      Luís, Serena bitch foi colocada em seu devido lugar neste Us Open!!! rsrsrsrsrsrrsrrsrsrsrsrs Eu acho que, se for mesmo confirmada a volta da Henin, o tênis feminino, em 2010, vai dar o que falar. Até porque espero ver Sharapova numa melhor forma, Wozniacki confirmando a boa fase e queria ver Jankovic e Ivanovic jogando um bom tênis novamente!

      Responder
  • 3. Romeika  |  setembro 20, 2009 às 4:40 pm

    Sou totalmente por fora de esportes, Kamila, nem sabia q estava tendo este torneio hehe

    re: Concordo com o q vc disse a respeito da atuacao de Audrey em “Roman Holiday”:)

    Responder
  • 4. Joao Paulo  |  setembro 20, 2009 às 5:02 pm

    Pensei que iria falar da vitória de Del Potro contra Federer …
    Aqui ele voltou como rei … e pensar que só tem 20 anos o pibe … pqp …

    Mas muitas vezes o tempo é o nosso aliado e nosso amigo
    Ele que diz a coisa certa no qual, tudo tem o seu devido momento e sua devida glória.

    Parabens para a Kim e não consigo ver uma partida de tenis completa … cansa … eheheh
    abraços

    Responder
  • 5. Vinícius P.  |  setembro 20, 2009 às 10:37 pm

    Não vi nada dessa competição, Kamila, apesar de ter certo interesse no esporte. De qualquer forma deve ter sido bem melhor que o VMA, hehehe.

    Responder
    • 6. Kamila  |  setembro 21, 2009 às 3:34 am

      Romeika, eu adoro tênis e acompanho sempre os Grand Slams! rsrsrsrs

      João Paulo, a vitória do Del Potro foi sensacional, mas a da Clijsters é uma história linda e única. Abraços!

      Vinícius, com certeza foi melhor que o VMA! rsrsrsrsrs

      Responder
  • 7. Weiner  |  setembro 21, 2009 às 1:19 am

    Uma bela demonstração de como é possível superar adversidades e dar a volta por cima. Espero que a trajetória de Kim sirva de exemplo para tantos que não acreditam nos próprios sonhos.
    Beijos!

    Responder
    • 8. Kamila  |  setembro 21, 2009 às 3:34 am

      Weiner, exatamente! Kim é exemplo!!! Beijos!

      Responder
  • 9. Mayara Bastos  |  setembro 21, 2009 às 11:03 pm

    Nossa, nem vi, infelizmente. Só vim passar aqui para te desejar uma ótima semana!

    Beijos! 😉

    Responder
    • 10. Kamila  |  setembro 22, 2009 às 12:31 am

      Mayara, obrigada. Uma boa semana para você também! Beijos!

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,118 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: