Transformers: A Vingança dos Derrotados

julho 2, 2009 at 12:38 am 23 comentários

A primeira cena de “Transformers: A Vingança dos Derrotados”, sequência do filme de 2007 também dirigido por Michael Bay, já é impressionante. Nela, vemos os Decepticons envolvidos em uma grande batalha, em plena Xangai (China), contra o exército norte-americano e as espécies de Autobots que, agora, trabalham com eles. Os Decepticons estão interessados em algumas peças que estão escondidas em algum lugar da Terra e que, unidas as que eles já possuem, formarão uma máquina quase que indestrutível nesta luta deles para se vingarem dos seres humanos e conquistarem o domínio total do universo. 

Enquanto isso acontece, lá, nos Estados Unidos, Sam Witwicky (Shia LaBeouf) se encontra em seus últimos preparativos para o embarque para a vida na faculdade – em especial, o jovem tem que lidar com os efeitos da sua mudança em seus pais (Kevin Dunn e Julie White) e no relacionamento com a, agora, namorada Mikaela (Megan Fox). É justamente nos acertos dos detalhes finais para a sua viagem que Sam se depara com uma peça do Cubo (personagem mostrado no primeiro filme) e, por uma daquelas coincidências, este é um dos artifícios que interessa aos Decepticons – portanto, Sam está, mais uma vez, no meio de uma enorme briga. 

Esta é a trama básica de “Transformers: A Vingança dos Derrotados”. O roteiro escrito por Ehren Kruger e pela dupla Roberto Orci e Alex Kurtzman (responsáveis por outro blockbuster da temporada: “Star Trek”) aposta numa mistura de filme de ação com cenas de tirar o fôlego (território preferido do diretor Michael Bay) e de elementos cômicos e que oferecem uma boa – e necessária – quebra de ritmo ao longa (neste segmento, se destaca a figura carismática de Shia LaBeouf e a de sua mãe na ficção Julie White, que está ótima nas cenas em que aparece). 

Um dos filmes mais esperados da concorrida temporada de Verão norte-americano, “Transformers: A Vingança dos Derrotados” deve ser um sucesso de público – e quase bateu o recorde de “Batman – O Cavaleiro das Trevas” em seu final de semana de estreia. Porém, se comparado aos outros filmes da estação, como o já citado “Star Trek” e “Anjos e Demônios”, o longa de Michael Bay peca por se exceder demais no seu tempo de duração. O diretor tira tudo aquilo que pode de um roteiro que tem suas falhas e que aborda tudo de forma superficial e o resultado é um filme que chega a ser irregular demais. Ou seja, apresenta pouco daquilo que se era esperado dele.

Cotação: 5,0 

Transformers: A Vingança dos Derrotados (Transformers: The Revenge of the Fallen, 2009)
Diretor: Michael Bay
Roteiro: Ehren Kruger, Roberto Orci e Alex Kurtzman
Elenco: Shia LaBeouf, Megan Fox, Josh Duhamel, Tyrese Gibson, John Turturro, Ramon Rodriguez, Kevin Dunn, Julie White, Isabel Lucas

Entry filed under: Cinema.

Minhas Adoráveis Ex-Namoradas Garapa

23 Comentários Add your own

  • 1. Bruno Soares  |  julho 2, 2009 às 1:34 am

    Acho que a sua crítica é a menos desanimadora que eu li até agora. Ainda não vi pq tem filmes bem interessantes passando por aqui, e eu tô tentando aproveitar. rsrs

    Mas devo ver na próxima semana, esperando que não seja tão desastroso quanto andam dizendo por aí. Abraço!

    Responder
  • 2. Kamila  |  julho 2, 2009 às 1:43 am

    Bruno, eu achei um filme desastroso. Mas, tem gente que pensa o contrário e eu respeito essas opiniões. Abraço!

    Responder
  • 3. Wally  |  julho 2, 2009 às 2:40 am

    O consenso geral é que este filme é mesmo ruim. E na maior parte das vezes, que é uma tragédia. Fiquei com tanto medo que deixei de vê-lo neste Domingo. E terei que criar coragem para fazer isto. Talvez eu veja nos cinemas pelos efeitos especiais, que parecem ser 10!

    Ciao!

    Responder
  • 4. Mandy  |  julho 2, 2009 às 3:25 am

    Kamila eu tb fiquei insatisfeita, muito longo, falas muito fracas, estilo adolescente/abestalhado, ação as vezes depropositada. A parte gráfica tá muito escrota, e as vezes dei risada com os Transformes, mas a parte mais humana foi sux, as evze spensei está vendo turma do Didi!

    Responder
  • 5. Vinícius P.  |  julho 2, 2009 às 6:15 am

    Confesso que nunca gostei realmente de um trabalho do diretor e até o primeiro “Transformers”, que é mais ou menos divertido, não fica nem na média na minha opinião. Portanto não estou muito disposto em ver essa sequência e ajudar ainda mais na bilheteria do filme, haha.

    Responder
    • 6. Kamila  |  julho 2, 2009 às 9:32 pm

      Wally, não diria que é um filme ruim, mas é abaixo da média. Abaixo daquilo que era esperado. Os efeitos especiais, pelo menos, não decepcionam!

      Mandy, eu gostei da parte mais cômica. Foi o que eu mais gostei, aliás, neste filme.

      Vinícius, eu, infelizmente, ajudei na bilheteria deste fraco filme.

      Responder
  • 7. •. Cℓєвєя! .  |  julho 2, 2009 às 10:26 am

    Os filmes do Michael Bay, geralmente me agradam – Pois, o vejo somente como entretenimento, ainda não vi esse, mais o primeiro é bem ‘legal’! E muito bem produzido!

    Responder
  • 8. Paulo Montanaro  |  julho 2, 2009 às 1:19 pm

    Bem… No primeiro filme, a cotação de vários sites de crítica que vi foi exatamente a mesma deste. Sempre abaixo da metade. Realmente, aqui é a melhor nota que vi até agora. Contudo, me diverti muito no primeiro filme, pois esperava muito pouco de um longa que adapta um desenho animado. Era pura diversão nerd mesmo. E vou assistir esse da mesma forma.

    Há braços

    Responder
  • 9. Matheus  |  julho 2, 2009 às 2:44 pm

    Kamila, eu já não gostei do primeiro “Tranformers” (até dormi durante o filme =P), e como a maioria diz que esse é ruim, nem vou conferi-lo!

    Responder
    • 10. Kamila  |  julho 2, 2009 às 9:33 pm

      Cleber, concordo que os filmes do Michael Bay funcionam como entretenimento. Mas, este não é o caso de “Transformers 2”.

      Paulo, eu dei a nota alta por causa dos efeitos e dos elementos cômicos, que me agradaram. E eu gostei do primeiro filme. Achei divertido. Abraços!

      Matheus, eu dormi foi nesta continuação. rsrsrsrsrsrs

      Responder
  • 11. Dewonny  |  julho 2, 2009 às 2:48 pm

    Kamila, ainda ñ tive tempo de ir ao cinema ver esse, coisa q farei em breve!
    Mas ñ estou muito animado, ñ sou fã do primeiro, q achei apenas bacaninha e divertido!
    Bjo! Diego!

    Responder
  • 12. Brenno Bezerra  |  julho 2, 2009 às 4:01 pm

    não vi o primeiro e nem tenho a mínima vontade de ver este.

    beijos

    Responder
  • 13. Vulgo Dudu  |  julho 2, 2009 às 4:55 pm

    Eu me lembro que brincava com os carrinhos dos Transformers. Foi justamente a época em que eu era criança. Mas daí ir ao cinema assistir a um filme do Michael Bay… Não é para mim, não…

    Bjs!

    Responder
    • 14. Kamila  |  julho 2, 2009 às 9:35 pm

      Diego, não fique animado mesmo. Beijos!

      Brenno, e faz bem!

      Dudu, eu devo começar a fazer isso em breve. Michael Bay não consegue acertar. Beijos!

      Responder
  • 15. Thyago  |  julho 2, 2009 às 6:53 pm

    esse filme seria simplesmente ÓTIMO para se ver se não pecasse por usar o humor de banheiro.
    ver as bolas de um transformer e um close na bunda peluda do agente lá, além de ver um robozinho ficar VIÇANDO na perna da Megan Fox foi gratuito demais.
    sem falar dos gêmeos que eram um tiro no saco de se aguentarem, eu quase comemorei quando o Bumblebee meteu o sarrafo neles.

    aliás, qdo ele FOGE do humor de banheiro é quando o filme realmente arranca as risadas, principalmente da mãe do Sam quando come uns bolos premiados 8D.

    Eu achei um filme bem MASSA VÉIO, dá pra ver com a galera no cinema e se divertir bastante. Tomara apenas que caso façam um terceiro filme com menos humor de banheiro.

    Responder
  • 16. Otavio Almeida  |  julho 2, 2009 às 8:00 pm

    Eu acho que você foi boazinha demais com o filme… A nota mais justa é ZERO! Quiçá 0,5.

    Bjs!

    Responder
  • 17. Rafael Moreira  |  julho 2, 2009 às 8:42 pm

    Pelo visto, a sequência é inferior ao original. Perdi completamente a vontade de ver “Transformers: A Vingança dos Derrotados” por ler tantas críticas negativas. MAs é o que podemos esperar de Michael Bay… Abraço!

    Responder
    • 18. Kamila  |  julho 2, 2009 às 9:36 pm

      Thyago, eu achei que o Bay retratou a Megan Fox de uma forma vulgar. Totalmente vergonhosa! E, como eu disse no texto, adorei a atriz que faz a mãe do Sam.

      Otavio, eu justifiquei minha nota num comentário acima. Beijos!

      Rafael, a sequência é inferior sim. Abraço!

      Responder
  • 19. Otavio Almeida  |  julho 3, 2009 às 8:31 pm

    Ah, entendi! Concordo sobre os efeitos! São ótimos!

    Bjs! Bom final de semana!

    Responder
    • 20. Kamila  |  julho 3, 2009 às 11:05 pm

      Otavio, beijos e bom final de semana para você também!

      Responder
  • 21. Anderson Siqueira  |  julho 6, 2009 às 2:19 am

    Bem inferior ao anterior. Efeitos visuais não satisfatórios e roteiro abaixo do esperado. Os diálogos ganharam o prêmio de vagacidade e medriocrisidade. Michael Bay errou a mão ao tentar maximizar os personagens e perdeu o foco da história. Um filme que tenta mostrar muita coisa e se confunde. A trilha sonora continua acompanhando as cenas e a proposta de entretenimento, porém o filme torna-se cansativo e monótono. Várias cenas são genéricas do filme anterior. Os erros de continuidade são intermináveis. As atuações são boas, mas nada demais.

    SORO: EDIÇÃO; TRILHA SONORA.

    VENENO: ROTEIRO; EFEITOS VISUAIS; ROTEIRO.

    NOTA (0 a 5): 3,5
    ***

    Responder
  • 22. Mayara Bastos  |  julho 6, 2009 às 4:56 am

    Olá, Kamila! Tudo bem?

    Eis um filme, que mesmo com os ótimos efeitos, e vendendo ingresso que nem banana, ainda não me animei para vê-lo. Quem sabe na telinha? rsrs.

    Beijos! 😉

    Responder
    • 23. Kamila  |  julho 11, 2009 às 1:22 am

      Anderson, concordo contigo.

      Mayara, tudo bem, obrigada. E você? Mesmo não tendo gostado desse filme, acho que ele é o tipo de longa que você tem que assistir na grande tela. Beijos!

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,283 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: