Fiel – O Filme

abril 18, 2009 at 1:46 pm 18 comentários

Em 2010, o Sport Club Corinthians Paulista comemorará o seu centenário. Para celebrar uma data tão especial quanto essa, a Coordenação de Marketing do clube possui a intenção de lançar uma série de documentários que retratarão alguns dos momentos clássicos vividos na história do time, como a decisão do Campeonato Paulista de 1977 contra a Ponte Preta (quando o Corinthians voltou a conquistar um título após 22 anos de jejum) e a conquista do Mundial de Clubes da FIFA, em 2000, em cima do Vasco da Gama – só para citar alguns exemplos.

 

O primeiro desta série de longas é “Fiel – O Filme”, do diretor Andrea Pasquini, que, em seu final de semana de estreia, já ultrapassou a marca de “Pelé Eterno”, documentário de Aníbal Massaini, e foi o quarto filme mais visto no Brasil. A obra, que foi roteirizada por dois célebres corinthianos, o apresentador Serginho Groisman e o escritor Marcelo Rubens Paiva, se divide em dois momentos.

 

No primeiro deles, temos uma espécie de contextualização do tema de “Fiel – O Filme” e assistimos aos depoimentos de torcedores comuns, os quais nos mostram o por quê da relação especial que o Corinthians possui com seu torcedor. Neste sentido, vale contar todo tipo de história que retratam como o time passa a fazer parte da vida do torcedor, a ponto de as melhores – e piores – lembranças da existência dele estarem todas relacionadas ao clube.

 

No segundo momento, acompanhamos o que se passou com o torcedor nos dois instantes mais importantes da história recente corinthiana, quando, em 02 de Dezembro de 2007, o time foi rebaixado à segunda divisão do futebol brasileiro, após o empate contra o Grêmio, no Estádio Olímpico; e quando, em 25 de Outubro de 2008, o clube conquistou de volta o acesso à primeira divisão, após vencer, no Pacaembu, o Ceará. Aqui, vemos cenas que são o show de uma torcida que, mesmo sofrendo, sempre se fez presente nos estádios permanentemente lotados apoiando os jogadores e arrepiando a todos ao gritar: “Eu nunca vou te abandonar, porque te amo, sou Corinthians!”.

 

É difícil tentar explicar o que move o torcedor mais fiel do Brasil e o ponto mais positivo deste documentário é a capacidade que o diretor Andrea Pasquini teve de capturar a singularidade do corinthiano. Quem torce pelo Corinthians não decidiu fazer isso. Já nasceu corinthiano. O sofrimento é nossa segunda pele e foi isto que nos ensinou, acima de tudo, a apoiar nosso time, nos bons e maus momentos. Como diz uma torcedora em uma das cenas de “Fiel – O Filme”, somos mais felizes por sermos corinthianos. Amor, raça, dedicação, emoção e fidelidade são sinônimos de Corinthians e é justamente isto que transborda deste filme.

 

Cotação: 8,5

 

Fiel – O Filme (2009)

Diretor: Andrea Pasquini

Roteiro: Serginho Groisman e Marcelo Rubens Paiva

Entry filed under: Cinema.

Divulgado o Trailer de “My Sister’s Keeper” Cena da Semana

18 Comentários Add your own

  • 1. Weiner  |  abril 18, 2009 às 3:20 pm

    Com certeza eu admiro filmes que homenageiam times, embora como palmeirense roxo, um filme como “Fiel” significaria pura INFIDELIDADE! 🙂 Mas você, prezada corinthiana, pode parar de sofrer! É só torcer pro Verdão! Esqueça Ronaldo! A moda agora é Keirrison!!!!!
    Beijos!

    Responder
  • 2. airton  |  abril 18, 2009 às 3:44 pm

    opaa
    meu amigo viu e num gosto mto heheh

    ta cum mais coisa no ranking termino domingo eu axo…
    bjo

    Responder
  • 3. airton  |  abril 18, 2009 às 3:45 pm

    eskeci o link heehe

    http://publicandobr.blogpost.com

    Responder
  • 4. Vinícius P.  |  abril 18, 2009 às 5:51 pm

    Eu geralmente não gosto muito de documentários com temática esportiva, geralmente é um tema que não me agrada muito – sem falar que sou palmeirense, hehehe (o que não me impede de ver esse “Fiel”, mas simplesmente não tenho uma maior motivação para conferi-lo). Abraço!

    Responder
  • 5. Rafael Moreira  |  abril 18, 2009 às 7:23 pm

    “Salve o Corinthias, o campeão dos campeões”.
    Mesmo sendo corinthiano, não curto este estilo de documentário, aliás eu não curto documentário, rsrs. Seria muito se eu visse um ou dois por ano, tenho que mudar isso, eu sei… No entanto, não nego que estou com vontade de ver “Fiel”. Abraço!

    Responder
  • 6. Rafael Carvalho  |  abril 18, 2009 às 7:43 pm

    Interessante esse doc, não o conhecia. O grande problema desse tipo de projeto é que ele pode ser muito tendenciosos, não tem aquela visão de fora. Como não sou corinthiano, não me arvoro tanto a assistir ao filme. Mas quem sabe…

    Responder
  • 7. Marcus  |  abril 18, 2009 às 7:46 pm

    Já eu acho interessante filmes sobre futebol e afins. Tem um documentário muito legal sobre as torcidas brasileiras, o Real Football Factories. Um inglês que roda o mundo a procura de verdadeiros torcedores: as TO daqui, os barra-brava na Argentina, as Ultras na Itália e assim por diante. No filme com as brasileiras, ele fala com os caras da Geral do Grêmio, da Fiel, da Mancha, com umas no Rio de Janeiro, enfim, uma galera. Fala bastante sobre o amor ao time, a devoção e toda violência que isso gera. Tem no YouTube para quem se interessar.

    Falando nisso Kamilinha, por curiosidade, tu chegou a assistir o “Inacreditável”? Deve ser difícil de achar aí no Nordeste, mas as vezes o cara acha. Se eu tiver a oportunidade, irei assistir “Fiel”.

    Beijãozão! =P

    Responder
  • 8. - cleber  |  abril 19, 2009 às 12:54 am

    Ingressos esgotados por aqui !

    Responder
  • 9. Leonardo  |  abril 19, 2009 às 1:15 am

    Sou Flamenguista, mas depois dessa, dá até vontade de ver, hehehe.
    Hein, vi ‘O Casamento de Rachel’ e vim procurar uma resenha do filme aqui, mas não achei. Tu ainda não viu? (:

    Responder
  • 10. Kamila  |  abril 19, 2009 às 2:14 am

    Weiner, quem sofre é você, meu filho. Ainda mais depois de hoje! rsrsrsrsrsrsrrsrsrrssrsrsrsrsrsrsrsrs Keirisson?? Quem??????? rsrsrsrsrrssrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsr Beijo!

    Airton, vou dar uma passada lá para conferir o resto do ranking. Beijo!

    Vinícius, não sabia que eras palmeirense!!!!!!!

    Rafael Moreira, como corinthiano, é sua obrigação assistir a este filme. 🙂 Abraço!

    Rafael Carvalho, mas um filme como esse não tem que ser imparcial. Tem mesmo que mostrar parcialidade e coerência com seu objeto de estudo.

    Marcus, fiquei curiosa em assistir ao documentário das torcidas citados por você. Não conhecia também o “Inacreditável”. Ele seria sobre a Batalha dos Aflitos? 😉 Beijo!

    Cleber, este filme é sucesso de público. Viva a massa corinthiana! 🙂

    Leonardo, ainda não assisti ao filme “O Casamento de Rachel”. Estou doida para vê-lo, mas ele ainda não estreou por aqui.

    Responder
  • 11. shaun red  |  abril 19, 2009 às 3:40 am

    E ae Kamila, certamente vc é corintiana neh? hehehe

    Bom, com certeza é um filme que não está na minha lista dos filmes a serem assistidos no cinema, mas, depois do teu comentário, quem sabe quando sair em DVD eu dê uma conferida.

    Mas a ideia eh fantástica pro torcedor corintiano, não tem como perder. Quem dera fizessem um filme assim sobre o meu COXA.

    até!

    Responder
  • 12. Robson Saldanha  |  abril 19, 2009 às 6:31 pm

    Nãão… não gosto do Corinthians… nem veria esse filme de graça, que fosse! hehehehe

    Responder
  • 13. Kamila  |  abril 19, 2009 às 6:57 pm

    shaun red, corinthiana com muito orgulho! 🙂 E, quem sabe, não fazem um filme desses sobre o Coritiba?? Até!

    Robson, problema seu se não gosta do Corinthians! rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrssrsrsrrs

    Responder
  • 14. Marcus  |  abril 20, 2009 às 5:37 pm

    Exatamente, é sobre o 26 de novembro de 2005, único em todas as esferas esportivas. =P

    Responder
  • […] de Aníbal Massaini, e foi o quarto filme mais visto no Brasil … fique por dentro clique aqui. Fonte: […]

    Responder
  • 16. charlesmh  |  abril 23, 2009 às 12:03 am

    Oi Kamila!

    Apesar de não simpatizar nem um pouco com o Corinthians, acho interessante essa iniciativa dos clubes em realizar documentários sobre suas conquistas mais importantes. Afinal, é uma forma de testamentar um recorte da história do clube que fica registrado para sempre ao torcedor. Para os corinthianos, esse filme deve ser o máximo! Sou torcedor fanático do Internacional e tenho todos os DVDs lançados pelo clube. Mesmo não sendo tecnicamente um grande documentário, choro como uma criança cada vez que assisto a “Gigante” que traz detalhes da decisão do Mundial de Clubes de 2006 contra o Barcelona. Ele pega justamente o meu lado passional de torcedor. Além do Corinthians, clubes como Grêmio, Náutco e Palmeiras também lançaram documentários. São iniciativas legais aos apaixonados pelo futebol… abs.

    Responder
  • 17. fernanda  |  abril 23, 2009 às 1:33 am

    Kamila, sou corinthiana e assisti “Fiel_O Filme” duas vezes. Sua crítica é interessante, mas vc insisti em nomear “Andrea Pasquini” como O Diretor, o tempo todo, mas ela é mulher! Estamos cada vez mais conquistando espaços. Tenho orgulho em saber que uma mulher, “Andrea Pasquini” foi a DIRETORA do longa “Fiel”.
    PS. Faça uma ressalva, por favor!
    Bjo

    Responder
  • 18. Eden Souzaa  |  abril 26, 2009 às 11:58 am

    alguem Sabe Onde Baiixa? Por Favor?
    quem Soube me enviiaa por e – mail…
    Desde Ja Agradeço.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,118 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: