Ele Não Está Tão a Fim de Você

abril 1, 2009 at 11:15 pm 28 comentários

O prólogo de “Ele Não Está Tão a Fim de Você”, do diretor Ken Kwapis, já diz muito o que precisamos saber sobre a trama do filme. Não importa se uma mulher viva em Nova York ou numa aldeia na África, ela tem a necessidade de saber todas as razões sobre o por quê da maioria dos relacionamentos amorosos dela não dar certo. Neste sentido, o consolo ou o conforto vem sempre de frases batidas, como “o problema é que ele não consegue se comprometer”, “ele acaba de sair de um relacionamento sério”, “ele lhe ignora porque, no fundo, gosta de você”, entre outras.

 

Baseado no best-seller escrito por Greg Behrendt e Liz Tuccillo (que foi roteirista do seriado “Sex and the City”), “Ele Não Está Tão a Fim de Você” tem como protagonista a jovem Gigi (a adorável e talentosa Ginnifer Goodwin, do programa “Big Love”). Ela está em busca de um grande amor e, no decorrer do filme, acompanharemos os encontros, desencontros e os mal-entendidos dela com os homens. A história de Gigi desencadeia a de tantos outros personagens (os quais são interpretados por Bradley Cooper, Jennifer Aniston, Jennifer Connelly, Scarlett Johansson, Ben Affleck, Justin Long, Kevin Connolly e Drew Barrymore) que possuem relacionamentos com o amor tão complicados quanto os da protagonista.

 

O gênero de comédia romântica se apoia em um formato um tanto rígido, em que o ponto alto é aquela reviravolta do terceiro – e final – ato, a qual nos deixa suspirando e sonhando com a ideia do “felizes para sempre”. “Ele Não Está Tão a Fim de Você” tenta não seguir qualquer fórmula e nos relata que, no amor, o importante é manter a esperança, deixar a porta aberta, não ter medo de largar o que nos traz infelicidade e começar tudo de novo e, principalmente, não ficar encucando demais com as coisas – afinal, o amor é um dos poucos sentimentos que nasce de uma forma natural, e não forçada. O resultado é um filme que nos deixa felizes, afinal mostra momentos que agradam aos românticos incuráveis e retrata instantes que não deixam frustrados aqueles que ainda têm que viver um grande amor.


Cotação: 8,5

 

Ele Não Está Tão a Fim de Você (He’s Just Not That Into You, 2009)

Diretor: Ken Kwapis

Roteiro: Abby Kohn e Marc Silverstein (com base no livro de Greg Behrendt e Liz Tuccillo)

Elenco: Ginnifer Goodwin, Kevin Connolly, Scarlett Johansson, Bradley Cooper, Justin Long, Ben Affleck, Jennifer Aniston, Jennifer Connelly, Busy Phillips, Drew Barrymore, Sasha Alexander, Kris Kristofferson

Entry filed under: Cinema.

Divulgado o Pôster de “Sherlock Holmes” O Fim de E.R.

28 Comentários Add your own

  • 1. cleber  |  abril 1, 2009 às 11:58 pm

    O elenco me agrada bastante, a premissa também, o filme no geral me agradou bastante … irei ver em brev!

    Responder
  • 2. Kamila  |  abril 2, 2009 às 12:15 am

    Cleber, eu espero que o filme corresponda às suas expectativas.

    Responder
  • 3. André  |  abril 2, 2009 às 10:21 am

    Oi Kamila!
    Achei que seria mais uma comêdia romântica daquelas repetitivas, mas pelo que você disse não é… E o elenco me agrada muito! Pretendo ver semana que vem, se o trabalho deixar!

    Ah! Apparitions realmente está muito boa, principalmente pela grande atuação de Martin Shaw e Rick Warden!

    Abraços,
    André

    Responder
  • 4. Rafael Moreira  |  abril 2, 2009 às 2:44 pm

    Hmmm, adorei a trama do filme… Sabe que eu só tinha lido o título e fiquei com o pé atrás, sei lá, acho que era medo de ser mais uma comédia-pipocão. O elenco atrái muito, é claro, principalmente as lindas Scarlett Johansson, Jennifer Aniston e Jennifer Connelly (ai, aí). A cotação me deixou esperançoso… Abraço!

    Responder
  • 5. Vinícius P.  |  abril 2, 2009 às 3:13 pm

    Fiquei surpreso agora, uma vez que esse filme não vem recebendo uma maior atenção da crítica. Parece ser uma boa produção para seu gênero, mas só quero ver mesmo por causa desse ótimo elenco. Abraço!

    Responder
  • 6. Charles  |  abril 2, 2009 às 4:57 pm

    Oi Kamila!

    Há bem pouco, uma comédia romântica com Ben Affleck no elenco era sinônimo de chatice e sentimentalismo barato. Entretanto, não só o ator quanto o próprio gênero melhoraram no conceito do público mais exigente. Acho que as comédias do Judd Apatow deram uma abordagem mais abrangente aos relacionamentos. Pelo visto esse filme foi contagiado por essa nova corrente.

    abs.

    Responder
  • 7. Brenno Bezerra  |  abril 2, 2009 às 4:59 pm

    O desenvolvimento das histórias não me agradou tanto, com exceção da empolgante história da maravilhosa Gigi, mas os inteligentes e tocantes finais provam que o amor ainda existe sim.

    Beijos

    Responder
  • 8. Alex Sandro Alves  |  abril 2, 2009 às 6:15 pm

    Oi Kamila!
    Este já está na lista dos próximos filmes a serem conferidos no cinema, e ao lado da minha noiva Liliane! Abs!

    Responder
  • 9. victornassar  |  abril 2, 2009 às 6:18 pm

    Olha que interessante! Não espera MESMO que o filme fosse agradar tanto assim, mas que bom, será uma boa convidar a menina pra assistir ou ela pode achar que não to tão afim dela?? hahaha

    Responder
  • 10. Mayara Bastos  |  abril 2, 2009 às 7:28 pm

    Olá, Kamila! Tudo bem?

    Sempre estou querendo ver este filme, mas sempre estou adiando. Verei ele no feriado, gosto muito deste tipo de filme. Aliás, a minha mãe está com muita vontade de vê-lo. Acho que vou ver com ela! rs. 😉

    Beijos!

    Responder
  • 11. Otavio Almeida  |  abril 2, 2009 às 9:20 pm

    Vejo que gostou… Mas está faltando chick flick bom no cenário. Espero que eu goste também, pois você apontou qualidades que realmente me interessam. Devo ver em breve.

    Bjs!

    Responder
  • 12. Kamila  |  abril 2, 2009 às 10:24 pm

    André, definitivamente, este filme não é uma típica comédia romântica. E fiquei curiosa por “Apparitions”. Abraços!

    Rafael Moreira, o elenco e o fato de que o filme é uma comédia romântica foram os motivos que me levaram a assistir ao longa – e não me arrependo disso. Abraço!

    Vinícius, o filme pode não estar recebendo tanta atenção assim da crítica, mas só li textos elogiosos a ele – o que é ótimo. Abraço!

    Charles, eu não sei se foi o Judd Apatow, mas, no caso deste filme, o grande trunfo foi a história e o elenco. Aliás, só o fato do diretor ter atraído um elenco desses, já diz muito sobre a qualidade do roteiro. Abraços!

    Brenno, a Gigi é um barato. A típica protagonista de filmes assim. 🙂 Beijos!

    Alex Sandro, acho que o filme é uma pedida perfeita para você e sua noiva. Espero que gostem! Abraços!

    Victor, eu acho que você pode chamar tranquilamente uma menina para assistir a este filme com você. rsrsrsrsrsrsrsrsrssrsr

    Mayara, tudo bem, obrigada. E com você? Espero que você e sua mãe gostem do filme. Beijos!

    Otavio, adorei! E este filme é um típico chick flick, mas tinham vários homens assistindo ao longa quando eu o vi. Beijos!

    Responder
  • 13. Andreia Pontes  |  abril 2, 2009 às 11:32 pm

    gostaria de sabe a musica do Alex com Gigi, muito boa e romanticaaaaa. Alguem sabe? obrigadaaa beijoss

    Responder
    • 14. gabriel  |  julho 3, 2009 às 11:43 pm

      Oi, sou gabriel e o nome da musica é keane – somewhere only we know

      Responder
  • 15. Kamila  |  abril 3, 2009 às 4:52 pm

    Andreia, eu não me lembro da música. Você se recorda de alguns versos dela? Quem sabe, eu não possa te ajudar. Beijos!

    Responder
  • 16. Dewonny  |  abril 3, 2009 às 6:58 pm

    Olá Kamila! td bom?
    Ñ sei se vc vai se lembrar de mim, mas eu comentava no seu blog (no antigo endereço), uns tempos atráz, daí acabei sumindo da net por causa de problemas pessoais, mas voltei nesse ano, e lembrei de vc quando t vi comentando no blog do meu amigo Charles.
    Parabéns pelo novo espaço, vou mudar o endereço nos links q indico do meu blog e estarei aparecendo por aqui sempre q puder ok.
    Ainda ñ vi “Ele Não Está Tão a Fim de Você”, mas tenho muito interesse, no elenco feminino tem atrizes q muito me agradam..hehe..
    Abs! Diego!

    Responder
  • 17. Kamila  |  abril 4, 2009 às 2:28 am

    Dewonny, tudo bem, obrigada. E com você? Eu me lembro de você, sim. Obrigada pela visita e pelo comentário. Abraços!

    Responder
  • 18. Dewonny  |  abril 6, 2009 às 9:24 pm

    Td jóia Kamila!
    Brigado pela lembrança!
    Marcarei presença por aqui sempre q der!
    Abs! Diego!

    Responder
  • 19. Kamila  |  abril 6, 2009 às 10:47 pm

    Diego, de nada!! Será um prazer ter você por aqui, sempre que der. Abraços!

    Responder
  • 20. Dnise Beznos  |  abril 8, 2009 às 6:13 pm

    Adorei o filme!! Quando a coisa não rola, significa exatamente isso: Ele não está tão afim de vc… pq se for o contrário, tudo conspira a favor, tudo dá e tudo pode.

    Responder
  • 21. Kamila  |  abril 9, 2009 às 12:29 am

    Dnise, exatamente!!!

    Responder
  • 22. Rafael  |  abril 12, 2009 às 5:49 am

    Nooossa desculpa mas foi um dos filmes mas entediantes ki já vi…
    Os atores ate que dão um up no filme,mas o enrredo é cansativo e embaraçoso demais…como disse entediante.!
    Confeço que me deu bastante sono e antes ki dormisse fui embora do cinema…hehehehehe

    Responder
  • 23. Felipe  |  abril 22, 2009 às 1:20 am

    Acabei de assistir o filme e superou minhas expectativas. Não é nenhum filme merecedor de Oscar, mas cumpre mt bem aquilo que se propõe.

    Além disso proporciona boas risadas e o elenco é ótimo.

    Responder
  • 24. Nalva Reis  |  abril 22, 2009 às 6:13 pm

    Gostaria de saber qual é a frase que é feita na narritiva do final do filme… que é linda

    Responder
  • 25. Kamila  |  abril 23, 2009 às 12:02 am

    Rafael, que pena que você não deu chances a este filme.

    Felipe, exatamente!! Você entrou no espírito do longa.

    Nalva, infelizmente, eu não me lembro da frase, mas você pode ver se a encontra no site do filme no IMDB.

    Responder
  • 26. Juuh  |  novembro 4, 2009 às 2:30 am

    O filme é exepcionalmente bom, adorei.
    Além de tudo, Ken Kwapis selecionou o maior escalão de atrizes e atores.

    Responder
    • 27. Kamila  |  novembro 4, 2009 às 10:41 pm

      Juuh, o elenco é o ponto alto do filme, sem dúvida!

      Responder
  • 28. O Noivo da Minha Melhor Amiga « Cinéfila por Natureza  |  maio 27, 2011 às 2:02 am

    […] que acaba conquistando a gente. Repetindo um pouco um perfil que ela já tinha interpretado em “Ele Não Está Tão a Fim de Você”, Ginnifer Goodwin (atriz conhecida por seu papel no seriado “Big Love”) acaba provando que […]

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,214 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: