Noivas em Guerra

fevereiro 9, 2009 at 11:59 pm 26 comentários

Em um determinado momento de “Noivas em Guerra”, do diretor Gary Winick, surge a seguinte afirmação, dita por um dos noivos das duas personagens principais do longa: “por quê as mulheres se tornam tão irracionais quando se fala em casamento?”. A questão é que homens e mulheres encaram esse momento de formas distintas: enquanto eles o veem como uma etapa a se completar na vida; elas pensam nele como o grande dia de suas existências (pelo menos, até elas terem seus filhos).

 

Liv (Kate Hudson) e Emma (Anne Hathaway) se conhecem há mais de 20 anos e, por uma daquelas ironias do destino, ficam noivas de, respectivamente, Daniel (Steve Howey) e Fletcher (Chris Pratt, do seriado “Everwood”) ao mesmo tempo. As duas contratam a mesma organizadora de casamentos, a célebre Marion St. Claire (Candice Bergen), e decidem contrair matrimônio no mesmo local (o chique hotel Plaza, de Nova York), porém em datas diferentes. Quando, por uma confusão do escritório de St. Claire, é descoberto que a cerimônia das duas foi marcada para o mesmo dia, as amigas de longa data vão virar inimigas mortais, uma vez que, nem Liv nem Emma, está disposta a ceder em prol da outra.

 

Isto acontece justamente por causa daquilo que mencionamos no início de nosso texto. A verdade é que as mulheres sonham desde pequenas com o dia em que irão casar, em que usarão um vestido de noiva, escutarão a marcha nupcial. Nos é dito, desde que somos crianças, que este será o nosso grande dia, o momento em que seremos as maiores estrelas e todos os olhares estarão voltados para nós. Mesmo sendo possuidoras de personalidades totalmente diferentes, Liv (a mais expansiva) e Emma (a mais tranquila), no fundo, desejam a mesma coisa: realizar uma festa inesquecível em que estejam presentes aquelas pessoas que são mesmo as mais importantes na vida delas.

 

Em decorrência disso, o tema maior do roteiro de “Noivas em Guerra” é o amor. Mas, não aquele sentimento que existe entre homem e mulher, e sim entre duas pessoas que se conhecem profundamente e que sabem que poderão contar uma com a outra para o resto de suas vidas. Isto está muito bem representado pela frase que encerra o filme: “Algumas vezes, na vida, existem aqueles laços que, uma vez formados, nunca poderão ser quebrados. Algumas vezes você poderá encontrar uma pessoa que vai ficar ao seu lado independentemente do que acontecer. Talvez, você encontre isso em um esposo (a) e celebre isso com o casamento dos seus sonhos, mas existe também a chance de que a pessoa com quem você poderá contar eternamente, a única pessoa que te conhece melhor do que você mesmo é aquela mesma pessoa que estava ao seu lado o tempo todo”.

 

Cotação: 7,5

 

Noivas em Guerra (Bride Wars, 2009)

Diretor: Gary Winick

Roteiro: Greg DePaul, Casey Wilson, June Diane Raphael (com base na história de Greg DePaul)

Elenco: Kate Hudson, Anne Hathaway, Bryan Greenberg, Chris Pratt, Kristen Johnston

Entry filed under: Cinema.

Cena da Semana Divulgado Teaser Trailer de “Inglourious Basterds”

26 Comentários Add your own

  • 1. Otavio Almeida  |  fevereiro 10, 2009 às 12:28 am

    Kamila, legal teu texto! E eu só quero ver esse filme porque acho as duas lindas e talentosas.

    Ah, não vi a cena aí embaixo de O LEITOR porque ainda não vi o filme. Mas confio em seu julgamento sobre a performance de Kate Winslet.

    Bjs!

    Responder
  • 2. Kamila  |  fevereiro 10, 2009 às 12:29 am

    Otavio, eu assisti ao filme com minha irmã. Ela é fã da Kate Hudson e eu gosto da Anne Hathaway! 🙂 As duas estão lindas e fofíssimas neste longa. E assista “O Leitor” logo!!! Beijos!

    Responder
  • 3. Juliano Jacob  |  fevereiro 10, 2009 às 12:49 am

    Ainda não vi, mas deve ser interessante…

    Responder
  • 4. Mayara Bastos  |  fevereiro 10, 2009 às 2:22 am

    Olá, Kamila! Tudo bem?

    Incrível as críticas negativas que o filme anda recebendo, mas ainda não desisti de vê-lo. Agora com sua nota, me deu mais vontade de ver. 😉

    Beijos!

    Responder
  • 5. Rodrigo Mathias  |  fevereiro 10, 2009 às 2:39 am

    Oi Kamila,tudo bem?
    Te indiquei ao selo do “Olha que Blog Maneiro”, dá uma passadinha no meu blog para dar uma olhada.

    Sobre o filme que você comentou, não me interesso muito, mas talvez eu veja.
    Beijos !

    Responder
  • 6. Lucas  |  fevereiro 10, 2009 às 4:14 am

    nao vi, mas me atrai mto sobretdo pq gosto mto da kate hudson…

    Responder
  • 7. Ramon  |  fevereiro 10, 2009 às 10:26 am

    Deve ser divertido o filme. Fique com vontade de conferi-lo.
    Gosto da Anne Hathaway.

    Abs!

    Responder
  • 8. Weiner  |  fevereiro 10, 2009 às 1:29 pm

    Fiquei profundamente interessado na história depois de seus comentários. O roteiro parece dosar muito bem as partes de comédias com as partes mais reflexivas. Esta frase que encerra o filme, como você mesma disse, é maravilhosa – e se observarmos bem, nunca encontraremos uma verdade tão óbvia. Nada mlhor do que um amigo para superar toda a sorte de acontecimentos ruins.
    E a Hattaway e a Hudson geralmente fazem filmes muito bons; ainda tem este agravante.
    Um beijo!

    Responder
  • 9. Leonardo Ribeiro  |  fevereiro 10, 2009 às 1:45 pm

    Pela resenha o filme parece divertido. Na real, a única coisa que me atrai nesse filme é a belíssima Anne Hathaway, que ultimamente só tem feito bons filmes.

    Responder
  • 10. Cassiano  |  fevereiro 10, 2009 às 3:02 pm

    Realmente Kamila, homens e mulheres tem pensamentos opostos em relação ao casamento, senti isso na pele.

    Acho que esse filme deve ser engraçado, só acho que a estréia dele poderia ter sido em outro momento, agora é uma avalanche de filmes bons!

    Responder
  • 11. Alyson  |  fevereiro 10, 2009 às 3:38 pm

    Nossa! Só aqui mesmo para conseguir fazer eu me interessar por filmes do gênero, que só vejo quando bem recomendado mesmo. Apesar da nota, o ultimo parágrafo de seu texto, principalmente, é bem interessante.

    Beijos!

    Responder
  • 12. Alyson  |  fevereiro 10, 2009 às 3:39 pm

    Ahhhhh… e tem selo pra você no Cine ao Cubo.

    Responder
  • 13. Kau Oliveira  |  fevereiro 10, 2009 às 4:18 pm

    Kami, eu comentei com vc que fui ver este filme, mas acabei vendo Sim Senhor, né?! Pois então…

    Uma pena, pois amo a Anne e amo a Kate! A química entre elas deve ser perfeita.

    Beijos!

    Responder
  • 14. Jeniss Walker  |  fevereiro 10, 2009 às 5:00 pm

    nao boto muita fé nesse filme não.

    vou esperar em dvd p/ assisti-lo de gratis

    😛

    Responder
  • 15. Vinícius P.  |  fevereiro 10, 2009 às 5:50 pm

    Apesar de ser um tanto clichê, geralmente adoro esse tipo de filme. Veja só: achei “Vestida Para Casar” uma maravilha, hehehe. “Noivas em Guerra” não parece ter nada de novo mesmo, mas adoro as duas atrizes e aposto que a Hathaway está muito bem. Abraço!

    Responder
  • 16. cinebuteco  |  fevereiro 10, 2009 às 6:10 pm

    Kamila, uma opinião pessoal: vale a pena ir ao cinema ou é melhor esperar o DVD?

    Abraço!
    Fernando

    Responder
  • 17. Cláudio M. Paixão  |  fevereiro 10, 2009 às 6:23 pm

    Anne Hathaway… Tinha tudo para manter a linhagem de sucesso para os críticos. Aí volta para esta comédia frouxa. Brincadeira!

    http://www.saladoentretenimento.wordpress.com

    Responder
  • 18. Vulgo Dudu  |  fevereiro 10, 2009 às 6:47 pm

    É, Kamila… Nesse discordamos, hein? Eu acho que as duas estão perdidinhas num roteiro fraco demais, demais da conta! Não têm carisma nem pinta de noiva neurótica. Achei o filme péssimo. E olha que eu já casei, podia ter me identificado com alguma passagem…

    Bjs!

    Responder
  • 19. Louis Vidovix  |  fevereiro 11, 2009 às 7:34 am

    Ka!! Ha qt tempo! 🙂

    Voltando de umas merecidas férias… Vi esse filme das Noivas. Achei bobinho. Anne Hathaway nao precisa mais passar por essas coisas… Já a Kate Hudson, coitada.. Fundo do poço =/

    Beijão!

    Responder
  • 20. Anderson Siqueira  |  fevereiro 11, 2009 às 11:41 am

    Passarei longe deste. Não gostei da proposta e só tenho ouvido que é mediano para baixo.

    Responder
  • 21. Kamila  |  fevereiro 12, 2009 às 12:00 am

    Juliano, não diria que este é um filme interessante, mas ele se propõe a cumprir aquilo que é seu objetivo: nos entreter.

    Mayara, mesmo com as críticas negativas, este é um filme que eu não deixaria de ver. 🙂 Beijos!

    Rodrigo, obrigada pela indicação! Beijos!

    Lucas, se gostas da Kate Hudson, irá apreciar o que ela faz neste filme.

    Ramon, posso dizer que assisti a este filme por causa da Anne Hathaway, uma atriz que adoro. Abraços!

    Weiner, eu tendo muito a gostar deste tipo de filme, por isso o comentário entusiasmado sobre ele. Se assistir, espero que também adore “Noivas em Guerra”. Beijo!

    Leonardo, adoro filmes neste estilo e adoro a Anne Hathaway. Por isso assisti a este filme.

    Cassiano, concordo plenamente com o que disseste. A estreia deste filme fica até perdida em meio ao lançamento dos filmes do Oscar.

    Alyson, obrigada pelo selo! E sou uma fã de comédias românticas. Sempre faço textos elogiosos sobre os filmes do gênero por aqui. Beijos!

    Kau, sua impressão está correta. A química entre Hudson e Hathaway é perfeita. Beijos!

    Jeniss, este é o tipo de filme perfeito para uma sessão de DVD. 🙂

    Vinícius, seu comentário poderia ter sido escrito por mim. Concordo com tudo o que você escreveu. 🙂 Abraços!

    Fernando, tendo em vista os lançamentos atuais, acho que seria melhor deixar este filme para o DVD. Mesmo assim, se quiser conferir no cinema, é um ótimo programa. Abraço!

    Cláudio, mas a Anne não pode deixar de fazer estes filmes, assim de repente! O ideal seria que ela equilibrasse estes projetos com outros mais pessoais. Abraço!

    Dudu, concordo que o filme é clichê, mas acho que ele foi feito sob medida para agradar as mulheres. Várias passagens do filme mostram isso. Beijos!

    Louis, seja bem vindo de volta! 🙂 O filme é bobo, sim, mas daí a dizer que a Anne não precisa mais disso e que a Kate Hudson está no fundo do poço, é um exagero, na minha opinião. 🙂 Beijão!

    Anderson, entendo seu pensamento e não o julgo por isso.

    Responder
  • […] por Melhor Atriz em “O Procurado“), Anne Hathaway (indicada por Melhor Atriz em “Noivas em Guerra“), Taraji P. Henson (indicada por Melhor Atriz por “O Curioso Caso de Benjamin […]

    Responder
  • 23. Kamila Conrado  |  abril 6, 2010 às 3:16 pm

    Olá chará 🙂

    Adorei seu texto, afinal já assisti o filme e fiquei encantada como Kate e Anne; elas estão lindas.
    Ainda não me casei mais me identifiquei muito com o filme em certas partes, porque tenho uma amiga bem parecida com a personalidade de Emma.
    Amei a frase que encerra o filme, estava procurando ela no Google e acabei entrando no seu Blog e encontrei *-*

    Sempre que puder, voltarei ao seu Blog.
    Um forte abraço, e muito sucesso :*

    Responder
    • 24. Kamila  |  abril 7, 2010 às 12:55 am

      Kamila, que legal que pudemos ajudar e apareça sempre que precisar. Abraços!

      Responder
  • 25. Bruna  |  janeiro 24, 2011 às 5:35 pm

    O filme é lindo, a lição de vida q O filme passa é linda, e a amizade delas é linda, é td lindo.
    ADOREII O FILMEEE!

    Responder
    • 26. Kamila  |  janeiro 25, 2011 às 1:40 am

      Bruna, eu também gosto muito deste filme.

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,118 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: