A Família Savage

agosto 12, 2008 at 7:47 pm 20 comentários

Ao falar a respeito de “A Família Savage”, da diretora e roteirista Tamara Jenkins, a atriz Laura Linney afirma que filmes que possuem um contexto familiar funcionam porque a família é complicada e cheia de possibilidades de abordagem. No caso particular do longa de Jenkins, o que assistimos é a um olhar irreverente sobre um momento difícil e que pode acontecer com qualquer família.

 

Os irmãos Jon (Philip Seymour Hoffman) e Wendy Savage (Linney, que foi indicada ao Oscar 2008 de Melhor Atriz pela sua performance neste filme) passaram grande parte de suas vidas fugindo do relacionamento com o pai Leonard (Philip Bosco). Os dois vão ter que enfrentar seus medos e raivas quando se vêem arrancados de suas rotinas diárias para cuidar do pai, que está sendo acometido por uma demência cerebral.

 

É a partir do reencontro dos Savages que a diretora e roteirista Tamara Jenkins coloca o foco em Jon, Wendy e Leonard. Apesar de terem estado distantes um do outro, eles se conhecem muito bem e vêem renascer toda uma série de problemas, de confrontos e de ressentimentos. A convivência forçada fará com que eles enfrentem aquilo que eles tentavam evitar e o resultado é que eles saem de tudo isto muito mais fortes e preparados para a dureza da vida adulta.

 

Por possuir uma história que privilegia os personagens, em “A Família Savage” brilha o elenco. Philip Seymour Hoffman, Laura Linney e Philip Bosco souberam captar muito bem o que Tamara Jenkins quis passar e a dinâmica entre eles é perfeita. Com um trio desses, o trabalho da diretora ficou bem mais fácil e, no final, “A Família Savage” não é aquele típico filme sobre uma família disfuncional; e sim um longa sobre a descoberta do sentido da convivência familiar, com todo o lado chato que também vem junto disto.

 

Cotação: 9,0

 

A Família Savage (The Savages, 2007)

Diretora: Tamara Jenkins

Roteiro: Tamara Jenkins

Elenco: Laura Linney, Philip Seymour Hoffman, Philip Bosco, Margo Martindale

Entry filed under: DVD.

Divulgado o Trailer de “Frozen River” Na Natureza Selvagem

20 Comentários Add your own

  • 1. Matheus  |  agosto 12, 2008 às 8:41 pm

    Kamila, eu me surpreendi com esse filme. A estrutura é bem convencional, mas o roteiro trata do tema de forma bem realista e dramática. E isso me cativou bastante, sem falar do elenco. A Laura Linney é a melhor atriz do ano por enquanto, na minha opinião e o filme fica entre os meus dez favoritos de 2008!

    Responder
  • 2. Kamila  |  agosto 12, 2008 às 9:30 pm

    Matheus, não posso dizer que o filme me surpreendeu, porque já esperava que ele fosse muito bom. Concordo com o que diz a respeito da estrutura e do roteiro do filme. A Laura está excelente no filme, mas minha atriz favorita de 2008, até agora, tem sido Romola Garai por “Angel”.

    Responder
  • 3. Kau  |  agosto 13, 2008 às 12:15 am

    Kami, eu achei A Família Savage um filme muito gostoso e extemamente sensível. Soube lidar com um teminha delicado (diferença entre irmãos, pai doente e tal…), mas fiquei muito contente com as mais variadas formas de “comédia” que foram inserinadas neste DRAMA. Laura, Philip e Philip (hahahaha) formam um trio impecável. Ainda assim, não teria indicado Laura ao Oscar, mas deixo claro que ela era minha 6ª opção. Bjos!

    Responder
  • 4. Vinícius P.  |  agosto 13, 2008 às 1:54 am

    Eu já esperava que o filme fosse uma maravilha, afinal tinha tudo para me agradar, mas foi muito satisfatório ter todas as expectativas correspondidas em relação a esse “A Família Savage”. Seu último comentário é certeiro, o longa mostra isso com perfeição. Destaque para a atuação da Laura Linney, minha preferida entre as atrizes nesse ano. Abraço!

    Responder
  • 5. Wally  |  agosto 13, 2008 às 3:34 am

    O filme é ótimo e seu texto toca bem no que ele tem de melhor. O motriz são as atuações mas o roteiro é singelo e belo. Concordo que consegue ultrapassar o lugar comum com o que quer dizer.

    Nota 8,0

    Ciao!

    Responder
  • 6. Lucas  |  agosto 13, 2008 às 4:48 am

    Muito bom o filme. O modo como é a velhice é tratada, e o medo da solidão quando essa velhice chega, é simplesmente fantástico.

    E o trio principal é um show a parte.

    Responder
  • 7. Rogerio Scheidemantel  |  agosto 13, 2008 às 11:28 am

    Esse filme é excelente. Soh pela sinopse vc já sabe que vai ser bacana.Drama familiar que pode acontecer com qualquer um.

    Responder
  • 8. Cassiano Sairaf  |  agosto 13, 2008 às 1:31 pm

    Realmente o trio é de respeito Kamila, sou “fãnzão” da Laura Linney, e o Philip Bosco pode entrar na galeria de mais um injustiçado na lista de bilhões de prêmios de Hollywood.

    Parece que quanto mais premiações aparecem, pior os prêmios ficam.

    Responder
  • 9. Sérgio Déda  |  agosto 13, 2008 às 2:25 pm

    Estou esperando chegar em dvd… ou jah chegou e eu tow por fora ?
    Enfim, eu quero assistir logo… muitos bons comentários sobre o filme, inclusive o seu..

    vlws

    Responder
  • 10. hypado  |  agosto 13, 2008 às 5:05 pm

    Kamila você esta muito boazinha para dar notas.

    Filme comum, nota: 7.5

    Responder
  • 11. Romeika  |  agosto 13, 2008 às 5:49 pm

    Tb gostei bastante, Kamila, mas apesar de reconhecer a boa historia por tras das cameras, acredito que o elenco (em especial Linney e Hoffmann) eh que me fizeram gostar mais do filme.

    Responder
  • 12. Otavio Almeida  |  agosto 13, 2008 às 10:05 pm

    Hmm… estou vendo esse filme. O DVD está lá em casa. Comecei a ver na segunda-feira, mas corri tanto no trabalho no dia de ontem, que não consegui retomar A FAMÍLIA SAVAGE à noite.

    Nos falamos sobre isso…

    Beijos!

    Responder
  • 13. Kamila  |  agosto 13, 2008 às 10:19 pm

    Kau, eu também não teria indicado Laura Linney ao Oscar de Melhor Atriz. Angelina Jolie e Amy Adams deveriam ter sido indicadas, na minha opinião, no lugar dela e de Cate Blanchett. Beijos!

    Vinícius, concordo com tudo, exceto no que diz respeito à Laura. A atuação dela é muito boa, mas a minha favorita do ano é a de Romola Garai em “Angel”. Abraço!

    Wally, a maior surpresa do filme é justamente esta: ele sai do lugar comum dos filmes sobre famílias com problemas.

    Lucas e Rogério, exatamente!

    Cassiano, na época, o Bosco estava sendo mencionado para uma possível indicação ao Oscar, mas o buzz dele não sustentou – o que é uma pena, porque ele merecia o reconhecimento.

    Sérgio, o filme já foi lançado em DVD.

    Hypado, muita gente está sendo generosa com este filme, então, já que “A Família Savage” foi amado por muitos.

    Romeika, concordo. É impossível não gostar do elenco

    Otavio, não consigo assistir a um filme em partes… Tenho que ver tudo de uma vez! 🙂 Espero ler seus comentários no “Hollywoodiano” sobre este filme. Beijos!

    Responder
  • 14. Vinícius P.  |  agosto 14, 2008 às 3:44 am

    Kamila, “Angel” é um dos mais aguardados por mim, especialmente após sua crítica e toda essa admiração pelo trabalho da Romola 😉

    Responder
  • 15. Rafael Carvalho  |  agosto 14, 2008 às 4:42 am

    Com um texto ótimo e um trio de atores de excelente nível, o filme só poderia ser mesmo muito bom. Minha nota não é tão alta quanto a sua (7), mas aprecio muito o filme. apesar de parecer muito psado, o filme possui um tom bem ameno, mas não menos denso. Há momentos cortantes, mas a que eu mais adoro é wuando ela vê o irmão chorando à noite sozinho no banheiro. E Laura Linney está formidável aqui.

    Responder
  • 16. Kau  |  agosto 14, 2008 às 11:21 am

    Oooooow!! Jura?? Achei que fosse o único que indicaria Amy e Angelina! Bjos!

    Responder
  • 17. Kamila  |  agosto 14, 2008 às 1:58 pm

    Vinícius, eu sou totalmente suspeita para falar de “Angel”, mas adoro o filme e o trabalho da Romola Garai, que faz uma heroína à moda antiga de um jeito sensacional. 🙂

    Rafael, exatamente! Concordo com tudo o que disse!

    Kau, de jeito algum! Adoro o trabalho das duas atrizes. Beijos!

    Responder
  • 18. Pedro Henrique  |  agosto 14, 2008 às 4:46 pm

    O filme é muito bom. Hoffman e Linney estão excelentes e o roteiro é correto. Poderia ter ousado mais, mas ficou ótimo. Nota 7.5.

    Abraço!!!

    Responder
  • 19. fabiana  |  agosto 14, 2008 às 5:45 pm

    Adorei esse filme!

    Responder
  • 20. Kamila  |  agosto 14, 2008 às 10:59 pm

    Pedro, concordo! Abraço!

    Fabiana, eu também!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,120 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: