Conheçam Alice

julho 24, 2008 at 1:53 pm 28 comentários

Após uma longa busca por uma jovem atriz para interpretar o papel título da adaptação “Alice in Wonderland”, baseada no clássico livro de Lewis Carroll, o diretor Tim Burton e a Walt Disney Pictures finalmente encontraram a candidata certa para a personagem: a atriz australiana Mia Wasikowska, de 18 anos.

Conhecida dos fiéis espectadores da série “In Treatment” (HBO), na qual interpretou a problemática ginasta adolescente Sophie, Mia Wasikowska foi considerada por muitos críticos especializados em TV e por grande parte do público do seriado como a melhor da primeira temporada do programa, em um elenco que reunia atores mais experientes e do porte de Gabriel Byrne (indicado ao Emmy 2008 de Lead Actor in a Drama Series), Dianne Wiest (indicada ao Emmy 2008 de Supporting Actress in a Drama Series), Blair Underwood, Melissa George, Josh Charles, Embeth Davidtz, Michelle Forbes, dentre outros.

Ainda não é certo se Mia Wasikowska voltará para a segunda temporada de “In Treatment” – já que existem os rumores de que novos atores e, em consequência, novos pacientes estariam no consultório do Dr. Paul Weston -, mas a verdade é que a carreira da jovem atriz australiana está indo de vento em popa. Além do papel título em “Alice in Wonderland”, Wasikowska está envolvida em dois projetos que prometem chamar a atenção dos shows de premiações: o filme de guerra “Defiance”, do diretor Edward Zwick, que retrata a vida de uma aldeia de resistência dos judeus em plena Segunda Guerra Mundial, na Polônia ocupada pelos nazistas; e a cinebiografia “Amelia”, da diretora Mira Nair, que fala sobre a vida da pioneira da aviação norte-americana Amelia Earhart (a qual será interpretada por Hilary Swank).

O roteiro de “Alice in Wonderland” – que deve estrear somente em 2010 – foi escrito por Linda Woolverton (das animações “O Rei Leão” e “A Bela e a Fera”) e, no filme, o diretor Tim Burton promete fazer uma mistura de live action com a técnica de captura de performance (utilizada para a criação de personagens como a criatura Gollum da trilogia “O Senhor dos Anéis”) para fazer um longa que será apresentado na tecnologia 3D (a nova tendência da indústria cinematográfica atual).

Entry filed under: Notícias.

Sem Vestígios Viagem ao Centro da Terra – O Filme

28 Comentários Add your own

  • 1. Marcel Gois  |  julho 24, 2008 às 2:11 pm

    Fiquei sabendo agora pouco dessa notícia. E adorei. A Mia mandou muito bem em In Treatment e quem viu a série sabe que a menina tem muito potencial. Acho que essa parceria promete. =)

    Responder
  • 2. Otavio Almeida  |  julho 24, 2008 às 2:20 pm

    Hmm… Kamila, o que você acha dessa tendência motion capture e todo esse papo 3D. Tim Burton aposta niisso, assim como Steven Spielberg e Peter Jackson, em TINTIN, e James Cameron, em AVATAR.

    Bjs!

    Responder
  • 3. Cecilia  |  julho 24, 2008 às 2:35 pm

    Não conheço a atriz, pois nunca consegui assistir à série. Independente das técnicas utilizadas, acho que uma adaptação de Alice pelas lentes de Tim Burton com certeza vai dar o que falar…

    Responder
  • 4. Laís  |  julho 24, 2008 às 3:02 pm

    Concordo com a Cecilia, acho que essa adaptação será, no mínimo, peculiar. Ansiosa para ver o que vai dar…

    Responder
  • 5. Kau  |  julho 24, 2008 às 3:32 pm

    ADOREI A NOTÍCIA! Mia já é a mais injustiçada no Emmy, mas inegavelmente uma atriz excelente! Bjos.

    Responder
  • 6. Vinícius Silva  |  julho 24, 2008 às 3:43 pm

    A Mia foi uma escolha que me agradou, mas não gosto dessa tendência 3D. Não sei se o problema é comigo, mas odeio essa nova onda que estão usando para o cinema. O resultado em Beowulf, por exemplo, não me agradou. A única coisa que salvou o filme foi a belissima trilha sonora.

    O filme está na mão do diretor certo, na minha opinião. O Tim Burton tem o perfil para fazer esse tipo de filme. E a atriz escolhida também tem um potencial muito grande. Só espero que esse troço de 3D não estrague o filme e que não se torne tão usual dentro do cinema, porque eu nao aguentaria ver esta tendência se tornando uma moda.

    Beijos =)

    Responder
  • 7. Alyson  |  julho 24, 2008 às 4:03 pm

    Mas, Mia Wasikowska nasceu na Austrália mesmo ? O sobrenome mais me aparenta algo europeu, ou é decendência? Filmes envolvendo Tim Borton sempre será aguardado por mim, e Mia é uma atriz que até então não conheço, o que aumenta a minha curiosidade.

    Bye!

    Responder
  • 8. Robson Saldanha  |  julho 24, 2008 às 6:52 pm

    Gosto muitos dos trabalhos de Tim Burton e acho que se depender dele será um filme tão bom quando a Fantástica Fábrica de Chocolate, até porque é algo bem surrealista, coisa que ele adora!

    Responder
  • 9. Kamila  |  julho 24, 2008 às 7:21 pm

    Marcel, essa parceria promete mesmo! Torço para que a Mia tenha uma bela carreira, porque potencial ela tem de sobra!

    Otavio, eu acho que, como toda nova técnica, ainda se tem que melhorar muito esse negócio de 3D e de captura de performance (é só pensarmos em “A Lenda de Beowulf” e “Viagem ao Centro da Terra – O Filme”). Mas, a maior prova de que este é o futuro do cinema é ver os grandes nomes que passarão a trabalhar com este tipo de tecnologia. Beijos!

    Cecília e Laís, concordo com vocês duas!

    Kau, se tivemos uma injustiça no Emmy 2008, com certeza foi a ausência de Mia da lista de indicados. Mas, tudo bem. O maior ganho para a carreira dela é este aí: trabalhar com grandes nomes em bons filmes. Beijos!

    Vinícius, como eu disse ao Otavio, esta é uma técnica que ainda precisa ser bem trabalhada e tudo indica será mesmo o futuro do cinema. Acho que a gente, neste momento, tem que se agarrar à qualidade dos nomes envolvidos e torcer para que dê tudo certo. Beijos!

    Alyson, a Mia nasceu em Canberra (capital da Austrália). Mas, seu sobrenome indica que ela deve ter uma descendência, talvez, polonesa. E ela é talentosíssima. Vá no You Tube e procure qualquer vídeo dela em “In Treatment” que você verá o enorme potencial dela como atriz.

    Robson, eu também adoro Tim Burton e o mundo fantástico que ele tenta nos mostrar.

    Responder
  • 10. Ramon  |  julho 24, 2008 às 7:45 pm

    Ow, que legal! Não sabia dessa adaptação. Tim Burton é perfeito para dirigir esse tipo de obra. Fiquei empolgado!
    Ah, essa Mia está detonando, hein! Está em produções promissoras.
    Grande post, Kamila! Material de primeira.

    Responder
  • 11. Kamila  |  julho 24, 2008 às 8:51 pm

    Ramon, obrigada! Eu também não sabia dessa adaptação, mas, quando li sobre ela, fiquei felicíssima por causa da Mia, uma atriz muito promissora.

    Responder
  • 12. Otavio Almeida  |  julho 24, 2008 às 9:43 pm

    Kamila,

    Tem perguntinha pra você lá no blog. É sobre as chances de THE DARK KNIGHT nos prêmios.

    Bjs!

    Responder
  • 13. Kamila  |  julho 24, 2008 às 11:54 pm

    Otavio, não tinha visto, mas acabei de responder lá.

    Beijos!

    Responder
  • 14. Wiliam  |  julho 25, 2008 às 12:20 am

    Eu preferiria o Burton fazendo sem essas técnicas ai…
    E mais, ele podia filmar a versão macabra da história (dizem que a história é macabra por si só, porém camuflada).
    Abraço, até mais!

    Responder
  • 15. Vinícius P.  |  julho 25, 2008 às 1:02 am

    Kamila, fiquei muito satisfeito com essa notícia, até porque passei o dia fora e não tive conhecimento disso. Como já devo ter comentado, adoro o trabalho da Wasikowska em “In Treatment”, na verdade ela tem a melhor atuação da série (ainda torço para que ela apareça no próximo ano, apesar disso ser complicado). Tenho certeza que ela corresponderá às expectativas para esse papel. Abraço!

    Responder
  • 16. Vinícius P.  |  julho 25, 2008 às 1:07 am

    Ah, comentei no post de “The Dark Knight” 😉

    Responder
  • 17. Mateus  |  julho 25, 2008 às 3:19 am

    Boto fé nela e no Tim (que nunca me decepcionou). Pelo pouco que vi da atuação dela na série, acho que ela tem potencial e talento de sobra.

    Abraço
    Mateus

    Responder
  • 18. Wally  |  julho 25, 2008 às 4:40 am

    Ainda bem que não será todo motion capture. Ainda não me acostumei com essa técnica completamente. Mas como você disse, eu tenho fé nesse futuro do cinema ao ver grandes nomes associados a ele.

    Enfim, qualquer filme com o nome de Burton me chama a atenção. Mas quem será Johnny Depp? O coelinho, rsrsrs.

    Ciao!

    Responder
  • 19. Rodrigo Fernandes  |  julho 25, 2008 às 5:30 am

    Credo,q ue coisa feia, não sabia desses detalhes dessa produção do TIm Burton.. ouvi falar algo sobre ela há um bom tempo atras, mas nem sabia que era ele que iria dirigir…rs, que coisa feia…rs
    não conheço essa atriz, porem se foi escolhida a dedo com tantos elogios deve vir coisa boa… aliando isso ao talento do Burton, teremos coisa boa, com certeza!
    beijos, Kamila

    Responder
  • 20. louisvidovix  |  julho 25, 2008 às 11:04 am

    Ka, eu vibrei quando soube que a Mia tinha sido escalada! Atriz talentosissima, como provou em In Treatment! Ainda vamos ouvir falar muito dela!

    Responder
  • 21. fabiana  |  julho 25, 2008 às 1:09 pm

    Esse tipo de filme é bem a cara do Burton, mas eu tenho medo, sabe. Medo dos exageros!

    Responder
  • 22. Kamila  |  julho 25, 2008 às 2:28 pm

    William, apesar da presença do Tim Burton como diretor, acredito que a roteirista não deu essa abordagem mais macabra à história de Alice. Acredito que veremos uma abordagem mais parecida com o que Burton fez em “A Fantástica Fábrica de Chocolate”. Abraço!

    Vinícius, também gostei muito dessa notícia. Acho que a Mia merece esse reconhecimento. Também espero que ela esteja na segunda temporada de “In Treatment”, mas parece que os antigos pacientes de Dr. Paul só aparecerão como atores convidados. Abraço! (respondi seu comentário no post de “The Dark Knight”).

    Matheus, exatamente! Abraço!

    Wally, acho que o Johnny Depp vai ficar de fora desse projeto. Mas, o Burton deve dar um jeito de encaixar sua esposa, Helena Bonham Carter. 🙂

    Rodrigo, eu adoraria ver uma adaptação mais recente para “Alice no País das Maravilhas”, até porque só conheço a animação da Disney. Por isso, fico feliz de ver Burton tentando transpor este universo para o cinema, com uma técnica mais moderna e uma atriz talentosa. Beijos!

    Louis, eu também! Acho que a Mia vai longe!

    Fabiana, não tenho medo dessa adaptação, já que Burton, raramente, peca pelo exagero.

    Responder
  • 23. Rafael Moreira  |  julho 25, 2008 às 2:42 pm

    Admiro o trabalho de Tim Burton, sei que boa coisa vai sair daí. Mia Wasikowska no papel-título me deixou animado, embora eu só tenha assistido dois episódios de “In Treatment”. A atriz tem muito talento. Merecido!

    Abraço!

    Responder
  • 24. Pedro Henrique  |  julho 25, 2008 às 8:41 pm

    Se tem Tim Burton envolvido já da para esperar coisa boa.

    Responder
  • 25. Weiner  |  julho 26, 2008 às 12:22 am

    Fiquei simplesmente encantado com a beleza desta moça – e certamente ter o nome de Tim Burton (diretor caleidoscópico) envolvido no roteiro de “Alice in Wonderland” (roteiro caleidoscópico) resultará numa sensação caleidoscópica… O que é ótimo!
    Abraço!

    Responder
  • 26. Kamila  |  julho 26, 2008 às 2:00 am

    Rafael, exatamente! Abraço!

    Pedro, é o que todos esperamos!

    Weiner, é isso aí! Já que gostou da Mia, recomendo que assista às performances dela no seriado “In Treatment”. Abraço!

    Responder
  • 27. A Sophie do Ano « Cinéfila por Natureza  |  junho 3, 2009 às 1:57 am

    […] no ano passado, a jovem Mia Wasikowska (a futura Alice de Tim Burton) roubou a cena de atores consagrados como Gabriel Byrne e a vencedora do Emmy 2008 Dianne Wiest; […]

    Responder
  • 28. Alice no País das Maravilhas « Cinéfila por Natureza  |  maio 19, 2010 às 1:58 am

    […] antes que Alice (Mia Wasikowska, a talentosa atriz que deu vida à Sophie, na primeira temporada de “In Treatment”) – […]

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 453,023 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: