Bernard e Doris

julho 7, 2008 at 9:20 pm 20 comentários

Doris Duke foi uma influente filantropista e colecionadora de arte norte-americana. Chamada pela imprensa de “a garota mais rica do mundo” (título que ela odiava), viu seu patrimônio ser construído tendo como base a fortuna que herdou do pai, um rico empresário do ramo do tabaco, o qual deu nome a uma das universidades mais prestigiadas dos Estados Unidos: a Duke University. Apesar do estilo de vida luxuoso, Doris cultuava hábitos simples: o maior deles era a dedicação de muitas horas à horticultura.

 

Baseado em fatos reais, o telefilme “Bernard e Doris”, que foi dirigido pelo ator Bob Balaban (que foi indicado ao Oscar pela produção do filme “Assassinato em Gosford Park”, de Robert Altman), não fala sobre a vida de Doris Duke (Susan Sarandon), e sim aborda o relacionamento que foi estabelecido entre ela e seu mordomo Bernard Lafferty (Ralph Fiennes). Ele vai parar na casa dela após ter servido estrelas do porte de Elizabeth Taylor e Peggy Lee (uma popular cantora de jazz e que recebeu uma indicação ao Oscar pelo seu trabalho como atriz). O que impressiona, logo de cara, é uma frase dita por Bernard: a de que ele vive o mundo da pessoa que o emprega. É este tipo de devoção – até certo ponto doentia – que vai marcar a proximidade entre ele e Doris Duke, a ponto da relação dos dois ser a de maior cumplicidade que ela irá experimentar em vida – fato que não será muito bem compreendido pelas pessoas que gerenciam a fortuna da herdeira e que desconfiam das reais intenções de Bernard.

 

O telefilme possui um ar muito sofisticado (com destaque para a música de Alex Wurman, a direção de arte de Frankie D. e Dirk Braeger e os figurinos de Joseph G. Aulisi). Isto contrasta diretamente com o tom excêntrico utilizado pelo roteirista Hugh Costello para qualificar os personagens e, em conseqüência disso, o relacionamento existente entre Bernard e Doris. Neste sentido, é importante notar a ótima performance de Ralph Fiennes, que mostra a mudança de discreto para espalhafatoso pela qual passa Bernard sem nunca cair no exagero e no ridículo.

 

Cotação: 6,2

 

Bernard e Doris (2007)

Diretor: Bob Balaban

Roteiro: Hugh Costello

Elenco: Susan Sarandon, Ralph Fiennes, Chris Bauer, James Rebhorn, Dominick Dunne, Peter Asher

Entry filed under: TV.

Cena da Semana Divulgado o trailer de “Última Parada 174”

20 Comentários Add your own

  • 1. Marcel Gois  |  julho 7, 2008 às 9:54 pm

    Não sabia desse telefilme, a sinopse dele parece ser bem interessante, pena que a nota não foi muito boa. =/

    Esse dias eu vi um dica sua do antigo blog, Entrevista. Eu gosto desse tipo de filme, simples, íntimista, (quase)completamente sustentado pelos diálogos. E ainda conta com uma atuação muito inspirada da Sienna Miller, que eu só conhecia de nome por sinal. Vlw pela dica =D

    Responder
  • 2. Vinícius P.  |  julho 7, 2008 às 10:36 pm

    Parece ser um telefilme sem grandes inovações ou surpresas, o que às vezes é suficiente se pode contar com belas performances do elenco – especialmente Ralph Fiennes, um grande ator na minha opinião. Kamila, esse filme tem alguma chance de concorrer ao Emmy (ou já foi submetido no ano passado)? Boa semana!

    Responder
  • 3. Kamila  |  julho 7, 2008 às 11:01 pm

    Marcel, eu também adoro filmes no estilo de “Entrevista”. A Sienna Miller está tão bem que, finalmente, justifica tanto buzz em torno dela. Que bom que gostou do filme! 🙂

    Vinícius, exatamente. As performances são excelentes e o filme é elegível, sim, ao Emmy 2008. Acho que Ralph Fiennes e Susan Sarandon possuem boas chances de concorrer ao prêmio. Obrigada e boa semana para você também!

    Responder
  • 4. Alyson  |  julho 8, 2008 às 12:32 am

    Acredita que até então não tinha ouvido falar do filme, Kamila? Obrigado por colocá-lo em pauta, mesmo não parecendo possuir inovações, parece ter seus pontos positivos. Boa semana!

    Responder
  • 5. Kau  |  julho 8, 2008 às 1:54 am

    Kami, lembra que perguntei sobre este telefilme à você?! Pois então! Consegui assistí-lo e achei bem fraco. Inclusive, não gosto de Ralph aqui e fico triste em ver Bob produzindo tal material; uma vez que sou apaixonado por Gosford Park.

    Responder
  • 6. Alexsandro Vasconcelos  |  julho 8, 2008 às 5:58 am

    “ele vive o mundo da pessoa que o emprega”. Forte não?!

    Não tinha ouvido falar nesse filme antes. Parece ser bom, mas sem muita novidade. A que se deve essa nota um pouco mediana?

    Abração!

    Responder
  • 7. Cassiano Sairaf  |  julho 8, 2008 às 1:24 pm

    Susan Sarandon, Ralph Fiennes, gostei da história, entrou na minha lista!

    Responder
  • 8. Mateus  |  julho 8, 2008 às 1:46 pm

    Quero ver se assisto esse filme na HBO um dia desses, parece ser … interessante, apesar da sua nota, então só assistindo pra tirar alguma conclusão!

    Responder
  • 9. Kau  |  julho 8, 2008 às 2:47 pm

    Ahn… esqueci de comentar. Apesar de não ficar satisfeito com Ralph, Susan vai super bem. Gostei! Ela estava super à vontade e afiada.

    Responder
  • 10. Kamila  |  julho 8, 2008 às 6:07 pm

    Alyson, o telefilme estreou na semana passada na HBO. Boa semana para você também!

    Kau, me permita discordar de você. “Bernard e Doris” não me decepcionou nem um pouco. Acho que a produção poderia ser definida como excêntrica e diferente. Talvez, por isso, não agrade a todos. Tanto Ralph quanto Susan estão ótimos!

    Alexsandro, a nota mediana se deve à falta de ousadia. Bob poderia ter feito um filme mais diferente, já que o material que ele tem em mãos é bem original. Abraço!

    Cassiano, não é comum ver nomes desse porte em telefilmes. E eles estão ótimos!

    Mateus, exatamente! Assista e, depois, comente!

    Responder
  • 11. Kau  |  julho 8, 2008 às 7:50 pm

    Pois então, excentricidade não falta aqui, definitivamente! Devo confessar que não absorvi bem o filme pois minha cabeça estava em outro lugar. Até comentei acima que adoro Gosford Park e, assim, fiquei decepcionado com Bob; entretanto, preciso ser justo e rever com cuidado.

    Responder
  • 12. Kamila  |  julho 8, 2008 às 8:11 pm

    Kau, também gosto de “Gosford Park” e achei, inicialmente, “Bernard e Doris” um filme estranho e diferente. No final, acabei me acostumando com o tom da obra. Acho que seria interessante rever o filme, sim.

    Responder
  • 13. Pedro  |  julho 9, 2008 às 8:48 pm

    Quero ver o filme!O elenco realmente chama atenção. E é absolutamente normal que Ralph Fiennes trabalhe bem.

    Beijo!

    Responder
  • 14. Kamila  |  julho 9, 2008 às 10:43 pm

    Pedro, o Ralph é um dos meus atores favoritos e concordo com sua afirmação a respeito dele. Beijo!

    Responder
  • 15. Wagner  |  outubro 1, 2008 às 8:43 pm

    Assisti ontem no HBO, muito interessante mesmo, vale a pena assitir.

    Responder
  • 16. Kamila  |  outubro 1, 2008 às 10:18 pm

    Wagner, o telefilme é bem interessante mesmo.

    Responder
  • 17. Jurcelei  |  julho 23, 2009 às 1:45 am

    Amei o filme e quero ve-lo de novo. A sempre maravilhosa Susan,numa interpretação como sempre maravilhosa.
    Vou ver se encontro para coloca-lo em meio aos meus preferidos.

    Responder
  • 18. William Rosa  |  outubro 15, 2009 às 12:49 am

    Oi, com uma pesquisa cheguei nesse artigo. Já li outros do blog e achei pela primeira vista, muito bom. Vou assistir as 10 pm “Bernard e Doris” no Cinemax e amanhã vou navegar mais pelo blog. Até mais, abraços!

    Responder
  • 19. ALDO FRESCHET  |  outubro 26, 2009 às 3:21 pm

    QUEM É O PIANISTA ?
    PODEM INFORMAR ?
    OBRIGADO. ALDO

    Responder
    • 20. Kamila  |  outubro 27, 2009 às 12:04 am

      Jurcerlei, o filme já foi lançado em DVD.

      William Rosa, obrigada pelo comentário e pela visita. Abraços! Até mais!

      Aldo, você pode encontrar a resposta para a informação que procura na página desse filme no IMDB!

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


A autora

Kamila tem 29 anos, é cinéfila, leitora voraz, escuta muita música e é vidrada em seriados de TV, além de shows de premiações.

Contato

cinefilapn@gmail.com

Último Filme Visto

Lendo

Arquivos

Blog Stats

  • 455.260 hits

Feeds


%d blogueiros gostam disto: